Menu


Fase de Transição permite atendimento presencial em comércios

Hortolândia entra, neste domingo (18/04), na Fase de Transição para retomada gradativa da economia, conforme as orientações do Governo do Estado, no plano São Paulo de Retomada Consciente. Comércios não essenciais podem atender de forma presencial, das 11h às 19h, desde que respeitadas as normas sanitárias e com limite de público de 25% da capacidade de clientes no interior de cada estabelecimento. A Fase de Transição prevê, ainda a reabertura de serviços a partir do dia 24, como salões de beleza, barbearias, atividades culturais, parques e academias, por exemplo.

 

As medidas anunciadas para todo o Estado, nesta sexta-feira (16/04), foram oficializadas no município pelo decreto 4.780, disponível para consulta no Diário Oficial pelo link https://publicacoesmunicipais.com.br:8443/api/acts/hortolandia/1185 .

 

De acordo com as novas orientações, a partir de domingo, templos religiosos poderão retomar a realização de celebrações presenciais, com protocolos de higiene e distanciamento social. Também continua válido o lockdown noturno, com toque de recolher das 20h às 5h.

 

A partir do dia 24, estão autorizados a funcionar estabelecimentos de serviços, como restaurantes, lanchonetes, salões de beleza e barbearias, atividades culturais, parques e academias, por exemplo. O horário de funcionamento será das 11h às 19h, com exceção das academias, que poderão abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h.

 

Estabelecimentos que descumprirem as determinações estão sujeitos a multa com base no artigo 112 da Lei nº 10.083, de 23 de setembro de 1998, que dispõe sobre o Código Sanitário do Estado de São Paulo.

Prefeitura de Hortolândia alerta população contra golpe de falsos fisioterapeutas

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia alerta a população para tomar cuidado com criminosos que têm praticado golpe na cidade. De acordo com a Secretaria de Saúde, impostores se passam por fisioterapeutas da Prefeitura, supostamente com o objetivo de fazer trabalho de reabilitação nas casas de possíveis pacientes curados de COVID-19. Para isso, eles estariam solicitando acesso ao interior dos imóveis. A Secretaria de Saúde informa que não faz pesquisa porta a porta de pacientes curados do Coronavírus.

Já a equipe de fisioterapeutas da Prefeitura realizam atendimento domiciliar apenas nas casas de pacientes previamente cadastrados no PADO (Programa de Atendimento Domiciliar). A Prefeitura também oferece serviço de fisioterapia para pacientes que se recuperaram de COVID-19 (foto) no Centro de Reabilitação Física “Mônica Cristina Blanco”, localizado na rua Benedito Manduca de Sousa, 106, Jardim das Paineiras, atrás do Open Shopping. A unidade continua a realizar atendimento, somente mediante agendamento, de acordo com os protocolos sanitários para evitar aglomeração.

Para mais informações ou dúvidas, a população deve entrar em contato com a Secretaria de Saúde, pelo telefone 3965-1400 ramal 8666. Denúncias sobre os criminosos podem ser feitas à Guarda Municipal, órgão da Secretaria de Segurança, pelos números 153 ou 0-800-111-580, ou à Polícia Militar, pelo número 190.

Cerca de 1.200 profissionais da Educação recebem 1ª dose da vacina contra Coronavírus, em Hortolândia

Na primeira etapa de imunização para a categoria, cerca de 1.200 profissionais da Educação, com 47 anos ou mais, receberam a primeira dose da vacina contra o Coronavírus, em Hortolândia. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, na tarde desta sexta-feira (16/04). Além dos professores, a medida beneficiou também diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos, secretários da escola, educadores, merendeiras, serviços gerais e faxineiras, vinculados tanto às redes públicas de ensino (federal, estadual e municipal), quanto à particular, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. 

A vacinação, iniciada na última segunda-feira (12/04), na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Marleciene Priscila Presta Bonfim, no Remanso Campineiro, foi feita por equipes da Secretaria Municipal de Saúde. Após a inclusão dos profissionais da Educação entre os grupos prioritários, o imunizante foi enviado pelo Governo do Estado de São Paulo para atender os trabalhadores da área previamente cadastrados e com agendamento validado pelo Estado e pelo município.

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia ainda aguarda informações da Secretaria de Estado da Educação sobre as próximas etapas de vacinação contra o Coronavírus.

“Desde o início da pandemia, defendemos a importância da vacina contra a COVID-19 para todos os profissionais da educação, pois consideramos a relevância da retomada das aulas presenciais e o ensino de qualidade, com ambiente de aprendizagem seguro para todos. Para os profissionais da educação, a vacina representa uma caminhada de superação que o Brasil e o mundo vivem, nesse momento. Nosso desejo é que, em breve, todos sejam imunizados e, enquanto não tem para todos, é preciso manter os cuidados preventivos: uso de máscaras e distanciamento”, avalia a secretária-adjunta de Educação, Ciência e Tecnologia, Roberta Morais Diniz.

