Menu


Com a chegada do tempo seco, Defesa Civil prepara “Operação Estiagem”

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, órgão da Casa Civil do Governo do Estado, prepara as diretrizes a serem repassadas aos municípios para que seja implantada a “Operação Estiagem 2021”, a partir do próximo sábado (01/05). Nesta semana, com o registro de tempo seco e temperaturas em queda, a Defesa Civil de Hortolândia, órgão da Secretaria de Segurança da Prefeitura, orienta a população sobre como preservar a própria saúde e colaborar para que não haja focos de incêndio, frequentes no período do outono, no Sudeste brasileiro.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, a estiagem é “o resultado da redução, atraso ou ausência de chuvas, e períodos chuvosos previstos para uma determinada temporada. Nessa época, o ar fica mais seco, propiciando problemas respiratórios, gripes e alergias”. É um período de atenção e mudança com relação a certos hábitos, uma vez que, devido à diminuição nos reservatórios e rios brasileiros, pode ocorrer racionamento de água e também falta de energia elétrica, já que grande parte da eletricidade no país é produzida por usinas hidrelétricas.

Outro risco importante é o aumento do perigo de incêndios em matas e florestas e os focos de queimadas nas cidades. Em razão disso, a Defesa Civil de Hortolândia alerta sobre a importância da colaboração de todos, do Poder Público e da sociedade.

Segundo o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), na região de Campinas, “com a presença de uma massa de ar de origem polar, seca e fria, centrada sobre o sul do país, o estado como um todo é também influenciado com estabilidade atmosférica, queda nas temperaturas e baixa umidade do ar. Além disso, o vento também apresenta maior intensidade (moderada) especialmente entre o entardecer e as primeiras horas da noite. A quarta-feira já amanhece um pouco mais fria, com mínima em torno dos 15ºC. A máxima está prevista em 28ºC, e a umidade relativa do ar fica em torno de 30% à tarde, sendo recomendados cuidados com hidratação via ingestão de líquidos e, possivelmente de pele e mucosas (com produtos apropriados, consulte seu médico)”.

URA

Nesta época do ano, o termo URA (Umidade Relativa do Ar) entra em evidência. Mas o que ela significa? De modo simplificado, a URA se refere ao “quanto de água na forma de vapor existe na atmosfera no momento em relação ao total máximo que poderia existir, na temperatura observada. A umidade do ar é mais baixa principalmente no final do inverno e início da primavera, no período da tarde, entre 12 e 16 horas. A umidade fica mais alta: sempre que chove devido à evaporação que ocorre posteriormente, em áreas florestadas ou próximas aos rios ou represa, quando a temperatura diminui (orvalho)”, informa o site do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da cidade de São Paulo. 

Neste caso, ainda segundo o CGE, é preciso atentar aos problemas decorrentes da baixa umidade do ar. Dentre eles estão:

•Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;

•Sangramento pelo nariz;

•Ressecamento da pele;

•Irritação dos olhos;

•Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos;

•Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

 

Veja algumas dicas da Defesa Civil sobre como agir no período de estiagem: 

Cuidados com a saúde: 

• Beba muita água, coma mais frutas e vegetais, pois a desidratação é um sério risco, principalmente para crianças e idosos;

• Evite objetos que acumulem poeira, como tapetes, cortinas e bichos de pelúcia;

• Evite ar-condicionado, pois resseca ainda mais o ar;

• Umedeça o ar de sua casa deixando toalhas úmidas em alguns cômodos;

• Limpe os olhos com algodão e água esterilizada para evitar irritações e outros problemas oculares;

• Evite fazer exercícios físicos quando o ar estiver muito seco, principalmente no horário da 11h às 17h.

Economize água: 

• Feche a torneira enquanto escova os dentes; 

• Evite banhos demorados e feche o chuveiro enquanto se ensaboa. Cinco minutos são suficientes para ficar limpinho e cheiroso; 

• Evite acionar a descarga à toa. Ela gasta muita água; 

• Não use o vaso sanitário como lixeira; 

• Sempre lave o carro com balde e água; 

• Evite usar mangueira para retirar o lixo da calçada. Uma vassoura resolve o problema, além de ser um bom exercício.

