Menu


Prefeitura programa atividades em comemoração do aniversário de 33 anos de Hortolândia

Eventos incluem ações nas áreas da saúde, educação, cultura, além da inauguração do Novo Paço Municipal, no dia 28 de maio

A Prefeitura iniciou o calendário de atividades que compõem as comemorações do aniversário de 33 anos de Hortolândia. As ações programadas pela Administração Pública Municipal apresentam eventos para entrega de equipamentos públicos, atividades esportivas, lançamento de programas governamentais, além de apresentações culturais e artísticas para a família toda.

Entre as cerca de 90 atividades programadas em celebração ao aniversário de Hortolândia, a população poderá participar de uma série de eventos voltados para a diversão e recreação de toda a família. É o caso do 3º Encontro do Dia Das Mães, programado para esta sexta-feira (10/05). Já no dia 21 de maio, os idosos poderão se divertir com a 10ª Gincana da Melhor Idade. No dia 24 de maio, a Praça “A Poderosa”, no Jd. Rosolém, receberá mais uma edição do Festival EcoSol (Economia Solidária). No dia 26 de maio, as crianças acompanhadas dos pais poderão se divertir com o já tradicional evento Literalendo, que contará com apresentações musicais e atividades lúdicas.

As ações de planejamento e mobilidade urbana incluem uma série de entregas de equipamentos públicos pela cidade. Além da inauguração, no dia 28 de maio, do Novo Paço Municipal “Palácio dos Migrantes - Ângelo Augusto Perugini”, a Prefeitura inaugura, no dia 16 de maio, a Arena Esportiva do Jd. Alvorada e a iluminação cênica da Ponte Estaiada. A entrega, no dia 18 de maio, do Parque Socioambiental do Jd. São Bento também será um marco no mês comemorativo. O aniversário da cidade também será simbolizado pela entrega do campo do Jd. Santo André, no dia 25 de maio, e pela implantação do parcão no Lago da Fé, no dia 29 de maio.

A solidariedade também ganhará espaço durante as comemorações do aniversário de 33 anos de Hortolândia. Isso porque o Fundo Social de Solidariedade promoverá, no dia 17 de maio, no atual Paço Municipal “Palácio das Águas”, o Dia D de arrecadação de remédios da Campanha “Farmácia Solidária”. Neste mesmo dia, a Prefeitura promoverá a tradicional Homenagem aos Centenários, evento que reverencia os moradores mais antigos da cidade. No dia 25 de maio, o Fundo Social somará esforços com a emissora EPTV para a realização do Dia D da Campanha do Agasalho. 

No âmbito dos esportes, o aniversário de Hortolândia promete entreter, divertir e emocionar pessoas de todas as idades. No dia 18 de maio, os amantes do futebol poderão assistir às finais do Campeonato Master e do Campeonato Interno da Prefeitura e à abertura da 1ª Divisão do Campeonato Amador. No dia seguinte, o campo do Jd. Rosolém protagoniza as finais dos campeonatos juvenil e juniores. No dia 26 de maio, a população poderá participar da corrida de rua de 6 km e da caminhada de 4 km.

O aniversário de 33 anos de Hortolândia também será representado, no dia 27 de maio, pela entrega de títulos de regularização fundiária a moradores do Residencial João Luiz. Já a Secretaria de Saúde promoverá palestras e rodas de conversas em diferentes espaços públicos acerca das campanhas Maio Marrom, que combate o tabagismo, e Maio Laranja, de combate ao abuso e exploração de crianças e adolescentes.

Consulte o calendário de eventos em celebração do Mês de Aniversário de Hortolândia clicando neste LINK.

Leia mais ...

