Menu


Documentário “Um Dia Para Susana” é a atração do projeto “Bate-Papo de Cinema”

Filme fica disponível on-line até este sábado (04/12); projeto promove também debate virtual e ao vivo sobre a produção no sábado, às 18h 

Uma emocionante história de superação protagonizada por uma esportista. Este é o tema do documentário brasileiro “Um Dia Para Susana”. O filme é a atração desta semana do projeto “Bate-Papo de Cinema”, realizado pelo programa estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. O projeto disponibiliza on-line o filme para o público até este sábado (04/12). Para assistí-lo, é necessário fazer inscrição por meio deste LINK.

O projeto também promove, no sábado, às 18h, um bate-papo on-line e ao vivo sobre o documentário. O debate terá as participações dos diretores do filme, Rodrigo Boecker e Giovanna Giovanini, e da educadora do MIS, Lais Garcia. A mediação será da diretora e roteirista Giuliana Monteiro. O público poderá assistir o bate-papo no canal do YouTube do Pontos MIS (CLIQUE AQUI). O bate-papo terá interpretação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para deficientes auditivos.

O documentário mostra a saga da triatleta gaúcha Susana Schnarndorf. Em 2005, ela foi diagnosticada com uma doença degenerativa sem cura chamada Atrofia de Múltiplos Sistemas (AMS). A partir daí, Susana focou na natação com o objetivo de disputar as Paralimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Na competição, Susana conquistou a medalha de prata na categoria revezamento misto 4 X 50m. O documentário tem classificação indicativa livre.

Leia mais ...

Comédia “Curtindo A Vida Adoidado”, um dos clássicos do cinema dos anos 1980, é atração do Pontos MIS

Exibição do filme será nesta quarta-feira (01/12), às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, Jd. Amanda

Uma ode irreverente ao hedonismo nesta época contemporânea. Assim pode ser definida a simpática comédia “Curtindo A Vida Adoidado”. O filme é a atração desta semana do projeto Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), realizado pelo governo estadual em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. Neste mês, o projeto promove uma mostra com produções cinemtográficas que fizeram sucesso nos anos 1980. A sessão de exibição do filme será nesta quarta-feira (01/12), às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu s/nº, Jardim Amanda. 

Para assistir à sessão, basta chegar ao local com ao menos 10 minutos de antecedência. Em virtude da pandemia do Coronavírus, o projeto continua a seguir os protocolos sanitários que incluem o uso obrigatório de máscara durante a sessão, distanciamento e disponibilização de álcool em gel na entrada para o público. Estão disponíveis para a sessão 50 lugares.

Um dos filmes mais icônicos da década de 1980, “Curtindo A Vida Adoidado” conta a história de Ferris Bueller, um aluno espertalhão que usa artimanhas para enganar os pais, a irmã e o diretor da escola, para matar aula e passar um dia ensolarado com a namorada, Sloane, e o melhor amigo, Cameron, a bordo da Ferrari do pai de Cameron. 

O filme é emblemático por resgatar o hedonismo, que preconiza a busca do prazer. O conceito é expresso na antológica frase de Ferris Bueller, na qual ele diz que a vida passa muito rápido e, às vezes, é preciso parar para curtí-la. Outro aspecto marcante do filme é a quebra da quarta parede. Em vários momentos, o protagonista olha para a câmera e fala diretamente para o público.  

A música também é destaque no filme, como na clássica sequência em que o protagonista vai parar num desfile de carros alegóricos numa festa alemã e leva o público ao delírio ao som da música “Twist And Shout”, dos Beatles. Outro destaque é a participação especial do ator Charlie Sheen (da série “Two And A Half Men”), no papel de um jovem delinquente preso em uma delegacia.

O filme tem direção do cineasta americano John Hughes (1950-2009), que se notabilizou como diretor e roteirista de várias comédias dos anos 1980 e 1990 como “Clube dos Cinco”, “A Garota de Rosa Shocking” e “Esqueceram de Mim”. O filme é estrelado por Matthew Broderick (Ferris Bueller), Alan Ruck (Cameron Frye) e Mia Sara (Sloane Peterson).