“Nosso propósito é, em breve, ter toda a nossa rede vacinada, para termos uma retomada das atividades mais segura, mais eficiente e com mais qualidade”, avalia o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes. “Nós entendemos que a escola, a rede municipal de educação pública, é uma mola propulsora da sociedade civil. Quando temos nossos profissionais da educação, que atuam ali na linha de frente, vacinados, em um momento como esse, nós garantimos às famílias, aos pais, aos alunos, uma segurança maior. A escola aberta, funcionando, mesmo que os alunos ainda não estejam vacinados e que demore um tempo ainda, em razão da idade e dos critérios que o Governo tem adotado, tendo os nossos profissionais vacinados, isso contribui muito para a retomada das atividades e do processo de aprendizagem”, afirma o secretário.

 

Prefeitura inicia vacinação contra a COVID-19 para idosos de 63 anos ou mais, neste sábado (17/04)

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia prossegue com a imunização contra a COVID-19 no município. Neste sábado (17/04) começam a ser vacinados idosos de 63 anos ou mais. A vacinação será das 8h às 16h, em cinco locais diferentes: CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro, UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Amanda II, Novo Ângulo e Rosolém, e Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) “João Carlos do Amaral Soares” (confira abaixo os endereços dos locais de vacinação). Serão imunizados, exclusivamente, os idosos que já se cadastraram no site da Prefeitura e que têm agendamento para esta data. No cadastro, é possível verificar em qual dos cincos pontos de vacinação a pessoa deve se dirigir para ser imunizada.

Os idosos devem levar ao local de vacinação documento pessoal, cartão cidadão e comprovante de endereço. É permitido um acompanhante por idoso. Neste sábado não haverá o esquema de drive-thru no CCMI. 

Informações inverídicas têm sido divulgadas nas redes sociais, informando erroneamente que basta ir até um ponto de vacinação para receber a dose contra COVID-19. No entanto, devido ao rígido controle necessário, a oferta da vacina não ocorre por livre demanda. 

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar a vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

O pré-cadastro online deve ser feito no site da Prefeitura, por meio deste LINK. No pré-cadastro, é necessário informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física). A pessoa também deve informar se tem alguma deficiência motora que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a pessoa estará com o cadastro aprovado para a vacinação. 

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações sobre o pré-cadastro também podem ser obtidas pelos telefones (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Confira abaixo os endereços dos locais da vacinação contra a COVID-19 para idosos de 65 anos ou mais neste sábado (170/04): 

– CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade): rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro

– UBS Amanda II: avenida Brasil, 800, Jardim Amanda II

– UBS Novo Ângulo: rua Edézio Vieira de Moras, 146, Jardim Novo Ângulo

– UBS Rosolém: rua Osmar Antonio Meira, 300, Jardim Rosolém

– Emeief “João Carlos do Amaral Soares”: rua José Martim dos Anjos, 55, Jardim Nova Hortolândia

Hortolândia aplica a 1ª dose da vacina contra a COVID-19 em cerca de 90% da população idosa de 65 anos ou mais

  • Publicado em Saúde

Hortolândia já aplicou a primeira dose da vacina contra a COVID-19 em cerca de 90% da população idosa com idade de 65 anos ou mais, pessoas que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura. De acordo com a Secretaria de Saúde, 16 mil pessoas desta faixa etária, que são um dos públicos prioritários da vacinação de acordo com o cronograma do governo estadual, já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra o Coronavírus. A estimativa da população de idosos desta faixa etária que mora no município é de 17.406 pessoas, de acordo com dados da Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados).

A Secretaria de Saúde ainda reforça para que o público de 65 anos ou mais que já fez o pré-cadastro e recebeu o agendamento para a segunda dose que respeite a data estipulada para ser vacinada. A vacinação é feita no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. Os idosos devem levar ao local de vacinação documento pessoal, cartão cidadão e comprovante de endereço. É permitido um acompanhante por idoso. O CCMI está com esquema de drive-thru para idosos com dificuldade de locomoção. O acesso é pela entrada lateral do CCMI, na rua Antonio Bernardes. Serão vacinados somente os idosos que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura e receberam o agendamento.

Em caso de idosos que receberam o agendamento e não compareceram à vacinação na data estipulada, eles deverão aguardar novo agendamento, que será feito pela Secretaria de Saúde e informado no site da Prefeitura, por meio de consulta.

