Menu


Contação de história busca fomentar o hábito da leitura em crianças de Hortolândia

Ação do Projeto Renovarte, nesta terça-feira (29/11), beneficiou mais de 300 estudantes na Emef Dra Zilda Arns Neumann, no Jd. Stella

 

Hoje foi dia de contação de histórias na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Dra. Zilda Arns Neumann, no Jd. Stella. A ação, realizada pela trupe do Projeto Renovarte, busca promover o hábito da leitura junto ao público infantil de Hortolândia. O tema do espetáculo, realizado em duas sessões, uma pela manhã e outra à tarde, foi o da importância da inclusão. A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e tecnologia.

Ao todo, 345 alunos, entre sete e 11 anos de idade participaram da atividade, que incluiu oficina de contação de histórias e distribuição de livros. As duas histórias contadas, a de “Ester, a bailarina” e a de “Davi, o menino trapezista”, são as mesmas narradas nos livros escritos por Kathia Vieira e ilustrados por Érika Pozetti, doados às crianças, ao final do espetáculo. Além destes, outros títulos da coleção que também contam histórias de crianças com deficiência, tais como “Miguel, o menino das estrelas” e “Pedro Valente, o caçador de palavras”, foram distribuídos aos presentes.

“Eu achei muito legal, porque eles falam e as crianças aprendem sobre o preconceito. Eu adorei. Deram livros e eu gostei muito dos livros, vou ler muito”, afirmou Aylla Vitória Andrade Pimentel, de 9 anos, estudante do 3º ano.

“Eu achei muito legal. Ela ajuda a falar sobre as crianças especiais que a gente não pode ter preconceito. Ganhamos livros e eu vou ler muito”, comentou a colega Lara Beatriz Moreira, de 9 anos, também do 3º ano.

“Gostaria de agradecer à Secretaria de Educação por essa oportunidade que as crianças estão tendo, por incentivar a cultura e o hábito da leitura e, principalmente, por trazer um assunto tão pertinente para os dias atuais, que é a questão da inclusão”, destacou a professora do 5º ano, Ketula Silva.

O Renovarte é um projeto desenvolvido por uma produtora cultural em escolas parceiras. Entre os objetivos estão: estimular o hábito da leitura, formar leitores e levar a literatura para as crianças. A produção dos livros é da própria produtora, com apoio do PROAC (Programa de Ação Cultural) e realização do Governo do Estado de São Paulo.

Leia mais ...

Biblioteca Municipal de Hortolândia inicia projeto “Gostou? Leva pra casa!”

A partir dessa quarta-feira (09/03), ação disponibilizará uma estante com livros que a população poderá pegar e levar para ler

Você tem vontade de ler? A Prefeitura de Hortolândia vai dar uma ajuda para incentivar o seu hábito da leitura. A Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte inicia o projeto “Gostou? Leva pra casa!”, a partir desta quarta-feira (09/03).

A ação disponibilizará uma estante com livros que a população poderá pegar e levar para ler, sem necessidade de devolução. A estante ficará na entrada da biblioteca, no lado de fora. De acordo com o coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, serão disponibilizados 80 livros de diferentes gêneros literários de ficção e não ficção. O público poderá dar uma olhada na estante e pegar o livro que quiser durante o horário de funcionamento da biblioteca, das 8h às 17h. A ação será às quartas e sextas-feiras. A reposição de livros na estante será feita às quartas-feiras. 

O coordenador ressalta que o objetivo é estimular as pessoas a pegar e ler os livros, e que depois os compartilhem com outras pessoas para que elas também possam lê-los. “Queremos aguçar a curiosidade do público. Muitas vezes, as pessoas estão passando pela região central e, por algum motivo, ainda não conhecem a biblioteca ou não tem cadastro”, explica Silva. Os livros que serão disponibilizados são oriundos de doações e que são excedentes, ou seja, são títulos que a biblioteca já possui em seu acervo. 

A biblioteca municipal está localizada na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O órgão funciona de segunda à sexta-feira. Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Em razão da pandemia, o acesso e a permanência na biblioteca é permitido mediante o uso obrigatório de máscara.

Leia mais ...

Conheça as atrações da 11ª edição do Hortolendo, que começa neste domingo (07/11)

Política pública de incentivo à leitura terá diversas ações ao longo do mês, com atividades nas escolas e formações remotas via YouTube

Um dos mais esperados eventos promovidos pela Prefeitura de Hortolândia começa neste domingo (07/11), às 10h: o Hortolendo, política pública municipal de incentivo à leitura que tem como ação mais visível a tradicional festa literária, realizada pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. A 11a edição terá formato híbrido, mesclando atividades presenciais nas 59 escolas da rede municipal com formações remotas, uma delas com o jornalista e escritor Inácio de Loyola Brandão e outra com a Profª Drª Tatiane Cosentino Rodrigues da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos).

O tema deste ano será “Territórios de Saberes: a leitura e seus afetos”. O vídeo de abertura será transmitido pelo canal da Secretaria no YouTube, disponível neste link: https://www.youtube.com/channel/UC-F2MM9SM5TOTOZW-ViOuqw.

As atividades nas escolas acontecem a partir desta segunda-feira (08/11) e vão até o dia 17, incluindo apresentações culturais, contações de histórias, conversas com escritores, distribuição de livros por segmento: Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Entre as ações remotas, a programação inclui a realização de três webinários, sempre às 19h, nos dias 11 (Inácio de Loyola) e 18 (UFSCar) deste mês.

O Hortolendo em formato híbrido, parte remota e parte presencial, segue os moldes do já conhecido “Hortolendo nas Escolas”. As atividades serão feitas deste modo para não causar aglomeração. 

