Menu


Para eliminar o mosquito Aedes aegypti, Prefeitura faz nebulização veicular no Jd. Amanda

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia mantém firme o trabalho de combate e prevenção à Dengue e de outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como Zika e Chikungunya. Nesta sexta-feira (03/04), a Administração Municipal, em parceria com a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão do governo estadual, realiza mais uma etapa da nebulização veicular no Jardim Amanda. A ação acontece na região que compreende as ruas Vinicius de Moraes, Graciliano Ramos, Visconde do Rio Branco e parte da rua Almeida Garret. De acordo com a Secretaria de Saúde, esta região registra 64 casos positivos de Dengue desde o início do ano. 

A nebulização conta ainda com apoio de agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde. Durante a ação, o veículo nebulizador circula acompanhado por uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana. 

A ação consiste em espalhar inseticida em forma de vapor, a partir de um veículo equipado, a fim de eliminar o Aedes aegypti. Para que o inseticida tenha maior eficácia, a nebulização deve ser feita durante três dias seguidos. Em razão disso, será feita também neste sábado (04/04). A Secretaria de Saúde orienta os moradores da região a permanecerem dentro de casa durante a aplicação do inseticida e a deixarem portas e janelas abertas. 

Além disso, a Prefeitura tem realizado nebulização com auxílio de bomba de aspersão manual em diferentes regiões da cidade. Nesta ação, agentes da UVZ, com o equipamento de aspersão preso às costas, visitam casas e espalham o inseticida para eliminar focos de criadouro de larvas do Aedes aegypti. 

10 MINUTOS 

A Prefeitura de Hortolândia salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao Aedes aegypti. Para isso, a Secretaria de Saúde está com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, na qual explica como é possível, em apenas 10 minutos por semana, acabar com o ciclo de procriação do inseto. No material informativo da campanha, há orientações para checar alguns itens dentro de casa e nos quintais, e realizar ações como manter tampados tonéis, barris e caixas d´água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, entre outras medidas. O material está disponível no site da Prefeitura, neste LINK. De acordo com o Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, neste ano, até o momento, o município tem 859 casos notificados de Dengue, 179 casos positivos, 255 casos negativos, 425 casos aguardando resultado e nenhum óbito.

Jardim Amanda recebe nebulização veicular para eliminar o mosquito Aedes aegypti

  • Publicado em Saúde

Apesar de o foco atual ser o enfretamento ao Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia continua com o trabalho de prevenção às arboviroses: Dengue, Chikungunya e Zika. Nesta semana, a Administração em parceria com a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão do governo estadual, realizou nebulização veicular para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, em várias ruas do Jardim Amanda. A ação contou ainda com apoio de agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde.  

Por meio de um veículo equipado com um aparelho nebulizador, a ação consiste em espalhar inseticida em forma de vapor para eliminar o Aedes aegypti. Para que o inseticida tenha maior eficácia, a nebulização é feita três dias seguidos. Durante a ação, o veículo nebulizador circulou pelo Jardim Amanda, acompanhado por uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana.

10 MINUTOS

A Prefeitura salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao mosquito Aedes aegypti. Para isso, a Secretaria de Saúde está com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, em que explica como é possível, em apenas 10 minutos por semana, acabar com o ciclo de procriação do Aedes. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro de casa e nos quintais. O material está disponível no site da Prefeitura, neste LINK.

Além disso, a Prefeitura tem realizado nebulização com auxílio de bomba de aspersão manual em diferentes regiões da cidade. Nesta ação, agentes da UVZ equipados com a bomba de aspersão presa nas costas visitam casas e espallham o inseticida para eliminar focos de criadouro de larvas do Aedes.

Neste ano, até o momento, o município tem 808 casos notificados de Dengue, dos quais 175 positivos, 245 negativos e 388 aguardam o resultado do exame. A cidade não tem ainda neste ano nenhum caso notificado de Chikungunya e Zika.