Artistas de Hortolândia se preparam para a final do Concurso Seletiva Sertaneja, nesta terça-feira (09/04)

Audições serão abertas ao público, a partir das 19h, no Teatro Elizabeth Keller de Matos, no Jd. Amanda

Promover a apresentação de artistas locais em uma das festas mais tradicionais da cidade. É com esse propósito que a Prefeitura finaliza, nesta terça-feira (09/04), o Concurso Seletiva Sertaneja. Organizado pela Secretaria de Cultura, o certame selecionará quatro artistas que se apresentarão no palco principal da Festa do Peão de Hortolândia. A etapa final do concurso terá início às 19h, no Teatro Elizabeth Keller de Matos, que fica dentro da Unidade Cultural Arlindo Zadi, localizado na Rua Graciliano Ramos, 280, no Jd. Amanda. O evento será aberto ao público.

O Concurso Seletiva Sertaneja foi dividido em três etapas. A primeira fase reuniu 23 candidatos, solo ou em dupla, dos quais 16 avançaram para a semifinal. Durante a semi, realizada no dia 28 de março, cada artista interpretou uma música com acompanhamento instrumental, para a seleção dos oito candidatos que participarão da audiência final, nesta terça (09/04).

De acordo com o regulamento do concurso, disponível no Mapa da Cultura por este LINK, os artistas são julgados sob os critérios de afinação, ritmo, interpretação e presença de palco. Nas fases iniciais, cada sertanejo escolheu uma música de sua preferência. Já para a etapa final, os finalistas terão de escolher uma das 12 canções disponíveis nos estilos “modão”, romântico ou universitário. Cada um dos artistas será acompanhado pelo Quinteto Cultura, grupo musical promovido pela Prefeitura.

Ainda de acordo com o regulamento, os quatro primeiros colocados farão apresentações no palco principal da Festa do Peão de Hortolândia, durante as aberturas dos shows das duplas Rionegro & Solimões, no dia 12 de maio, e Guilherme & Benuto, no dia 19 de maio. Já os outros quatro artistas que se classificarem da 5ª a 8ª posições se apresentarão, nos dias 10, 11, 17 e 18 de maio, no Palco Cultura, espaço alternativo organizado pela Secretaria de Cultura. 

No ano passado, a vencedora do Concurso Seletiva Sertanejo foi a cantora Elaine Mendonça (foto). A artista hortolandense encoraja cantores locais a participarem da seletiva promovida pela Secretaria de Cultura. “A Seletiva é uma experiência muito válida, porque é uma oportunidade em que a Prefeitura promove os artistas da cidade. Eu sou muito grata por ter vencido o concurso do ano passado e me tornado a primeira artista local a se apresentar no palco principal da Festa do Peão de Hortolândia. Graças a Deus, sentimos um crescimento muito expressivo em Hortolândia, nos últimos quatro anos”, revela Elaine Mendonça, que se prepara para o seu primeiro DVD, “Revivendo Emoções”, que será gravado no dia 10 de abril, no Espaço Blue Eventos, nas Chácaras Luzitanas, em Hortolândia.

Os oitos artistas que disputarão a final do Concurso Seletiva Sertaneja são Dezza, Isabela Valentina, Jacy Guimarães, Jonas Troguilho, Karoline Antunes, Leandro Silva, Lilian Blumer e Guilherme & Diego.

Neste ano, a Festa do Peão de Hortolândia acontecerá nos dias 10, 11, 12, 17, 18 e 19 de maio, na Av. Da Emancipação. Informações adicionais podem ser obtidas no site oficial do evento, disponível neste LINK.

 

Consulte abaixo a programação dos shows da Festa do Peão de Hortolândia 2024

– 10/05 (sexta-feira): Israel & Rodolffo

– 11/05 (sábado): Henrique & Juliano

– 12/05 (domingo): Rionegro & Solimões

– 17/05 (sexta-feira): Gusttavo Lima e Bruno & Denner

– 18/05 (sábado): Manu Bahtidão

– 19/05 (domingo): Guilherme & Benuto

Leia mais ...

