Menu


Hortolândia participa do II Fórum Nacional de Gestoras de Políticas para as Mulheres

Encontro reuniu 300 gestoras de políticas para as mulheres de governos estaduais, distrital e municipais

A Prefeitura de Hortolândia participou, entre os dias 11 e 12 de junho, do II Fórum Nacional de Gestoras de Políticas para as Mulheres. O evento, organizado pelo Ministério das Mulheres, reuniu cerca de 300 gestoras dos governos estaduais, distrital e municipais, no Museu Nacional da República, em Brasília. Hortolândia foi representada no fórum pela diretora do Departamento da Mulher, órgão vinculado à Secretaria de Governo, Josefa Teixeira.

O II Fórum Nacional de Gestoras de Políticas para as Mulheres debateu temas relacionados à gestão de políticas, intercâmbio de experiências, participação das mulheres nos espaços de poder e decisão, além de apresentar estratégias de integração e articulação das políticas para as mulheres em todo território nacional.

O encontro também fomentou, por meio dos discursos das autoridades presentes, entre as quais ministras, governadoras, senadoras e deputadas federais, temas como misoginia, igualdade salarial, violência de gênero e orçamento público para proposição de políticas públicas voltadas às mulheres.

Durante a abertura do evento, a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, enfatizou a importância das gestoras municipais no avanço das políticas para as mulheres. “A maior parte dos avanços que nós temos é graças a vocês que estão lá no município fazendo o trabalho do dia a dia e que muitas vezes ainda estão no papel de coordenadoria, de assessoria e não no de secretárias”, declarou a ministra Cida Gonçalves, ao cobrar que os municípios priorizem a criação de Secretarias das Mulheres.

Após a abertura do evento, o fórum deu início à mesa de discussão sobre o tema “Ampliando a Participação das Mulheres nos Espaços de Poder e Decisão”, que debateu o empoderamento das Mulheres na Perspectiva Institucional e o combate ao machismo postural no âmbito da política. O primeiro dia do evento também contou com o lançamento da campanha “Mais Mulheres no Poder, Mais Democracia”, que exibiu dados sobre a sub-representatividade das mulheres na política e apresentou os materiais informativos que serão utilizados em ações de divulgação.

A diretora do Departamento da Mulher, Josefa Teixeira, avalia a participação de Hortolândia no fórum nacional. “Trouxemos conhecimentos importantes para o avanço na garantia dos direitos, proteção, apoio e cuidado das meninas e mulheres atendidas pelo Departamento da Mulher. Como única participante da RMC (Região Metropolitana de Campinas) nesse importante encontro, pretendo replicar materiais e informações com os organismos de mulheres da Câmara Temática de Políticas Públicas para Mulheres da Região Metropolitana de Campinas como forma de promover crescimento regional no trabalho em prol das mulheres”, afirma Josefa Teixeira.

O II Fórum Nacional de Gestoras de Políticas paras as Mulheres contou, ainda, com debates sobre “Articulação Institucional e Participação Política das Mulheres”, “Enfrentamento à Violência contra as Mulheres” e “Autonomia Econômica”. O encontro formalizou o lançamento dos cursos virtuais “Gestão e Implementação de OPM (Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres)” e “O Protagonismo das Mulheres: Passos para a Atuação das Mulheres nos Espaços de Poder e Decisão”. 

O fórum nacional foi encerrado com a apresentação de um mapeamento para diagnóstico das estruturas de gestão de políticas para as mulheres e com informes sobre a V Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que será realizada em 2025.

Leia mais ...

Encontro de mulheres empreendedoras de Hortolândia finaliza “Março Delas”

Campanha em comemoração ao mês das mulheres impactou mais de 5 mil pessoas por meio de 50 atividades

A valorização da figura feminina como protagonista da própria história. Foi com esta mensagem que a Prefeitura de Hortolândia organizou, nesta quarta-feira (27/03), a cerimônia de encerramento da Campanha “Março Delas: Empodere, Eduque, Respeite”. O evento, promovido pela Secretaria de Governo por meio do Departamento da Mulher, reuniu cerca de 240 empreendedoras da cidade no Espaço Blue Eventos, na Chácaras Lusitanas. Além da presença do prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, estiveram presentes o presidente da Câmara dos Vereadores, Edivaldo Araújo, a deputada estadual Ana Perugini, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria dos Anjos , e o secretário de Governo, Carlos Augusto César, o Cafú.

