Menu


Mulheres de Hortolândia se formam em curso para produção de pães e salgados fitness

Ação integra os esforços do Departamento da Mulher no acolhimento de mulheres em situação de violência e vulnerabilidade

O Departamento da Mulher, órgão vinculado à Secretaria de Governo, finalizou, nesta terça-feira (19/09), o curso de formação para produção de pães e salgados fitness. Realizado em parceria com o Banco de Alimentos, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), a formação foi ofertada gratuitamente a 16 mulheres em situação de violência e vulnerabilidade social atendidas pelo órgão. As atividades foram realizadas na Cozinha Escola Comunitária, no Jd. Novo Ângulo.

A formação para produção dos produtos fitness de panificadora teve início no dia 11 de setembro. Realizado pela manhã, o curso foi dividido em dois módulos. Nas primeiras aulas, as participantes aprenderam, por meio do Sebrae, conceitos sobre marketing, finanças e formalização do próprio negócio. Já na segunda etapa da formação, ministrada pelo Senai, foram abordadas as técnicas para produção dos salgados e pães fitness. Nesse módulo, além das receitas, as mulheres aprenderam a utilizar a balança de precisão, para calcular os ingredientes e evitar desperdícios. A finalização do curso, nesta terça-feira, contou com uma apresentação de uma receita especial preparada pelas alunas.

A diretora do Departamento da Mulher de Hortolândia, Josefa Teixeira, avalia que a oferta de cursos profissionalizantes está alinhada com a missão do órgão. “Nosso maior compromisso é ajudar as mulheres a escreverem suas próprias histórias com autonomia, liberdade e independência financeira, física e emocional”, declarou Josefa Teixeira.

Capacitação profissionalizante que impacta o núcleo familiar, como opina a participante do curso, Joselita Costa Borges. “O curso de pães e salgados fitness me ensinou como preparar e vender esses itens, que poderão ajudar na minha renda familiar”, afirma a moradora do Jd. Novo Ângulo.

Durante a formação, as alunas apreenderam receitas utilizando ingredientes para substituição da farinha branca, optando por produtos integrais, sem glúten e de baixo índice glicêmico. Entre pães integrais de sementes, de cenoura, de batata doce, esfirras de mandioca, muffins de espinafre e grão de bicos, o curso explorou receitas fitness a partir do uso de ingredientes como sementes de gergelim, de girassol, de linhaça, além dos grãos integrais.

A facilitadora do Senai responsável pelas aulas práticas, Érica Guerreiro, comenta a dinâmica do curso. “Todos os pratos foram preparados sem a utilização de proteína de origem animal. Os recheios das coxinhas e esfirras, por exemplo, foram preparados com proteína de soja texturizada. As receitas trabalhadas fogem do convencional, indo para um lado mais saudável, integral, optando pelas fibras”, avalia Érica.

 

Departamento da Mulher

Composto por uma equipe multiprofissional formada por advogadas, assistentes sociais, pedagoga, psicóloga, assistente administrativa e recepcionista, o Departamento da Mulher é um órgão da Secretaria de Governo que atua no atendimento integral de meninas e mulheres em situação de violência e vulnerabilidade. No mês de agosto, em virtude da campanha “Agosto Lilás”, o órgão intensificou as ações de conscientização e prevenção à violência contra a mulher. Ao todo, a campanha "Agosto Lilás" exibiu 200 cartazes pela cidade, além de ter distribuído 5 mil cartões da campanha “Não é Não” e 8mil folders da Rede de Proteção à Mulher. O Departamento da Mulher também distribuiu 3 mil laços da cor lilás em diversos espaços públicos de Hortolândia.

Leia mais ...

Mulheres em situação de vulnerabilidade social se formam em curso de confeitaria oferecido pela Prefeitura de Hortolândia

Da técnica de confeitaria ao planejamento financeiro, curso foi dividido em módulos teóricos e práticos

Mulheres em situação de vulnerabilidade atendidas pela Prefeitura de Hortolândia finalizaram, nessa sexta-feira (26/05), a formação em fabricação de produtos de confeitaria. O curso profissionalizante, realizado na Cozinha Escola Comunitária, no Jd. Novo Ângulo, integrou as atividades em comemoração ao aniversário de 32 anos da cidade.

Bolo inglês, queijadinha, torta suíça, pudim, massa flora, sable de mesa, massa choux, bolo de mármore e pão de ló. Durante o curso de formação, que durou 12 dias, as alunas tiveram contato com uma variedade de receitas de produtos de confeitaria, uma média de duas a três receitas aprendidas por dia. Foram 48 horas em que as alunas desenvolveram técnicas de confecção dos produtos, características das matérias-primas e como manusear os utensílios e equipamentos utilizados na cozinha, como batedeiras, liquidificadores e balança de precisão. Todas as 13 alunas que finalizaram o curso são mulheres atendidas pelo CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher), CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), Caef (Centro de Atendimento aos Egressos e Famílias) e pelas OSCs (Organizações da Sociedade Civil). 

