Menu


Pontos MIS e Prefeitura de Hortolândia exibem documentário brasileiro sobre a arte da palhaçaria

Sessão com pipoca grátis será nesta quinta-feira (20/07), às 20h, na Escola de Artes Augusto Boal

A palhaçaria é a capacidade, em forma de arte, que o ser humano tem de rir de si mesmo. O ofício de palhaço é mostrado com um olhar emotivo no documentário “Pagliacci”. O filme será exibido nesta quinta-feira (20/07), às 20h, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A sessão terá pipoca grátis para o público. A classificação indicativa é livre. A exibição é promovida pelo projeto Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), do governo do Estado, com o apoio da Prefeitura de Hortolândia.

Para abordar o tema do riso e a arte circense, o documentário mostra os bastidores da Cia. La Mínima, que está às voltas com os preparativos do espetáculo “Pagliacci”, em comemoração aos 20 anos da trupe. A peça é inspirada na ópera de mesmo título escrita no século XIX pelo compositor italiano Ruggero Leoncavallo (1857-1919).

O documentário traz entrevistas e depoimentos dos integrantes da Cia. La Mínima, dentre os quais o falecido ator Domingos Montagner, além de outros artistas. A direção do documentário é de Chico Gomes, Julio Hey, Luiza Villaça, Pedro Moscalcoff e Luiz Villaça.

Leia mais ...

Pontos MIS e Prefeitura de Hortolândia exibem comédia francesa “Meu filho é um craque”

Sessão com pipoca grátis será nesta quarta-feira (12/07), às 14h, na Escola de Artes Augusto Boal 

Suas crianças estão de férias? Então, “bora” curtir um cinema com pipoca grátis! O programa estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e a Prefeitura de Hortolândia exibem o filme “Meu filho é um craque”. A sessão será, nesta terça-feira (12/07), às 14h, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A classificação indicativa é 12 anos. 

“Meu filho é um craque” é uma simpática comédia francesa que tem o futebol como pano de fundo. O filme conta a história de Théo, um menino de 12 anos, filho único de pais separados que mostra habilidade para ser jogador. Théo mora com a mãe, que procura seguir em frente e já está em outro relacionamento. Já o pai, desolado com a separação, se afunda no vício da bebida. Para tentar salvá-lo, o menino mente para o pai ao dizer que foi selecionado para jogar em um conhecido clube inglês. 

O título em francês do filme, “Fourmi”, significa formiga, que é o apelido de Théo em razão do menino ser pequeno. O filme é baseado na história em quadrinhos espanhola “Dream Team”, de Mario Torrecillas e Artur Laperla. O grande destaque do filme longa é o ator-mirim Maleaume Paquin, que interpreta Théo. Já a atriz Ludivine Sagnier, que faz o papel da mãe do menino, é conhecida por atuar na série “Lupin”.

Leia mais ...

Oficina on-line analisa obras de três fotógrafos internacionais renomados

Atividade ministrada pelo Pontos MIS com apoio da Prefeitura de Hortolândia será nos dias 12, 17 e 19 deste mês

A fotografia é uma atividade que possibilita diferentes criações artísticas. Para quem quer desenvolver um olhar estético mais apurado no trabalho fotográfico, o Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som), projeto do governo do Estado, ministra a oficina on-line “Universo dos fotógrafos”, com o apoio da Prefeitura de Hortolândia. As inscrições devem ser feitas por meio deste LINK. A oficina será nos dias 12, 17 e 19 deste mês, das 19h às 21h. 

A oficina abordará o trabalho e a carreira de três fotógrafos internacionais renomados: a argentina-germânica Grete Stern (foto), uma das pioneiras da arte fotográfica de vanguarda com suas fotomontagens e trabalhos com influências da escola de design Bauhaus; a indiana Dayanita Singh, artista fotográfica com 14 livros já publicados; e o nigeriano Samuel Fosso, conhecido por seus auto-retratos nos quais incorpora diferentes personas com o objetivo de discutir a questão da identidade africana.

A atividade será ministrada pela fotógrafa Melissa Szymanski. Ao longo de sua carreira, a profissional já atuou nos mercados de moda da Itália e em instituições de ensino de fotografia no Brasil e no exterior. Também colaborou em matérias sobre arte e educação em revistas brasileiras.