Arrastão contra Dengue acontece na região do Jd. Santiago neste sábado (04/02)

  • Publicado em Saúde

Ação será das 8h às 12h com cerca de 60 agentes da Prefeitura

A Prefeitura de Hortolândia prossegue com os arrastões de combate à Dengue. Neste sábado (04/02), a ação acontecerá, das 8h às 12h, em quatro bairros: Jardim Aline, Vila Guedes, Jardim Santiago e Jardim Conceição. O arrastão contará com equipe de cerca de 60 agentes dos orgãos CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e Defesa Civil e agentes comunitários de saúde.

Os agentes irão vistoriar casa a casa em busca de focos de água parada que possam servir de criadouro para as larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya e Zika. Os agentes também darão orientações e distribuirão material explicativo aos moradores. A Secretaria de Saúde solicita a colaboração dos moradores, permitindo a entrada dos agentes. A expectativa é visitar entre 1.300 a 1.500 casas.

Durante a ação, a Secretaria de Serviços Urbanos irá disponibilizar um caminhão para recolher materiais descartados, como pneus velhos, baldes, latas, garrafas pet, dentre outros.

Arrastão no Jardim Boa Esperança visita mais de 1.300 casas

  • Publicado em Saúde

Durante ação, agentes do CCZ deram orientações aos moradores sobre importância de evitar acúmulo de água parada e distribuíram material explicativo

A Prefeitura de Hortolândia prossegue com ações de combate à Dengue. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, realizou, no último sábado (28/01), mais um arrastão no Jardim Boa Esperança. Foram visitadas 1.317 casas. Durante a ação, também foram recolhidas cerca de 4 toneladas de materiais descartados, como baldes, pneus velhos, latas, garrafas pet, dentre outros. A retirada do material foi feita por meio de um caminhão da Secretaria de Serviços Urbanos. Os agentes do CCZ não conseguiram visitar 469 residências, nas quais os moradores não estavam no dia. A ação foi acompanhada pela Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão da Secretaria Estadual de Saúde. O arrastão estava programado para o dia 21/01, mas foi adiado devido à chuva.

Durante o arrastão, os agentes vistoriaram as casas em busca de locais que possam servir de criadouro para as larvas do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya e Zika. Além disso, os agentes também deram orientações e distribuíram material explicativo sobre a importância de combater o mosquito e evitar o acúmulo de água parada.

Prefeitura de Hortolândia realizará semana de mobilização de combate à Dengue

  • Publicado em Saúde

Coordenada pela Secretaria de Saúde, ação está programada para acontecer entre os dias 21 e 25 de novembro

Com o início do período mais quente do ano (primavera e verão), a Prefeitura de Hortolândia intensifica as ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor das arboviroses Dengue, Zika e Chikungunya. Em novembro, a Secretaria de Saúde realizará, entre os dias 21 e 25, a Semana de mobilização de combate a estas doenças em parceria com as demais secretarias municipais. Dentre as ações programadas estão a retomada de arrastões aos sábados e domingos, a coleta das sorologias de Dengue e reuniões do Comitê Municipal de Arboviroses.

Outra ação é a avaliação do Índice de Densidade Larvária, também chamado “Índice de Breteau”, que serve para medir a quantidade de larvas de Aedes aegypti no município. A avaliação é realizada três vezes ao ano, por determinação da Secretaria Estadual de Saúde. Em Hortolândia, a avaliação aconteceu entre os dias 3 e 10 deste mês. Agentes do CCZ (Centro de Controle Zoonoses) visitaram 3.303 imóveis em todo o município e coletaram amostras de água parada em recipientes nas quais foi constatada presença de larvas. O índice variou de 0.2 a 0.5, considerado baixo. A avaliação segue três escalas: de 0 a 1 é considerado baixo, de 1 a 4 médio e acima de 4 alto. A próxima avaliação deverá ser realizada em janeiro. Até o momento, Hortolândia registra 3.183 notificações de Dengue, sendo 1.136 casos positivos; 33 notificações de Zika, sendo um caso positivo; e 18 notificações de Chikungunya, sendo oito casos positivos.