Menu


Prefeitura antecipa início da vacinação para idosos com idade entre 72 a 74 anos para esta sexta-feira (19/03)

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia antecipa o início da vacinação contra a COVID-19 para idosos com idade entre 72 a 74 anos para esta sexta-feira (19/03). A antecipação segue o cronograma anunciado nesta semana pelo governo estadual. A vacinação acontece das 8h às 16h no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. O local está com esquema de drive-thru montado para vacinar idosos com dificuldade de locomoção. O acesso é pela entrada lateral do CCMI, na rua Antonio Bernardes. Serão vacinados somente os idosos que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura e receberam o agendamento.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter feito o cadastro, a Secretaria de Saúde recomenda para que os idosos consultem o site da Prefeitura para conferir as informações do agendamento. 

A Secretaria de Saúde também ressalta que a imunização para profissionais da rede particular que estão na linha de frente da assistência humana também continua. Os profissionais que ainda não se cadastraram também podem fazê-lo no site da Prefeitura. 

Para os idosos e profissionais da rede particular de saúde que já receberam o agendamento, a Secretaria de Saúde solicita para que estes públicos compareçam ao CCMI para receber a imunização, e com isso colaborar na contenção da disseminação do Coronavírus na cidade. 

Em caso de idosos ou profissionais que receberam o agendamento e não compareceram à vacinação, eles deverão aguardar novo agendamento, que será feito pela Secretaria de Saúde e informado no site da Prefeitura, por meio de consulta. 

Em caso da profissional que esteja gestante, ela somente poderá ser vacinada com avaliação obstétrica e prescrição médica. Pacientes oncológicos e transplantados somente receberão a vacina com prescrição médica.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que no dia da vacinação, o profissional deverá apresentar algum documento que comprove sua atuação na saúde, como, por exemplo, carteira de conselho de classe, contrato de trabalho, ou carteira de trabalho, e documento com foto. A Secretaria de Saúde orienta que se o profissional já tenha sido vacinado em outro local de trabalho, não poderá ser imunizado novamente. Se caso o profissional tenha apresentado sintomas da COVID-19 nos últimos 10 dias também não poderá ser imunizado. 

Não devem ser vacinados:

– Pacientes que tenham sido imunizados no calendário vacinal nos últimos 14 dias;

– Pacientes que apresentem quadro agudo e febril e sintomas respiratórios;

– Paciente que tenha tido COVID-19 há menos de 28 dias;   

– Menores de 18 anos.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura. Basta clicar neste LINK. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações sobre o pré-cadastro também podem ser obtidas pelos telefones (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Leia mais ...

Prefeitura de Hortolândia orienta famílias sobre como cuidar corretamente dos idosos durante a pandemia

  • Publicado em Saúde

Com a pandemia do Coronavírus e a maior permanência das pessoas em casa, vínculos afetivos entre familiares foram fortalecidos. A maior preocupação dos parentes é cuidar dos entes idosos, que são um dos grupos vulneráveis à COVID-19. Por este motivo, a Prefeitura de Hortolândia orienta familiares sobre como cuidar corretamente dos membros da 3ª idade para evitar que eles contraiam o vírus. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, famílias com idosos que convivem juntos em um mesmo local devem continuar a manter o isolamento social e seguir todos os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Caso a pessoa da família responsável em cuidar do idoso tenha que sair de casa, ela deve manter o uso obrigatório de máscara em lugares externos e evitar aglomeração. “Ao voltar para casa, a pessoa deve também utilizar máscara. E, se possível, trocar a roupa que usou quando saiu”, salienta o secretário adjunto de Saúde, Rodrigo Freire. Vale ressaltar ainda que a máscara sempre deve cobrir o nariz e a boca. O item de proteção não deve ficar no queixo ou cobrindo somente a boca.

Outro cuidado importante que o secretário adjunto destaca é que a pessoa da família responsável em cuidar do idoso deve higienizar bem as mãos, com uso intensivo de sabão e álcool gel, antes e depois de todas as vezes que for manusear utensílios que o idoso utiliza, tais como pratos, talheres, copos, entre outros. Outra orientação é manter arejado o ambiente do local onde o idoso vive e trocar com maior frequência a roupa de cama. 