Peça teatral resgata memória de idosos de Hortolândia

Circo-teatro do grupo Chico Pepeu divertiu os idosos do CCMI Remanso 

Um dia para relembrar a juventude e se divertir com uma típica história da roça. Assim foi a manhã desta quinta-feira (04/04) para os idosos inscritos no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso, órgão vinculado à Secretaria de Governo, durante a exibição do projeto circense itinerante “Circo-Teatro: Eu Fui”, de autoria do grupo Chico Pepeu Produções Artísticas. A atividade cultural contou com o apoio da Secretaria de Cultura.

Inspirada em piadas de duplos sentidos, em figurinos caricatos e nas peripécias de palhaços caipiras que marcaram uma geração, como Casquinha, Barnabé e Mazzaropi, a peça teatral “Circo-Teatro: Eu fui” narra a história de um pai ciumento e controlador, o Tonho, que morre de ciúmes da filha Rosinha, sua única companhia na humilde casa onde vivem.

Do café da manhã simples ao rádio que toca clássicos da música sertaneja raiz, como “Velha Porteira”, de Lourenço & Lourival, o cotidiano pacato de pai e filha começa a mudar quando um terceiro personagem surge na história: Nénzinho é um homem apaixonado e um tanto atrapalhado, que sonha em se casar com Rosinha, mas que não encontra a coragem necessária para pedir a mão da jovem em casamento.

O clímax do enredo explora as tentativas de Rosinha em esconder Nénzinho, já que seu pai, Tonho, não tolera a presença de outro homem na casa. E para isso, vale de tudo, desde cenas de esconderijo, enganação bem frente aos olhos e Nénzinho se passando por sombra de Tonho e, até mesmo, por santo. 

Para o criador do grupo e diretor da peça teatral, Chico Pepeu, o espetáculo busca trabalhar com a memória do público. “Esta peça é para retratar o circo antigo, o chamado circo-teatro. Esses dramas eram comuns na década de 1970, por isso é destinado ao público da melhor idade, que se lembra da época em que frequentavam os circos”, explica. 

Durante a encenação, o protagonista quebra, em vários momentos, a quarta parede, improvisando diálogos com a plateia. “É muito satisfatório se apresentar para o público da melhor idade de Hortolândia. Nós percebemos, em visita a outras cidades, que não há a mesma estrutura e ações voltadas ao idosos. Nós buscamos despertar nos idosos a vontade de atuar”, comenta Chico Pepeu.

A atriz Priscila Martins dá vida à personagem Rosinha. A artista comenta sobre a troca entre público e atores. “É maravilhoso ver os idosos resgatarem por meio da comédia, do circo-teatro, os momentos que eles viveram na juventude. Durante a apresentação, conseguimos perceber que eles têm essa nostalgia aflorada”, afirma.

Um dos idosos que se viu encantado pelo resgate da memória foi o membro do CCMI Remanso, Manoel Pereira de Souza. “O rádio me faz lembrar do tempo em que eu morava no sítio. Eu também me lembro das cartas de namoro. Eu cheguei a fazer isso”, revela.

Para o ator Pedro França, o Nénzinho, a interação com os idosos foi muito positiva. “Eu atuo há quinze anos, mas essa está sendo uma experiência nova para mim, já que estou acostumado a atuar para o público infantil. É muito bom receber essa energia alegre e feliz. É um prazer enorme fazer esse tipo de espetáculo para a melhor idade”, declara o ator.

A psicóloga e coordenadora do CCMI Remanso, Fernanda Fadiga, esclarece que a atração artística tem por objetivo complementar as diversas atividades ofertadas ao público da melhor idade. “Rir também é um santo remédio, faz bem para o corpo e para a alma. Este tipo de atividade transmite a mensagem de que rir das coisas e rir de si mesmo faz uma diferença muito grande, pois nos ajuda a, naturalmente, não dar tanto peso para nossos problemas”, encerra Fernanda Fadiga.

 

FICHA TÉCNICA

“Circo-Teatro: Eu Fui!”

