Menu


Com união e solidariedade, Hortolândia faz 29 anos nesta terça (19/05). Confira a campanha comemorativa lançada pela Prefeitura

Hortolândia completa, nesta terça-feira (19/05), 29 anos de emancipação política de Sumaré. Para marcar a data, a Prefeitura lança uma campanha de aniversário nas redes sociais, com o tema “União e solidariedade fazem parte da nossa história”. Tem selo personalizado, vídeo institucional e vídeo com integrantes da Banda Municipal interpretando o Hino da cidade, cada um de sua casa. Na página do Facebook (link), o usuário poderá inserir o avatar comemorativo na sua foto de perfil.

Cidade que cresce a cada dia e se destaca na Região Metropolitana de Campinas e no Brasil, Hortolândia já enfrentou e resolveu problemas estruturais graves, como a falta de água potável, coleta e tratamento de esgoto e de asfalto. Mudanças que foram conquistadas, por meio da união entre o Poder Público, as famílias e os movimentos sociais. Em meio à pandemia da COVID-19, o tema visa manter o espírito de solidariedade, otimismo e união entre os moradores da cidade.

“O povo de Hortolândia gosta de festa, de união, de abraço e aperto de mão, mas a comemoração, neste ano, será à distância, com fé e reflexão. Este momento duro vai passar. Fiquem firmes, porque, ao fim desta pandemia, vamos estar de pé. Já enfrentamos muitas dificuldades juntos, colhemos muitos frutos e ainda temos muito para crescer”, afirmou o prefeito Angelo Perugini.

As atividades festivas e eventos já tradicionais no município foram cancelados ou adiados por conta do Coronavírus. Mas as postagens comemorativas dos 29 anos continuam durante todo o mês de maio. Confira e participe:

Facebook: https://www.facebook.com/prefeituradehortolandia

Instagram: https://www.instagram.com/prefeitura.hortolandia/

YouTube: https://www.youtube.com/prefeituradehortolandia

#Hortolândia29anos #HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa # Coronavírus

 

A partir desta quinta-feira (07/05), população que aguarda atendimento na Caixa Federal do centro poderá se abrigar em tenda instalada pela Prefeitura

Após fechar parceria com o supermercado Paulistão, a Prefeitura de Hortolândia decidiu instalar no estacionamento do mercado, na Região Central, a tenda que, a partir desta quinta-feira (07/05), abrigará moradores em busca de atendimento presencial na agência da Caixa Econômica Federal. Inicialmente, a estrutura seria montada na própria Rua Luiz Camilo de Camargo, no trecho entre a loja Marabraz e o banco. Para evitar que o trânsito fosse desviado e a principal rua do comércio no Centro precisasse ser parcialmente interditada no trecho, a opção foi instalar a tenda no estacionamento vizinho à agência. A montagem começou a ser feita nesta quarta-feira (06/05). A ação da Secretaria de Governo visa evitar que as pessoas que precisam ir até o prédio da agência bancária fiquem expostas ao sol e à chuva, enquanto esperam a vez de serem atendidas.

Segundo a Secretaria de Governo, além das tendas, serão instaladas cadeiras com espaço de dois metros entre elas para evitar a disseminação do Coronavírus. A quantidade de cadeiras instaladas ainda será definida. 

"Após a conclusão do serviço na Região Central, realizaremos a mesma operação nas agências da Caixa Econômica Federal dos jardins Rosolen e Amanda. No Jardim Amanda, a estrutura ficará instalada no estacionamento do prédio. Já no Jardim Rosolen, as tendas e as cadeiras devem ser instaladas no estacionamento do Supermercado Pague Menos. Elas ficarão instaladas por tempo indeterminado", explica a secretária adjunta de Governo, Silvania Anizio da Silva.

