Menu


Com o auxílio de barco, Prefeitura de Hortolândia limpa espelho d’água de lagoas

Ação nas lagoas do Jardim Amanda e do Observatório Parque Escola é realizada por equipes da Secretaria de Serviços Urbanos

Manter as lagoas da cidade limpas e bonitas, prontas à visitação pública, é um trabalho importante, na área ambiental, feito pela Prefeitura de Hortolândia. Nesta semana, o serviço de limpeza do espelho d’água, com a retirada de aguapés bem como de detritos trazidos pelas chuvas – folhas, mato, papéis, objetos plásticos e garrafas pet -, aconteceu tanto nas lagoas do Jardim Amanda, nesta terça-feira (26/10), quanto na do Observatório Parque Escola (antigo Creape), no Jardim Santa Clara, nesta segunda (25/10). A ação é periódica e visa a conservar estes espaços públicos em boas condições ambientais, favoráveis ao uso humano e animal, contribuindo também para reduzir enchentes no entorno.

O trabalho de retirada de material orgânico e reaproveitável, feito pela Secretaria de Serviços Urbanos em cinco lagoas da cidade, conta com o auxílio de um barco, o que facilita a retirada das plantas aquáticas da superfície, assim como de detritos, como latinhas e garrafas pet, descartados irregularmente. Além das duas lagoas mencionadas acima, também são periodicamente limpas as lagoas do Jd. Santa Clara (próxima à farmacêutica EMS); do Parque Irmã Dorothy Stang, no Jardim Nossa Senhora de Fátima; e do Lago da Fé, no Parque Gabriel. A manutenção da lagoa do Parque Socioambiental Remanso das Águas, no Carmem Cristina, é feita por equipes da Secretaria de Obras.

“Fazemos a conservação e a limpeza para deixar o espelho d’água sem sujeira, não só pela aparência, mas para conservar as lagoas. Isso é para preservar o meio ambiente, por causa dos peixes e pássaros, além de evitar enchentes e o entupimento de galerias pluviais”, afirma o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

Segundo ele, a colaboração da população é muito importante. É fundamental que as pessoas evitem o descarte de resíduos reaproveitáveis pelas ruas e o uso de ligações clandestinas de esgoto, que acaba sendo despejado em lagoas e riachos, causando a proliferação de aguapés.

Para evitar alagamentos na Região Central de Hortolândia, Prefeitura limpa Ribeirão Jacuba

Ação periódica da Secretaria de Serviços Urbanos, aconteceu nesta quinta-feira (21/10)

Para evitar focos de alagamento na Região Central, a Prefeitura de Hortolândia realiza a limpeza periódica no entorno e no leito do Ribeirão Jacuba, que atravessa o município nesta área. O serviço, realizado nesta quinta-feira (21/10), é feito por equipes da Secretaria de Serviços Urbanos, com o auxílio de escavadeira própria.

A ação tem a aprovação da Defesa Civil do município e também da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho, iniciado há cerca de 30 dias, é fundamental para evitar transtornos à população e problemas ambientais. 

“É preciso fazer essa limpeza, no combate às enchentes, antes do período de chuvas que está por vir, porque tem muita sujeira no ribeirão – areia, descartáveis, garrafas pet, sujeira acumulada no fundo. Tudo isso cria um problema, que tira a capacidade de a água correr no rio e gera as enchentes. Por isso, fazemos este trabalho de limpeza para, quando as chuvas chegarem, a água fluir normalmente. Essa limpeza começou lá no Remanso das Águas (Jd. Carmem Cristina), seguiu pelo canal, foi para o Parque Chico Mendes, onde há o ribeirão Santa Clara e, agora, segue pelo Ribeirão Jacuba até a divisa com Sumaré”, afirma o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

Retirada de entulhos

Na tarde desta quinta-feira (21/10), agentes da Secretaria de Serviços Urbanos também estiveram no Jardim Santa Clara do Lago, onde fizeram remoção de entulhos, irregularmente descartados em espaço público da viela da Rua Venezuela. Foi necessário usar uma escavadeira para remover todo o material (areia, pedaços de tijolos e concreto, madeiras queimadas, dentre outros), depois transportando em caminhão para descarte adequado.

