Menu


Hortolândia participará de Olimpíada Literária

Projeto piloto, que será realizado em parceria entre a Prefeitura e a Editora Elo, visa inspirar boas práticas de leitura em crianças e adolescentes das escolas municipais

Estudantes do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino de Hortolândia participarão, neste ano, da “1ª Olimpíada Literária - Amigos da Leitura”, que será promovida pela Elo Editora, em parceria com a Prefeitura. A realização do projeto piloto, com a participação do município, foi anunciada na manhã desta quarta-feira (28/02), na sede da editora, no bairro do Brooklin, na capital paulista. O evento contou com a presença do prefeito José Nazareno Zezé Gomes; dos secretários de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes (titular) e Renato Muccillo (adjunto); do CEO da editora, Marcos Araújo; e de cerca de 40 profissionais da Educação, entre eles coordenadores pedagógicos do CFPE (Centro de Formação dos Profissionais em Educação) “Paulo Freire”, de Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) e Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental). 

Na ocasião, os presentes puderam ouvir  palestra ministrada pela escritora paulistana de literatura fantástica, infantil e juvenil, Rosana Rios, que tem obras no catálogo da editora. Com mais de 35 anos de trabalho e mais de 185 obras publicadas, Rosana partilhou sua experiência como escritora de literatura infantil. 

“Fiz questão de estar presente aqui por acreditar no poder transformador da educação. Espero que esta parceria contribua com a prática cotidiana das nossas escolas“, afirmou Zezé Gomes. 

“Estamos felizes e muito honrados com esse novo projeto para inspirar boas práticas de leitura. Nosso objetivo é melhorar sempre a qualidade de ensino na nossa rede“, afirmou Fernando Moraes. Segundo o secretário, "Hortolândia foi escolhida pela editora por seu papel e iniciativas de educação literária, incluindo as ações de incentivo à leitura e o projeto Ler & Reler, realizado no município com obras da editora”.

"Vamos escrever uma nova história juntos. Ter parceiros como Hortolândia, com uma educação reconhecida, é um privilégio para nós. Eu visito em média mais de 50 municípios por ano para falar sobre projetos de incentivo à leitura. O que mais ouço nas outras redes é eles falarem que vocês são referência na educação do estado de São Paulo. É uma alegria ouvir isso. Sempre me perguntam quais os métodos que vocês estão aplicando e sempre lembro do trabalho que vocês realizam, as professoras realizam, nas salas de aula”, afirmou Araújo.

Sobre a Olimpíada Literária

De acordo com a Editora Elo, responsável pela competição, 35 equipes de diferentes unidades escolares participarão das atividades, destinadas a estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. As equipes escolherão uma obra literária para representar, por meio de uma performance artística, durante dois dias de apresentações, com um limite máximo de 10 minutos por equipe. Haverá um finalista por ano.

A avaliação será realizada por uma equipe de jurados, composta por dois autores da editora e um representante do município. Os resultados serão anunciados na 3ª edição do "Literalendo", festa de incentivo à leitura, promovida em maio pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Hortolândia. 

Ainda segundo a editora, os vencedores receberão medalhas; notebooks divididos para cinco escolas; um final de semana no resort “Vale Suíço” para o professor e sua equipe de apoio, além do reconhecimento com o selo de “Amigos da Leitura ". A premiação inclui também uma visita com imersão na Elo Editora e uma sessão de contação de histórias na escola vencedora.

"Saímos deste evento hoje com o desafio de construir comportamentos leitores significativos e prazerosos aos nossos estudantes. Algo precioso", afirmou José Mário Regis, coordenador pedagógico do CFPF. 

“Gostei muito da proposta. Já tive várias ideias e acredito que vai acrescentar muito em nossa proposta pedagógica”, comentou a coordenadora pedagógica da Emef Boa Esperança, Profa. Avelina Caldas.

 

Leia mais ...

