Menu


Viário Central de Hortolândia já ganhou mais de 8,8 mil mudas de árvores

  • Publicado em Obras

Local é um dos beneficiados pelo Projeto de Arborização e Paisagismo, desenvolvido pela Prefeitura

Aos poucos, um dos principais trechos do Superviário, o maior complexo viário de Hortolândia, vai ganhando um visual mais verde, bonito e agradável. Relatórios do Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos”, órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, mostram que já foram plantadas, até o momento, 8.872 mudas de árvores frutíferas e nativas do Brasil no viário central, que vai da Av. Panaíno, no Res. Green Park, até as imediações do Pq. Socioambiental Remanso das Águas, entre o Parque dos Pinheiros e o Res. Anauá.

O mais recente deles aconteceu no trecho próximo à Ponte da Esperança (Estaiada), no dia seis deste mês, quando as equipes semearam 200 novas mudas de árvores de 1,2 metro de altura. Entre as espécies plantadas estão Jatobá; Cedro; Ipês branco, roxo, rosa e amarelo; Pata de vaca; Goiabeira e Paineira. 

Os plantios fazem parte do Projeto de Arborização e Paisagismo, em realização pela Prefeitura de Hortolândia. As ações são coordenadas pela Secretaria de Obras e envolvem todas as secretarias municipais. As mais recentes, em calçadas e no interior de duas escolas municipais, contaram com a parceria da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. 

O Projeto de Arborização e Paisagismo busca espalhar mais de 50.000 mudas de árvores pela cidade até 2024. A ideia é preservar as espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e já passaram por áreas verdes de diversos bairros.

O Projeto de Arborização e Paisagismo atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

Leia mais ...

Crianças de Hortolândia ajudam a plantar mudas de árvores em escolas municipais

  • Publicado em Obras

Ação é mais uma etapa do projeto de Arborização e Paisagismo, em realização pela Prefeitura

Plantar, cuidar e acompanhar o crescimento. Com este propósito, crianças de escolas da Prefeitura de Hortolândia participaram do plantio de cerca de 30 mudas de árvores nativas do Brasil em duas unidades educacionais: as Emefs (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Helena Futava Takahash, no Jd. Campos Verdes, e Villagio Ghiraldelli, no bairro de mesmo nome. A ação é mais uma etapa do Projeto de Arborização e Paisagismo, em realização pela Administração Municipal, que, na semana passada, promoveu o plantio de 28 mudas em calçadas e quintais das residências das famílias de estudantes.

Na Emef Helena foram plantadas, nesta sexta-feira (02/12), 16 mudas de duas espécies: Manacás da serra e Ipês rosas e brancos. Já na Emef Villagio, o plantio, nesta segunda-feira (05/12), de 13 mudas, teve também uma espécie frutífera. No âmbito da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o Projeto de Arborização se associa ao projeto de educação ambiental Vivárvore!, realizado na rede municipal de ensino, alinhado à diretiva “Arborização Urbana” (AU7) do Programa Município VerdeAzul, do Governo de São Paulo.

Na Emef Helena Futava, o primeiro ano da professora Bianca apresentou um poema, intitulado “As Árvores”, escrito por eles, ao plantar uma Pitangueira (leia abaixo). A ideia partiu das próprias crianças que desejaram acompanhar o desenvolvimento da árvore até o quinto ano.

“Eu achei muito importante plantar as árvores, porque elas ajudam a deixar o ar mais leve e saudável. Além de deixar a escola muito mais bonita, quando tiver atividade ali fora, vai dar sombra pras crianças, e também a árvore é casa para os bichinhos”, ensinou Gabryelli Cristina Braga dos Santos, do 5º A, da Emef Helena.

“Eu gostei bastante do projeto da árvore. A gente precisa muito dessas árvores para que o meio ambiente fique cada vez maior. Isso ajuda o ar, ajuda a gente a respirar e elimina algumas doenças. A árvore pode ajudar em várias coisas, como respiração, purificação, o ar fica mais saudável, e também, as árvores podem dar mais sombra. Cada árvore que se planta, o ar fica melhor pra se respirar”, complementou a colega Flávia Prates, do 5º A da Emef Helena.

