Menu


Hortolândia conta com duas novas vans adaptadas para transporte de pacientes

  • Publicado em Saúde

Veículos modernos oferecerão mais conforto às pessoas que fazem tratamento em unidades de saúde da região

Pacientes de Hortolândia que fazem hemodiálise e quimioterapia terão à disposição dois novos veículos acessíveis. As novas vans foram incluídas na frota de veículos alugados pela Prefeitura de Hortolândia, em substituição à outras vans mais antigas,  com a finalidade de transportar pacientes que precisam de assistência em clínicas e hospitais da região. A empresa que presta serviço de locação veicular para a Secretaria de Saúde apresentou as vans ao prefeito José Nazareno Zezé Gomes, na tarde desta sexta-feira (17/09). Os veículos já estão adesivados com a identidade visual do município, prontos para iniciar o atendimento aos pacientes na próxima semana.

"Melhorar o atendimento em saúde, garantindo transporte de qualidade para os cadeirantes e para aqueles com mobilidade reduzida. Foi com esse pensamento que estamos renovando a nossa frota. A partir de hoje, duas novas vans adaptadas, com elevador, passarão a atender os pacientes que necessitam de transporte para realização de tratamento médico. Com um transporte mais humanizado, garantimos dignidade para aqueles que mais precisam. Com trabalho, foco e fé vamos avançando em busca de uma cidade mais humana, sustentável e inteligente", afirmou o prefeito José Nazareno Zezé Gomes.

O município conta com 29 veículos para transporte de pacientes. No entanto, conforme a Secretaria de Saúde, o modelo das vans que acabaram de chegar é diferente dos veículos mais antigos, nos quais o acionamento dos elevadores ocorre para o acesso de qualquer paciente.

Cada uma das vans agregadas à frota nesta sexta-feira possui ar condicionado e tem capacidade para nove pessoas, sendo três cadeirantes e seus acompanhantes. Os veículos possuem dispositivos de elevação modernos. De acordo com a Secretaria de Saúde, o acesso à plataforma elevatória é apenas para cadeirante e pessoas com mobilidade reduzida. O elevador não precisa ser acionado caso o atendimento seja direcionado à pessoa não cadeirante.

Projeto “Cuidando Delas” oferece 300 exames de mamografia para pacientes de Hortolândia, na próxima semana

  • Publicado em Saúde

Mulheres que já tem solicitação médica serão convocadas pela Secretaria de Saúde para rastreamento do câncer de mama

A carreta da mamografia está chegando em Hortolândia. No próximo domingo (19/08), a equipe de saúde começa a examinar cerca de 300 mulheres da cidade, pessoas que já têm solicitação médica para realizar o rastreamento do câncer de mama. A Prefeitura de Hortolândia apoia a ação, que agilizará a oferta da mamografia para pacientes do município. Cerca de 60 mulheres serão examinadas, por dia, entre domingo e quinta-feira (23/09).

A carreta estará estacionada na Rua Emily Cristiene Giovanini, no Parque Santo André, próximo das instalações do CIER (Centro Integrado de Educação e Reabilitação). A via ficará fechada ao trânsito de veículos, a partir do sábado (18/09).

A vinda da carreta da mamografia para Hortolândia foi viabilizada pela deputada estadual Edna Macedo, por meio do Projeto Social de Saúde “Cuidando Delas”, lançado no início deste mês, com apoio da Igreja Universal. Diferente do que foi publicado anteriormente, a chegada da carreta na cidade não faz parte da ação estadual “Mulheres de Peito”.

Segundo a Secretaria de Saúde, o exame de mamografia faz rastreamento do câncer de mama e colabora para o diagnóstico precoce da doença, aumentando as chances de cura. “As mulheres que já apresentaram a solicitação médica na rede municipal de saúde e que aguardavam agendamento para o exame serão convocadas, individualmente, para serem atendidas”, afirma a diretora de atenção especializada da Secretaria de Saúde, Fátima Gomes. Os laudos dos exames serão entregues para as pacientes por e-mail, com cópia direcionada à Secretaria de Saúde.

Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeita de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS (Sistema Único de Saúde) para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, conforme as particularidades de cada caso.

Em Hortolândia, o Caism (Centro de Atenção Integral de Saúde da Mulher) é a unidade de referência para acompanhamento e encaminhamentos destas pacientes. Uma das atribuições do serviço é a realização da mamografia, com oferta de 600 exames/mês. Conforme afirma a diretora de atenção especializada, atualmente, cerca de 300 pacientes aguardam pelo rastreamento. “A oferta de mamografia por meio desta ação colaborará para reduzir a espera atual, que é de cerca de 15 dias”, explica Fátima.

