Menu


Passeio inclusivo fortalece vínculos de famílias de Hortolândia

Ação recreativa atende preceito legal que garante direito ao lazer a pessoas em situação de vulnerabilidade social

Um dia que ficará guardado na memória. A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, promoveu, nessa terça-feira (16/01), um passeio inclusivo para 600 pessoas atendidas pelos CRAS’s (Centro de Referência de Assistência Social). O destino do passeio foi o parque aquático Thermas Water Park, em Águas de São Pedro (SP).

Antes de seguirem viagem com destino ao parque aquático, os frequentadores do CRAS se encontraram com o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes. O chefe do Executivo Municipal explica que a promoção de um passeio inclusivo com pessoas em situação de vulnerabilidade social justifica-se pelo caráter holístico das ações assistenciais na cidade. "Nosso Governo tem por objetivo cuidar das pessoas e os nossos CRAS’s realizam um trabalho fantástico de atendimento e prestação de serviços para as famílias que mais precisam. Essa excursão é mais uma atividade prevista pelas ações de fortalecimento de vínculos familiares e que, sem dúvida, será um dia que ficará marcado para sempre na vida dos pais e filhos", salientou Zezé Gomes.

A promoção do passeio inclusivo com o público do CRAS está de acordo com os preceitos da Lei Orgânica de Assistência Social nº 8.742, de dezembro de 1993. A legislação federal prevê a redução de danos e riscos no âmbito familiar por meio de serviços de convivência e fortalecimento de vínculos ofertados para grupos de crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiências. 

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social de Hortolândia, o passeio inclusivo buscou ampliar as trocas culturais e de vivências entre os frequentadores dos equipamentos assistenciais, assim como desenvolver o sentimento de pertença e de identidade, fortalecer vínculos familiares e incentivar a socialização e a convivência comunitária. A ação também teve por objetivo tornar acessível o direito ao lazer e ressignificar os valores na vida pessoal e social, como explica a coordenadora do CRAS Amanda, Regiane Magalhães.

 “Foi um dia muito especial, a coroação de um trabalho junto às famílias que são acompanhadas pelo CRAS’s. Durante a viagem, foi oferecida toda estrutura necessária, transporte, ingresso, e alimentação para o dia todo. Foi uma festa de inclusão, pois levamos idosos, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência e adultos beneficiados pelos serviços sociais. Os depoimentos dos usuários foram bastante positivos, pois muitos não conheciam o parque e valorizaram essa oportunidade”, avaliou Regiane.

Uma dessas moradoras que desconhecia a experiência de visitar um parque aquático é a frequentadora do CRAS Jardim Amanda, Shay Souza. ”É a primeira vez que participo desse tipo de passeio. Eu gostei bastante. O parque, além de ser muito bonito, é grande, tem várias piscinas. A viagem foi muito bem organizada”, declara a moradora do Jd. Amanda. 

Acompanhado da esposa Nadir, o frequentador do CRAS do Santa Clara, Otacílio da Silva, aproveitou o passeio inclusivo. “Foi um dia maravilhoso, muito bom e proveitoso, principalmente pela inclusão. Foi muito gratificante ver a alegria daqueles que não têm a oportunidade de viajar. O atendimento que recebemos do CRAS é excelente, pois as equipes não medem esforços para nos dar assistência”, revela o morador do Jd. São Sebastião.

Também participaram do passeio inclusivo públicos assistidos pelo CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e pelos CCS’s (Centro de Convivência Social), além de jovens atendidos pelas medidas socioeducativas no município.

Leia mais ...

Obras da Praça da Cidadania de Hortolândia caminham para etapa final

Complexo já conta com 75% das etapas finalizadas; inauguração do espaço está prevista para este ano

As obras para construção da Praça da Cidadania do Jd. Novo América, na região do Novo Ângulo, continuam operantes. Nesta quinta-feira (03/08), o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, visitou o complexo, que contará com infraestrutura de lazer, esporte e uma escola de qualificação profissional. O secretário de Governo, Carlos Augusto César, o Cafú, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, Maria dos Anjos, também acompanharam as obras para construção da Praça da Cidadania.