O descarte irregular de resíduos e entulho é crime ambiental e contribui com o surgimento de focos de queimada e incêndio, em período de estiagem. Na temporada de chuvas, gera inundações, alagamentos e rompimento de redes de esgoto e águas pluviais. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do seu smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Para fazer o descarte correto de resíduos reaproveitáveis, a população deve utilizar os PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura. Os espaços funcionam, desde março deste ano, das 9h às 15h, de segunda a sábado. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, as exceções são os PEVs do Jd. Santa Emília, Jd. Nossa Senhora de Fátima e Jd. Santa Esmeralda, que, em regime de plantão, funcionam todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 8h às 12h e das 13h às 18h.

Barco auxilia equipes da Prefeitura de Hortolândia na limpeza do espelho d’água do Lago da Fé

Parque ao redor do lago passa por obras de ampliação

O trabalho antienchente realizado pela Prefeitura de Hortolândia em diversos trechos do Ribeirão Jacuba, córregos e lagoas da cidade está em uma nova etapa, nesta semana. Com auxílio de um barco, equipes da Administração Municipal fazem a limpeza do espelho d'água do Parque Socioambiental Lago da Fé, maior área de lazer da cidade, localizada na região do Parque Gabriel. O serviço consiste na retirada manual de matéria orgânica como algas, por exemplo, que se acumulam na superfície da lagoa. Também são removidos materiais como latinhas e garrafas pet, descartados irregularmente.

"Esta é mais uma etapa da ação antienchente da Prefeitura de Hortolândia. A iniciativa de realizar a limpeza com barco é inédita e facilita a remoção de materiais, tanto orgânico quanto lixo descartado irregularmente. O trabalho é realizado no tempo de estiagem para que, no período chuvoso, não ocorra enchentes no município. A colaboração da população também é importante, para que não realizem ligações clandestinas de esgoto pois isso ajuda na proliferação de plantas aguapés. Cuidando nos nossos lagos, mantemos as áreas de lazer de Hortolândia sempre limpas, bonitas e bem cuidadas", explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO

Segue em ritmo acelerado os trabalhos realizados pela Prefeitura de Hortolândia para a ampliação e modernização do Parque Socioambiental Lago da Fé.  A população já observa um trecho de aproximadamente dois quilômetros de pista de caminhada e ciclovia concretados e sinalizados, além de parte do piso intertravado implantado. A areia das quadras esportivas também já foi colocada e estes espaços recebem, atualmente, cercamento com a instalação de alambrados. A ampliação do parque oferecerá cinco quadras de diferentes modalidades (basquete, tênis, vôlei e futsal). O parque também terá academia ao ar livre. A construção de um viveiro no espaço é outra etapa que está avançada. A ampliação do parque também contará com bicicletário, estacionamento, área multiuso e playground. Segundo a Secretaria de Obras, as intervenções devem ser concluídas em seis meses. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, o parque recebeu postes ornamentais bastante altos, que iluminarão com lâmpadas de tecnologia LED a com pista de caminhada. Nas quadras de esportes, os postes são próprios para refletores. 

MAIOR ÁREA DE LAZER DE HORTOLÂNDIA

A parte já implantada do Parque Lago da Fé conta com 180 mil metros quadrados de área, incluindo duas lagoas de contenção de enchentes, pista de caminhada e travessia para pedestres. As lagoas são unidas por um extravasor, espécie de escadaria que serve para amortecer a velocidade da enxurrada nos dias de chuva forte, sistema que evita enchentes na região central de Hortolândia. Nesta nova fase de obras, o parque será prolongado, totalizando uma área de 222 mil metros quadrados quando a obra for finalizada. A área onde o parque será ampliado fica entre o Jd. Novo Cambuí e a avenida Olívio Franceschini.