Leia mais ...

Pontos MIS exibe filme brasileiro de animação “Minhocas” em Hortolândia

Sessão com pipoca grátis será nesta quarta-feira (05/07), às14h, na Escola de Artes Augusto Boal

Suas crianças já estão de férias? Então, leve-as para curtir um cinema com pipoca grátis. O projeto estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e a Prefeitura de Hortolândia exibem a animação brasileira “Minhocas”, nesta quarta-feira (05/07). A sessão será às 14h na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. 

O filme conta a história de Junior, uma minhoca adolescente de 11 anos que é mimado e inseguro. Mas ele viverá uma grande aventura com seus amigos Linda e Neco. As três jovens minhocas vão enfrentar o temível Ninguém, um tatu-bola ditador que quer dominar o mundo. A jornada será um momento de grande transformação para Junior, que aprenderá o valor da amizade e a ter mais confiança em si próprio. 

O longa-metragem, lançado em 2013, tem as vozes da falecida roqueira Rita Lee, que interpreta Martha, a mãe de Junior, e do lutador de MMA, Anderson Silva, que dá vida ao personagem Hairy. “Minhocas” foi premiado no festival brasileiro Anima Mundi e no festival de cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Leia mais ...

Pontos MIS e Prefeitura exibem filme brasileiro “Quando eu era vivo”

Sessão com pipoca grátis será nesta quinta-feira (29/06), às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, no Jd. Amanda

Quem gosta do cinema brasileiro tem a oportunidade de assistir produções recentes nas sessões do projeto estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som). A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Hortolândia. O projeto exibirá o filme “Quando eu era vivo”, nesta quinta-feira (29/06). A sessão será, às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, que fica na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A classificação indicativa é 12 anos. E para deixar a sessão ainda mais animada, haverá pipoca grátis para o público. 

O longa-metragem é uma adaptação do romance “A arte de produzir efeito sem causa”, do escritor Lourenço Mutarelli. Com um clima de suspense e thriller psicológico, o filme conta a história de Júnior que, após perder o emprego e ter se separado da esposa, volta a morar com seu pai viúvo, Sênior. Ao encontrar alguns objetos de sua mãe, Júnior busca saber tudo sobre a família e passa ficar obcecado pelo passado, confundindo seus delírios com a realidade. Ele também passa a ter uma obsessão por Bruna, estudante que mora num quarto alugado pelo pai.  

Um dos atrativos do filme é a cantora Sandy Leah, que interpreta Bruna. O elenco tem ainda Antonio Fagundes (Sênior) e Marat Descartes (Junior). O escritor Lourenço Mutarelli também está no filme, no papel do personagem Donato. A direção é do cineasta Marco Dutra.

Leia mais ...

Projeto Pontos MIS e Prefeitura exibem animação brasileira “O menino e o mundo”

Sessão com pipoca grátis será nesta terça-feira (27/06), às 14h, na Escola de Artes Augusto Boal 

Apesar das dificuldades mercadológicas, a animação brasileira tem conseguido conquistar seu espaço nas telas de cinema do país e alcançar reconhecimento internacional. Um belo exemplo disso é o filme “O menino e o mundo”, que será exibido pelo Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) com o apoio da Prefeitura de Hortolândia. A sessão será nesta terça-feira (27/06), às 14h, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. Haverá outro atrativo para o público: pipoca grátis. 

A animação conta a história do menino Cuca, cujo pai foi embora de casa para trabalhar na cidade grande. O garoto deixa a aldeia onde mora para procurá-lo. Na cidade, Cuca se depara com a realidade desoladora marcada por pobreza e estranhas “máquinas-bichos”. O filme foi feito com diversas técnicas de animação. Um dos destaques é a trilha sonora, cuja música “Aos olhos de uma criança” foi composta pelo rapper Emicida. 

Com direção de Alê Abreu, o longa-metragem foi premiado em festivais brasileiros e de países como França, Portugal, Croácia, Armênia, Espanha e Uruguai. A animação foi ainda indicada ao Oscar de 2016, na categoria Melhor Animação.

Leia mais ...