Hospital Municipal receberá repasse de R$ 3 milhões do Governo do Estado

  • Publicado em Saúde

Obras são fundamentais para garantir um espaço mais moderno e acolhedor, diz prefeito Zezé Gomes

O Hospital Municipal e Maternidade “Governador Mário Covas”, de Hortolândia, receberá neste ano um repasse de R$ 3 milhões do Governo do Estado. O recurso foi anunciado nesta quinta-feira (16/09) pelo vice-governador Rodrigo Garcia ao prefeito José Nazareno Zezé Gomes, durante a inauguração das alças de acesso do Corredor Metropolitano “Vereador Biléo Soares” à rodovia Jornalista Franscisco Aguirre Proença (SP-101).


De acordo com o vice-governador, o recurso já está autorizado e será depositado dentro dos próximos dias nos cofres municipais. O repasse poderá ser utilizado para custeio, compra de medicamentos, insumos, manutenção ou reforma. “Estamos vivendo uma pandemia e, graças a vacinação realizada pelo Governo do Estado, estamos superando e voltando aos poucos com as nossas vidas normais. Investir em saúde é fundamental, uma vez que iniciaremos mutirões de exames e de cirurgias em todo o estado. Em Hortolândia, investir no Hospital é importante para a Prefeitura e fundamental para a população. Esse investimento reflete também em outras cidades da região. Todos ganham”, destacou Garcia.


O prefeito Zezé Gomes agradeceu o vice-governador pelo anúncio e destacou o trabalho de bastidores que foi necessário realizar para que o Estado pudesse destinar novos recursos ao Hospital Municipal. “Na semana passada, estive junto com o deputado estadual Rafa Zimbaldi onde tratamos sobre a saúde e cobramos recursos para o nosso hospital. A unidade vem passando por reforma e ampliação e todos os recursos são fundamentais para que possamos dar vazão às nossas necessidades. Recentemente entregamos o novo Pronto Socorro. Agora, estamos trabalhando na criação da sala de tomografia computadorizada e remodelando o Pronto Socorro Infantil. As obras são fundamentais para garantir um espaço mais moderno e acolhedor, melhorando substancialmente o atendimento para aqueles que mais precisam”, afirmou Zezé.


REMODELAÇÃO


A Prefeitura de Hortolândia continua avançando com a reforma do Hospital. Na intervenção, são investidos R$ 12,5 milhões para reforma desde a fachada até as instalações internas, o que resultará em diversas melhorias, entre elas, a ampliação de 67 para 100 leitos. Algumas etapas já foram concluídas, como a criação de 10 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto, a finalização da obra no Pronto Atendimento Obstétrico e Ginecológico e a reabertura do Pronto Socorro Adulto, que também passou por obras de remodelação.

Alças de acesso do Corredor Metropolitano à SP-101 são entregues em Hortolândia

Nova entrada da cidade deve absorver uma demanda de aproximadamente 16 mil veículos por dia

A Prefeitura de Hortolândia, em conjunto com o Governo do Estado, inaugurou, nesta quinta-feira (16/09), as alças de acesso do Corredor Metropolitano “Vereador Biléo Soares” à rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), altura do quilômetro 5.


Participaram da solenidade o prefeito José Nazareno Zezé Gomes, a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Maria dos Anjos, o vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, o secretário estadual da Casa Civil Cauê Macris, os deputados estaduais Rafa Zimbaldi, Dirceu Dalben e Rogério Nogueira. Estiveram presentes, ainda, o prefeito e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas, Gustavo Reis e os prefeitos Dário Saadi (Campinas), Cláudio José Schooder, o Leitinho (Nova Odessa) e Edivaldo Brischi (Monte Mor). Participaram ainda o secretário executivo da secretaria de estado dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli, o secretário de estado de Logística e Transportes, João Octaviano, e o secretário de estado de Saúde, Jean Gorinchteyn.


O prefeito Zezé Gomes, desde que assumiu a Prefeitura em abril, após o falecimento do prefeito Angelo Perugini, vinha acompanhando todas as fases de construção e destacou a importância estratégica do Corredor Metropolitano para Hortolândia. “Com a criação das alças, o Corredor Metropolitano passa a se tornar uma das mais importantes vias do município e cria uma nova rota de entrada para o município, facilitando o acesso e diminuindo distâncias. Isso beneficia todos os moradores, seja aqueles que andam de carros e, em especial, as pessoas que fazem uso de transporte público”, destacou Zezé.


