Menu


Abertas inscrições para oficina culinária gratuita de produção de chocolates

Ação voltada ao Dia dos Namorados será na Cozinha da Escola Comunitária da Prefeitura de Hortolândia

Já estão abertas as inscrições para a oficina culinária gratuita de produção de chocolates, que acontecerá na quarta-feira (22/05), na Cozinha Escola Comunitária da Prefeitura. Elas poderão ser feitas até esta sexta (17/05) ou enquanto houver vagas. 

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, há 22 vagas disponíveis. Para participar, é preciso morar em Hortolândia e ter 16 anos ou mais.  Os interessados devem entrar em contato com o Banco de Alimentos de Hortolândia, em dias úteis, das 8h às 17h, pelos números (19) 3845-6630 e (19) 3845-4920, ou via WhatsApp: (19) 99976-6799. 

De acordo com o Departamento de Segurança Alimentar, órgão responsável pela atividade, a oficina terá como foco a confecção de chocolates em formato de coração, brigadeiros decorados e barras de chocolate recheadas. A ação visa proporcionar conhecimento e capacitação para maiores possibilidades de geração de renda. 

A oficina de chocolates será ministrada pela formadora voluntária Ana Beatriz Antoniel de Oliveira, Chef Confeiteira, graduada em Gastronomia pela UniMetrocamp, técnica em confeitaria e panificação pelo Instituto Mix. A aula será realizada em um único dia, na quarta-feira (22/05), no período da manhã, das 8h às 12h, na Cozinha Escola Comunitária, localizada na Av. Osvaldo de Souza, 375, no Jd. Novo Ângulo.

SERVIÇO:

Oficina Culinária: Chocolate - Especial de Dia dos Namorados 

Período de Inscrição: até 17/05/2024 ou enquanto houver vaga

Contato:  Banco de Alimentos- (19) 3845-6630 e (19)3845-4920, em dias úteis, das 8h às 17h, ou por meio whatsapp (19) 99976-6799.

Confirmação de Inscrição: 21/05/2024

Data da oficina: quarta-feira, 22/05, das 08h às 12 horas

Local: Cozinha Escola, na Av. Osvaldo de Souza, 375, Jd. Novo Ângulo

 

Leia mais ...

Hortolândia promove oficina sobre como elaborar projetos culturais

Atividade será nos dias 15 e 16/05, às 19h, no Cine Teatro; oficina atende demanda feita por fazedores culturais à Prefeitura

A Prefeitura de Hortolândia dialoga com os profissionais do setor artístico-cultural do município para ouvir suas demandas e sugestões. Para atender uma solicitação feita por essa classe, a Secretaria de Cultura promove a oficina “Como faço para escrever um projeto cultural?”. A atividade será nos dias 15 e 16/05, às 19h, no recém-inaugurado Cine Teatro, que fica dentro da Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. Para participar é necessário fazer inscrição por meio deste LINK. São 70 vagas em cada dia. A Secretaria de Cultura orienta os interessados para que façam inscrição somente em um dia a fim de possibilitar que mais pessoas também possam participar. A oficina é uma das ações que integra o PVAL (Plano de Valorização do Artista Local), lançado pela Secretaria de Cultura em dezembro de 2023. Por sua vez, o PVAL integra o Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura. 

A chefe do setor de captação de recursos da Secretaria de Cultura, Eliane Silva, explica que a realização da oficina é para atender uma demanda apresentada por fazedores culturais durante as escutas públicas on-line e presencial, realizadas pela Prefeitura, em abril deste ano. 

As escutas foram eventos abertos para o setor artístico-cultural da cidade e a população com o objetivo de explicar a Política Nacional Aldir Blanc (PNAB). Hortolândia foi contemplada com recursos do governo federal provenientes da PNAB para fomentar ações e projetos, a serem realizados por profissionais e fazedores do setor artístico-cultural. 

“Nas escutas, os fazedores culturais do município disseram que não entendiam os editais de chamamento. Para democratizarmos o acesso aos futuros editais referentes a PNAB que ainda serão divulgados, a Prefeitura decidiu realizar essa oficina para orientar os profissionais de cultura da cidade sobre como fazer um projeto cultural. Por isso, é importante que os fazedores culturais participem da oficina”, salienta a Eliane Silva. 