Utilize energia elétrica de forma inteligente: 

• Junte a maior quantidade de roupas para passá-las de uma só vez. Para cada tecido, use a temperatura indicada no ferro de passar; 

• Na lavadora de roupas, lave o máximo de roupas de uma só vez, economizando energia e água; 

• Instale sua geladeira em local ventilado, longe da parede ou móveis e de fontes de calor como fogões ou estufas; 

• Abra a porta da geladeira só quando precisar. Coloque ou retire os alimentos de uma só vez. Verifique regularmente as borrachas de vedação da porta;

• Em dias quentes, coloque seu chuveiro na posição verão. Na posição inverno o consumo de energia é 30 % maior; 

• Apagues as lâmpadas e desligue a TV quando ninguém estiver no local. 

Incêndios e Queimadas: 

• Evite jogar cigarros ou fósforos acesos às margens das rodovias, especialmente de carros em movimento; 

• Balões podem provocar acidentes aeronáuticos, incêndios florestais e são um perigo para refinarias e indústrias químicas. Soltar balão é crime. Lei 9.605.98; 

• Evite acender fogueiras; 

• Evite qualquer tipo de queimada; 

• Quando a queimada for necessária para fins agrícolas (cana e algodão, regulamentadas por lei), avise seus vizinhos e a Polícia Ambiental, com dois dias de antecedência; 

• Não faça queimadas próximo à rede elétrica; 

• Nunca faça queimadas em dias quentes, secos ou com ventos fortes; 

• Informe onde houver fumaça, para o fogo ser combatido; 

• Se avistar fumaça suspeita ou em caso de incêndio, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193.

Fonte de Pequisa: Sabesp/Eletropaulo/Sedec/ Cedec/Secretaria do Meio Ambiente (Operação Mata Fogo) Lembre-se: o chuveiro elétrico e geladeira são os responsáveis por 60% do consumo de energia de uma casa

 

Prefeito torna-se presidente da Junta Militar de Hortolândia

Uma cerimônia oficial, na tarde desta terça-feira (27/04), marcou a posse do prefeito José Nazareno Zezé Gomes como novo presidente da 14ª. Junta Militar. Trata-se de uma formalidade realizada pelo Exército, em razão do falecimento do ex-prefeito Angelo Perugini. É que, sem o presidente, a Junta Militar de Hortolândia não tem autorização para funcionar. 

O evento, ocorrido no gabinete do Paço Municipal Palácio das Águas, no Remanso Campineiro, contou com a participação do 2º. Tenente Antonio Ananias da Silva Filho, chefe da 4ª. Delegacia de Serviço Militar; dos secretários de Segurança, Joldemar Nunes Corrêa (titular) e Adriana Carvalho (adjunta); Cláudia Rosa Ferreira, chefe do setor, e Eleusa Aparecida Maciel, secretária da Junta Militar.

Alistamento militar online vai até 30 de junho

Jovens do sexo masculino, nascidos em Hortolândia em 2003, que completam 18 anos agora em 2021, precisam estar atentos à situação militar. É tempo de fazer o alistamento obrigatório. Por solicitação do Exército Brasileiro, a inscrição deve ser feita exclusivamente de maneira online, pelo site https://www.alistamento.eb.mil.br/, até o dia 30 de junho

Para realizar o alistamento, o interessado deve seguir as instruções presentes no site. No Brasil, o alistamento militar é obrigatório para os jovens do sexo masculino com 18 anos. Quem não o fizer, além de estar sujeito à multa, ficará impedido de realizar atividades importantes, como obter a carteira profissional, passaporte, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer função profissional e até mesmo matricular-se ou prestar exame em qualquer estabelecimento de ensino, informa o secretário.

Quem já se alistou deve consultar periodicamente o site para ver se a sua dispensa consta no sistema. Em caso positivo, basta imprimir a guia de recolhimento e pagar. Depois disso, o jovem já pode receber o certificado de reservista. Neste ano, em razão da pandemia, não haverá cerimônia de Juramento à bandeira.

