Menu


Prefeitura promove curso de Unhas Artísticas para aprendizes do programa “Capacita Hortolândia"

Formação acontece no recém-inaugurado CQP 1, no Jardim santa Clara do Lago

Aprendizes do projeto “Capacita Hortolândia”, promovido pela Prefeitura, participam de curso profissionalizante gratuito na área de estética. As aulas de “Unhas Artísticas” são ministradas pela professora Verônica Torres, do Sebrae Campinas (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), e começaram, nesta segunda-feira (04/10).

O curso acontece no novo espaço do CQP 1 (Centro de Qualificação Profissional), localizado no piso superior do mesmo prédio que abriga o CRAS (Centro de Referência de Atendimento Social) Santa Clara, na Rua Estados Unidos, 217, no Jardim Santa Clara do Lago II, recém-inaugurado pela Administração Municipal. 

O projeto também disponibiliza cursos livres e gratuitos sobre Ideias de Negócio, Empreendedorismo e Customização de Peças. Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, no novo espaço serão capacitadas, em média, 1.500 pessoas por ano, cerca de 150 por mês.

Atualmente, o curso de “Unhas Artísticas” é ofertado em duas turmas, cada uma delas com 15 alunas. Os encontros, de quatro horas/dia, acontecem pela manhã, das 8h às 12h, e também à tarde, das 13h às 17h. Ao todo, serão 48 horas/aula, com conteúdo teórico e prático. Após concluírem a formação, as alunas terão direito a certificado de conclusão.

A aprendiz Márcia de Oliveira, de 41 anos, moradora do Residencial Maria de Lourdes, espera encontrar no curso uma nova oportunidade de renda familiar e também de recolocação profissional. Antes da pandemia, atuava na área de Logística, mas com o nascimento da filha de 2 anos e nove meses, precisou sair da empresa e apostar em novos caminhos. Ela, que já fez curso pago na área de manicure e cabeleireiro, está muito feliz com a abordagem da formação no CQP 1. “Estou adorando. Está abrindo a minha mente, em várias coisas. A professora é maravilhosa e traz muitos detalhes. Fala também sobre atendimento ao cliente, vigilância sanitária. Estou aprendendo coisas novas”, revela Márcia.

"Promover uma capacitação aos referenciados é uma forma de incentivo para que as famílias possam reestabelecer um contato com o mundo de trabalho de maneira formal e com um certificado renomado. A parceria com o Sebrae proporciona mais destaque no currículo profissional dos alunos, que estão tendo a oportunidade de capacitar-se para conquistar autonomia familiar", afirma o diretor do Departamento de Geração de Renda e Economia Solidária, Tino Sampaio.

De acordo com Sampaio, a partir deste mês, o “Capacita Hortolândia” promoverá cursos descentralizados na cidade para munícipes maiores de 18 anos, tendo como público-alvo famílias referenciadas nos CRAS, CCS (Centros de Convivência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e/ou cadastradas no Fundo Social de Solidariedade. Interessados nas formações devem buscar informações e inscrições no CRAS mais próximo de casa.

Hortolândia inaugura novo espaço de qualificação profissional no Jardim Santa Clara do Lago

Cerimônia de abertura teve aula de empreendedorismo voltada a bolsistas do projeto "Capacita Hortolândia"

O prefeito José Nazareno Zezé Gomes participou, na manhã desta sexta-feira (01/10), da cerimônia de inauguração do CQP I (Centro de Qualificação Profissional), que abrigará formações do projeto “Capacita Hortolândia”, disponibilizando cursos livres e gratuitos na área de estética, informática e costura sobre Ideias de Negócio, Empreendedorismo, Customização de peças e Unhas artísticas. Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, no espaço serão capacitadas, em média, 1.500 pessoas por ano, cerca de 150 por mês. O CQP 1 está localizado no piso superior do mesmo prédio que abriga o CRAS (Centro de Referência de Atendimento Social) Santa Clara, na Rua Estados Unidos, 217, no Jardim Santa Clara do Lago II.

O Grupo Vibrasax, vinculado à Secretaria de Cultura iniciou as atividades. Além do prefeito, o evento contou com a presença da primeira-dama e presidente do Fundo Social, Maria dos Anjos Assis Barros; de vereadores; e dos secretários de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva (titular) e Alessandra Barchini (adjunta); de Governo, Silvania Anísio da Silva (adjunta); e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, João Pereira da Silva (adjunto). 

Após a cerimônia, realizada numa tenda em frente ao prédio, aconteceu a aula inaugural do projeto, com a palestra “Capacitar, empreender e transformar”, que mostrou aos jovens aprendizes a importância do repensar, capacitar-se e orientar-se para olhar novas oportunidades e transformar a própria vida. O tema foi abordado por Tereza Mônica Sartori Marcheto, um dos profissionais do Sebrae Campinas (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) presentes.

"É fundamental trabalhar com a inclusão produtiva, que resgatará a autonomia das famílias referenciadas. As capacitações descentralizadas reestabelecem a dignidade do povo, que está em busca dos seus sonhos e principalmente da reeinserção no mundo do trabalho", destacou o prefeito Zezé Gomes.