Realização: Secretaria de Governo e Secretaria de Cultura

Elenco: Chico Pepeu, Pedro França e Priscila Martins

Direção Artística: Chico Pepeu

Produção: Chico Pepeu Produções Artísticas

Sonoplastia e Iluminação: Pietro Wallace

Videomaker: Rafael Morales

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

Leia mais ...

“Hortofest 2023” registra público expressivo, em Hortolândia

Além de muita música, evento cultural realizado no Pq. Renato Dobelin contou com espaço kids e praça de alimentação

Muita animação, música de qualidade e entretenimento para toda a família. Esse foi o clima que tomou conta do Pq. Socioambiental Renato Dobelin, neste final de semana, durante a 3ª “Hortofest”, evento cultural promovido pela Prefeitura de Hortolândia por meio da Secretaria de Cultura. O evento, que teve início na sexta-feira (20/10) e se encerrou nesse domingo (22/10), contou com uma programação musical eclética, que contemplou desde o estilo gospel, ao rock e sertanejo. 

Enquanto se divertia com as atrações musicais, o público pode saborear as diversas opções de alimentos e bebidas disponíveis no evento com a instalação das barracas de food truck, com opções como churros, salgados, lanches e doces. Para a criançada, a diversão foi garantida com a presença do espaço kids, onde foi instalado um escorregador inflável gigante.

Se na sexta-feira (20/10), o público presente no Pq. Socioambiental Renato pode se emocionar com as canções gospel das bandas “Mano Lema”, “Grupo Prisma Brasil” e “Banda Huzai”, no sábado (21/10) foi dia de sair do chão ao som metálico das bandas de rock representantes de várias vertentes. Entre as bandas que se apresentaram nesse dia, estão “No Bass No Love”, “The Noite”, “Banda Soro na Veia” e “Dharma”, entre outras. 

Com uma programação que teve início às 13h de um domingo ensolarado, o último dia do “HortoFest 2023” entreteve o público com apresentações nos estilos pagode, pop, forró e sertanejo. De clássicos da música sertaneja aos arrochas do estilo universitário, artistas como Dezza, Alessandro Silva, Júlia de Paula e o grupo “Forró Mileva” cativaram e divertiram os presentes.

Uma dessas artistas que subiu ao palco no último dia do evento foi Elaine Mendonça. Moradora de Hortolândia há uma década, a musicista prestigiou os presentes com uma apresentação performática, que mesclou canções do sertanejo romântico a alguns sucessos do pop internacional. “Meu show tem uma mistura de todos os ritmos. Hoje, vamos fazer sertanejo, mas eu costumo levar um pouquinho de vários ritmos ao público. Um pouco de internacional, pop dance, anos 80, mas hoje é exclusivamente sertanejo. Eu fico muito feliz em participar desse evento, em Hortolândia, porque eu creio que quando um artista é conceituado dentro da sua cidade, tem tudo para ele crescer fora”, comenta Elaine Mendonça.

Além de oferecer uma opção de lazer e entretenimento para a população, a 3ª edição do “HortoFest” foi uma ótima oportunidade de comércio para os empreendedores ligados ao programa EcoSol (Economia Solidária), de iniciativa da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. Os artesãos comercializaram produtos confeccionados com porcelana, feltro, madeira e patchwork.

O “HortoFest 2023” é um evento cultural promovido anualmente pela Prefeitura de Hortolândia por meio da Secretaria de Cultura. O evento também contou com o apoio da Secretaria de Segurança, a partir da atuação da Guarda Municipal de Hortolândia, e com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana. A Guarda Municipal não registrou nenhuma ocorrência em virtude do evento.

Leia mais ...

Sarau “Parada Poética” traz rapper Marcello Gugu a Hortolândia, nesta segunda-feira (02/10)

Evento começa às 19h no Centro de Memória, Na Região Central

Na “Parada Poética” desta segunda-feira (02/10), o público de Hortolândia terá a oportunidade de ver a arte do rapper paulistano Marcello Gugu, grande nome da cultura hip hop nacional. O evento, gratuito e voltado ao público com 16 anos ou mais, começa, a partir das 19h, no Museu Municipal de Hortolândia Estação Jacuba, localizado na rua Rosa Maestrello, 2, na Vila São Francisco. A ação é promovida pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura.

