Menu


Hortolândia divulga boletim da COVID-19 (27/01 a 02/02)

  • Publicado em Saúde

Secretaria de Saúde da Prefeitura divulgou atualização semanal dos dados, nesta sexta-feira (03/02) 

O boletim semanal de casos de COVID-19, divulgado pela Prefeitura de Hortolândia, já está disponível, desde a manhã desta sexta-feira (03/02)  (confira quadro abaixo). Foi notificado um óbito no período de 27/01 a 02 deste mês. Este óbito, de número 882, data de 11/09/2022 e é de uma paciente de 66 anos, do sexo feminino, com comorbidades.

A atualização dos casos passou a ser semanal, desde julho de 2022. No entanto, pode haver divergências entre estes e os dados divulgados pelo Governo do Estado, alerta a Secretaria Municipal de Saúde. 

A Administração Municipal ressalta a importância de as pessoas com o esquema vacinal em atraso procurarem uma UBS (Unidade Básica de Saúde) para tomar a(s) dose(s) faltante(s). Essa é a maneira mais eficiente para evitar que haja aumento de casos positivos, internações e óbitos na cidade. É que quanto mais pessoas vacinadas contra a COVID-19, maior a proteção individual e coletiva.

Durante a semana, a vacinação diária é realizada em 10 UBSs. Nas demais unidades, a vacinação é feita em dias diferentes da semana. É obrigatório o uso de máscara, inclusive de acompanhantes, dentro das unidades de saúde durante a vacinação.

 

Dados da semana

(27/01 a 02.02.2023 )

Total do ano

Casos notificados

428

2.714

Casos positivos

98

554

Óbitos

0

1

Total de óbitos + casos positivos

98

555

Casos negativos

265

1.637

Casos em investigação

65

553

Leia mais ...

Hortolândia fará Dia D de vacinação contra Covid-19 no segundo sábado de fevereiro

  • Publicado em Saúde

Ação será no dia 11, na UBS Campos Verdes e beneficiará todos os públicos

 

Com a chegada de novas doses de imunizantes, a Prefeitura de Hortolândia intensificará a campanha de vacinação contra a Covid-19 no município. O dia D será no segundo sábado de fevereiro (11/02), das 8h às 15h30, na UBS (Unidade Básica de Saúde) Campos Verdes, localizada na Rua da Confibra, 155. Nesta data, a ação atenderá todos os públicos, de bebês a idosos.

Segundo a Secretaria de Saúde, a ação será possível porque o Governo do Estado de São Paulo enviou, nesta semana, milhares de doses do imunizante produzidas pelo laboratório Pfizer. São ao todo 6.200 doses da Pfizer Baby, 5.500 da Pfizer pediátrica e 1.200 doses da Pfizer para adultos. 

Reforço para crianças de 5 a 11 anos

Outra boa notícia é a aplicação da primeira dose de reforço, a D3, em crianças de cinco a 11 anos. Ela começará a ser feita nesta segunda-feira (06/02), exclusivamente no período da manhã, das 8h às 12h, nas seis UBSs onde acontece a vacinação pediátrica (veja abaixo). O reforço é indicado para crianças que tomaram a 2ª dose há pelo menos quatro meses. A ação coincide com a volta às aulas na rede municipal de Educação.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Hortolândia, a vacinação da D3 para este público específico será com o imunizante Pfizer pediátrica, conforme orientação do Ministério da Saúde. O envio das doses também beneficiará crianças de seis meses a 11 anos que ainda vão começar o esquema vacinal ou que aguardavam o recebimento das doses para terminar o esquema primário (D2).

“O público infantil que estiver aguardando a administração da D2 de Coronavac para completar o esquema também deverá procurar as mesmas UBSs que fazem a Pfizer Baby e adulto. Devido ao estoque reduzido, esta vacina está centralizada nas seis unidades. A vacinação é importante para evitarmos a forma grave de COVID-19, COVID longa ou até mesmo sequelas da COVID-19”, explica a enfermeira Ana Paula Fernandes, coordenadora do programa de imunização da Secretaria de Saúde.