"Para apoiar a população que busca os serviços nas agências bancárias da Caixa Econômica Federal, todos os dias, deixamos uma guarnição com dois agentes da Guarda Municipal em frente aos prédios do banco, na Região Central e nos jardins Amanda e Rosolen. A presença da equipe é importante na orientação das pessoas que estão na fila e ajuda a evitar maiores problemas que possam acontecer", observa a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette.

 

Para evitar aglomerações, Prefeitura montará tendas em agências da Caixa Econômica Federal

Quem trafega pela Região Central de Hortolândia precisa estar atento às mudanças no trânsito. Nesta quarta-feira (06/05), a partir das primeiras horas da manhã, equipes da Prefeitura de Hortolândia iniciam a montagem de tendas e a instalação de cadeiras em frente à Caixa Econômica Federal, localizada na Rua Luiz Camilo de Camargo, entre a loja Marabraz e a agência bancária. A ação das secretarias de Governo e de Mobilidade Urbana visa evitar que as pessoas que precisam ir até o prédio fiquem expostas ao sol ou passem muito tempo de pé esperando a vez de serem atendidas.

"Pedimos a colaboração dos motoristas que trafegarem pela Região Central nas primeiras horas desta quarta-feira para redobrar a atenção. No local, trabalhadores da Administração Municipal iniciarão a montagem das tendas e a instalação das cadeiras. É importante que quem passe pela região respeite os limites de velocidade, além de tomar cuidado para não invadir o espaço", observa o diretor de operação da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Segundo a Secretaria de Governo, as cadeiras serão instaladas com espaço de dois metros entre elas para evitar a disseminação do Coronavírus. A quantidade de cadeiras instaladas ainda será definida. A instalação deve ser concluída no final desta quarta-feira. Na quinta-feira (06/05), já poderão ser utilizadas pela população.

"Após a conclusão do serviço na Região Central, realizaremos a mesma operação nas agências da Caixa Econômica Federal dos jardins Rosolen e Amanda. No Jardim Amanda, a estrutura ficará instalada no estacionamento do prédio. Já no Jardim Rosolen, as tendas e as cadeiras devem ser instaladas no estacionamento do Supermercado Pague Menos. A montagem das estruturas nas agências será concluída até o final da próxima semana. Elas ficarão instaladas por tempo indeterminado", explica a secretária adjunta de Governo, Silvania Anizio da Silva.

Serviços sociais durante a pandemia

A fim de auxiliar a população em vulnerabilidade social, afetada pandemia do Coronavírus, a Prefeitura aumentou os canais de atendimento a quem precisa dos serviços sociais prestados pela Administração Municipal. Desde o início do mês, há 16 linhas telefônicas, aplicativo WhatsApp específico e e-mail para tirar dúvidas da população (veja abaixo).

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, 90% dos questionamentos feitos por estes canais são relacionados a como obter o Auxílio Emergencial do Governo Federal. As demais ligações são sobre entrega de máscaras de proteção individual e retirada das cestas básicas pelo município ou sobre a entrega do kit de alimentação para alunos de escolas estaduais.

Confira os canais de acesso:

3965-1438

3965-1400, ramal 8220

3965-1400, ramal 8210

3965-1400, ramal 8204

 

3909-3642 (CRAS Amanda)

3909-2140 (CRAS Amanda)

99976-1602 (CRAS Amanda)

 

3865-1133 (CRAS Central)

3897-2519 (CRAS Central)

99817-0620 (CRAS Central)

 

3845-7629 (CRAS Novo Ângulo)

3809-1945 (CRAS Novo Ângulo)

99910-9085 (CRAS Novo Ângulo)

 

3909-2292 (CRAS Primavera)

3909-0627 (CRAS Primavera)

99976-1874 (CRAS Primavera)

 

WhatsApp: (19) 99976-4011

e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Quase 200 comércios não-essenciais são fechados em Hortolândia, para evitar disseminação do Coronavírus

Pelo menos 186 estabelecimentos comerciais não-essenciais de Hortolândia, que funcionavam durante o final de semana, violando o decreto municipal nº 4.383, de 21/03/2020,  foram fechados, após fiscalização. A medida busca evitar aglomerações e a disseminação do Coronavírus na cidade. O primeiro balanço da Operação de Orientação sobre o Coronavírus em áreas comerciais foi divulgado, nesta segunda-feira (23/03), pela Prefeitura de Hortolândia.