O sarau “Parada Poética” foi criado em 2013 pelo poeta, mestre de cerimônia e rapper Renan Inquérito. Desde então, o evento tem reunido pessoas de diferentes idades a fim de incentivar a prática da leitura e a criação literária entre os participantes. 

A parceria de Inquérito com a Prefeitura começou entre 2019 e 2020, quando passou a realizar o sarau “Aqui Trem Poesia”. Em 2021, graças à pandemia da Covid-19, o evento passou a ter edições remotas, ao vivo. Referência na região, o evento já recebeu artistas renomados, como Lirinha, líder do grupo Cordel do Fogo Encantado; Zeca Baleiro, Arnaldo Antunes, entre outros. 

Quem é Marcello Gugu

No seu portfólio de trabalho, o artista se apresenta do seguinte modo: 

“Marcello Gugu é Mc, educador social, Ted Speaker, foi um dos fundadores da Batalha do Santa Cruz e criador do Infinity Class, um projeto que busca levar o Hip Hop como agente de transformação e ensino, para escolas, CAPS, Fundação Casa e etc. Em 2013 lançou seu primeiro disco intitulado ‘Até que enfim Gugu’, hoje, já considerado pela mídia especializada, um clássico do Hip Hop nacional e atualmente trabalha na produção do seu segundo disco chamado Azul Índigo. Além de shows e palestras por todo território nacional, Marcello também desenvolve trabalhos na área de literatura, fazendo releituras de grandes clássicos brasileiro tais como Capitães de Areia de Jorge Amado e o Quarto de Despejo de Carolina Maria de Jesus, projeto esse, que teve seu início em 2014, a convite da Bienal, e que continua até hoje, sendo muito requisitado pelo Sesc e outros núcleos culturais. […] Em 2021 foi vencedor de um dos prêmios mais icônicos do rap nacional, o prêmio Sabotage, realizado pela Câmara Municipal, que reconheceu Marcello como melhor Mc do ano pelo trabalho que realiza e, no mesmo ano, a convite da atual secretária de cultura, Aline Torres, assumiu a coordenação da pasta de Hip Hop da cidade de São Paulo na Secretaria de Cultura, se tornando a terceira pessoa a assumir a cadeira desde que o cargo foi criado.”

SERVIÇO:

Parada Poética, com Marcello Gugu

Dia: segunda-feira (02/10) 

Hora: 19h

Local: Museu de Hortolândia Estação Jacuba, Rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco

Gratuito, classificação - 16 anos

 

 

Leia mais ...

Chamamento Público estimula a produção de projetos culturais, em Hortolândia

Entre produtos audiovisuais e de outros segmentos, recursos contemplarão 80 projetos culturais na cidade; Inscrições se encerram no dia 19 de setembro 

A Prefeitura de Hortolândia por meio da Secretaria de Cultura abriu, nessa segunda-feira (04/09), um chamamento público para seleção de projetos culturais. O objetivo é incentivar a produção cultura no formato audiovisual e em outras linguagens e segmentos. Regulamentado pela Lei Complementar do Governo Federal conhecida como “Lei Paulo Gustavo”, o instrumento prevê a publicação de dois editais, um para cada modalidade de produção. Podem se inscrever qualquer agente cultural (Pessoa Física ou Jurídica) residente em Hortolândia há pelo menos 12 meses. O prazo para efetivar a inscrição se encerra no dia 19 de setembro. Os interessados deverão apresentar os anexos e projetos no Departamento de Suprimentos da Prefeitura de Hortolândia, localizado na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, no Remanso Campineiro. O edital completo e os anexos poderão ser obtidos no endereço www.hortolandia.sp.gov.br> Acesso rápido> Licitações.