 

Confira as UBSs onde é possível levar crianças para tomar Pfizer Baby, Pfizer pediátrica ou Coronavac:

UBSs

Dias

Horário

Amanda II: Av. Brasil, 800

quartas e sextas-feiras

8h às 12h

Campos Verdes: Rua da Confibra, 155

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Dom Bruno Gamberini: Av. São Francisco de Assis, 46

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Parque do Horto: Av. José Augusto de Araújo, 95

segundas e quintas-feiras

8h às 12h

Rosolém: R.Osmar Antonio Meira, 300

terças e quintas-feiras

8h às 12h

Novo Ângulo: R. Edezio Vieira de Moraes, 146

segundas e sextas-feiras

8h às 12h

Leia mais ...

Hortolândia começa a aplicar a segunda dose da Pfizer baby em crianças de até dois anos

  • Publicado em Saúde

Sem necessidade de agendamento prévio, ação começou nesta segunda-feira (31/01) em seis UBSs da Prefeitura que fazem atendimento pediátrico

A Prefeitura de Hortolândia já começou a aplicar a segunda dose da Pfizer Baby em crianças de seis meses a dois anos 11 meses e 29 dias, moradoras da cidade, que tomaram a primeira dose da vacina. No primeiro dia (30/01), foram imunizados 10 bebês, em duas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), que fazem o atendimento às segundas-feiras: a UBS Parque do Horto e a UBS Novo  ngulo. A procura ainda é considerada baixa, mas a expectativa das equipes responsáveis pela imunização é que aumente nos próximos dias, evitando o desperdício de doses da vacina. De acordo com o programa de imunização da Secretaria de Saúde, cada frasco de Pfizer baby contém dez doses e, depois de aberto, estas duram somente oito horas.

 A Secretaria de Saúde disponibilizou 120 doses do imunizante para atender a este segmento específico, que havia iniciado o processo de vacinação contra a Covid-19 e precisava dar prosseguimento ao esquema vacinal, no tempo adequado. 

O Ministério da Saúde preconiza que as crianças nesta faixa etária recebam três doses da vacina fabricada pela Pfizer. O intervalo da 1ª para a 2ª dose é de 28 dias e da 2ª para a 3ª, de oito semanas.

A vacinação acontece em seis UBSs onde há vacinação pediátrica (veja abaixo) e exclusivamente no período da manhã, das 8h às 12h. Pais e responsáveis não precisam fazer agendamento prévio. Basta levar a criança à unidade de saúde da área de referência para a família e apresentar a carteirinha de vacinação onde está anotada a aplicação da 1a dose, junto com documento com foto. 

A Secretaria de Saúde reforça a importância de cumprir o esquema vacinal completo. Essa é a maneira mais eficiente e segura para evitar que haja aumento de casos positivos e óbitos pela doença no município. Quanto mais pessoas estiverem com o esquema vacinal completo, menor o risco de contrair a COVID-19 ou de o caso se agravar, em quem contraiu a doença.

Atualmente, a Prefeitura segue com a vacinação contra a COVID-19 em adultos de todas as faixas etárias e de crianças de três e quatro anos com a Coronavac (D2). A Secretaria de Saúde aguarda o envio de novas doses de Coronavac e da Pfizer baby e Pediátrica para atender plenamente o público infantil. 

Confira as UBSs onde é possível levar crianças de até 2 anos receber a D2 da Pfizer Baby:

UBSs

Dias

Horário

Amanda II: Av. Brasil, 800

quartas e sextas-feiras

8h às 12h

Campos Verdes: Rua da Confibra, 155

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Dom Bruno Gamberini: Av. São Francisco de Assis, 46

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Parque do Horto: Av. José Augusto de Araújo, 95

segundas e quintas-feiras

8h às 12h

Rosolém: R.Osmar Antonio Meira, 300

terças e quintas-feiras

8h às 12h

Novo Ângulo: R. Edezio Vieira de Moraes, 146

segundas e sextas-feiras

8h às 12h

 

Leia mais ...