“Achei a experiência fantástica, as crianças adoraram participar do plantio, algumas delas nunca tinham plantado nada. No Projeto Gota d'Água (realizado pelo Consórcio PCJ-Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, em parceria com a Prefeitura), esse ano nós trabalhamos a ODS 6 e a ODS 13. A 13 fala sobre quais ações que nós podemos ter para evitar essas mudanças climáticas que estão acontecendo tão frequentemente. Uma das ações que o vídeo da própria ODS trazia era sobre o plantio de árvores. Então, nós fizemos o plantio de uma árvore na escola e as crianças que estão no primeiro ano poderão acompanhar o crescimento dessa árvore nos próximos quatro anos que eles permaneceram na escola”, afirmou a professora Bianca Priscilla Amaral de Moraes, da Emef Helena Futava

Para a professora de referência, responsável por projetos de educação ambiental do Centro de Formação “Paulo Freire”, Maybe Letícia Lordano de Freitas, esta foi uma grande oportunidade para relembrar temas desenvolvidos com o projeto Vivárvore. “As crianças tinham de forma clara todo o contexto trabalhado no projeto, que foi refletido na ação do plantio com o trabalho também dos professores e da escola. É um trabalho que renderá feitos a longo prazo e que deixa desde já a sua marca na comunidade escolar com a educação! O trabalho na Emef Villgio Ghiraldelli não foi diferente e aconteceu com oito turmas, que plantaram mudas de Ipê branco e Manacá da serra com entusiasmo e alegria, com os saberes sendo compartilhados nesta ação concreta, também numa ação intersetorial”, destacou Maybe.

Conheça o Projeto de Arborização e Paisagismo

A meta da Administração Municipal com o Projeto de Arborização e Paisagismo é, até 2024, espalhar mais de 50.000 mudas de árvores em calçadas e áreas verdes da cidade. Entre os objetivos do projeto está o de preservar espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e são coordenadas pela Secretaria de Obras, envolvendo todas as secretarias municipais.

Este projeto atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

Poema “As Árvores”

“As árvores são amigas.

Purificam o ar.

Acolhem os pássaros

Que nelas vem cantar.

Alegram as crianças

Quem em sua sombra vem brincar.”

Leia mais ...

Prefeitura planta mais de 9 mil mudas de árvores em área verde próxima à Estação de Tratamento

  • Publicado em Obras

Localizada no Jardim de Mônaco, área tem recebido plantios regulares, feitos por equipes do projeto de Arborização e Paisagismo

Aos poucos, a área verde próxima à ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), no Jardim de Mônaco, vai ficando um pouco mais verde, graças à ação da Prefeitura de Hortolândia. As equipes do Projeto de Arborização e Paisagismo já realizaram cinco plantios no local, três deles somente neste mês e dois em outubro. Ao todo, já foram semeadas lá 9.155 mudas de árvores frutíferas e nativas do Brasil. A meta da Administração Municipal é, até 2024, espalhar mais de 50.000 mudas de árvores nesta e em outras áreas da cidade.

O mais recente plantio neste local, de mil novas mudas, foi no dia nove deste mês: 160 mudas de quatro espécies de ipês (rosa, branco, amarelo e roxo) e 840 de 28 espécies variadas, inclusive frutíferas, como pitanga, araçá, pitomba, urucum e jenipapo; além de outras nativas da flora brasileira, como cedro, jequitibá rosa, quaresmeira, paineira, ficheira, pau d’alho e jacarandá. As informações são do Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos”, órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Nesta semana, as equipes de plantio trabalharam no viário central que vai da Av. Panaíno até as imediações do Pq. Socioambiental Remanso das Águas. Lá, foram plantadas, nesta quarta-feira (23/11), 1.325 novas mudas, na área próxima ao Atacadista Assaí.

Até agora, no âmbito do projeto de Arborização e Paisagismo, foram plantadas cerca de 20 mil mudas, em diversas áreas de Hortolândia, segundo os relatórios disponibilizados pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Entre os objetivos do projeto está o de preservar espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e são coordenadas pela Secretaria de Obras, envolvendo todas as secretarias municipais.

Este projeto atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

Leia mais ...

Prefeitura retoma plantio de árvores próximo à Estação de Tratamento

  • Publicado em Obras

Equipes do projeto de Arborização e Paisagismo também preparam Viário Central para receber novas mudas de árvores

A área verde próxima à ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), no Jardim de Mônaco, acaba de receber novos plantios de mudas de árvores frutíferas e nativas do Brasil. De quarta (26/10) até esta quinta-feira (03/11), as equipes da Prefeitura de Hortolândia plantaram mais 2.178 mudas no local onde já haviam sido semeadas, no começo de outubro, 1.820 unidades. Jenipapo, Jatobá, Sibipiruna, Jacarandá, Pitanga, Quaresmeira, Pata de vaca e Ipês amarelo, branco e roxo estão entre as árvores plantadas. As informações são do Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos”, órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Outro local onde as equipes trabalharam, nesta sexta-feira (04/11), foi o viário central que vai da Av. Panaíno até as imediações do Pq. Socioambiental Remanso das Águas. Lá, as equipes limparam o terreno e abriram covas para os futuros plantios. A área, que faz parte do trajeto do “Superviário”, o maior complexo viário da cidade, já ganhou, até o momento, aproximadamente 4 mil mudas de árvores nativas da flora brasileira. O último deles, de 875 mudas, foi no dia 13 de outubro. 