Apresentações artísticas reúnem famílias no 2º Literalendo, em Hortolândia

Evento literário registra público de 8.000 pessoas em tarde marcada pela apresentação do grupo Palavra Cantada

Mesmo sob chuvisco, 8.000 pessoas compareceram, nesse domingo (28/05), ao 2º Literalendo, evento literário promovido pela Prefeitura de Hortolândia. O encontro, realizado no Pq. Socioambiental Irmã Dorothy Stang, no Jd. Nossa Senhora de Fátima, integrou as atividades em comemoração ao aniversário de 32 anos da cidade.

Com o tema “Por uma Alfabetização de Bons Sentimentos”, a segunda edição do evento literário foi organizada pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. Durante a festividade, o público prestigiou atividades artístico-culturais, como a exposição de máscaras africanas, contação de histórias, apresentações de alunos de escolas municipais, além de assistir às performances da Banda Municipal, da dupla Zé Victor e João, do grupo de rap Renan Inquérito e do aclamado grupo de canções infantis Palavra Cantada. O evento também impulsionou a renda de empreendedores cadastrados no programa EcoSol (Economia Solidária), promovido pela Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

O prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, ressaltou a colaboração dos professores na construção do projeto de cidade inteligente e sustentável. “O Literalendo é uma grande marca que deixamos na nossa cidade, uma mensagem de que é possível enfrentar as adversidades do dia a dia com diálogo, com alegria e diversão. Eu gostaria de apontar a importância dos professores, que utilizam dos livros para transformar a vida das nossas crianças. Todo desenvolvimento que presenciamos na nossa cidade começa na sala de aula”, avalia.

Nem mesmo a fraca chuva que tomou conta do Pq. Socioambiental Dorothy Stang, nesse domingo (28/05), afastou os fãs do grupo musical Palavra Cantada, principal atração do evento. Desde o início da tarde, crianças acompanhadas dos pais se concentravam na grade de proteção em frente ao palco, ansiosos pelo espetáculo do grupo reconhecido nacionalmente pelas melodias que unem brincadeira e educação. É o caso da garotinha Maria Clara, uma das mais animadas entre o público infantil. “Eu amo eles, acompanho desde bebê. Minha música favorita é ‘Amazônia’”, comenta. Durante o show, Maria Clara demonstrou familiaridade com as músicas da Palavra Cantada ao cantar sucessos como “Tchibum da Cabeça ao Bumbum”, “Criança não Trabalha”, “Menina Moleca”, “Pé com Pé”, “Ciranda” e “Sopa”. 

Fundado pelos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit em 1994, o grupo Palavra Cantada coleciona prêmios. O grupo comenta o reconhecimento adquirido pela criação poética que inspira o aprendizado e criatividade de muitas crianças há quase três décadas. “A sensação é de missão cumprida, porque nosso trabalho é inspirar as crianças, ampliar universos de percepção da vida. Esses shows que fazemos ao ar livre e de graça são ainda mais especiais, porque nosso trabalho acaba atingindo mais pessoas. Ver, hoje, o pessoal debaixo de uma garoa para assistir ao nosso show é uma satisfação enorme, o sonho de qualquer artista”, afirma a Palavra Cantada.

O Secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Gomes de Moraes, avalia positivamente a realização do evento. “O Literalendo é uma grande festa da literatura, que possibilita à população de Hortolândia um momento de reflexão sobre a capacidade da arte, da cultura e dos livros em promover o aprendizado dos alunos e em potencializar a união das famílias. O objetivo de possibilitar o encontro da família, da comunidade, da cidade, foi atingido, já pessoas de todas as regiões da cidade compareceram. O Literalendo é mais do que um evento, pois tem uma proposta pedagógica que está contemplada no eixo do nosso currículo da educação municipal”, comenta.

Além das atrações artístico-culturais, o 2º Literalendo realizou a distribuição de livros da literatura infantojuvenil para estudantes da rede municipal de ensino presentes no Pq. Dorothy. O evento está alinhado com outro programa promovido pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o “Hortolendo”, cujo propósito é incentivar a leitura entre os moradores de Hortolândia e os alunos das 60 escolas municipais e das 40 particulares contratadas por meio do programa Bolsa Creche.