Prefeitura começa a aplicar segunda dose da Coronavac em crianças de 3 e 4 anos

  • Publicado em Saúde

Iniciada nesta segunda-feira (23/01), vacinação de público prioritário acontece em seis UBSs de Hortolândia, sem agendamento

Crianças de três e quatro anos, moradoras de Hortolândia, que já haviam recebido a primeira dose da Coronavac, começaram a receber, nesta segunda-feira (23/01), a segunda dose do imunizante. A campanha de vacinação contra a Covid-19 neste público prioritário acontece em seis UBSs (Unidades Básicas de Saúde) onde há vacinação pediátrica (veja abaixo) e exclusivamente no período da manhã, das 8h às 12h, sem necessidade de agendamento. A ação é realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde. 

A procura pela dose 2 ainda está baixa, nesta etapa inicial, segundo os responsáveis pelo programa municipal de imunização. Na segunda-feira, por exemplo, foram aplicadas 20 doses. Para imunizar a criança que já recebeu a dose 1, basta ir à unidade de saúde da área de referência para a família e, na hora, apresentar a carteirinha de vacinação da criança, junto com documento com foto.

A aplicação da dose 2 da Coronavac é possível porque a Secretaria de Saúde recebeu, no último dia 18, 910 doses do imunizante, enviadas pelo Governo de São Paulo. Este total é insuficiente para atender todo o segmento, uma vez que mais de mil crianças nesta faixa etária receberam a primeira dose da Coronavac, no município, e precisam completar o quadro vacinal. Daí a importância de os responsáveis estarem atentos às orientações das equipes de vacinação.

O intervalo entre a 1ª e a 2ª doses, no caso específico da Coronavac, é de 28 dias. Para evitar o desperdício de doses, além da publicação de notícias no site oficial e nas redes sociais da Prefeitura, chamando pais e responsáveis, cada UBS fará busca ativa de crianças em sua área de abrangência. De acordo com o programa de imunização da Secretaria de Saúde, cada frasco de Coronavac contém dez doses e, depois de aberto, estas duram somente oito horas.

Atualmente, a Prefeitura segue com a vacinação contra a COVID-19 em adultos de todas as faixas etárias. A Secretaria de Saúde aguarda o envio de novas doses de Coronavac e da Pfizer Baby e Pediátrica para atender plenamente o público infantil. 

A Secretaria de Saúde reforça a importância de cumprir o esquema vacinal completo. Essa é a maneira mais eficiente e segura para evitar que haja aumento de casos positivos e óbitos pela doença no município. Quanto mais pessoas estiverem com o esquema vacinal completo, menor o risco de contrair a COVID-19 ou de o caso agravar, em quem contraiu a doença.

“É de suma importância que qualquer pessoa tenha seu esquema de vacinação completo, já que diminui significativamente as chances de contrair a forma grave da Covid-19, portanto sequelas e óbitos. Além de que a cobertura vacinal da população alvo acima de 95% evita a circulação e a propagação da doença”, esclarece o diretor da Vigilância em Saúde, Antônio Roberto Stivalli.

Confira as UBSs onde é possível levar crianças de 3 e 4 anos para receber a D2 da Coronavac:

UBSs

Dias

Horário

Amanda II: Av. Brasil, 800

quartas e sextas-feiras

8h às 12h

Campos Verdes: Rua da Confibra, 155

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Dom Bruno Gamberini: Av. São Francisco de Assis, 46

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Parque do Horto: Av. José Augusto de Araújo, 95

segundas e quintas-feiras

8h às 12h

Rosolém: R.Osmar Antonio Meira, 300

terças e quintas-feiras

8h às 12h

Novo Ângulo: R. Edezio Vieira de Moraes, 146

segundas e sextas-feiras

8h às 12h

Leia mais ...

Crianças de 3 e 4 anos recebem segunda dose da Coronavac a partir desta segunda (23/01)

  • Publicado em Saúde

Prefeitura de Hortolândia recebeu da Secretaria Estadual de Saúde 910 doses para atender este público prioritário

Se você tem filhos de três e quatro anos de idade ou crianças nesta faixa etária sob sua responsabilidade, atenção a este importante aviso da Prefeitura de Hortolândia. A partir desta segunda-feira (23/01), a Secretaria de Saúde começará a aplicar a segunda dose da Coronavac neste público prioritário. 