Leia mais ...

Atração do projeto “Bate-papo de Cinema” é o curta-metragem “Quebramar”

Projeto disponibiliza on-line o filme a partir desta quinta-feira (25/11); já no sábado (27/11), acontece debate virtual e ao vivo sobre a produção

O tema da diversidade sexual está em foco na edição desta semana do projeto “Bate-Papo de Cinema”, realizado pelo programa estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. A atração da vez é o documentário brasileiro “Quebramar”. O filme será disponibilizado para o público a partir desta quinta-feira (25/11), às 11h, até sábado (27/11). Para assistí-lo, é necessário fazer inscrição por meio deste LINK.

O projeto ainda promove, no sábado, às 18h, um bate-papo on-line e ao vivo sobre o filme. O debate será com a cantora e compositora Ananda Maranhão e a artista Yakini Kalid, ambas participantes do filme, e o professor da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e curador da Mostra Internacional do Cinema Negro, Celso Luiz Prudente. A mediação será da diretora e roteirista Giuliana Monteiro. O público poderá assistir o bate-papo no canal do YouTube do Pontos MIS (CLIQUE AQUI). O bate-papo terá interpretação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para deficientes auditivos. 

“Quebramar” mescla a linguagem de documentário com toques ficcionais para mostrar quatro jovens mulheres homossexuais que decidem fazer uma viagem até uma praia deserta para passar o fim de ano. Lá, elas criam um refúgio físico e emocional para compartilhar suas histórias e vivências. O filme tem direção de Cris Lyra. A classificação indicativa é de 16 anos.

Leia mais ...

Filme “Ghost – Do Outro Lado da Vida”, sucesso nos anos 1990, é a atração do projeto Pontos MIS

Exibição será nesta quarta-feira (24/11), às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, no Jardim Amanda

Quer relembrar um filme de sucesso dos anos 1990? A dica é conferir o projeto “Pontos MIS”. A atração desta quarta-feira (24/11) é o blockbuster “Ghost – Do Outro Lado da Vida”. A exibição será, às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu s/nº, Jardim Amanda. Realizado em parceria pela Prefeitura de Hortolândia com o governo estadual, o projeto retomou as sessões presenciais gratuitas de cinema, neste mês. 

Para assistir à sessão, basta chegar ao local com ao menos 10 minutos de antecedência. Em virtude da pandemia do Coronavírus, o projeto continua a seguir os protocolos sanitários que incluem o uso obrigatório de máscara durante a sessão, distanciamento e disponibilização de álcool em gel na entrada para o público. Estão disponíveis para a sessão 50 lugares. 

Com temática espírita, “Ghost” é estrelado por Patrick Swayze, Demi Moore e Whoopi Goldberg. O filme conta a história de um jovem executivo, Sam Wheat, que é morto em um assalto em frente à sua namorada, a artista plástica Molly Jensen. Ele então se torna um fantasma, mas se recusa a ir para o outro lado e deixar sua amada. Sam descobre que Molly corre perigo. Para salvá-la, ele conta com a ajuda de uma médium trambiqueira. O filme foi vencedor de dois Oscars, sendo um deles na categoria Melhor Atriz Codjuvante, para Whoopi Goldberg, no papel da médium golpista. Ouro destaque é a música-tema, “Unchained Melody”, gravada nos anos 1960 pelo duo americano The Righteous Brothers. No próximo mês, o projeto Pontos MIS promoverá uma mostra com filmes de sucesso dos anos 1980.

Leia mais ...

