Menu


Arrastão no Jardim Boa Esperança visita mais de 1.300 casas

  • Publicado em Saúde

Durante ação, agentes do CCZ deram orientações aos moradores sobre importância de evitar acúmulo de água parada e distribuíram material explicativo

A Prefeitura de Hortolândia prossegue com ações de combate à Dengue. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, realizou, no último sábado (28/01), mais um arrastão no Jardim Boa Esperança. Foram visitadas 1.317 casas. Durante a ação, também foram recolhidas cerca de 4 toneladas de materiais descartados, como baldes, pneus velhos, latas, garrafas pet, dentre outros. A retirada do material foi feita por meio de um caminhão da Secretaria de Serviços Urbanos. Os agentes do CCZ não conseguiram visitar 469 residências, nas quais os moradores não estavam no dia. A ação foi acompanhada pela Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão da Secretaria Estadual de Saúde. O arrastão estava programado para o dia 21/01, mas foi adiado devido à chuva.

Durante o arrastão, os agentes vistoriaram as casas em busca de locais que possam servir de criadouro para as larvas do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya e Zika. Além disso, os agentes também deram orientações e distribuíram material explicativo sobre a importância de combater o mosquito e evitar o acúmulo de água parada.

Prefeitura de Hortolândia realizará semana de mobilização de combate à Dengue

  • Publicado em Saúde

Coordenada pela Secretaria de Saúde, ação está programada para acontecer entre os dias 21 e 25 de novembro

Com o início do período mais quente do ano (primavera e verão), a Prefeitura de Hortolândia intensifica as ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor das arboviroses Dengue, Zika e Chikungunya. Em novembro, a Secretaria de Saúde realizará, entre os dias 21 e 25, a Semana de mobilização de combate a estas doenças em parceria com as demais secretarias municipais. Dentre as ações programadas estão a retomada de arrastões aos sábados e domingos, a coleta das sorologias de Dengue e reuniões do Comitê Municipal de Arboviroses.

Outra ação é a avaliação do Índice de Densidade Larvária, também chamado “Índice de Breteau”, que serve para medir a quantidade de larvas de Aedes aegypti no município. A avaliação é realizada três vezes ao ano, por determinação da Secretaria Estadual de Saúde. Em Hortolândia, a avaliação aconteceu entre os dias 3 e 10 deste mês. Agentes do CCZ (Centro de Controle Zoonoses) visitaram 3.303 imóveis em todo o município e coletaram amostras de água parada em recipientes nas quais foi constatada presença de larvas. O índice variou de 0.2 a 0.5, considerado baixo. A avaliação segue três escalas: de 0 a 1 é considerado baixo, de 1 a 4 médio e acima de 4 alto. A próxima avaliação deverá ser realizada em janeiro. Até o momento, Hortolândia registra 3.183 notificações de Dengue, sendo 1.136 casos positivos; 33 notificações de Zika, sendo um caso positivo; e 18 notificações de Chikungunya, sendo oito casos positivos.

Arrastão contra dengue em Hortolândia recolhe seis toneladas de materiais descartados

  • Publicado em Saúde

Ação aconteceu no último sábado (17/09) nos bairros Jardim São Sebastião e Loteamento Adventista Campineiro; dentre materiais descartados estão objetos de plástico, pneus, restos de construção e eletrodomésticos

Cerca de 30 agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e das USFs (Unidades de Saúde da Família), órgãos da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Hortolândia, visitaram, no último sábado (17/09), 1.287 residências e deram orientações aos moradores dos bairros Jardim São Sebastião e Loteamento Adventista Campineiro sobre a importância do combate permanente ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de Dengue, Chikungunya e Zika.

Também foram recolhidas em torno de seis toneladas de materiais descartados. A retirada foi feita por meio de um caminhão da Operação “Cata Bagulho” da Secretaria de Serviços Urbanos. Dentre os materiais descartados estavam latas, pneus, garrafas pet, restos de construção e eletrodomésticos (geladeiras e fogões).

As ações fizeram parte de um arrastão de combate ao mosquito Aedes aegypti realizado pela Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a força-tarefa estadual de combate ao mosquito Aedes aegypti. O objetivo foi recolher materiais que possam servir de criadouro para larvas do mosquito. A Secretaria de Saúde solicita para que a população continue a colaborar, evitando o acúmulo de água parada.

Até o momento, Hortolândia tem 3.107 casos notificados de Dengue, dos quais 1.113 confirmados e 1.881 descartados; 17 casos notificados de Chikungunya, dos quais 8 importados e 9 descartados; e 33 casos notificados de Zika, dos quais 1 importado e 26 descartados.