Anteriormente, o programa acontecia em duas frentes: a festa literária no domingo, em um dos parques da cidade (o Observatório Ambiental Parque Escola ou o Parque Irmã Dorothy) e a programação nas unidades escolares.

Já em 2020, primeiro ano da pandemia, o Hortolendo aconteceu de forma remota, no formato de sarau literário transmitido ao vivo, pelo canal da Secretaria no Youtube, e disponível neste link: https://www.youtube.com/watch?v=HtsJqNa-rDI. O tema foi “Contos daqui e de acolá”.

Leia mais ...

Hortolendo será em dezembro, em formato online

Uma boa notícia para quem temia que a pandemia do Coronavírus impedisse, em 2020, a realização do Hortolendo, política pública da Prefeitura de Hortolândia de incentivo à leitura que, dentre outras ações, promove a tradicional festa literária, em parques da cidade. Uma equipe da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia planeja o evento, que já tem data marcada para acontecer: domingo, 13 de dezembro, a partir das 14h. 

A novidade é que, neste ano, o 10° Hortolendo será um sarau literário com transmissão ao vivo, de maneira remota, por um canal específico no Youtube. De acordo com a coordenadora pedagógica Solange Cachimiro, uma das responsáveis pelo evento, a medida visa respeitar o isolamento social, preservando a saúde dos participantes. O tema escolhido é “Contos daqui e de acolá... em prosa e versos”. 

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o “Sarau literário” contará com diversas atividades, dentre as quais contação de histórias, músicas e cantigas populares, indicações de leitura e recital de poesias. Parte do conteúdo será previamente gravada e parte, transmitida ao vivo. Profissionais da Educação, interessados em participar, podem se inscrever, enviando seus vídeos aos organizadores até esta quarta-feira (25/11).

Para a diretora de Educação Integral, Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos), Selma Epifania da Silva Santos, este novo formato atende o momento que a sociedade vivencia, de pandemia e necessidade de distanciamento social. “O Hortolendo evidencia a importância da leitura na formação cultural, intelectual e social dos alunos e de toda a sociedade! O ato de ler desenvolve cidadãos críticos e reflexivos, que dialogam com o mundo ao redor”, afirma Selma.

“O Hortolendo tem sido um programa de leitura muito significativo na nossa cidade, que envolve todas as nossas escolas, os nossos alunos, as escolas estaduais, as escolas particulares, numa força tarefa para que, a cada ano mais, nosso município seja um lugar onde as crianças e as famílias sejam cada vez mais leitoras, em que a leitura faça parte da rotina de lazer e de busca de conhecimento. Neste ano, adaptamos o Hortolendo para que acontecesse online, sem o encontro presencial, mas com a devida importância para a motivação à leitura. Temos o envolvimento de muitas pessoas e, com muita alegria, realizaremos o evento virtualmente, envolvendo a participação de todos e na torcida para que, no próximo ano, possamos ter o Hortolendo presencial”, afirma a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

 

Leia mais ...

Domingo tem contação de histórias no Pq. Dorothy

A Prefeitura de Hortolândia promove, neste domingo (22/09), mais um evento de contação de histórias no Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang. A ação faz parte do calendário de atividades do 9º. Hortolendo, política pública municipal de incentivo à leitura na cidade. A iniciativa é da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O Parque Dorothy está localizado na Rua Manoel Antônio da Silva, 462, no Jd. Nossa Senhora de Fátima.

Semelhante ao realizado no dia 24 de agosto, o evento, de cerca de 1h30, terá a participação de estudantes de escolas do entorno e visa preparar a comunidade para a grande festa literária que marca o Hortolendo. Neste ano, a celebração será no Parque Dorothy, no dia 20/10. Anteriormente, acontecia no Parque Creape (Centro de Referência em Educação Ambiental Parque Escola), no Jd. Santa Clara do Lago, que está interditado. O 9º. Hortolendo tem como tema “Leitura em Movimento”. 

Segundo a coordenadora pedagógica responsável, Solange Cachimiro F. Biazzio, além de ser preparatória para a festa literária, a ação visa sensibilizar e atrair toda a comunidade, sobretudo a do entorno, proporcionando momentos de convivência, lazer e aprendizado num agradável domingo no parque. A ideia é, ainda neste ano, realizar atividades semelhantes em outras regiões de Hortolândia, como o Jd. Amanda, o Nova Hortolândia e o centro.  

Duas contadoras voluntárias, que participaram da formação de contação de histórias, promovida pela Prefeitura, foram convidadas para se apresentar neste dia. Nos intervalos, entre uma história e outra, haverá também apresentação musical, brincadeiras cantadas, cantigas, parlendas e trava-línguas com o professor Gilmar Gilson Faria, da Emeb Interlagos.

“As ações do Hortolendo estão acontecendo e são bem significativas, envolvendo a comunidade, as famílias, para que, cada vez mais, a população hortolandense tenha prazer na leitura e sinta a leitura como lazer, entretenimento, cultura, mais busca pelo conhecimento. Assim, o Hortolendo vai tornando prática todas as suas atividades, envolvendo cada vez mais a população para que ela tenha, cada vez mais, qualidade de vida, visão no futuro e a valorização da sua própria cultura”, afirma a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

SERVIÇO:

Hortolendo 2019 – 2ª. Contação de Histórias no Parque Dorothy

Data: domingo, 22/09/2019

Hora: a partir das 10h

Local: Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, na Rua Manoel Antônio da Silva, 462, Jd. Nossa Senhora de Fátima

Leia mais ...