A Junta Militar realiza atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, por meio do telefone (19) 3965-1427 e do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

Prefeitura retoma atividades do programa escolar de prevenção às drogas

Com a ajuda da tecnologia, as atividades do programa escolar de prevenção às drogas, “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, estão de volta. Desta vez, em razão da pandemia do Coronavírus, são disponibilizadas no “Espaço Educação na Rede”, na aba “Quer saber mais?”, do botão “Ensino Fundamental e Educação Integral”, existentes no portal oficial da Prefeitura de Hortolândia (https://ensinofundamentalhortolandia.blogspot.com/). A ação da Administração Municipal acontece por meio de parceria entre as secretarias de Educação, Ciência e Tecnologia e de Segurança.

Habitualmente, as atividades pedagógicas do programa eram conduzidas em sala de aula por GMs (Guardas Municipais), agentes de prevenção do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da corporação, especialmente capacitados para isso. Mas, deste o início da pandemia, o programa é realizado de maneira remota. Neste primeiro semestre, segundo dados da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a ação beneficiará 1.260 alunos dos quintos anos, matriculados em 14 escolas municipais (veja abaixo). As crianças atendidas são estudantes do Ensino Fundamental, com faixa etária entre nove e 14 anos de idade.

“O projeto ‘Bem Me Quer, Paz Se Quer’ vem sendo trabalhado há muitos anos em nosso município, com temas como prevenção ao uso e abuso das drogas, levando o aluno a refletir sobre valores sociais, como respeito, autoestima, ética, amizade, dentre outros. O intuito é proporcionar o acesso às informações diversas, como seu preparo para o exercício da cidadania. Fico feliz em saber que, mesmo diante do quadro que estamos vivendo da COVID-19, desde o ano passado, o projeto continua de forma remota, por meio do Espaço Educação na Rede, na aba Quer Saber Mais. Lá, quinzenalmente, disponibilizamos os vídeos e as atividades do projeto. Assim, os alunos podem dar continuidade ao trabalho e ter acesso às informações passadas pelos guardas municipais”, afirma a coordenadora do projeto na Educação, Carla Borrego Varani.

"Nossos estudantes aprendem valores neste importante projeto. Respeito e estar ao lado da família, além de se afastar do mundo da criminalidade são diretrizes importantes para ajudarmos na formação dos nossos jovens", afirma o secretário de Segurança, Joldemar Nunes Corrêa.

Sobre o “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

No projeto, os alunos recebem informações e orientações sobre os riscos trazidos pelo uso e abuso de drogas, tanto lícitas (como álcool e cigarro), quanto ilícitas. Os agentes de prevenção também abordam outros temas delicados, como o perigo do uso do cerol na prática de empinar pipas, bullying e cyberbullying, violência doméstica, festas “rave”, beber e dirigir, assim como autoestima, autoconhecimento, respeito e importância da família.

Confira as escolas atendidas no 1º semestre de 2021: 

Emef Salvador Zacharias Pereira Júnior

Emef Jardim Primavera

Emef Jardim Amanda I – CAIC

Emeb Interlagos

Emef Tarsila do Amaral

Emef Boa Esperança José Roque de Moura

Emef Taquara Branca – Agenor Miranda da Silva

Emef D. Ana Bodini Januário

Emef Armelinda Espúrio da Silva

Emef Zilda Arns

Emef Fernanda Graziele Resende Covre

Emef João Calixto

Emeb Josias da Silva Macedo

Emef Profª Patrícia Mª Capelato Basso

 

Guardas Municipais de Hortolândia são imunizados contra o Coronavírus

Integrantes da GM (Guarda Municipal) de Hortolândia já estão sendo vacinados contra o Coronavírus. Por determinação do Governo do Estado, que incluiu os agentes de segurança pública entre os grupos prioritários, a aplicação do imunizante acontece, junto com a dos PMs (Policiais Militares) que atuam na cidade, na sede do 48° BPM (Batalhão de Polícia Militar), em Sumaré, desde esta terça-feira (06/04).  Além deles, também são atendidos policiais civis e militares, policiais da área técnico-científica e bombeiros.

Em média, são vacinados 45 GMs por dia. A previsão é que, até quinta-feira (08/04), todo o efetivo tenha recebido a vacina. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança, até o momento 70% do contingente já havia sido imunizado.