Hortolândia terá arrastão de combate ao mosquito Aedes aegypti neste sábado (17/09)

  • Publicado em Saúde

Ação, que integra força-tarefa estadual, acontecerá das 8h às 13h nos bairros Jardim São Sebastião e Loteamento Adventista Campineiro e contará com 30 agentes da Secretaria de Saúde

Com a proximidade da primavera e o consequente aumento da temperatura, a Prefeitura de Hortolândia intensifica o combate ao mosquito Aedes aegypti com a realização de arrastão neste sábado (17/09). A ação acontecerá das 8h às 13h nos bairros Jardim São Sebastião e Loteamento Adventista Campineiro.

O objetivo é fazer a retirada de materiais, tais como garrafas pet, pneus, latas, dentre outros, que possam servir de criadouro para larvas do mosquito, que é o transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika. Cerca de 30 agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e das USFs (Unidades de Saúde da Família), órgãos da Secretaria de Saúde, participarão da ação. Eles irão de casa em casa e darão orientações aos moradores e folhetos explicativos. O recolhimento do material será feito por um caminhão da Operação “Cata Bagulho” da Secretaria de Serviços Urbanos. O arrastão integra a força-tarefa estadual. Até o momento, Hortolândia tem 3.107 casos notificados de Dengue, dos quais 1.113 confirmados e 1.881 descartados; 17 casos notificados de Chikungunya, dos quais 8 importados e 9 descartados; e 33 casos notificados de Zika, dos quais 1 importado e 26 descartados.

Prefeitura reforça prevenção de combate ao Aedes Aegypti

  • Publicado em Saúde

Alerta é para que a população mantenha cuidados básicos e evitam acúmulo de água, mesmo com temperatura

Com a queda das temperaturas, registrada nos últimos dias, o número de  casos de Dengue também devem diminuir. O mosquito Aedes Aegypti transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, não é bem adaptado aos dias frios e ao vento. Com isso, a transmissão da doença passa a ser menor. Mesmo assim, é preciso manter os hábitos preventivos, o que garante o controle da doença. O objetivo da Prefeitura de Hortolândia é reforçar a importância de combater a doença, mesmo com a chegada do tempo mais frio.

“Nos últimos dias, fomos surpreendidos pelas chuvas intensas. Com isso, houve um aumento nos casos notificados da doença. Nosso objetivo é não deixar a população esquecer-se dos cuidados básicos de prevenção à Dengue. Agora que começa a época mais fria do ano, precisamos continuar no combate à doença. Isso deve ser um hábito”, enfatizou a diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Cilene Aparecida de Oliveira Mantuan.

Combate à Dengue não pode parar

A Prefeitura realiza ações de combate à Dengue. Aos finais de semana, por exemplo, são realizados arrastões para conscientização da população e retirada de criadouros do mosquito transmissor da doença, uma vez que nestes dias mais pessoas estão em casa. Já durante a semana, acontece a ação casa a casa para orientação da população sobre como combater a Dengue, palestras em escolas, unidades de saúde e empresas com objetivo de divulgar as formas de prevenção, além de videoconferências para profissionais da saúde se atualizar sobre a doença.

A Prefeitura também mantém encontros semanais do grupo Sala de Situação de Dengue, com a participação de representantes de diversos setores públicos, onde todos os índices da doença são divulgados e discutidos para o desenvolvimento de ações estratégicas.

Neste ano, foram registrados 755 casos positivos de Dengue em Hortolândia. A Prefeitura conta com a colaboração da população no controle da doença.

#hortolandiatrabalhandoparatodos

Prefeitura realiza arrastões de combate ao Aedes aegypti neste fim semana em quatro bairros

  • Publicado em Saúde

Ação ocorrerá, neste sábado (05/03), no Parque dos Pinheiros e Jardim Santana e, no domingo (06/03), no Parque Gabriel e Parque São Miguel

A guerra contra o Aedes aegypti continua firme na cidade. A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, realizará, neste fim de semana, dois arrastões de combate ao mosquito. O primeiro acontecerá neste sábado (05/03), das 8h às 17h, nos bairros Parque dos Pinheiros e Jardim Santana. Já no domingo (06/03), a ação ocorrerá das 8h às 12h no Parque Gabriel e no Parque São Miguel. A ação estava programada para ocorrer no último fim de semana nos bairros Parque dos Pinheiros, Jardim Santana e Parque São Miguel, mas foi cancelada devido à chuva.

Nos dois dias, agentes de saúde visitarão as residências para verificar se existem focos do Aedes aegypti, e darão orientações aos moradores sobre como evitar as doenças transmitidas pelo mosquito, Dengue, Febre Chikungunya e Zika, e sobre a importância de não deixar água acumulada.

Junto com a ação, haverá caminhão cata-bagulho para que os moradores descartem objetos que possam servir de criadouro para o mosquito. Denúncias de locais com focos de Aedes aegypti e objetos que contenham água acumulada podem ser feitas ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) pelo telefone 3897-3312. A identificação do informante será mantida em sigilo. Neste ano, até o momento, Hortolândia tem 1.028 notificações de Dengue, sendo 13 casos positivos.