Para o vice-governador, Rodrigo Garcia, o Governo do Estado de São Paulo ficou 2 anos e 9 meses, arrumando a casa para que grandes anúncios pudessem ser feitos pelo governador João Dória. “Nosso governo trabalha em três grandes frentes: saúde, proteção social e infraestrutura. O Corredor Metropolitano é um dispositivo importantíssimo para a mobilidade urbana e, graças a gestão pública, o Governo do Estado está anunciando outras importantes obras em todas as regiões. Será o maior investimento público em infraestrutura da história de São Paulo, e Hortolândia está sendo contemplado”, afirmou Garcia.


O trevo do Corredor Metropolitano com a rodovia SP-101 deve absorver uma demanda de aproximadamente 16 mil veículos por dia. Os dados fazem parte de um estudo realizado pela Prefeitura. “Segundo nossos estudos, o novo dispositivo viário receberá diariamente 8 mil veículos vindos de Campinas e outros 8 mil estarão saindo de Hortolândia. No total, teremos mais de 16 mil veículos transitando diariamente neste trecho do Corredor Metropolitano”, explicou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.


O trecho final do corredor entregue hoje, com 4,4 quilômetros, tem início na Avenida José João da Silva, próximo à Ponte Estaiada, seguindo pela Avenida Antonio da Costa Santos até as alças de acesso à Rodovia SP-101. O investimento foi de R$ 52 milhões por parte da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).


A infraestrutura concluída inclui drenagem de águas pluviais, a adequação do muro do Complexo Penitenciário Campinas/Hortolândia e a execução de capa asfáltica sobre a Ponte Estaiada, localizada na continuação da Rua José João da Silva. Também foram construídas seis estações de embarque e desembarque ao longo do trecho.


Concluídas as obras complementares em Hortolândia, o Governo do Estado finaliza a implantação do Corredor Metropolitano. São 31,7 km de viário total interligando Campinas, Santa Bárbara D’Oeste, Americana, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia e Monte Mor.


Foram construídos também cinco terminais, sete estações de transferências e 23 estações de embarque e desembarque e 20 paradas nos municípios de Campinas, Hortolândia, Sumaré, Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D’Oeste. O investimento total para a implantação do Corredor Metropolitano foi de R$ 455,1 milhões.

Prefeitura de Hortolândia e Governo do Estado confirmam construção do viaduto Nova Europa-Bandeirantes

Licitação será realizada em 60 dias; obras devem inicia entre o final do ano e início de 2022, anunciou o Estado

A Prefeitura de Hortolândia e o Governo do Estado de São Paulo confirmaram, nesta quinta-feira (16/09), a construção do viaduto que fará a ligação do Jardim Nova Europa (Hortolândia) ao Parque Bandeirantes (Sumaré). A confirmação foi comemorada pelo prefeito José Nazareno Zezé Gomes. O chefe do executivo hortolandense destacou que a obra era sonhada há mais de 15 anos e que a importância da sua realização foi frequentemente ressaltada pelo ex-prefeito Angelo Perugini, falecido no último mês de abril, vítima de complicações da Covid-19. “Desde quando o Angelo Perugini foi prefeito pela primeira vez, em 2005, a construção do viaduto do Nova Europa era debatida. Eu mesmo fui testemunha da luta desse homem para que essa obra saísse do papel. Hoje, com a graça de Deus, esse sonho começa a se transformar em realidade. O Governo do Estado anunciou a construção e disse que, dentro dos próximos 60 dias, será realizado o processo licitatório, para que a obra possa ser iniciada entre o final do ano e início de 2022. Essa será uma obra que vai potencializar o desenvolvimento de toda a região do Nova Europa, abrindo caminhos para a chegada de novas empresas e favorecendo as indústrias que ali já estão localizadas. Estamos abrindo caminho direto para as rodovias Anhanguera e Dom Pedro I, diminuindo distâncias e favorecendo diretamente a nossa gente”, destacou o prefeito.
De acordo com o vice-governador, Rodrigo Garcia, para a construção do viaduto serão investidos cerca de R$ 37 milhões. Ele destacou que a mobilidade urbana será impactada positivamente, criando mais uma via de ligação entre cidades e aproximando Hortolândia do eixo Anhanguera-Dom Pedro I. “Hoje eu venho fazer a autorização para que o DER licite, nos próximos 60 dias, o viaduto do bairro Nova Europa. Uma obra de R$ 37 milhões e vamos fazer porque sabemos que é importante para melhorar a mobilidade da Região Metropolitana”, disse Rodrigo Garcia.
O investimento de R$ 37 milhões para a construção do futuro viaduto será viabilizado por meio da Secretaria de Logística e Transportes. A obra fará a interligação entre os municípios de Hortolândia e Sumaré, sobre a linha férrea da concessionária ALL (América Latina Logística). A transposição terá 730 metros e garantirá mais mobilidade e opção de acesso a pedestres e motoristas entre os dois municípios.