Para o secretário de Segurança de Hortolândia, Joldemar Nunes Corrêa, a medida é muito bem-vinda, pois protege servidores que atuam na linha de frente do combate ao Coronavírus, desde o início da pandemia, seja em ações preventivas, seja em operações de fiscalização e orientação realizadas pela Prefeitura. 

“A vacinação dos guardas municipais é muito importante, porque eles são profissionais que estão superexpostos ao contágio do vírus, pois atuam na linha de frente, desde o início da pandemia, principalmente na área de fiscalização para evitar aglomerações. A vacina traz uma maior segurança e tranquilidade para que possam continuar atuando no combate à pandemia”, avalia o secretário.

Vacinação de idosos e profissionais da saúde

Nesta segunda-feira (05/04), a Prefeitura iniciou a vacinação para idosos com idade de 67 anos ou mais. A vacinação é realizada no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. O local conta com esquema de drive-thru para imunizar idosos com dificuldade de locomoção. O acesso é pela entrada lateral do CCMI na rua Antonio Bernardes. Serão vacinados somente os idosos que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura e receberam o agendamento. Os idosos devem levar ao local de vacinação documento pessoal, cartão cidadão e comprovante de endereço. É permitido um acompanhante por idoso. 

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro, para que o façam no site da Prefeitura. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter feito o cadastro, a Secretaria de Saúde recomenda para que os idosos consultem o site da Prefeitura para conferir as informações do agendamento. 

A Secretaria de Saúde também ressalta que a imunização para profissionais da rede particular que estão na linha de frente da assistência à saúde também continua. Os profissionais que ainda não se cadastraram também podem fazê-lo no site da Prefeitura.

Não devem ser vacinados:

– Pacientes que tenham sido imunizados no calendário vacinal nos últimos 14 dias;

– Pacientes que apresentem quadro agudo e febril e sintomas respiratórios;

– Paciente que tenha tido COVID-19 há menos de 28 dias;   

– Menores de 18 anos.

 

Guarda Municipal e Polícia Militar farão bloqueios sanitários em Hortolândia, a partir desta sexta-feira (26/03), para conter a disseminação do Coronavírus

Todas as forças de segurança pública de Hortolândia trabalharão juntas, a partir desta sexta-feira (26/03), em ações integradas, para garantir o cumprimento das medidas sanitárias vigentes em São Paulo, na Fase Vermelha Emergencial, e, assim, conter a disseminação do Coronavírus na região. A decisão foi tomada em reuniões realizadas, nesta terça e quarta-feira (24 e 25/03), entre os comandantes da 3ª Companhia, Tenente Renato Rodrigues Buso, e da 4ª Cia, Capitã Carolina Colombo Leme da Silva, e a Prefeitura, representada pelo prefeito em exercício, José Nazareno Zezé Gomes, e o secretário municipal de Segurança, Joldemar Nunes Corrêa.

A medida está alinhada à decisão tomada, nesta semana, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas), que prevê a criação de barreiras sanitárias nos municípios, a partir desta sexta-feira (26/03) e até o dia quatro de abril. A medida visa reduzir a circulação de pessoas se aglomerando, bem como de turistas entre as cidades, durante o período do feriadão antecipado em São Paulo capital.

Segundo a Secretaria de Segurança, os bloqueios acontecerão em diversos locais da cidade, com abordagem da Guarda Municipal e da Polícia Militar e eventual encaminhamento para a Polícia Civil. “As ações integradas de segurança têm o objetivo de conscientizar as pessoas da gravidade da situação presente e incentivá-las a ficar em casa, respeitando o isolamento social, durante a pandemia. Os que descumprirem as medidas sanitárias sofrerão as sanções previstas na legislação vigente”, alerta o secretário Joldemar Corrêa.