Para o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, "esse é um momento de atenção especial aos nossos cidadãos. Estamos oferecendo ao público sócioassistido ações efetivas que contribuem para que as pessoas tenham uma perspectiva de vida melhor. É importante proporcionar novas potencialidades aos cidadãos. A parceria com o Sebrae fortalece nosso objetivo enquanto agente público, capaz de melhorar a qualidade de vida de cada família referenciada", destacou ele.

"Aprendi muito do que sei hoje me capacitando com os cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura. Hoje tenho uma profissão e já posso ensinar o que aprendi", afirmou a cabeleireira Maura Freitas, moradora do Jd. do Bosque, que se formou na Oficina de Estética, promovida em 2016 pela Administração Municipal.

De acordo com Diretoria de Geração de Renda e Economia Solidária, a partir deste mês, o “Capacita Hortolândia” promoverá cursos descentralizados na cidade para munícipes maiores de 18 anos, tendo como público-alvo famílias referenciadas nos CRAS, CCS (Centros de Convivência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e/ou cadastradas no Fundo Social de Solidariedade. Interessados nas formações devem buscar informações e inscrições no CRAS mais próximo de casa.

Prefeitura inaugura Centro de Qualificação Profissional I, no Jd. Santa Clara do Lago, nesta sexta-feira (01/10)

Após cerimônia, haverá aula sobre empreendedorismo para bolsistas do projeto “Capacita Hortolândia”

A Prefeitura de Hortolândia realiza, nesta sexta-feira (01/10), às 8h30, cerimônia de inauguração do CQP I (Centro de Qualificação Profissional), órgão vinculado à Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social localizado no mesmo prédio que abriga o CRAS (Centro de Referência de Atendimento Social) Santa Clara. O espaço de formação, no piso superior, fica na Rua Estados Unidos, 217, no Jardim Santa Clara do Lago II.

Logo após o evento oficial, com a presença do prefeito José Nazareno Zezé Gomes e autoridades, haverá aula inaugural voltada a aprendizes do projeto “Capacita Hortolândia”, promovido pela Administração Municipal.

A palestra de abertura “Capacitar, empreender e transformar” será ministrada por profissional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e enfocará a importância do repensar, capacitar-se e orientar-se para olhar novas oportunidades e transformar a própria vida. A previsão da Diretoria de Geração de Renda e Economia Solidária é que cerca de 50 aprendizes do projeto participem da aula inaugural.

Em outubro, o “Capacita Hortolândia” promoverá cursos descentralizados na cidade para munícipes maiores de 18 anos, tendo como público-alvo famílias referenciadas nos CRAS, CCS (Centros de Convivência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e/ou cadastradas no Fundo Social de Solidariedade. No novo CRAS Santa Clara serão disponibilizados cursos livres na área de estética, informática e costura sobre Ideias de Negócio, Empreendedorismo, Customização de peças e Unhas artísticas. Interessados nas formações devem buscar informações e inscrições no CRAS mais próximo de casa.

"A qualificação é o principal pilar da política de geração de Renda e Economia Solidária, pois é por meio dela que se reconhece as potencialidades e se desenvolvem as habilidades para uma inclusão produtiva. A exclusão social e a informalidade geradas pela pandemia nos faz intensificar as ações de promoção social com o objetivo de promover a inclusão ao mundo de trabalho, seja pelo empreendedorismo solidário, cooperativo ou associativo", destacou o diretor de Geração de Renda e Economia Solidária, Amarantino de Jesus Oliveira, o Tino Sampaio.

 

Prefeito visita Centro de Qualificação Profissional

Prefeito Antonio Meira esteve, nesta quinta-feira (14/04), na unidade do Jardim Santa Clara do Lago que oferece três novos cursos: auxiliar de Recursos Humanos, auxiliar em Logística e Inglês

Para conferir de perto os novos cursos oferecidos neste ano pelos quatro CQPs (Centros de Qualificação Profissional) de Hortolândia, o prefeito Antonio Meira visitou, nesta quinta-feira (14/04), a unidade I. Localizado na rua Estados Unidos, 217, Jardim Santa Clara do Lago II, o CQP I oferece também, a partir de agora, os cursos de auxiliar de Recursos Humanos (RH), auxiliar em Logística e Inglês.

Ao relembrar seus tempos de estudante do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), o prefeito destacou a importância da qualificação profissional na vida dos jovens. “É importante investir na motivação do jovem para que ele estude e busque o mercado de trabalho”, disse, salientando ainda que a Administração procura integrar a capacitação do munícipe com a da cidade.

Durante a visita, os alunos do CQP I convidaram o prefeito para participar de um pequeno sarau, no qual cantaram três músicas para ele. No final, o prefeito tirou uma selfie com os estudantes.

Para a coordenadora do CQP I, Roseli Sena, a visita do prefeito ajudou a aproximar os estudantes da realidade do município. “Essa aproximação serve como um incentivo para que os jovens trabalhem e busquem contribuir com o desenvolvimento da cidade”, observou.