Organizado com o apoio do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o evento de encerramento da Campanha “Março Delas” buscou reunir empreendedoras de Hortolândia como forma de inspirar, compartilhar histórias e motivar outras mulheres que buscam iniciar o próprio negócio. O evento contou com palestras, talk show, apresentação do Quinteto Cultura, grupo musical da Secretaria de Cultura, além de possibilitar o networking entre as participantes.

O chefe do Executivo Municipal, Zezé Gomes, relacionou a geração de emprego e renda no município à atuação direta das empreendedoras no mercado de trabalho. “Esse encontro com mulheres empreendedoras mostra a força de Hortolândia em continuar gerando renda e oportunidades de trabalho para o nosso povo. Nós sabemos dos desafios envolvidos em começar o próprio negócio, por isso gostaria de parabenizar todas essas mulheres, que arregaçam a manga e contribuem diretamente para o crescimento e desenvolvimento econômico da nossa cidade. É uma satisfação enorme poder participar de um evento com mulheres tão empoderadas”, declarou Zezé Gomes.

Uma dessas mulheres é Giovanna Pavesi, mulher transsexual representante da comunidade LGBQIAP+. Foi em um cômodo de sua casa que ela começou, há 40 anos, a trabalhar como cabeleireira. Atualmente, ela é dona de um salão de beleza. “Eu me sinto reconhecida. Eu acho que temos que ter referências para nos estimular sempre a procurar progresso, a crescer, a evoluir, afinal, uma puxa a outra. Sou, porque somos”, afirma.

O Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia teve participação ativa na Campanha “Março Delas” ao promover a participação feminina no mercado de trabalho por meio dos cursos profissionalizantes. A presidente do órgão, Maria dos Anjos, elenca as qualidades da figura feminina. “Hoje estamos reunidas com mulheres protagonistas da própria história. Esse brilho e garra das mulheres são características que fazem toda diferença. O trabalho desempenhado por essas mulheres gera renda, emprego e confere maior credibilidade à nossa cidade”, comentou Maria dos Anjos.

Já o secretário de Governo de Hortolândia expressou a valorização da mulher na atual gestão por meio de estatísticas do funcionalismo público municipal. “Este é um governo que dá voz e poder de tomada de decisão às mulheres. Na Prefeitura de Hortolândia, 70% dos servidores são do sexo feminino, sendo que “50% dos cargos de chefia são ocupados por mulheres. Isso reflete a valorização das mulheres e a contribuição que têm para o desenvolvimento da nossa cidade”, afirmou Cafú.

Para a empreendedora Michele Ferreira, as políticas públicas promovidas pela Prefeitura de Hortolândia contribuem para a valorização das mulheres no mercado de trabalho local. “As mulheres têm conquistado seu espaço no mercado de trabalho e o fato de Hortolândia dar o impulsionamento para nós é realmente ótimo. Este evento nos fortalece em várias questões práticas, técnicas e de estudo da tecnologia. O networking que tivemos foi maravilhoso”, opinou a corretora de imóveis.

Durante a campanha “Março Delas”, a Prefeitura de Hortolândia promoveu mais de 50 ações em todas as regiões da cidade, atingindo mais de cinco mil pessoas. A campanha contou com a participação das secretarias municipais, OSCs (Organizações da Sociedade Civil), escolas, unidades de saúde, entre outros equipamentos públicos.  O público feminino teve acesso a atividades artísticas, esportivas, culturais, além de rodas de conversa e palestras que conscientizarem mulheres e meninas sobre as conquistas femininas ao longo da histórias, sobre os direitos assegurados por leis e os serviços disponíveis do município, como a carreta da mamografia, que atendeu 600 mulheres com exame de prevenção ao câncer de mama.

