Menu


Prefeito de Hortolândia cobra do Estado recursos para a saúde e mobilidade urbana

O prefeito de Hortolândia, José Nazareno Zezé Gomes, participou nesta quinta-feira (09/09) de reunião com o secretário da Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, Cauê Macris, onde cobrou recursos para a saúde e para a mobilidade urbana. O encontro aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, e contou com a presença do deputado estadual Rafa Zimbaldi e do secretário municipal de Governo Carlos Augusto César, o Cafú.

De acordo com o prefeito hortolandense, a reunião intermediada pelo deputado teve por objetivo estreitar relações com o Governo João Doria e viabilizar recursos para ser implementados no Hospital e Maternidade Municipal “Governador Mário Covas”, que vem passando por reforma e que em breve contará com uma sala de tomografia computadorizada. “Estreitar relações com o Governo do Estado é fundamental e com a presença do deputado Rafa Zimbaldi, conversamos com o secretário da Casa Civil, Cauê Macris, onde externamos as nossas necessidades. Na saúde, estamos conduzindo a reforma do Hospital. Há cerca de dois meses entregamos o Pronto Socorro, uma ala totalmente reformada e preparada para receber a nossa comunidade, e estamos avançando nos trabalhos. Em breve entregaremos a sala de tomografia computadorizada, que sem dúvida será um importante marco para a saúde pública municipal de Hortolândia. Nossa meta é continuar avançando nessas melhorias no hospital e, para isso, é fundamental uma parceria com o Governo do Estado”, destacou Zezé.

Outra importante demanda apontada pelo prefeito diz respeito à mobilidade urbana. Um dos pleitos mais aguardados é a confirmação da construção do viaduto que ligará o Jardim Nova Europa, em Hortolândia, ao Jardim Bandeirantes, em Sumaré, criando acesso à rodovia Anhanguera. Essa obra vem sendo discutida pelos municípios junto ao Governo Paulista há mais de 15 anos e, que agora, deve se tornar realidade. “A construção do viaduto do Nova Europa é um sonho antigo, não só da comunidade, como das empresas que estão localizadas na região do Nova Europa, e da própria Prefeitura. Sabemos que esse viaduto terá uma grande capacidade de potencializar o desenvolvimento desta região. Digo isso porque o nosso super viário, que está em construção, ligará a Vila Real até a avenida Panaíno. Faremos a duplicação do trecho da avenida Sabina Baptista de Camargo, via que faz ligação a região do Nova Europa. Portanto, toda essa área terá um grande potencial de desenvolvimento, atraindo investimentos, novos empreendimentos, emprego e renda. A cidade como um todo ganha muito”, justificou o prefeito.

A terceira demanda apresentada por Hortolândia foi o projeto de construção de uma alça de acesso da rodovia dos Bandeirantes à rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), sentido ao Jardim Amanda/Monte Mor. “Essa alça, além de garantir uma nova via de mobilidade urbana, encurtando o acesso da Bandeirantes ao Jardim Amanda, a sua construção impactaria diretamente na diminuição de veículos no trevo de acesso a avenida da Emancipação. A sua construção seria muito benéfica e vem ao encontro do nosso projeto de Cidade do Futuro”, finalizou o prefeito hortolandense.

Hortolândia divulga plano de vacinação contra a COVID-19 do governo do Estado

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia divulga o plano de imunização contra a COVID-19 do governo do Estado. De acordo com o plano, a primeira fase da vacinação começará no dia 25 de janeiro de 2021 e irá até 28 de março de 2021. Na primeira fase, a previsão é imunizar cerca de 9 milhões de pessoas, das quais 1,5 milhão de trabalhadores da Saúde, indígenas e quilombolas e 7,5 milhões pessoas com idade de 60 anos ou mais. A imunização será feita com a CoronaVac.

Cada pessoa dos públicos-alvos receberá duas doses da vacina. A imunização começará no dia 25 de janeiro de 2021 para os cerca de 1,5 milhão de trabalhadores da Saúde, indígenas e quilombolas. A segunda dose para estes públicos está programada para ser aplicada no dia 15 de fevereiro. 

Já a imunização para o público com idade de 60 anos ou mais está prevista para começar no dia 8 de fevereiro de 2021. Inicialmente serão imunizados pessoas com 75 anos ou mais. A data para estas pessoas receberem a segunda dose será no dia 1º de março.

Pessoas com idade entre 70 a 74 anos começarão a ser imunizadas no dia 15 de fevereiro. A segunda dose está prevista para o dia 8 de março.

No dia 22 de fevereiro de 2021, começará a vacinação para pessoas com idade entre 70 a 74 anos. Este público receberá a segunda dose no dia 8 de março.

Já as pessoas com idade entre 65 a 69 anos começarão a ser imunizadas no dia 22 de fevereiro de 2021. A aplicação da segunda dose para estas pessoas está prevista para o dia 15 de março. 

O público da faixa etária de 60 a 64 anos começará a ser imunizado no dia 1º de março. A segunda dose está prevista para o dia 22 de março.

A Prefeitura de Hortolândia salienta que ainda aguarda mais orientações e instruções do governo do Estado sobre o plano de imunização contra a COVID-19.

Assinar este feed RSS