Segundo a Secretaria de Governo, duas pessoas foram conduzidas para a delegacia por desobedecerem a ordem de fechamento. Elas responderão por desobediência e também por infringir determinação do Poder Público, que visa impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Os crimes são previstos no Artigo 268 do Código Penal.

O trabalho da Operação de Orientação é realizado por equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana e Vigilância Sanitária, do Setor de Fiscalização da Administração Municipal, além da Guarda Municipal. Nesta final de semana (21 e 22/03), a força-tarefa percorreu quatro bairros: Jd. Rosolen, Boa Esperança, Nova América e Jd. Amanda. O grupo também orientou pessoas em filas e ruas, situações consideradas como aglomeração.

TRABALHO PERMANECE NOS PRÓXIMOS DIAS

Com o apoio de um carro de som, comerciantes e população em geral continuarão recebendo, nos próximos dias, orientações sobre a necessidade do fechamento dos estabelecimentos não-essenciais, que ainda permanecem abertos. Também serão informadas da importância de ficar em casa e sair apenas em caso de necessidade extrema. A ação é realizada para evitar a disseminação do Coronavírus (COVID-19) no município.

A Guarda Municipal de Hortolândia, força de segurança da Prefeitura, já realiza patrulhamento e recebe denúncias por telefone (veja abaixo). É possível o envio de viaturas para orientação em caso de descumprimento da ordem. 

Em caso de aglomeração de pessoas e abertura de comércios não-essenciais, a Guarda Municipal recebe denúncias, a qualquer hora do dia ou da noite, pelos telefones 153 ou 0800-111-580.

POPULAÇÃO DEVE EVITAR AGLOMERAÇÕES

Além do fechamento de comércios não-essenciais, em razão da pandemia do Coronavírus, quadras poliesportivas, salões de festas e de jogos, brinquedotecas, salas de cinema, campos de futebol, parquinhos, piscinas, academias, áreas de lazer e outros espaços de uso comum de condomínios e loteamentos fechados também devem ser evitados pelos moradores, para impedir a aglomeração de pessoas.

A medida integra o decreto municipal nº 4.374, publicado na terça-feira (17/03), e a Portaria Interministerial do Ministério da Justiça e Segurança Pública e da Saúde nº 05/2020, que prescrevem a medida de isolamento social como ação preventiva da COVID-19. 

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus

 

 

Prefeitura inicia Operação de Orientação sobre o Coronavírus em áreas comerciais

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, na manhã deste domingo (22/03), a Operação de Orientação sobre o Coronavírus em áreas comerciais. Equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana, da Vigilância Sanitária, do Setor de Fiscalização da Administração Municipal, além da Guarda Municipal, percorrem, desde as 10h, as principais ruas de comércios nos jardins Rosolen, Boa Esperança, Nova América e Amanda. Com o apoio de um carro de som, comerciantes e população em geral foram orientados sobre a necessidade do fechamento dos estabelecimentos não-essenciais, que ainda permaneciam abertos. Também foram informados da importância de ficar em casa e sair apenas em caso de necessidade extrema. A ação, realizada para evitar a disseminação do Coronavírus (COVID-19) no município, acontece até às 18h, deste domingo. A medida cumpre o estabelecido no decreto municipal nº 4.383, de 21/03/2020.