A diretora do Departamento da Mulher de Hortolândia, Josefa Teixeira, avalia positivamente a campanha. “Com a Campanha deste mês Março Delas: ‘Empodere, Eduque, Respeite’, constatamos que mais mulheres se empoderam e buscam seus direitos por dignidade, respeito, justiça, pela construção de uma sociedade sem misoginia e sem violência. Nesta luta, podem contar com o CRAM, serviço multiprofissional que realiza atendimento acolhedor. Nós escolhemos as empreendedoras para finalizar o ‘Março Delas’, porque são mulheres que têm autonomia para serem o que quiserem, para mudar a realidade da família, influenciar o entorno. São mulheres que continuaram acreditando em si mesmas mesmo quando foram desacreditadas ou descredibilizadas”, encerra.

 

Consulte mais imagens do evento clicando neste LINK.

Leia mais ...

Peça teatral sobre o Mês das Mulheres entretém idosos de Hortolândia

Evento cultural contou com apresentações de teatro, dança e coral

Conscientização social transmitida de uma maneira descontraída e divertida. Assim foi a tarde desta sexta-feira (15/03) para os idosos cadastrados nas duas unidades do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão vinculado à Secretaria de Governo. A atividade cultural, organizada no Teatro Elizabeth Keller de Matos, no Jd. Amanda, contou com apresentações culturais e artísticas diversas. O evento compõe o “Março Delas”, conjunto de ações organizadas pela Prefeitura de Hortolândia em comemoração ao mês da mulher.

A ação cultural realizada no teatro do Jd. Amanda foi organizada pela Secretaria de Governo como forma de unir a temática do mês da mulher à conscientização sobre os direitos da pessoa idosa. Durante as atividades, o público pôde prestigiar e se divertir com atividades diversas, como apresentação teatral, danças e coral. As atrações artísticas foram organizadas pelo Departamento de Direitos Humanos e pelo CCMI.

Presente no teatro, o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, exaltou a presença do público da melhor idade no evento. “Hoje viemos ao Jd. Amanda para celebrar o mês da mulher de uma forma leve e divertida. É muito gratificante ver este teatro lotado, com a presença dos nossos idosos cadastrados nos CCMIs. E é justamente esse o nosso propósito, levar os equipamentos públicos a todas as regiões da cidade, para que pessoas de todas as faixas etárias tenham acesso aos serviços públicos. Cuidar das pessoas, desde a criança à pessoa idosa, é o nosso maior compromisso”, enfatizou Zezé Gomes, ao mencionar o Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa municipal que prevê a realização de mais de cem obras de infraestrutura para os próximos cinco anos. Uma dessas obras previstas é a construção de novas unidades do CCMI no Jd. Rosolém e no Jd. Amanda.

O momento mais aguardado pelo público foi a apresentação da peça teatral “Política Pública na Praça”, encenada por servidores vinculados ao Departamento de Direitos Humanos. Inspirada no clássico “A Praça é Nossa”, programa de humor consagrado na TV brasileira, a atuação conscientizou o público sobre os direitos da pessoa idosa. O palco cênico especialmente montado para a encenação foi a Praça  ngelo Perugini. O enredo contou com a representação da personagem Bizantina Scatamacchia Pinto, interpretada pelo assessor departamental do segmento da pessoa idosa, Evandro Ferreira Amaral. Conhecida nacionalmente pela alcunha de “Velha Surda”, a personagem divertiu o público com os trocadilhos e confusões com as palavras. Durante a peça, os atores apresentaram ao público a Cartilha do Idoso.

Para a idosa cadastrada no CCMI do Remanso Campineiro, Maria Azarias, o evento foi uma oportunidade para se divertir e se conscientizar sobre seus direitos. “Eu adorei a apresentação. Esta é a terceira vez que eu assisto a uma peça teatral, eu adoro teatro. Eu não conhecia os direitos apresentados na cartilha, conheci hoje”, afirmou a moradora do Jd. Minda.

Além da encenação teatral, o evento “Março Delas” contou com a apresentação do grupo de canto coral regido pela professora Carla Tossetto. Idosas cadastradas no CCMI demonstraram seus talentos artísticos com apresentações de danças no estilo passinho, forró e dança do ventre. Por fim, os idosos da Melhor Idade de Hortolândia apresentaram a peça “A Rica e A Pobre”. As mulheres presentes no teatro foram homenageadas pelo Departamento de Direitos Humanos com a entrega de rosas.