Relatórios da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável mostram que foram plantadas mais de 16 mil mudas, em diversas áreas da cidade. Estes plantios integram o Projeto de Arborização e Paisagismo, que busca espalhar mais de 50.000 mudas de árvores pela cidade até 2024. O projeto busca preservar as espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e são coordenadas pela Secretaria de Obras, envolvendo todas as secretarias municipais.

O Projeto de Arborização e Paisagismo atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

 

Leia mais ...

Viário central já tem quase 4 mil mudas de árvores plantadas pela Prefeitura

  • Publicado em Obras

Transformação do espaço em área de lazer e convivência para a população de Hortolândia faz parte do projeto de Arborização e Paisagismo

Além de facilitar o deslocamento entre regiões da cidade, o viário central que vai da Av. Panaíno até as imediações do Pq. Socioambiental Remanso das Águas, será também uma área de lazer e convivência à disposição da população de Hortolândia. Para deixar o ambiente mais acolhedor, bonito e agradável, a Prefeitura tem realizado plantios sucessivos por lá, dentro do Projeto de Arborização e Paisagismo, que busca espalhar mais de 50.000 mudas de árvores pela cidade até 2024. 

Relatório disponibilizado pelo Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos”, órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura, mostra que a área, que integra o trajeto do maior complexo viário da cidade, o “Superviário”, já ganhou aproximadamente 4 mil mudas de árvores nativas da flora brasileira, algumas frutíferas, como Cajarana, Goiaba, Jenipapo, Jatobá, Pitanga e Sapoti, e outras com lindas flores, como Quaresmeira; Sibipiruna; Ipê amarelo, branco, rosa e roxo; e Pata de Vaca. O último plantio, de 875 mudas, 100 delas com 3 metros de altura, ocorreu na quinta-feira (13/10).

Jd. Vila Verde, Pq. Perón, Jd. São Felipe, Jd. Jatobá, Terras de Santo Antonio e Jd. de Mônaco estão entre os bairros que receberam plantios, recentemente. Na cidade como um todo, de acordo com dados da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, foram plantadas mais de 16 mil unidades, até o momento. 

O projeto de Arborização e Paisagismo busca preservar as espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e são coordenadas pela Secretaria de Obras, envolvendo todas as secretarias municipais.

O projeto atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade. 

Leia mais ...

Prefeitura planta mais de 980 novas mudas de árvores em área verde do Jd. Mônaco

  • Publicado em Obras

Área próxima à Estação de Tratamento de Esgoto da Sabesp em Hortolândia já tinha recebido plantio de mais de 2,5 mil mudas de árvores

A área verde localizada no Jardim de Mônaco, próxima à ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), recebeu, nesta quinta e sexta-feira (29 e 30/09), nova ação de plantio, feita pela Prefeitura de Hortolândia. Desta vez, foram plantadas mais de 980 mudas de árvores brasileiras, frutíferas e nativas, sendo algumas espécies ameaçadas de extinção, como o Pau-Brasil, Jequitibá e Cedro Rosa. Anteriormente, as equipes do Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos” já haviam plantado 1.800 mudas nesta mesma área, no início do mês.

A Administração Municipal tem realizado plantios regulares de mudas de árvores, em diversos bairros, para atender às metas do Projeto de Arborização e Paisagismo, que busca espalhar mais de 50.000 mudas de árvores pela cidade até 2024. Entre os já beneficiados estão o Jd. Vila Verde, Pq. Perón, Jd. São Felipe, Jd. Jatobá e Terras de Santo Antonio, dentre outros. Dados da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável mostram o plantio, até o momento, de mais de 16 mil unidades. Algumas ações, como as realizadas no Jd. de Mônaco e Santa Fé ainda estão em andamento.

Entre os objetivos do projeto está o de preservar as espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações, iniciadas em maio deste ano, são coordenadas pela Secretaria de Obras e contam como o envolvimento de todas as secretarias municipais. 

Além disso, o projeto de compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas). Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

Leia mais ...