A Prefeitura de Hortolândia aguarda o envio de mais doses da vacina contra a COVID-19 pelo governo do Estado para iniciar a imunização para a população das demais faixas etárias.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento da imunização e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

O pré-cadastro online deve ser feito no site da Prefeitura, por meio deste LINK. No pré-cadastro, é necessário informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física). A pessoa também deve informar se tem alguma deficiência motora que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações sobre o pré-cadastro também podem ser obtidas pelos telefones (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Prefeitura inicia vacinação contra a COVID-19 para idosos de 65 anos, neste sábado (10/04)

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia continua com o plano de imunização contra a COVID-19 no município. Neste sábado (10/04) começam a ser vacinados idosos de 65 anos de idade ou mais. A vacinação acontecerá no horário das 8h às 16h no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro, nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Amanda II, Figueiras, Novo Ângulo e Rosolém, e na Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) “João Carlos do Amaral Soares” (confira abaixo os endereços dos locais de vacinação). O público-alvo deve levar ao local de vacinação documento pessoal, cartão cidadão e comprovante de endereço. É permitido um acompanhante por idoso. Neste sábado não haverá o esquema de drive-thru no CCMI. A Secretaria de Saúde salienta que serão vacinados somente os idosos que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura e receberam o agendamento com o local de vacinação.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter feito o cadastro, a Secretaria de Saúde recomenda para que os idosos consultem o site da Prefeitura para conferir as informações do agendamento. 

A Secretaria de Saúde também ressalta que a imunização para profissionais da rede particular que estão na linha de frente da assistência humana também continua. Os profissionais que ainda não se cadastraram também podem fazê-lo no site da Prefeitura.

Para os idosos e profissionais da rede particular de saúde que já receberam o agendamento, a Secretaria de Saúde solicita para que estes públicos compareçam ao CCMI para receber a imunização, e com isso colaborar na contenção da disseminação do Coronavírus na cidade. 

Em caso de idosos ou profissionais que receberam o agendamento e não compareceram à vacinação, eles deverão aguardar novo agendamento, que será feito pela Secretaria de Saúde e informado no site da Prefeitura, por meio de consulta. 

Em caso da profissional que esteja gestante, ela somente poderá ser vacinada com avaliação obstétrica e prescrição médica. Pacientes oncológicos e transplantados somente receberão a vacina com prescrição médica.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que no dia da vacinação, o profissional deverá apresentar algum documento que comprove sua atuação na área de assistência à saúde, e também carteira de conselho de classe, contrato de trabalho, ou carteira de trabalho, e documento com foto. A Secretaria de Saúde orienta que se o profissional já tenha sido vacinado em outro local de trabalho, não poderá ser imunizado novamente. Se caso o profissional tenha apresentado sintomas da COVID-19 nos últimos 10 dias também não poderá ser imunizado. 

Não devem ser vacinados:

– Pacientes que tenham sido imunizados no calendário vacinal nos últimos 14 dias;

– Pacientes que apresentem quadro agudo e febril e sintomas respiratórios;

– Paciente que tenha tido COVID-19 há menos de 28 dias;   

– Menores de 18 anos.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura. Basta clicar neste LINK. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. Quem tiver o pré-cadastro negado em virtude de desatualização de dados também pode entrar em contato com a Prefeitura via WhatsApp pelo número (19) 99976-4720. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações sobre o pré-cadastro também podem ser obtidas pelos telefones (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

CAMPANHA

Também neste sábado a Prefeitura de Hortolândia continua com a campanha “Vacina contra a fome”, do governo estadual, para arrecadar alimentos que serão destinados a pessoas cuja situação socioeconômica foi agravada pela pandemia. O objetivo é incentivar o público-alvo que será vacinado contra a COVID-19 a doar alimentos não perecíveis que compõem a cesta básica, dentre os quais arroz, feijão, leite em pó, entre outros.

As doações poderão ser feitas em um dos seis locais de vacinação que estarão abertos neste sábado. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, com os alimentos arrecadados serão montados kits para serem entregues a mais de 400 famílias em vulnerabilidade social cadastradas nos quatro CRASs (Centros de Referência de Assistência Social) do município.

Confira abaixo os endereços dos locais da vacinação contra a COVID-19 para idosos de 65 anos ou mais neste sábado (10/04): 

– CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade): rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro

– UBS Amanda II: avenida Brasil, 800, Jardim Amanda II

– UBS Figueiras: rua Maraci Aparecida Martarolli Campos, 66, Jardim das Figueiras II

– UBS Novo Ângulo: rua Edézio Vieira de Moras, 146, Jardim Novo Ângulo

– UBS Rosolém: rua Osmar Antonio Meira, 300, Jardim Rosolém

– Emeief “João Carlos do Amaral Soares”: rua José Martim dos Anjos, 55 Jardim Nova Hortolândia

Assinar este feed RSS