O Mês das Mulheres está recheado de atividades até o dia 28 de março em Hortolândia. Clique neste LINK para saber. Abaixo, estão as atividades realizadas nas unidades de saúde em diferentes regiões da cidade:

UBS São Bento - 19/03 - 7h30 - Palestra sobre o Dia da Mulher e café da manhã

UBS Jardim Rosolém - 20/03 - 8h - Palestra “Empoderamento Feminino”

UBS São Bento - 22/03 - 9h - Palestra sobre câncer de colo de útero, câncer de colorretal e endometriose

UBS São Jorge - 28/03 - 8h30 - Palestra, aula de lian gong, café da manhã e bingo 

 

Consulte mais imagens da atividade artística do Mês das Mulheres clicando neste LINK.

Leia mais ...

CRAM de Hortolândia reinaugura prédio reformado, nesta sexta-feira (26/01)

Entrega de melhorias do equipamento público contará com presença da ministra das Mulheres, Aparecida Gonçalves

A Prefeitura de Hortolândia entrega, nesta sexta-feira (26/01), as reformas de melhoria do CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher), equipamento assistencial vinculado ao Departamento da Mulher, órgão da Secretaria de Governo. A solenidade de reinauguração terá início às 9h na nova sede do CRAM, localizada na Rua Alberto Gomes, 18, na região central. A cerimônia contará com a presença de autoridades públicas, entre as quais o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, e a Ministra da Mulher, Aparecida Gonçalves, além de secretários e vereadores municipais.

Com a reinauguração do prédio, o CRAM de Hortolândia contará com um espaço mais amplo e confortável para atender mulheres vítimas de violência doméstica, já que o prédio público passa a ter uma sala de estar e repouso para as mulheres atendidas. A reforma do equipamento público também acolherá as crianças e adolescentes que acompanham as mães durante os atendimentos. O espaço recebeu uma brinquedoteca, instalação formada por mesas, cadeiras, brinquedos e materiais didáticos pedagógicos. 

A diretora do Departamento da Mulher, Josefa Teixeira, traça um retrospecto do equipamento público e projeta melhorias no atendimento ao público. “Em 2017, nós inauguramos o CRAM de Hortolândia. Na época, tínhamos três salas, que comportavam outros três serviços da Prefeitura. Ao longo dos anos, percebemos que essas três salas não eram suficientes para ofertar um atendimento humanizado de qualidade. Com esta reforma, nós pretendemos oferecer um ambiente mais acolhedor não só para as mulheres, mas também para os filhos, que serão acompanhados por pedagogos durante todo o atendimento das mães” salienta Josefa. Desde 2017, o CRAM passou por três reformas: duas com recursos do tesouro municipal e esta última com recursos do Governo Federal.

Entre as intervenções de reforma do CRAM, a Prefeitura realizou, na última semana, o nivelamento da calçada em frente ao edifício. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho garantirá maior segurança aos pedestres e usuários da unidade. Nesta semana, equipes da Prefeitura finalizam reparos de pintura nas áreas interna e externa do prédio, além de concluir ações nas partes hidráulicas e elétricas, instalação de guarda-corpos e manutenção geral no acabamento e no estacionamento.

 

Departamento da Mulher

Vinculado à Secretaria Municipal de Governo, o Departamento da Mulher de Hortolândia  foi criado em junho de 2023. O órgão atua na promoção do sistema de garantia dos direitos fundamentais das mulheres, fortalecendo a valorização e autonomia socioeconômica do público feminino, independentemente da raça, cor, idade, deficiência, orientação sexual ou religião. Entre os serviços ofertados pelo Departamento, estão a formação profissionalizante, encaminhamento de mulheres em situação de vulnerabilidade para vagas de emprego na Administração Pública e em empresas parceiras da Prefeitura, auxílio moradia, e oferta prioritária de vagas em creches e em escolas. 