Oficina on-line do Pontos MIS aborda os 70 anos da telenovela no Brasil

Atividade será ministrada na segunda, terça e quarta-feira (22, 23 e 24/11)

Mesmo com a distribuição digital de conteúdos audiovisuais que podem ser assistidos na tela do celular ou computador, a telenovela continua firme na preferência do público brasileiro. Essa é uma das questões abordadas na oficina on-line “No Rastro da emoção: os 70 anos da telenovela no Brasil”, realizada pelo programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em conjunto com a Prefeitura de Hortolândia. A oficina está com as inscrições abertas por meio deste LINK. São 50 vagas disponíveis. Podem se inscrever pessoas com idade a partir de 14 anos. O Pontos MIS é um programa de formação e difusão cultural do Museu da Imagem e do Som, órgão do governo do Estado, que promove cursos, mostras e atividades nas áreas de cinema e audiovisual com os municípios paulistas parceiros.

A oficina acontecerá ao vivo, de forma on-line e remota pela plataforma Zoom, nas próximas segunda, terça e quarta-feira (22, 23 e 24/11), das 19h às 21h. A confirmação da inscrição será enviada por e-mail pela Secretaria de Cultura. O certificado também será enviado via e-mail aos participantes posteriormente após o término da oficina.

A oficina mostrará a história da telenovela no Brasil, que completa 70 anos no dia 21 de dezembro. A data se refere à estreia de “Sua Vida Me Pertence”, a primeira novela exibida no país pela extinta TV Tupi. A partir desse panorama histórico, a oficina mostrará como a telenovela se tornou um produto cultural de sucesso exportado para outros países. Abordará a questão da memória afetiva da novela para o público brasileiro e como esse formato influenciou o comportamento e as ideias da sociedade em importantes momentos sociopolíticos do Brasil. 

A oficina ainda ensinará os participantes como analisar as narrativas de ficção exibidas na televisão e fará uma comparação da telenovela com outros produtos audiovisuais produzidos em âmbito internacional por plataformas de vídeo sob demanda. A oficina será ministrada pelo roteirista, dramaturgo e diretor teatral Lucas Martins Neia, que já teve artigos publicados sobre a história da telenovela no Brasil no exterior. É membro das redes internacionais Screenwriting Research Network e Red Internacional de Historiógrafos de La Comunicacion (RIHC), que reúnem roteiristas e pesquisadores do mundo sobre televisão.

Leia mais ...

Projeto on-line do Pontos MIS promove exibição e debate da animação “Barco de Papel”

Filme estará disponível até este sábado (20/11); projeto promoverá bate-papo on-line e ao vivo sobre a produção também neste sábado, às 18h   

A produção brasileira de curtas-metragens também tem espaço no projeto on-line “Bate-papo de Cinema”, realizado pelo programa do governo estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. Nesta semana, a atração do projeto é o curta “Barco de Papel”. O filme ficará disponível até este sábado (20/11). Para assistí-lo, é necessário fazer inscrição pelo LINK.

O projeto também promoverá no sábado, às 18h, um bate-papo ao vivo sobre o filme. O debate contará com as participações da diretora do curta-metragem, Thais Scabio, e do fotógrafo Julio Witer. A mediação do bate-papo será da roteirista e diretora, Giuliana Monteiro. O público poderá assistir o bate-papo no canal do YouTube do Pontos MIS (CLIQUE AQUI). O bate-papo terá interpretação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para deficientes auditivos.

“Barco de Papel” é um curta-metragem em animação protagonizado por Peninha, um menino de 9 anos que trabalha como engraxate na cidade de São Paulo. Vivendo entre fantasia e realidade, o garoto viaja por um mundo feito de papel e sapatos. O curta-metragem tem 15 minutos e classificação indicativa de 14 anos. 

Com direção de Thais Scabio, a animação ganhou o prêmio de Melhor Filme de Ficção na IV Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso e foi exibido em festivais brasileiros e internacionais. Além de atuar como diretora, produtora executiva, roteirista e cineclubista, Thais Scabio é fundadora, junto com Gilberto Caetano, da produtora Cavalo Marinho Audiovisual. Seu último trabalho, “Ipa/Ipá”, documentário realizado durante a pandemia, foi premiado na IV Mostra Lugar de Mulher é No Cinema deste ano. Atualmente, ela está em fase de pré-produção do longa-metragem “Olivia”, em que assina roteiro e direção com Gilberto Caetano.

Leia mais ...