Um dos diferenciais do curso de formação em confeitaria oferecido pela Prefeitura de Hortolândia em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) foi apresentar módulos teóricos sobre planejamento financeiro. Além de desenvolverem técnicas para a confecção dos produtos, as alunas aprenderam critérios de precificação, estratégias de venda, balanço financeiro e gestão do próprio negócio. 

Por não saber gerir o próprio negócio, uma das alunas formadas no curso de confeitaria, Marta da Silva, teve de encerrar as atividades na produção de bolos de potes. “Eu trabalhava com confeitaria, mas tive de parar as atividades por falta de conhecimento, já que não sabia precificar os produtos, não sabia a medida certa das receitas, desperdiçava muitos ingredientes. Com o curso, acabei me profissionalizando, aprendi coisas totalmente diferentes do que estava acostumada a fazer”, comenta a moradora do Jd. Novo Ângulo, que deu início, nesta semana, ao curso de fabricação de biscoitos, outra formação profissionalizante ofertada gratuitamente pela Prefeitura de Hortolândia.

A chefe do Setor de Políticas Públicas para as Mulheres do Departamento de Direitos Humanos, vinculado à Secretaria de Governo, Jacyra Souza, enfatiza a importância do curso de formação profissionalizante às mulheres atendidas pelos órgãos assistenciais. “A conclusão do curso elevou sobremodo a autoestima das mulheres, além de possibilitar que elas empreendam seus próprios negócios e melhorem a renda familiar”, avalia.

O clima festivo e colaborativo entre as alunas durante toda a formação foi traduzido na atividade que encerrou o curso, quando elas se dividiram em duas turmas para confeccionar dois bolos decorativos. O resultado foi o preparo de dois bolos recheados, preparados com pão de ló e adornados com brigadeiros de limão, barras de chocolate, geleia de morango e chantilly. O curso de formação em fabricação de produtos de confeitaria capacita as alunas a trabalharem em padarias, mercados, em eventos ou, até mesmo, empreendendo o próprio negócio.

Além do curso de confeitaria, a Prefeitura de Hortolândia realizou, neste mês de maio, o curso de formação em empreendedorismo e a formação de alunos do curso de costura industrial.

Leia mais ...

Estão abertas inscrições para palestra on-line sobre inteligência emocional para mulheres empreendedoras

Atividade será ao vivo no dia 8 de março, às 19h, em comemoração ao Dia da Mulher

Para fomentar a participação feminina no setor de empreendedorismo, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) promove a palestra on-line “Descubra-se”, com o apoio da Prefeitura de Hortolândia. A atividade é para mulheres com idade acima de 18 anos. As interessadas em participar devem fazer inscrição por meio deste LINK. A palestra será no formato virtual e ao vivo no dia 8 de março, às 19h. 

A palestra abordará o tema inteligência emocional para trabalhar aspectos comportamentais. O objetivo é estimular o autoconhecimento e a gestão de emoções como, coragem e autoconfiança, para que as mulheres se sintam mais seguras em ser como são e fazer o que mais as motivam. Ao desenvolver novos comportamentos, as mulheres estarão mais aptas para a tomada de decisões na busca pela autonomia financeira. A atividade será realizada em comemoração ao Dia da Mulher. A palestra integra o programa “Sebrae Delas”, que busca incentivar a profissionalização e a capacitação de mulheres que querem se tornar ou já são empreendedoras.

Leia mais ...

Estão abertas inscrições para cursos online sobre e-commerce e fotografia para mulheres empreendedoras

As mulheres empreendedoras também têm espaço em Hortolândia. Para estimular o público feminino a abrir os próprios negócios, a Prefeitura, em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), promove os cursos gratuitos online “Aprenda a vender melhor no e-commerce” e “Fotografia profissional com seu celular”. As inscrições devem ser feitas por meio deste LINK. Estão disponíveis 30 vagas para o curso de e-commerce e 60 vagas para o curso de fotografia. Podem se inscrever mulheres com idade acima de 18 anos. Os cursos serão entre os dias 21 e 25 deste mês, no horário das 18h às 22h. As aulas são ao vivo. As participantes devem ter 75% de presença para receber o certificado. Os cursos integram o projeto “Hortolândia Empreendedora”, iniciativa da Prefeitura que oferece capacitação para os setores econômicos mais afetados pela pandemia do Coronavírus.

O curso sobre e-commerce busca capacitar as participantes a fazer a gestão da ferramenta denominada “funil de marketing e vendas”. O conteúdo ainda abordará outros tópicos, dentre os quais como fazer busca orgânica, SEO (abreviação do termo em inglês “Search Engine Optimization”, que se refere a um conjunto de técnicas para posicionar uma página nos primeiros resultados de mecanismos de busca online), marketing de conteúdo, campanhas de e-mail marketing, anúncios patrocinados, programa de afiliados e remarketing.

Já o curso sobre fotografia ensinará as participantes como fazer fotos comerciais com celular. Serão mostradas técnicas de captação, composição, enquadramento, edição e publicação de imagens e exercícios práticos. O conteúdo do curso também abordará recursos dos dispositivos móveis, resolução e qualidade de fotografia, e anatomia e controle da luz.

Leia mais ...