O CRAM de Hortolândia conta com uma equipe multidisciplinar formada pela diretora, assistentes sociais, psicóloga, advogadas, pedagoga, auxiliares administrativas, além de guardas municipais. O órgão realiza atendimentos de situações emergenciais e de risco de mulheres que procuram a unidade espontaneamente ou que são encaminhadas pelo CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), pelos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), pelas unidades de Saúde ou socorridas pelas forças da Segurança Pública, como Polícia Militar, Guarda Municipal e Delegacia de Defesa da Mulher.

 

SERVIÇO

Reinauguração da sede do CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher)

Data: sexta-feira, 26 de janeiro

Horário: 9h

Local: Nova Sede do CRAM

Endereço: Rua Alberto Gomes, 18, no Jd. das Paineiras

Leia mais ...

Escolas de Hortolândia recebem palestras da campanha “Ativismo, Consciência e Cultura”

Encontro com alunos da rede pública expõe o tema da Consciência Negra e do Empoderamento Feminino

A Prefeitura de Hortolândia segue promovendo a campanha “Ativismo, Consciência e Cultura – As Diferenças se Encontram no Respeito” em diferentes espaços públicos da cidade. Nessa quinta-feira (09/11), alunos da E.E. (Escola Estadual) Yasuo Sasaki participaram da palestra em virtude do Mês da Consciência Negra. O encontro também abordou a temática da violência contra as mulheres. Já nesta sexta-feira (10/11), a Prefeitura promove, na EMEF (Escola Municipal do Ensino Fundamental) Prof.ª Marleciene Priscila Presta Bonfim, no Remanso Campineiro, uma palestra com 400 bolsistas do Programa ACERTE (Ação Cidadã de Requalificação, Trabalho e Educação), de iniciativa da Secretaria de Governo. As ações são promovidas pelo governo por meio do Departamento da Mulher e do Departamento de Direitos Humanos e pela Secretaria de Cultura.

O encontro realizado com os alunos da rede pública tem por objetivo ministrar uma palestra dividida em dois eixos temáticos. Primeiro, os estudantes aprendem sobre o Mês da Consciência Negra, celebrado em novembro, momento em que são sensibilizados sobre questões étnico-raciais, racismo e as manifestações de preconceito. Já na segunda metade da palestra, o diálogo é direcionado prioritariamente às adolescentes por meio da apresentação da campanha “Laço Branco”, que alude à prevenção, combate e conscientização sobre a violência contra as mulheres. Por meio da explanação da diretora do Departamento da Mulher de Hortolândia, Josefa Teixeira, as meninas são encorajadas a buscar o empoderamento feminino ao conquistar espaços nos âmbitos profissionais e políticos, lutando pela igualdade de condições e de direitos. Nessa quinta-feira, a palestra na E.E. Yasuo Sasaki sensibilizou cerca de 350 pessoas, entre alunos e educadores. Durante o encontro, os participantes puderam compartilhar experiência e vivências. 

A palestra ministrada com os alunos da escola Yasuo Sasaki contou, ainda, com uma apresentação do secretário adjunto de Cultura, Tim Mendes, que abordou a história do povo negro sob o fio condutor da música e dos diversos ritmos. A explanação dos aspectos culturais da consciência negra teve a participação do Quinteto Cultura, grupo musical promovido pela Prefeitura. Os alunos também puderam conhecer personalidades negras marcantes e importantes na história.

A diretora do Departamento da Mulher de Hortolândia, Josefa Teixeira, comenta sobre o caráter abrangente das ações. “O objetivo dessa campanha mais ampla é mostrar que todas essas pautas estão interligadas, tanto em relação ao Mês da Consciência Negra quanto ao ativismo e cultura. Quando se tem consciência daquilo que faz, a pessoa se movimenta ativamente para mudar a realidade. Culturalmente, quebramos alguns paradigmas que foram enraizados e embutidos na sociedade como algo natural. Nosso propósito é quebrar todos os paradigmas e levar as pessoas a essa sensibilidade, se colocar no lugar do outro e mudar alguns comportamentos que são reproduzidos historicamente”, afirma Josefa.