Promulgada em julho de 2022, a Lei Complementar 195, batizada como “Lei Paulo Gustavo” em homenagem ao ator e humorista vitimado pela COVID-19, foi criada como forma de incentivar a produção cultural do país e garantir ações emergenciais demandadas pelas consequências do período pandêmico. Ao todo, o dispositivo legal regimentado pelo Governo Federal prevê o repasse de R$ 3 bilhões aos estados e municípios brasileiros com a finalidade de fomentar a produção artística dos segmentos impactados pela pandemia. Em Hortolândia, o Governo Federal disponibilizará mais de R$ 1,6 milhão destinado a projetos culturais de artistas residentes na cidade, divididos em dois editais, destinados a duas categorias de produção artística diferentes. Enquanto 60% do orçamento prevê a produção de produtos audiovisuais, os outros 40% serão alocados em produções de outros segmentos e linguagens, tais como artes sonoras, artes cênicas, artes visuais, artes urbanas, artes tradicionais, literatura e apoio aos espaços culturais. Todos os recursos provêm do FNC (Fundo Nacional da Cultura) e do FSA (Fundo Setorial do Audiovisual). 

O Prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, avalia que o repasse do recurso se soma a outras iniciativas adotadas no município para valorização da cultural local. “Nosso Governo, desde 2021, vem se dedicando muito no setor cultural e abrindo espaços para os artistas locais. Nunca antes na história de Hortolândia se fez tantas atividades culturais como estamos realizando agora. A Lei Paulo Gustavo vem ao encontro desse trabalho, em que fomentamos projetos audiovisuais e faremos adequações na Escola de Artes Augusto Boal, no Jardim Amanda, para que possamos implantar o primeiro cinema público da nossa cidade. São avanços importantes, o que demonstra esse novo compromisso com a cultura e com os artistas hortolandenses”, comenta Zezé Gomes.

 

Edital 06/2023, a valorização da produção audiovisual

Desenvolvimento de roteiros, produção de curtas e médias-metragens, documentários, animações, videoclipes ou, inclusive, a produção de outros formatos audiovisuais, como lives, podcasts e webséries. A destinação dos recursos da “Lei Paulo Gustavo” contemplará 48 projetos culturais na linguagem audiovisual, em Hortolândia, conforme prevê o edital 06/2023. Além de ter residência comprovada no município há pelo menos um ano, os produtores audiovisuais que pleitearem o recurso deverão apresentar um modelo para o projeto cultural, em que serão avaliados critérios como relevância para o cenário cultural do município, integração dos aspectos sociais e comunitários, viabilidade técnica, planejamento orçamentário, público-alvo, participação de artistas locais.

 

Edital 07/2023, o fomento às expressões artísticas

Com o objetivo de estimular o desenvolvimento de atividades de economia criativa e de economia solidária em Hortolândia, o edital 007/2023 do chamamento público busca incentivar a produção de projetos culturais de expressões artísticas, linguagens e formatos diversos. Nesta categoria, poderão concorrer 32 projetos da área musical, teatro, arte circense, danças, artes plásticas e visuais, arte urbana, literatura, além de manifestações culturais tradicionais e populares, como a cultura caipira, regional, dos povos indígenas ou para valoração da matriz africana e da população quilombola. Os projetos culturais deste segmento deverão ser apresentados com descrição das atividades, destinação do público-alvo, título, cronograma das ações, planilha dos custos previstos, além de uma ficha técnica dos integrantes do projeto.

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, destaca os aspectos democráticos adotados pela Prefeitura de Hortolândia na elaboração dos editais do chamamento público. “Diferentemente de outros municípios, que alocaram recursos estrondosos para três ou quatro projetos audiovisuais apenas, nós optamos por apoiar vários projetos, como forma de beneficiar o maior número possível de artistas. A elaboração dos editais surgiu das conferências e audiências públicas realizadas junto à comunidade artística da cidade”, projeta Régis.

Após contemplados pelo chamamento público, os agentes culturais terão até o dia 31 de maio de 2024 para executar os projetos.

Leia mais ...