Com uma área total de 7 mil metros quadrados, a Praça da Cidadania é um empreendimento realizado em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. O complexo abrigará uma infraestrutura diversificada para a prática de atividades esportivas e de lazer. A Praça contará com uma quadra poliesportiva coberta, uma quadra de futebol Society, uma pista de skate, uma pista de caminhada, além de área playground, academia ao ar livre, arena, jardim, horta, pergolado e um redário, para que a comunidade possa aproveitar e relaxar nas redes. Como forma de aumentar a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos à população, o espaço também abrigará uma Escola de Qualificação Profissional.

Ao percorrer todas as áreas do complexo em construção, o prefeito de Hortolândia, Zezé Gomes, avaliou os impactos positivos da entrega de mais um equipamento público no município. “Hoje estamos acompanhando as obras para conclusão da Praça da Cidadania, no Jd. Novo América. Ao caminharmos por este espaço, nesta obra que está quase sendo finalizada, percebemos que se trata de um projeto muito lindo, que traduz o conceito de cidade inteligente e sustentável. Nesta etapa final, é importante nos atentarmos a cada detalhe, para entregarmos a Praça da Cidadania da melhor forma possível. Esta é mais uma obra que demonstra o cuidado com as pessoas, ao aproximar os equipamentos públicos da população”, afirma Zezé Gomes. 

Em frente à Escola de Qualificação Profissional, a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, Maria dos Anjos, relembra as negociações das quais participou ativamente, em 2021, para a implantação da Praça da Cidadania. “Quando participamos das primeiras reuniões para definir o projeto de construção da Praça da Cidadania em Hortolândia, recebemos duas propostas do governo estadual. A primeira para construção de uma praça menor, de 4 mil metros quadrados. A segunda, para um espaço maior, de 7 mil metros quadrados. Como nossa proposta inicial era a de usar este espaço para aumentar a oferta de cursos profissionalizantes à população, optamos pelo segundo projeto, com uma área maior. É muito bom acompanhar a conclusão desta obra e perceber que, muito em breve, vamos entregar um equipamento público diferenciado à população”, comenta Maria dos Anjos. A Escola de Qualificação Técnica é formada por dez cômodos, onde serão ministradas aulas de informática, culinária, estética, entre outros cursos. No local, também serão ofertados cursos gratuitos em parceria com o Fundo Social de Hortolândia.

As obras para construção da Praça da Cidadania caminham para a etapa final do empreendimento. No local, equipes trabalham para finalizar alguns acabamentos como implantação das calçadas, plantio de gramas, montagem de cobertura, instalação elétricas e hidráulicas, além de interferência em paisagismo. Segundo o secretário de Governo, Cafú, o empreendimento requer alguns detalhes adicionais. “Além da iluminação, nós também vamos instalar câmeras de monitoramento. Embora não esteja no projeto, também vamos construir um vestiário, para garantir mais conforto às pessoas que frequentem o espaço para praticar esporte ou lazer. Esta é uma obra que foi planejada com qualidade, sustentabilidade e inteligência como forma a cuidar das pessoas”, avalia Cafú.

Leia mais ...

Museu Municipal de Hortolândia Estação Jacuba abre para visitação neste domingo (30/07)

Espaço da Prefeitura funcionará das 9h às 13h 

O fim de semana chegou! Você está a fim de um programa de lazer? Então, “bora” passear em Hortolândia para visitar o Museu Municipal de Hortolândia Estação Jacuba, órgão da Prefeitura. O espaço estará aberto neste domingo (30/07), das 9h às 13h. O endereço é rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. O centro abre para visitação no último fim de semana de cada mês. Excepcionalmente o espaço não abrirá neste sábado (29/07) em razão do jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo de futebol feminino. 

No museu o público conhece um pouco da história de Hortolândia. O espaço ocupa o prédio da antiga estação ferroviária Jacuba, que foi restaurado pela Prefeitura e inaugurado em 2014. O espaço guarda um acervo de objetos, fotos e materiais antigos relacionados à estação e ao município que estão agrupados em várias salas. Todos esses materiais são parte importante do patrimônio da cidade

EXPOSIÇÃO

Atualmente, o museu está com a exposição “Chiquinho: trajetória e legado do mestre do mundo”, em homenagem a Mestre Chiquinho, morador ilustre da cidade. A exposição, inaugurada em dezembro de 2021, reúne cerca de 100 objetos, dentre fotos, vestimentas, fantasias e outros itens, que fazem parte dos acervos pessoal de Chiquinho e do museu. Um dos destaques é uma foto antiga do avô de Mestre Chiquinho, que de acordo com ele, tem mais de 100 anos. “É a foto mais antiga da exposição”, conta o homenageado.