Leia mais ...

2º Literalendo é neste domingo (28/05)

Dupla musical “Palavra Cantada” apresentará grandes sucessos no evento literário da Prefeitura de Hortolândia

 

Domingo (28/05) é dia de festa em Hortolândia. É dia do 2º Literalendo, evento literário gratuito, promovido pela Prefeitura de Hortolândia, no Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, localizado na Rua Manoel Antonio da Silva, 415, no Jardim Nossa Senhora de Fátima. A festa, aberta ao público em geral, enfoca o tema “Por uma alfabetização de bons sentimentos” e faz parte da programação de aniversário pelos 32 anos de emancipação política do município.

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, as atrações artísticas e culturais começam a partir das 11h. Um dos destaques do palco principal será o show “Vem Cantar com a Gente”, do grupo “Palavra Cantada”, formado em 1994 e muito conhecido no meio escolar brasileiro. A dupla musical paulista, formada pelos músicos Paulo Tatit (composição, baixo, violão, guitarra e voz) e Sandra Peres (composição, piano, teclados e voz), promete encantar o público, num show inesquecível, fazendo toda a família dançar ao som de sucessos como Tchibum da cabeça ao Bumbum, Menina Moleca, Sopa, Pé com Pé, Fome Come, Pomar, Ora Bolas, Ciranda e Criança não Trabalha, dentre outros. 

Além do show, haverá outras apresentações musicais, contação de histórias, exposição de máscaras africanas e distribuição de livros para os 26 mil estudantes da rede municipal de ensino. Na praça de alimentação, serão vendidas bebidas e comidas, bem como artigos artesanais confeccionados por integrantes do EcoSol (Programa de Economia Solidária) da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. Em 2022, na primeira edição, o Literalendo levou cerca de 25 mil pessoas ao Parque Dorothy.

Campanha do Agasalho

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, vai mobilizar toda a comunidade escolar em prol da campanha de agasalho. Durante o Literalendo, os participantes poderão doar, nos pontos de coleta distribuídos no parque, blusas, agasalhos e cobertores em bom estado. As doações serão direcionadas às pessoas assistidas em entidades não governamentais e unidades de atendimento público da Prefeitura.

Incentivo à leitura

Para incentivar a leitura entre os moradores da cidade, sobretudo entre os estudantes da rede municipal de ensino, a Prefeitura promove também o 13º Hortolendo. O evento acontece, nesta sexta-feira (26/05), nas 60 escolas municipais e nas 40 particulares contratadas por meio do programa Bolsa Creche, tendo como foco a comunidade escolar (crianças, jovens, adultos estudantes, familiares e profissionais da educação). Neste ano, a tradicional festa literária enfoca “A leitura e seus afetos: a escola como espaço de aprendizagem, convivência e humanização”. Cada unidade escolar tem programação própria, que inclui ações lúdicas como contação de histórias, cantinhos de leitura, exposição de pinturas e desenhos, apresentações musicais e teatrais, dentre outras atividades artístico-culturais.

Confira as atrações do 2º Literalendo:

• 11h - Banda Municipal / Quinteto da Secretaria de Cultura + Abertura Oficial

• 11h45 - Contação de histórias - Palhaço Zé Minhoca

• 12h15 - Apresentação das escolas e contação de história com Solange Cachimiro, supervisora educacional da Secretaria de Educação e Hugo Maciel, coordenador pedagógico da Emef Jd. Amanda (CAIC) 

• 13h - Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história Marina Costa, de Indaiatuba, no quiosque da exposição “Máscaras africanas: arte, cultura e ancestralidade”. 

• 13h40 – Apresentação da dupla Zé Victor e João

• 14h20 -  Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história marina costa, de Indaiatuba

• 15h - Apresentação de Renan Inquérito, com o show “Abrakbça”.

• 16h – Show da dupla “Palavra Cantada”

Leia mais ...