 

Estabelecimentos de Hortolândia têm aderido às restrições sanitárias para combater ao Coronavírus

Dados divulgados, nesta terça-feira (23/03), pela Operação de Orientação e Fiscalização da Prefeitura de Hortolândia mostram adesão quanto ao cumprimento das novas medidas sanitárias vigentes, a partir da Fase Vermelha/Emergencial no município, implantadas desde o dia 15 deste mês. Entre os dias 16, 17 e 18 deste mês, 94 estabelecimentos fiscalizados cumpriam o que diz o decreto municipal nº 4.749, de 12 de março de 2021. O principal objetivo da operação de fiscalização, coordenada pela Prefeitura, é conscientizar a população e comerciantes sobre a necessidade das restrições. Apesar disso, 73 estabelecimentos comerciais descumpriam os protocolos sanitários, durante a fiscalização. Segundo a Secretaria de Governo, houve duas interdições e quatro infrações, ao todo, estando entre os autuados e interditados adegas, bares e chácaras.

Segundo a força tarefa da Administração Municipal, quando há interdição, esta pode durar até 30 dias. A medida está prevista no artigo 112 do Código Sanitário do Estado de São Paulo, lei nº 10.083. A partir daí, os responsáveis precisam tomar providências a fim de se adequar às regras vigentes e encaminhar a documentação necessária para regularização junto ao Poder Público. 

Além da fiscalização em estabelecimentos, no último final de semana (19 a 21/03), a GM (Guarda Municipal) atendeu a 24 chamados de perturbação de sossego público, oito delas resultando em notificação e 16 em averiguação. Desde janeiro até agora, a força de segurança da Prefeitura já realizou 145 averiguações e 93 notificações, com registro de BO (Boletim de Ocorrência), totalizando 238 ocorrências.

“Toque de restrição noturno”

Com as novas medidas, a Administração Municipal restringe, um pouco mais, a circulação de pessoas e também de veículos pela cidade, à noite. Desde o dia 15 deste mês, está suspensa, a não ser em casos especiais, a circulação de pessoas, das 20h às 5h. Do mesmo modo, veículos que circularem após as 22h, desrespeitando o “toque de restrição noturno”, estão sujeitos a multa, prevista no artigo 112 do Código Sanitário do Estado de São Paulo.

No horário restrito, somente poderão circular pela cidade empregados nos trajetos de ida e retorno do trabalho; quem realiza serviços de entrega de mercadorias (delivery); assim como usuários de atividades essenciais, tais como farmácias e drogarias;  hospitais, clínicas, laboratórios, casas de saúde, prontos-socorros, ambulatórios e unidades de atendimentos semelhantes.

Atividades comerciais e serviços

A Prefeitura tomou ainda uma série de medidas nas áreas de comércio e serviços. Entre elas está a decisão de que, no período entre as 18h e às 5h, está proibido o atendimento presencial para algumas atividades, porém fica liberado o funcionamento no sistema “drive thru” (veja anexo abaixo). São elas: postos de combustíveis, lojas de conveniência em postos de combustível; serviços administrativos (contábeis, jurídicos, recursos humanos e congêneres) dentro ou fora de empresas; distribuidores de gás; bancas de jornal e congêneres; oficinas para veículos automotores e de propulsão humana, inclusive borracharias e bicicletarias; comércios de autopeças; estabelecimentos de comercialização de insumos para construção civil; serviços de chaveiros; estabelecimentos comerciais de assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e de informática.

Serviços administrativos também podem atender por meio de entregas, no entanto, pelo menos 50% do efetivo deve trabalhar em casa, em regime de teletrabalho. Outro ponto importante é que postos de combustível não poderão atender clientes fora do veículo.

Poderão fazer entregas, 24 horas/dia, supermercados, hortifrutis, açougues, farmácias, lojas de vendas de medicação e alimentos para animais; entre outros comércios (confira tabela abaixo). Lavanderias e estabelecimentos congêneres, que prestam serviços de limpeza e higienização de objetos, veículos e animais, também poderão funcionar no sistema de entrega, mas devem respeitar o intervalo entre 5h e 18h. Indústrias, transportadoras e armazéns logísticos poderão operar, por 24h, desde que respeitado o sistema de entrega, sendo permitida somente a presença de funcionários no seu interior.

Estabelecimentos que descumprirem as novas determinações estão sujeitos a multa com base no artigo 112 da Lei nº 10.083, de 23 de setembro de 1998, que dispõe sobre o Código Sanitário do Estado de São Paulo.

 

Assinar este feed RSS