O TREM PASSA

O museu fica ao lado da via férrea. Durante a visita, o público poderá ter a sorte de ver o trem passar e registrar o momento com fotos, selfies e vídeos. Por motivo de segurança, o museu orienta os visitantes a permanecerem na área externa cercada com grade para tirar fotos ou fazer vídeos da passagem do trem. 

ATRAÇÕES VERDES

Após o passeio, o público pode ainda descansar e usufruir a área externa do museu, onde há árvores frutíferas (duas mangueiras e uma caramboleira) que oferecem sombras acolhedoras, principalmente nos dias de sol forte. 

Outra atração verde é um exemplar da espécie de árvore popularmente chamada “árvore-do-viajante”, que foi plantada na época da restauração do prédio. A árvore está na entrada para dar as boas-vindas aos visitantes. A árvore tem estrutura e tronco parecidos com a da bananeira. Porém, seu fruto não é comestível. 

Por ter folhas grandes, a árvore acumula água, que servia para matar a sede dos viajantes, motivo pelo qual recebeu seu nome popular. Outra característica é a copa em forma de leque. A espécie é originária de Madagascar. Seu nome científico é Ravenala madagascariensis.

ATRATIVOS TECNOLÓGICOS

O museu ainda oferece atrativos tecnológicos. Um deles é a câmera de monitoramento de trens que passam na via férrea. A câmera, do modelo 360º, funciona 24 horas. As imagens da câmera são exibidas em tempo real no canal no YouTube do grupo Railcam Brasil. O equipamento foi inaugurado em maio de 2022. Para que os visitantes possam fazer fotos, selfies e vídeos, o museu disponibiliza Wi-Fi, cujo uso é gratuito mediante uso de senha, que deve ser solicitada na recepção. O Wi-Fi é fornecido pelo grupo Railcam Brasil.

Leia mais ...

Encontro de Cavaleiros acontece em Hortolândia neste domingo (07/05)

Desfile dos cavaleiros vai contar com atrações artísticas e praça de alimentação

O tradicional encontro de cavaleiros de Hortolândia será realizado neste domingo (07/05). Organizado pelo grupo Cavaleiros do Jacuba com apoio da Prefeitura de Hortolândia, o evento é gratuito e aberto ao público.

A concentração dos cavaleiros começa às 9h, no Parque Socioambiental Chico Mendes, na região central. O desfile deve começar às 10h, com destino à Matriz Nossa Senhora do Rosário, no Vila Real. Depois, os cavaleiros percorrem a Av. Thereza Ana Cecon Breda rumo à Av. 4 de Maio, que dá acesso ao Superviário de Hortolândia. O ponto final do desfile é a Av. Sabina Baptista de Camargo, próximo à Ponte Estaiada. Os organizadores calculam que o percurso total leve cerca de duas horas.

Além de reunir entusiastas da cavalaria, o encontro de domingo é uma ótima opção de lazer para reunir a família e os amigos. No local de chegada, serão instaladas três tendas, onde haverá apresentação de cantores sertanejos. Irão se apresentar no evento as duplas Ângelo Máximo e Giovani, Rodrigo Caetano e Michel, Kauan e Guilherme, além dos cantores solo Tom Barbosa, Francieli Vitale e Ryan Pereira. O público também terá acesso a uma praça de alimentação, bar no local, touro mecânico e um espaço kids, para as crianças.

Um dos organizadores do encontro e membro do grupo Cavaleiros do Jacuba, Alex Souto ressalta a importância do evento como forma de cultivar a tradição de cavalaria na cidade. “O passado de Hortolândia remete à cavalaria, já que a cidade estava inserida na tradicional rota de tropeiros e viajantes que formaram os primeiros povoados. Nossa ideia com a realização do encontro é resgatar esse passado, essa tradição. Hortolândia sempre foi a cidade dos cavaleiros. Desde a época dos tropeiros até os mais antigos, que realizavam romarias a cavalo. O grupo se chama Cavaleiros do Jacuba, mas poderia facilmente se chamar Cavaleiros de Hortolândia, porque a cavalaria faz parte da história da cidade”, comenta. 

Segundo os organizadores, o público estimado do último encontro foi de aproximadamente mil pessoas.

Leia mais ...