Os demais membros da família devem ficar atentos em caso da pessoa cuidadora ou do idoso começarem a apresentar sintomas suspeitos da COVID-19. “Ao notar a presença desses sinais, a família deve ficar alerta, isolar a pessoa cuidadora ou o idoso e buscar orientação médica”, ressalta o secretário adjunto, Rodrigo Freire. Confira abaixo a lista dos sinais:

– Dor de cabeça 

– Coriza nasal 

– Tosse seca 

– Falta de ar 

– Dor no corpo 

– Febre 

– Perda do paladar ou olfato

– Desânimo 

Em caso de suspeita, a família deve procurar atendimento para o paciente na Unidade Respiratória, montada anexa à UPA (Unidade de Pronto Atendimento)-24h Nova Hortolândia. 

VACINA

Mesmo com o início nesta segunda-feira (08/02) da imunização para idosos com 90 anos ou mais, o secretário adjunto Rodrigo Freire salienta que a  vacina não proporciona imunidade imediata ao vírus e que os cuidados sanitários precisam ser mantidos.

A Secretaria de Saúde ressalta que a vacinação para idosos com 90 anos ou mais que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura prossegue, bem como para profissionais da rede particular de saúde. 

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura de Hortolândia mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura (Clique aqui). Basta clicar no respectivo banner. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Leia mais ...

Hortolândia inicia vacinação contra a COVID-19 para idosos com 90 anos ou mais

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia continua com o Plano Municipal de Imunização contra a COVID-19. Na próxima segunda-feira (08/02), começa a vacinação para idosos com 90 anos ou mais que fizeram pré-cadastro no site da Prefeitura.

A vacinação será, das 8h às 15h, no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. O local terá esquema de drive-thru para imunizar idosos com dificuldade de locomoção. O acesso será pela entrada lateral do CCMI na rua Antonio Bernardes.

A Secretaria de Saúde orienta que idosos desta faixa etária que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro.

A Secretaria de Saúde ainda ressalta que a imunização para profissionais da rede particular de saúde também continua. Os profissionais que já fizeram o pré-cadastro e receberam o agendamento devem comparecer no CCMI para serem imunizados. Os profissionais que ainda não se cadastraram podem fazê-lo no site da Prefeitura.

Dentre os profissionais da rede particular de saúde desta fase da vacinação estão inclusos:

– médicos;

– enfermeiros;

– técnicos e auxiliares de enfermagem;

– cirurgiões dentistas;

– fisioterapeutas;

– cuidadores profissionais; 

– técnicos e auxiliares em laboratórios de análises clínicas;

– motoristas de ambulância;

– assistentes sociais;

– biomédicos;

– biólogos que atuem em instituições de saúde públicas ou particulares;

– farmacêuticos;

– fonoaudiólogos;

– nutricionistas; 

– psicólogos;

– médicos veterinários;

– funcionários de funerárias que tenham contato com cadáveres;

– profissionais de Educação Física que atuem em instituições de saúde públicas ou particulares;

– terapeutas ocupacionais;

– técnicos e auxiliares de saúde bucal; 

– Profissionais de apoio de serviço de saúde descritos no Plano Estadual de Imunização (PEI);

– estagiários da área da saúde (desde com declaração da escola). 

Em caso da profissional que esteja gestante, ela somente poderá ser vacinada com avaliação obstétrica e prescrição médica. Pacientes oncológicos e transplantados somente receberão a vacina com prescrição médica.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que no dia da vacinação, o profissional deverá apresentar algum documento que comprove sua atuação na saúde, como, por exemplo, carteira de conselho de classe, contrato de trabalho, ou carteira de trabalho, e documento com foto. A Secretaria de Saúde orienta que se o profissional já tenha sido vacinado em outro local de trabalho, não poderá ser imunizado novamente. Se caso o profissional tenha apresentado sintomas da COVID-19 nos últimos 10 dias também não poderá ser imunizado. 