Prefeitura distribuirá 26 mil livros durante 2º Literalendo

Evento literário da Prefeitura será no domingo (28/05), a partir das 11h

 

A Prefeitura de Hortolândia distribuirá, gratuitamente, cerca de 26 mil livros infantis, durante o 2º Literalendo, evento literário que acontecerá neste domingo (28/05), no Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, localizado na Rua Manoel Antonio da Silva, 415, no Jardim Nossa Senhora de Fátima. De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, organizadora do evento, as obras serão distribuídas exclusivamente aos matriculados nas 60 unidades da rede municipal de ensino e nas 40 escolas contratadas por meio do programa Bolsa Creche.

Foram adquiridos títulos diversos pensados para atender às crianças de todas as modalidades de ensino da Educação Infantil ao Ensino Fundamental. Cada estudante receberá antecipadamente uma filipeta que poderá ser trocada pelo livro desejado no dia do evento. 

Eventos literários

Hortolândia terá dois grandes eventos literários, promovidos pela Administração Municipal, no mês em que completa 32 anos de emancipação política: o 13º Hortolendo, nesta sexta-feira (26/05) e o 2º Literalendo, no domingo (28/05). A ideia é incentivar a leitura entre os moradores da cidade, sobretudo entre os estudantes da rede municipal de ensino.

O 2º Literalendo começa a partir das 11h, no Pq. Dorothy, e é aberto ao público em geral. O tema escolhido, nesta edição, é “Por uma alfabetização de bons sentimentos”. O palco principal terá diversas atrações, dentre elas a dupla musical infantil paulista “Palavra Cantada”, formada pelos músicos Paulo Tatit e Sandra Peres, muito conhecidos no meio escolar brasileiro. Haverá também contação de histórias, apresentações musicais, exposição de máscaras africanas e distribuição de livros.

Na praça de alimentação, serão vendidas bebidas e comidas, bem como artigos artesanais confeccionados por integrantes do Programa de Economia Solidária. Em 2022, na primeira edição, o Literalendo levou cerca de 25 mil pessoas ao Parque Dorothy.

O “13º Hortolendo nas escolas” acontecerá nas 60 escolas da rede municipal de educação e nas 40 particulares contratadas por meio do programa Bolsa Creche, tendo como foco a comunidade escolar (crianças, jovens, adultos estudantes, familiares e profissionais da educação). Neste ano, a tradicional festa literária enfoca “A leitura e seus afetos: a escola como espaço de aprendizagem, convivência e humanização”. Cada unidade escolar terá programação própria, que incluirá ações lúdicas como contação de histórias, cantinhos de leitura, exposição de pinturas e desenhos, apresentações musicais e teatrais, dentre outras atividades artístico-culturais.

Confira as atrações do 2º Literalendo:

• 11h - Banda Municipal / Quinteto da Secretaria de Cultura + Abertura Oficial

• 11h45 - Contação de histórias - Palhaço Zé Minhoca

• 12h15 - Apresentação das escolas e contação de história com Solange Cachimiro, supervisora educacional da Secretaria de Educação e Hugo Maciel, coordenador pedagógico da Emef Jd. Amanda (CAIC) 

• 13h - Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história Marina Costa, de Indaiatuba, no quiosque da exposição “Máscaras africanas: arte, cultura e ancestralidade”. 

• 13h40 – Apresentação da dupla Zé Victor e João

• 14h20 -  Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história marina costa, de Indaiatuba

• 15h - Apresentação de Renan Inquérito, com o show “Abrakbça”.

• 16h – Show da dupla “Palavra Cantada”

 

Leia mais ...

Evento literário da Prefeitura terá exposição de máscaras africanas

2º Literalendo será no domingo (28/05), no Parque Irmã Dorothy, no Jd. Nossa Senhora de Fátima 

 

Quem for ao Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, neste domingo (28/05), para participar do 2º Literalendo, poderá conhecer um pouco mais da cultura africana. Entre as atrações do evento, promovido pela Prefeitura de Hortolândia, está a exposição “Máscaras Africanas: arte, cultura e ancestralidade”, que poderá ser conferida a partir das 11h. O parque está localizado na Rua Manoel Antonio da Silva, 415 no Jardim Nossa Senhora de Fátima.