 

Ação antienchente em córregos de Hortolândia chegam ao Pq. Chico Mendes

Trabalho da Prefeitura começou pelo trecho do Ribeirão Jacuba no Jardim Minda

Segue em andamento as ações da Prefeitura de Hortolândia para evitar enchentes na região central da cidade durante o período das chuvas. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, avança a limpeza e a retirada de terra em diversos trechos do Ribeirão Jacuba e córregos da cidade. Agora, as máquinas da Administração Municipal realizam o trabalho no Parque Socioambiental Chico Mendes, no sentido avenida Santana.

“O serviço é realizado por etapas. Iniciamos a ação com maquinário passando pelo Jardim Minda, Vila Real e agora chegamos na região Central. Este trabalho realizado agora será importante para que, no período chuvoso, os impactos das chuvas não atinjam os bairros de Hortolândia", explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão. O secretário destacou, ainda, que para a segurança e os cuidados com o meio ambiente na realização deste serviço, foram consultadas a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e a Defesa Civil do município.

 

Prefeitura de Hortolândia intensifica serviços de limpeza e zeladoria em unidades de saúde da cidade

UPA's, UBS's e Centro de Especialidades Médicas recebem o trabalho semanalmente

Manter as unidades de saúde limpas e bem cuidadas é essencial para o correto e bom atendimento da população. Para isso, a Prefeitura de Hortolândia intensifica a poda do mato e a zeladoria em diversos espaços da cidade. Desde a semana passada, o serviço acontece na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Campos Verdes, onde a ação já foi concluída, e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Rosolém, além do Centro de Especialidades Médicas, localizado no Jardim Santa Izabel. Nestes locais, as atividades seguem em andamento. 

"A limpeza e a poda do mato acontecem, periodicamente, em todas as unidades de saúde da cidade. Após a conclusão do trabalho nestes locais, a ação continua em outros espaços de saúde do município. Reforçamos este serviço com o objetivo de manter os locais agradáveis para o uso da população. O trabalho é essencial para o funcionamento dos espaços. Além disso, a Administração Municipal também continua, semanalmente e por tempo indeterminado, com o serviço de descontaminação para evitar a disseminação do Coronavírus em todas as unidades de saúde, inclusive no Hospital Municipal Mário Covas e na sede do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)", explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

 

Espaços públicos e áreas verdes do Jd. Amanda recebem mutirão de limpeza e poda do mato

Ação realizada pela Prefeitura de Hortolândia também chegou na região central da cidade

A Prefeitura de Hortolândia realiza um mutirão de limpeza, poda do mato e zeladoria no Jardim Amanda. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, recebem a ação o entorno da lagoa, principal área de lazer do bairro e outros espaços públicos como o Setor Cultural. Além destes locais, os canteiros centrais de ruas e avenidas também recebem a limpeza e a poda do mato. Nesta semana, as equipes da Administração Municipal se concentraram na avenida Santana e em áreas verdes da região. O objetivo é manter os espaços limpos, bonitos e conservados e evitar o descarte irregular de lixo e entulho que, nesta época do ano, podem se transformar em focos de queimadas e grandes incêndios. A região central da cidade também recebe, desde o início da semana, outra etapa do mutirão de limpeza e zeladoria que continua, nos próximos dias, em outras regiões de Hortolândia.

O descarte irregular de lixo está sujeito a multa. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do seu smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo. 

A população deve utilizar os PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura para o descarte correto e gratuito dos restos de construção civil. Os espaços funcionam, desde março deste ano, das 9h às 15h, de segunda à sábado. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, as exceções são os PEVs do Jd. Santa Emília, Jd. Nossa Senhora de Fátima e Jd. Santa Esmeralda, que, em regime de plantão, continuam funcionando todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 8h às 12h e das 13h às 18h.

 

Assinar este feed RSS