A vacinação será feita, das 8h às 12h, nas seis UBSs (Unidades Básicas de Saúde) onde acontece a vacinação pediátrica (veja abaixo). Não é necessário agendar previamente o atendimento, basta ir à unidade de saúde da área de referência para a família e, na hora, apresentar a carteirinha de vacinação da criança, junto com documento com foto.

A Secretaria de Saúde recebeu, nesta quarta-feira (18/01), 910 doses do imunizante, enviadas pelo Governo de São Paulo. Porém, o total é insuficiente para atender todo o segmento. Mais de mil crianças nesta faixa etária receberam a primeira dose da Coronavac, no município, e precisam completar o quadro vacinal. O intervalo entre a 1ª e a 2ª doses, no caso específico da Coronavac, é de 28 dias.

Para evitar o desperdício de doses, além da publicação de notícias no site oficial e nas redes sociais da Prefeitura, chamando pais e responsáveis, cada UBS fará busca ativa de crianças em sua área de abrangência. De acordo com o programa de imunização da Secretaria de Saúde, cada frasco de Coronavac contém dez doses e, depois de aberto, estas duram somente oito horas.

Atualmente, a Prefeitura segue com a vacinação contra a COVID-19 em adultos de todas as faixas etárias. A Secretaria de Saúde aguarda o envio de novas doses de Coronavac e da Pfizer Baby e Pediátrica para atender plenamente o público infantil

A Secretaria de Saúde reforça a importância de cumprir o esquema vacinal completo. Essa é a maneira mais eficiente e segura para evitar que haja aumento de casos positivos e óbitos pela doença no município. Quanto mais pessoas estiverem com o esquema vacinal completo, menor o risco de contrair a COVID-19 ou de o caso agravar, em quem contraiu a doença.

Confira as UBSs onde é possível levar crianças de 3 e 4 anos para receber a D2 da Coronavac:

UBSs

Dias

Horário

Amanda II: Av. Brasil, 800

quartas e sextas-feiras

8h às 12h

Campos Verdes: Rua da Confibra, 155

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Dom Bruno Gamberini: Av. São Francisco de Assis, 46

terças e quartas-feiras

8h às 12h

Parque do Horto: Av. José Augusto de Araújo, 95

segundas e quintas-feiras

8h às 12h

Rosolém: R.Osmar Antonio Meira, 300

terças e quintas-feiras

8h às 12h

Novo Ângulo: R. Edezio Vieira de Moraes, 146

segundas e sextas-feiras

8h às 12h

 

Leia mais ...

Hortolândia divulga boletim da COVID-19 (22 a 28/12)

  • Publicado em Saúde

Secretaria de Saúde da Prefeitura divulgou, nesta sexta-feira (30/12), atualização semanal dos dados 

A Prefeitura de Hortolândia divulgou, na manhã desta sexta-feira (30/12), o boletim semanal de casos de COVID-19 (confira quadro abaixo). Assim como na semana anterior, nenhum óbito foi notificado no período de 22 a 28 deste mês. Desde julho deste ano, a atualização dos casos passou a ser semanal. A Secretaria Municipal de Saúde alerta que pode haver divergências entre estes e os dados divulgados pelo Governo do Estado. 

A Administração Municipal ressalta a importância de as pessoas com o esquema vacinal em atraso procurarem uma UBS (Unidade Básica de Saúde) para tomar a(s) dose(s) faltante(s). Essa é a maneira mais eficiente para evitar que haja aumento de casos positivos, internações e óbitos na cidade. É que quanto mais pessoas vacinadas contra a COVID-19, maior a proteção individual e coletiva.

Durante a semana, a vacinação diária é realizada em 10 UBSs. Nas demais unidades, a vacinação é feita em dias diferentes da semana. É obrigatório o uso de máscara, inclusive de acompanhantes, dentro das unidades de saúde durante a vacinação.

 

Dados da semana

(22 a 28.12.2022 )

Total do ano

Casos notificados

896

53.151

Casos positivos

221

15.254

Óbitos

0

96

Total de óbitos + casos positivos

221

15.350

Casos negativos

477

35.741

Casos em investigação

198

2.004

Leia mais ...