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, as 27 obras da mostra foram confeccionadas por professores de Arte da rede municipal de Hortolândia, com materiais e técnicas diversas, tais como recorte, colagem, pintura, amarrações, dentre outras. 

Segundo o professor e organizador da exposição, Adelson dos Santos, a exposição busca ampliar os conhecimentos dos visitantes acerca da diversidade cultural dos países africanos, mostrando as múltiplas conexões entre o Brasil e a África. Ao longo deste ano, as obras percorrerão as escolas municipais de ensino fundamental, contribuindo com o conteúdo pedagógico sobre o tema previsto no Currículo Municipal de Educação e também atendendo à Lei Federal 10.639/2003, que trata da obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira" nas escolas brasileiras, tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio.

“As máscaras africanas são elementos culturais de grande importância para as diversas etnias que integram o continente africano. Elas são produzidas como instrumentos essenciais em diversas cerimônias, como as de iniciação, nascimentos, celebrações e outras ocasiões importantes”, afirma Santos.

Eventos literários

No mês em que celebra o aniversário de 32 anos de emancipação política, a cidade terá dois grandes eventos literários gratuitos, promovidos pela Administração Municipal: o 13º Hortolendo, nesta sexta-feira (26/05) e o 2º Literalendo, no domingo (28/05). O objetivo da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia é incentivar a leitura entre os moradores da cidade, inclusive entre os 26 mil estudantes da rede municipal de ensino.

Aberto ao público em geral, o 2º Literalendo começa a partir das 11h, no Pq. Dorothy. “Por uma alfabetização de bons sentimentos” é o tema escolhido, nesta edição. O palco principal terá diversas atrações, dentre elas a dupla musical infantil paulista “Palavra Cantada”, formada pelos músicos Paulo Tatit e Sandra Peres, muito conhecidos no meio escolar brasileiro. Haverá também contação de histórias, apresentações musicais e distribuição de livros.

Na praça de alimentação, serão vendidas bebidas e comidas, bem como artigos artesanais confeccionados por integrantes do Programa de Economia Solidária. Durante o evento, haverá distribuição de livros. Em 2022, na primeira edição, o Literalendo levou cerca de 25 mil pessoas ao Parque Dorothy.

Hortolendo

Com foco na comunidade escolar (crianças, jovens, adultos estudantes, familiares e profissionais da educação), o “13º Hortolendo nas escolas” acontece nas 60 escolas da rede municipal de educação e nas 40 particulares contratadas por meio do programa Bolsa Creche. Neste ano, a tradicional festa literária enfoca “A leitura e seus afetos: a escola como espaço de aprendizagem, convivência e humanização”. Cada unidade escolar terá programação própria, que incluirá ações lúdicas como contação de histórias, cantinhos de leitura, exposição de pinturas e desenhos, apresentações musicais e teatrais, dentre outras atividades artístico-culturais.

Confira as atrações do 2º Literalendo:

• 11h - Banda Municipal / Quinteto da Secretaria de Cultura + Abertura Oficial

• 11h45 - Contação de histórias - Palhaço Zé Minhoca

• 12h15 - Apresentação das escolas e contação de história com Solange Cachimiro, supervisora educacional da Secretaria de Educação e Hugo Maciel, coordenador pedagógico da Emef Jd. Amanda (CAIC) 

• 13h - Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história Marina Costa, de Indaiatuba, no quiosque da exposição “Máscaras africanas: arte, cultura e ancestralidade”. 

• 13h40 – Apresentação da dupla Zé Victor e João

• 14h20 -  Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história marina costa, de Indaiatuba

• 15h - Apresentação de Renan Inquérito, com o show “Abrakbça”.

