Menu


Chamamento Público para gestão da Praça da Cidadania de Hortolândia é lançado

Edital publicado pelo Fundo Social de São Paulo prevê a contratação de organização da sociedade civil para administração de Escolas de Qualificação Profissional

A Praça da Cidadania do Jd. Novo América, na região do Novo Ângulo, caminha para a etapa de finalização. Com mais de 75% das obras concluídas, o complexo se tornou objeto de um chamamento público para seleção de organização da sociedade civil que irá administrar as Escolas de Qualificação Profissional. O edital, publicado pelo Fundo Social de São Paulo, prevê a contratação de entidade para a gestão do espaço com atividades que vão desde o planejamento, funcionamento e organização das escolas até ações culturais, esportivas e educacionais e serviços de limpeza e segurança. A sessão pública para recebimento das propostas ocorrerá em 28/11, às 11h, na sede do Fundo Social de São Paulo, na zona sul da capital paulista. O cronograma da contratação prevê a conclusão do Chamamento Público em até 40 dias após o recebimento das propostas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Para participar do chamamento público, as entidades interessadas devem comprovar capacidade técnica para atuação, e ter, no mínimo, dois anos de existência com o cadastro ativo, entre outros requisitos previstos na Lei Federal nº 13.019/2014. As entidades que comprovarem desenvolvimento de projetos de interesse social na Região Metropolitana de Campinas receberão pontuação adicional. O período de vigência do contrato com é de 36 meses, com possibilidade de renovação. Os anexos do edital podem ser acessados por meio deste LINK.

 

Praça da Cidadania de Hortolândia

A Praça da Cidadania do Jardim Nova América é fruto de parceria entre a Prefeitura de Hortolândia e o Fundo Social de São Paulo. O objetivo é promover espaços destinados à inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade social e oferecer cursos gratuitos para estimular autonomia financeira por meio do empreendedorismo e da participação no mercado de trabalho. O complexo contará com serviços de qualificação profissional, equipamentos esportivos e áreas de lazer. A Escola de Qualificação Técnica da Praça da Cidadania de Hortolândia será formada por dez cômodos, onde serão ministradas aulas nas modalidades Moda, Beleza, Gastronomia, Informática, Construção Civil e Administração. 

As obras da Praça da Cidadania de Hortolândia estão previstas para serem finalizadas até dezembro de 2023.

Leia mais ...

Obras da Praça da Cidadania de Hortolândia caminham para etapa final

Complexo já conta com 75% das etapas finalizadas; inauguração do espaço está prevista para este ano

As obras para construção da Praça da Cidadania do Jd. Novo América, na região do Novo Ângulo, continuam operantes. Nesta quinta-feira (03/08), o prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, visitou o complexo, que contará com infraestrutura de lazer, esporte e uma escola de qualificação profissional. O secretário de Governo, Carlos Augusto César, o Cafú, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, Maria dos Anjos, também acompanharam as obras para construção da Praça da Cidadania.

Com uma área total de 7 mil metros quadrados, a Praça da Cidadania é um empreendimento realizado em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. O complexo abrigará uma infraestrutura diversificada para a prática de atividades esportivas e de lazer. A Praça contará com uma quadra poliesportiva coberta, uma quadra de futebol Society, uma pista de skate, uma pista de caminhada, além de área playground, academia ao ar livre, arena, jardim, horta, pergolado e um redário, para que a comunidade possa aproveitar e relaxar nas redes. Como forma de aumentar a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos à população, o espaço também abrigará uma Escola de Qualificação Profissional.

Ao percorrer todas as áreas do complexo em construção, o prefeito de Hortolândia, Zezé Gomes, avaliou os impactos positivos da entrega de mais um equipamento público no município. “Hoje estamos acompanhando as obras para conclusão da Praça da Cidadania, no Jd. Novo América. Ao caminharmos por este espaço, nesta obra que está quase sendo finalizada, percebemos que se trata de um projeto muito lindo, que traduz o conceito de cidade inteligente e sustentável. Nesta etapa final, é importante nos atentarmos a cada detalhe, para entregarmos a Praça da Cidadania da melhor forma possível. Esta é mais uma obra que demonstra o cuidado com as pessoas, ao aproximar os equipamentos públicos da população”, afirma Zezé Gomes. 

Em frente à Escola de Qualificação Profissional, a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, Maria dos Anjos, relembra as negociações das quais participou ativamente, em 2021, para a implantação da Praça da Cidadania. “Quando participamos das primeiras reuniões para definir o projeto de construção da Praça da Cidadania em Hortolândia, recebemos duas propostas do governo estadual. A primeira para construção de uma praça menor, de 4 mil metros quadrados. A segunda, para um espaço maior, de 7 mil metros quadrados. Como nossa proposta inicial era a de usar este espaço para aumentar a oferta de cursos profissionalizantes à população, optamos pelo segundo projeto, com uma área maior. É muito bom acompanhar a conclusão desta obra e perceber que, muito em breve, vamos entregar um equipamento público diferenciado à população”, comenta Maria dos Anjos. A Escola de Qualificação Técnica é formada por dez cômodos, onde serão ministradas aulas de informática, culinária, estética, entre outros cursos. No local, também serão ofertados cursos gratuitos em parceria com o Fundo Social de Hortolândia.

As obras para construção da Praça da Cidadania caminham para a etapa final do empreendimento. No local, equipes trabalham para finalizar alguns acabamentos como implantação das calçadas, plantio de gramas, montagem de cobertura, instalação elétricas e hidráulicas, além de interferência em paisagismo. Segundo o secretário de Governo, Cafú, o empreendimento requer alguns detalhes adicionais. “Além da iluminação, nós também vamos instalar câmeras de monitoramento. Embora não esteja no projeto, também vamos construir um vestiário, para garantir mais conforto às pessoas que frequentem o espaço para praticar esporte ou lazer. Esta é uma obra que foi planejada com qualidade, sustentabilidade e inteligência como forma a cuidar das pessoas”, avalia Cafú.

Leia mais ...