A oficina explicará o que é a PNAB. Também serão abordados os elementos básicos para elaborar um projeto cultural, dentre os quais Apresentação ou Introdução, Objetivo geral/objetivos específicos, Justificativa ou Relevância ou Importância, Cronograma, Planilha financeira, Público-alvo, Ficha técnica, Ações afirmativas, Planos de divulgação e Contrapartidas. A atividade será ministrada pela Profa. Dra. Kaya Chrys Madeira, que atua como  atriz, diretora e, há mais de 10 anos, ministra aulas de Produção Cultural em importantes instituições públicas federais de Ensino Superior.

Leia mais ...

Estão abertas inscrições para oficina de vídeo em Hortolândia

Atividade será nos dias 23 e 30 deste mês no CEM Ronaldo Dias

Você gosta de cinema e tem vontade de fazer seus próprios filmes? Então, a dica é participar da oficina de vídeo promovida pela Prefeitura de Hortolândia. As inscrições devem ser feitas por meio deste LINK. A oficina será nos dias 23 e 30 deste mês, das 18h às 21h, no CEM (Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia) Ronaldo Dias, localizado na rua Vicente Palhão, 30, Jardim Viagem. A atividade é aberta para atores, cineastas e público em geral.

A oficina abordará o universo audiovisual. O conteúdo fará uma introdução ao cinema e seus conceitos fundamentais. Os participantes também aprenderão como fazer um roteiro e terão orientações sobre os processos de gravação e edição. Outros tópicos que serão abordados são a importância da fotografia no cinema e da trilha sonora. Haverá ainda exercícios de criação de cenas.

A oficina será ministrada pelo educador social Daniel de Almeida. Com mais de 20 anos de atuação profissional, é diretor geral do grupo teatral Cia. Carcaça e integrante do grupo A Turma do Tio Barba. Também desenvolve trabalhos para televisão, como a novela “Poliana Moça” (SBT), cinema, entre os quais o filme “Carga Máxima” (Netflix), e as séries “Sintonia” (Netflix) e “Pico da Neblina” (HBO), com direção do cineasta Fernando Meirelles.

Leia mais ...

Inscrições abertas para oficina sobre financiamento de projetos audiovisuais

Atividade promovida pelo Pontos MIS e Prefeitura de Hortolândia será nesta quinta-feira (17/08), na Escola de Artes  

O grande desafio para quem atua no mercado audiovisual é obter recursos para a realização de projetos. A fim de ajudar os profissionais dessa área, o Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e a Prefeitura de Hortolândia realizam a oficina “Como financiar o seu projeto audiovisual”. A atividade será nesta quinta-feira (17/08), às 18h30, na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. Para participar, é necessário fazer inscrição presencial na escola, ou via telefone pelos números (19) 3819-0518 e (19) 3819-0549. São 20 vagas disponíveis. Podem participar pessoas com idade a partir de 15 anos.

A oficina mostrará as possibilidades de financiamento para projetos audiovisuais. Serão abordadas plataformas de financiamento coletivo e crowdfunding brasileiras e internacionais. Os participantes também receberão informações sobre editais públicos para projetos audiovisuais.

Outro tema que será discutido é a importância de participar dos mercados de compra e venda de conteúdo audiovisual. Os aprendizes terão noções sobre como apresentar seu projeto por meio de pitching e como participar de rodadas de negócios. A oficina será ministrada pela diretora e roteirista Giuliana Monteiro. A profissional também atuou durante oitos como produtora. Dirigiu e roterizou seis curtas metragens: “Raízes” (experimental), “Margarete 6422” (documentário), “Stay” (ficção), “Felicidade” (ficção) e “Eu Não Digo Adeus, Digo Até Logo” (ficção). Atualmente, trabalha em seu primeiro projeto de longa-metragem, “Estrada para Livramento”, que recebeu o Spike Lee Fund Award para desenvolvimento. Giuliana também finaliza seu primeiro projeto de longa documental, o filme “Bento”.

Leia mais ...