• 16h – Show da dupla “Palavra Cantada”

Leia mais ...

Prefeitura promove dois eventos de incentivo à leitura em Hortolândia, nesta semana

13º Hortolendo será nesta sexta (26/05) e 2º Literalendo, no domingo (28/05)

 

Hortolândia será, neste mês, a “capital” da leitura na região. No mês em que celebra o aniversário de 32 anos de emancipação política, a cidade terá dois grandes eventos literários gratuitos, promovidos pela Prefeitura: o 13º Hortolendo, nesta sexta-feira (26/06) e o 2º Literalendo, no domingo (28/05). O objetivo da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia é incentivar a leitura entre os moradores da cidade, inclusive entre os 26 mil estudantes da rede municipal de ensino.

Com foco na comunidade escolar (crianças, jovens, adultos estudantes, familiares e profissionais da educação), o “13º Hortolendo nas escolas” acontece nas 60 escolas da rede municipal de educação e nas 40 particulares contratadas por meio do programa Bolsa Creche. Neste ano, a tradicional festa literária enfoca “A leitura e seus afetos: a escola como espaço de aprendizagem, convivência e humanização”. Cada unidade escolar terá programação própria, que incluirá ações lúdicas como contação de histórias, cantinhos de leitura, exposição de pinturas e desenhos, apresentações musicais e teatrais, dentro outras atividades artístico-culturais.

Na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Tarsila do Amaral, no Jd. Amanda, por exemplo, os participantes vão abordar o tema "Afetividade com Tarsila do Amaral" para incentivar a leitura e a prática artística entre as crianças. A programação inclui a releitura de obras da pintora paulista para trabalhar a sensibilidade, a criatividade e a afetividade da criança. Mas tem outras atividades, como explica a professora Tatiane Pedroso Barbosa. “Cada criança ganhará sua sacola com um livro, com o intuito de fomentar a leitura. Quanto à exposição das maquetes, foram produzidas pelas próprias crianças, imbuídos pelo tema ‘Hortolândia, minha cidade querida’, a fim de retratar a história e crescimento da nossa cidade”, afirma a professora do 5º ano A.

Literalendo

Aberto ao público em geral, o 2º Literalendo acontecerá ao ar livre, no Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, na Rua Manoel Antônio da Silva, 415, no Jd. Nossa Senhora de Fátima, a partir das 11h. “Por uma alfabetização de bons sentimentos” é o tema escolhido, nesta edição. O palco principal terá diversas atrações, dentre elas  

a dupla musical infantil paulista “Palavra Cantada”, formada pelos músicos Paulo Tatit e Sandra Peres, muito conhecidos no meio escolar brasileiro. Haverá também contação de histórias, apresentações musicais, exposição de máscaras africanas e distribuição de livros.

Na praça de alimentação, serão vendidas bebidas e comidas, bem como artigos artesanais confeccionados por integrantes do Programa de Economia Solidária. Durante o evento, haverá distribuição de livros. Em 2022, na primeira edição, o Literalendo levou cerca de 25 mil pessoas ao Parque Dorothy.

Confira as atrações do 2º Literalendo:

• 11h - Banda Municipal / Quinteto  da Secretaria de Cultura + Abertura Oficial

• 11h45 - Contação de histórias - Palhaço Zé Minhoca

• 12h15 - Apresentação das escolas e contação de história com Solange Cachimiro, supervisora educacional da Secretaria de Educação e Hugo Maciel, coordenador pedagógico da Emef Jd. Amanda (CAIC) 

• 13h - Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história Marina Costa, de Indaiatuba, no quiosque da exposição “Máscaras africanas: arte, cultura e ancestralidade”. 

• 13h40 – Apresentação da dupla Zé Victor e João

• 14h20 -  Contação de histórias e lendas africanas pela professora e contadora de história marina costa, de Indaiatuba

• 15h – Apresentação de Renan Inquérito, com o show “Abrakbça”.

• 16h – Show da dupla “Palavra Cantada”

Leia mais ...