Idosos de Hortolândia com mais de 85 anos receberão dose de reforço contra a COVID-19, neste sábado (18/09)

  • Publicado em Saúde

Não é necessário agendamento para receber a 3ª dose; é preciso obedecer intervalo de mais de 6 meses desde a 2ª dose

Sábado é dia de vacina. A Prefeitura de Hortolândia organiza mais um esquema de imunização via drive-thru neste sábado (18/09), para imunizar idosos acima de 85 com a 3ª dose da vacina contra o Coronavírus. O posto itinerante de vacinação será montado no estacionamento da Câmara Municipal, localizada na Rua Joseph Paul Julien Burlandy, nº 250, no Parque Gabriel. Idosos dentro desta faixa etária que receberam as duas primeiras doses do imunizante na cidade poderão ir até o prédio do Legislativo, das 8h às 15h30, para garantir a dose de reforço. Não é necessário agendamento para receber a 3ª dose da vacina. Nesta data, também poderão ser vacinados idosos acima de 90 anos que não puderam comparecer ao posto itinerante no sábado passado (11/09), quando iniciou a aplicação da 3ª dose para este público, em Hortolândia.

Para ser vacinado no drive-thru é preciso levar documento com foto, CPF e a carteira de vacinação com o comprovante de que as duas doses anteriores foram aplicadas em unidades de saúde da cidade ou no CCMI (centro de Convivência da Melhor Idade). Caso o idoso tenha se mudado recentemente para Hortolândia, ele poderá ser vacinado se apresentar, além do documento com foto, do CPF e da carteira de vacinação, um comprovante de endereço atualizado.

A Secretaria de Saúde ressalta que aqueles idosos que precisarem acessar o prédio do Legislativo a pé, por não terem veículo, também receberão a 3ª dose da vacina. Já idosos acamados serão vacinados em casa. Para isso, alguém da família precisa ir até a UBS (Unidade Básica de saúde) mais próxima de casa, de segunda à sexta-feira, para solicitar este atendimento.

Conforme informação da Secretaria de Saúde, a vacinação da dose de reforço para idosos será oferecida, inicialmente, aos finais de semana. Conforme novas doses do imunizante forem entregues pela Secretaria de Estado da Saúde ao município, o público para aplicação da dose extra será ampliado, conforme a idade.

A aplicação da dose extra é uma determinação do Ministério da Saúde indicada para idosos em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), independente da idade, além de idosos acima de 70 anos que tomaram a segunda dose há mais de 6 meses e pacientes imunossuprimidos, como os transplantados, que tomaram a segunda dose há mais de 28 dias. Em Hortolândia, a vacinação de idosos em ILPIs teve início no dia 09 deste mês e prossegue pelos próximos dias.

Adolescentes

Está em andamento a vacinação contra COVID-19 para adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, cadastrados no site Vacina Já (CLIQUE AQUI), do governo estadual, e com agendamento no site da Prefeitura, por meio deste LINK. A Secretaria de Saúde salienta que os menores de 18 anos serão imunizados com a vacina da Pfizer, que é a vacina autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão do governo federal para este grupo.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os menores compareçam ao local de vacinação acompanhados de pai, mãe ou responsável legal. É necessário levar a impressão (print) ou a foto da tela do agendamento no site da Prefeitura, documento com foto, Cartão Cidadão ou Cartão do SUS, além de comprovante de residência atualizado (de 2021) no nome do responsável. A pessoa que acompanhar o adolescente na vacinação também deve apresentar documento com foto.

Caso o menor compareça ao dia da vacinação desacompanhado ou acompanhado por algum outro parente que não seja o pai, a mãe ou o responsável, ele deverá apresentar duas vias da Declaração de Autorização para ser vacinado. A declaração deve estar preenchida e assinada pelo responsável e precisa ser apresentada junto da cópia do documento desta pessoa. Uma via da declaração ficará com a Secretaria de Saúde e a outra ficará com o menor. A declaração está disponível na página do agendamento no site da Prefeitura para ser baixada e impressa. Quem não tiver acesso à internet, pode retirar a declaração já impressa em papel no próprio CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) ou nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. A Secretaria de Saúde reforça que o menor desacompanhado que não trouxer a declaração preenchida e assinada não será vacinado.

Todos os imunizantes oferecidos são seguros e foram aprovados pela Anvisa. Mais informações e orientações sobre a vacinação contra COVID-19 podem ser obtidas nos seguintes telefones: (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204.

Assinar este feed RSS