Oficina gratuita de Petit Four é opção de geração de renda a aprendizes em Hortolândia

Curso da Cozinha Escola da Prefeitura, em parceria com Senai, formou mais uma turma, nesta quinta-feira (01/06)

Aconteceu, nesta quinta-feira (01/06), a aula final da “oficina gratuita de Petit Four”, promovida pela Prefeitura de Hortolândia. A formação, iniciada na segunda (29/05), reuniu, ao longo de quatro dias, cerca de 16 pessoas, na Cozinha Escola Comunitária, órgão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia localizado no Jd. Novo Ângulo. O curso sobre o clássico biscoito amanteigado, típico da culinária francesa, foi ministrado pela nutricionista Érica Guerrero, do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), tendo como foco a geração de renda.

Por meio de aulas teóricas e práticas, os participantes conheceram técnicas básicas necessárias em cada etapa de produção dos biscoitos caseiros, planejando as quantidades de matérias-primas, manipulando equipamentos e utensílios até chegar ao produto final. Também aprenderam sobre o uso integral dos ingredientes e as boas práticas de higiene e manipulação dos alimentos. Ao final do curso, além de degustarem o Petit Four, receberam certificados pelas 16 horas/aula de atividades desenvolvidas.

“Apesar de ser um curso rápido, a gente aprende bastante coisa. Achei muito interessante. Foi o meu primeiro curso e achei o espaço muito bom, além da professora que explica bem também tudo o que a gente precisa aprender. Eu faço bolos para vender. Espero conseguir fazer essa receita em casa. Quando eu disse que ia fazer o curso o pessoal já ficou doidinho para experimentar”, comentou Selma Pacheco de Almeida, de 45 anos, moradora do Jd. Santa Rita de Cássia, que participou pela primeira vez de uma oficina da Cozinha Escola.

“O último curso que fiz foi o de Bolos Caseiros. Já é a terceira vez que venho participar das oficinas e pretendo vir mais, pois o espaço é maravilhoso e aprendo bastante aqui. Eu não vendo as receitas, mas faço em casa e todo mundo gosta ", afirmou a moradora do Jardim Amanda I, Diomira Pinheiro de Jesus, de 66 anos, que participa pela terceira vez das oficinas promovidas pela Prefeitura.

Para a nutricionista do Senai, Érica Guerrero, o trabalho foi bastante produtivo e integrado. “As alunas puderam aprender as técnicas, a função dos ingredientes nas receitas e o manuseio da balança, equipamentos e utensílios que utilizamos na cozinha. É muito gratificante ver a evolução delas, tanto nas contas para fazer os cálculos da formulação das receitas e do material, quanto na cozinha. Foram turmas muito proativas e companheiras, uma sempre ajudando a outra. É muito gratificante mesmo essa parceria”, ressaltou ela.

A Cozinha Escola Comunitária integra o Departamento de Segurança Alimentar, órgão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. Periodicamente, o espaço, localizado na Av. Osvaldo de Souza, 375, no Jd. Novo Ângulo, promove oficinas e cursos com foco na geração de renda e educação alimentar e nutricional.

Leia mais ...

Hortolândia tem oficina sobre mercado audiovisual

Atividade será na próxima segunda-feira (24/04), às 19h

Como é o funcionamento do mercado de cinema nacional? Esta e outras questões serão analisadas na oficina “O mercado audiovisual brasileiro – Uma introdução”, promovida pelo projeto estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som), com o apoio da Prefeitura de Hortolândia. Quem quiser participar, deve se inscrever na Escola de Artes Augusto Boal, órgão da Secretaria de Cultura, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. As inscrições podem ser feitas até o dia de realização da oficina. São 25 vagas disponíveis. Podem se inscrever pessoas com idade a partir de 16 anos. A oficina será na próxima segunda-feira (24/04), às 19h, na Escola de Artes.

A oficina explicará como é o mercado audiovisual do Brasil e o aspecto profissional do segmento. O conteúdo também mostrará as leis de incentivo no setor audiovisual e como obter financiamento para viabilizar produções. A atividade será ministada pelo diretor de fotografia Luan Cardoso. O profissional já realizou 100 trabalhos, dentre filmes, curtas metragens, videoclipes e web séries.

Leia mais ...