Não devem ser vacinados:

– Pacientes que tenham sido imunizados no calendário vacinal nos últimos 14 dias;

– Pacientes que apresentem quadro agudo e febril e sintomas respiratórios;

– Paciente que tenha tido COVID-19 há menos de 28 dias;   

– Menores de 18 anos.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/. Basta clicar no respectivo banner. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Leia mais ...

Prefeitura orienta idosos sobre gratuidade nas viagens de ônibus

O dia 1º de outubro é a data na qual a sociedade comemora o Dia do Idoso. Aqueles que já passaram dos 60 anos encontram mais dificuldades no dia a dia, resultado dos anos de experiência acumulada. Mas também são várias as conquistas alcançadas pela melhor idade. Um dos benefícios deste público é a reserva das vagas gratuitas em ônibus municipais (transporte urbano), intermunicipais e interestaduais (rodoviários). Para orientar este público, o Procon (Programa de Defesa e Proteção do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Prefeitura, traz informações sobre o que diz a legislação.

“A legislação garante ao idoso, com idade mínima de 60 anos e renda mensal igual ou inferior a dois salários mínimos, viagem gratuita. No caso de ônibus interestadual (de viagem), a norma diz que são dois assentos por veículo, e não por linha. Quando os assentos gratuitos já estão preenchidos, o beneficiário tem direito ao desconto mínimo de 50% do valor da passagem no veículo convencional”, detalhou a diretora do órgão, Ana Paula Portugal Ferreira.

Nos ônibus de viagem, as duas primeiras poltronas de cada veículo são reservadas para fim de acessibilidade. De acordo com o PROCON, os idosos e pessoas com deficiência têm liberdade de escolher outros assentos, ao lado de familiares, por exemplo. Outra orientação é quanto ao direito de marcar o bilhete de viagem, a partir de 30 dias úteis e até 3 horas antes do início da viagem. “Mas, na prática, não é o que vem acontecendo. Muitos consumidores relatam que é difícil conseguir a gratuidade nas passagens”, lamentou a diretora.

“A empresa prestadora do serviço de transporte é obrigada a informar por escrito o motivo da recusa na reserva da passagem. E mesmo se a empresa não fornecer o documento, o idoso pode reclamar no Procon ou na ANTT (Agência Nacional de Transportes Urbanos)”, destaca Ana Paula. Em Hortolândia, o Procon fica dentro do HORTOFÁCIL, localizado na rua Argolino de Moraes, nº 405, Vila São Francisco. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h. O telefone é (19) 3819-1024. Já a ANTT tem núcleos de fiscalização nos terminais rodoviários, mas também atende pelo telefone 166 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Transporte Urbano

O Bilhete Único foi implantado pela Prefeitura de Hortolândia, após a criação da Secretaria de Mobilidade Urbana, ação realizada pelo prefeito Angelo Perugini, em 2017, como parte das ações da Prefeitura para reestruturação do sistema de transporte público na cidade. Com o Bilhete Único, usuários comuns têm desconto na tarifa do transporte urbano. Na família dos cartões, há o Bilhete Único Sênior, que permite gratuidade do transporte para passageiros com idade superior a 60 anos e, por isso, é o único que não precisa de recarga. 

O usuário pode solicitar este cartão na Secretaria de Mobilidade Urbana (confira o endereço abaixo), levando cópia de RG, CPF e comprovante de endereço. Após o cadastro, será entregue ao usuário desta categoria um número de protocolo para que ele possa retirar o cartão na garagem da Viação Lira. A emissão do cartão é gratuita. Além de garantir economia aos usuários de transporte coletivo urbano, o Bilhete Único proporciona rapidez nos itinerários e segurança, pois reduz a utilização de dinheiro para pagamento da tarifa.

• Secretaria de Mobilidade Urbana

Rua Olegário Bueno da Silva, nº 100, no Remanso Campineiro

• Garagem da Viação Lira

Av. Santana, nº 1.000, no Jd. Amanda

Leia mais ...