De acordo com a Secretaria de Governo, 80% dos comércios que não necessitavam estar abertos permaneciam fechados. Os comerciantes que mantiveram estabelecimentos funcionando receberam notificação para fechá-los. Foi o caso de algumas lojas nas ruas Antônio Fernandes Leite e Benedito Leite, no Jardim Rosolen, além da Avenida Santana, no Jardim Amanda, que só fecharam as portas, após notificação.

POPULAÇÃO DEVE EVITAR AGLOMERAÇÕES

Além do fechamento de comércios não-essenciais, em razão da pandemia do Coronavírus, quadras poliesportivas, salão de festas, salão de jogos, brinquedotecas, salas de cinema, campos de futebol, parquinhos, piscinas, academias, áreas de lazer e outros espaços de uso comum de condomínios e loteamentos fechados também devem ser evitados pelos moradores, para impedir a aglomeração de pessoas. A medida integra o decreto municipal nº 4.374, publicado na terça-feira (17/03), e a Portaria Interministerial do Ministério da Justiça e Segurança Pública e da Saúde nº 05/2020, que prescrevem a medida de isolamento social como ação preventiva da COVID-19. 

A Guarda Municipal de Hortolândia, força de segurança da Prefeitura, já realiza patrulhamento e recebe denúncias por telefone (veja abaixo), sendo possível o envio de viaturas para orientação em caso de descumprimento da ordem. 

Em caso de aglomeração de pessoas e abertura de comércios não-essenciais, denúncias podem ser feitas à Guarda Municipal, a qualquer hora do dia ou da noite, pelos telefones 153 ou 0800-111-580.

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus

Para barrar Coronavírus, comércio de Hortolândia ficará de portas fechadas a partir deste sábado (21/03)

A Prefeitura de Hortolândia adota mais uma medida de combate e enfrentamento ao Coronavírus. A partir deste sábado (21/03) e pelos próximos 40 dias, pelo menos, está suspenso o atendimento presencial nos estabelecimentos comerciais da cidade. A medida integra o decreto 4.383, publicado hoje no Diário Oficial Eletrônico do Município de Hortolândia. É possível consultar o documento na íntegra, clicando no link https://www.publicacoesmunicipais.com.br/eatos/#visualizador;p=70302;src=s

Neste período estão autorizados a funcionar, de modo presencial, atendimentos fundamentais de saúde e serviços considerados essenciais, tais como padarias, supermercados, farmácias, postos de gasolina e distribuidoras de água e gás (de acordo com a regulamentação da Vigilância Sanitária do Município).

A medida, no entanto, autoriza o funcionamento do comércio por meio de aplicativos, internet, telefone ou outros instrumentos similares e aos serviços de entrega de mercadorias, conhecidos como “delivery”.

Bancos e cartórios

O decreto também orienta quanto ao funcionamento de cartórios extrajudiciais e instituições bancárias. Estes estabelecimentos poderão fazer atendimento presencial mediante agendamento prévio ou com restrição de público no seu interior.

O artigo 4 do decreto estabelece penalidades para quem o descumprir. “O descumprimento do determinado neste decreto implicará na suspensão do alvará de licença e funcionamento do estabelecimento e, consequentemente, no seu fechamento, sem prejuízo da adoção das medidas relativas ao crime de ‘Infração de medida sanitária preventiva’, previsto no art. 268 do Código Penal, diz o documento.

Confira a lista de estabelecimentos autorizados a atender presencialmente, no período de 21 a 30/04/2020:

•farmácias, drogarias e congêneres; 

•hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos; 

•lojas de conveniência; 

•lojas de venda de alimentação para animais; 

•distribuidores de gás; 

•lojas de venda de água mineral; 

•padarias; 

•postos de combustível das 7 h às 19 h;

•hospitais, clínicas, laboratórios, sanatórios, manicômios, casas de saúde, prontos-socorros, ambulatórios e congêneres;

•outros que vierem a ser definidos em ato conjunto expedido pelas Secretarias Municipais de Governo, da Saúde e de Desenvolvimento Econômico.

Assinar este feed RSS