 Ao longo de 40 dias, a Prefeitura de Hortolândia organiza uma série de ações em espaços públicos com a finalidade de sensibilizar e conscientizar a população sobre a Consciência Negra e o combate à violência contra as mulheres. Por meio de palestras, rodas de conversas, atividades culturais diversas e blitz em vias públicas, a Prefeitura projeta alcançar cerca e 10 mil pessoas. As ações acontecem em virtude do Mês da Consciência Negra e do Dia Internacional dos Direitos Humanos, comemorado no dia 10 de dezembro. O conjunto de atividades organizadas pela Prefeitura ao longo do mês pode ser consultado por meio deste LINK.

Leia mais ...

Cerca de mil pessoas participam da 1ª Caminha Pela Vida

Evento organizado pela Prefeitura de Hortolândia contou com palestra de conscientização sobre o câncer de mama

A Prefeitura de Hortolândia organizou, nesse domingo (29/10), a 1ª Caminha Pela Vida, evento intersetorial em alusão à campanha “Outubro Rosa”. A caminhada teve início no cruzamento da Rua Cuba, no Jd. Santa Clara do Lago II, e se estendeu até o Observatório Ambiental Parque Escola, onde as cerca de mil pessoas presentes no evento se reuniram para participar das atividades culturais e educativas programadas pela Prefeitura. A “1 ª Caminhada Pela Vida” finaliza uma série de ações organizadas pela Administração Municipal em virtude da campanha temática que alude à prevenção e conscientização ao câncer de mama.

Vestidos de rosa e segurando balões da mesma cor, os participantes da “1ª Caminhada Pela Vida” percorreram um trajeto de quase um quilômetro. Ao longo da atividade, a mensagem de resiliência foi compartilhada por meio de um cartaz com os dizeres “A cada passo, um recomeço”.  

Segurando o cartaz durante todo o trajeto da caminhada, o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, reforça a importância da campanha. "Cuidar bem das pessoas é o grande objetivo da nossa Administração Municipal e a Caminhada pela Vida fechou com chave de ouro as ações alusivas ao ‘Outubro Rosa’, mês de conscientização e combate ao câncer de mama. Foi bonito ver milhares de pessoas presentes, famílias inteiras participando desse momento festivo. A nossa Rede Municipal de Saúde vem realizando um grande trabalho em relação à saúde preventiva da mulher e nos últimos anos recebemos reforço com os caminhões de mamografia. Parabéns a todos e, você mulher, procure uma das nossas UBS, passe pelo médico e caso receba o encaminhamento, faça os exames. A prevenção é a nossa grande aliada contra o câncer de mama”, destacou Zezé Gomes.

Ao chegar ao ponto final da caminhada, os participantes se concentraram no Observatório Ambiental Parque Escola, no Jd. Santa Clara do Lago, onde saborearam um piquenique de frutas. O local também foi palco de diversão e entretenimento com a apresentação do Quinteto Cultura, grupo musical promovido pela Secretaria de Cultura, e com uma atividade de zumba, organizada pela Secretaria de Esporte e Lazer. Por meio de uma palestra ministrada pela médica ginecologista obstetra vinculada à Secretara Municipal de Saúde, Giseli Moreira, o público pôde aprender sobre os métodos de prevenção, prática do autoexames e cuidados necessários em relação ao câncer de mama.

Em um ato coletivo, promovido pela Secretaria de Governo com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o plantio de uma árvore da espécie resedá rosa simbolizou a mensagem central propagada pela campanha “Outubro Rosa”, neste ano. Além de representar a vida e a beleza do universo feminino, o plantio da árvore aludiu ao tema “Juntas Plantando a Esperança”. A ação também reafirma o compromisso da Administração Municipal com a questão ambiental ao promover a arborização dos espaços públicos, política pela qual Hortolândia recebeu, neste mês, reconhecimentos internacional e estadual. 

Organizado anualmente pela Prefeitura de Hortolândia, a campanha “Outubro Rosa” promove uma série de atividades em todas as regiões da cidade. Neste mês, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, organizou atividades nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). O objetivo foi promover palestras sobre o câncer de mama, estimular a práticas de exames como mamografia e papanicolau, além de apresentar métodos contraceptivos. Em todas as atividades, as mulheres foram instruídas sobre hábitos saudáveis, a importância de praticar exercícios físicos e de cultivar a autoestima por meio do amor próprio.

Leia mais ...