Menu


CCMI do Remanso Campineiro promove apresentação musical em homenagem ao mês do idoso

CCMI do Remanso Campineiro promove apresentação musical em homenagem ao mês do idoso

Na próxima semana, entre os dias 29 e 30 de setembro, haverá a 7ª Gincana da Melhor Idade, fechando as programações

O CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro realizou nesta quinta-feira (22/09) mais uma atividade alusiva ao mês dos idosos. Dessa vez, o palco do salão social recebeu apresentação musical com a dupla Camilla e Ludmilla. As garotas, acompanhadas pela orquestra de viola, sob regência do músico Tim Mendes, agitaram a tarde com muita música sertaneja.


A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia, Maria dos Anjos, esteve presente prestigiando a atividade. “Os idosos da nossa cidade estão de parabéns. Depois de muito tempo com as atividades suspensas por conta da pandemia, hoje é possível voltar a ver o sorriso no olhar de cada um. Aos poucos o trabalho vem sendo retomado, com toda a segurança e apenas para idosos que receberam as duas doses de vacina”, afirmou a presidente.


De acordo com a coordenadora do CCMI do Remanso Campineiro, Fernanda Fadiga, o número de participantes ficou limitado a 70 idosos, justamente para garantir mais segurança e cumprimento das regras sanitárias. “A pandemia ainda não acabou, por isso estamos sendo rígidos e segundo as orientações dos protocolos sanitários vigentes. Por isso, tivemos que limitar o número de pessoas presentes e quem pode estar lá, se divertiu muito. Sem dúvida, mais uma vez, o objetivo foi alcançado e, aos poucos, vamos retomando com todas as nossas atividades”, declarou Fernanda.
Na semana passada, o CCMI do Remanso Campineiro realizou uma atividade no Parque Socioambiental “Chico Mendes”, com a distribuição de sementes e realização de atividades esportivas e de saúde.


Para fechar o mês do idoso com chave de ouro, na próxima semana, dias 29 e 30 de setembro, acontece a 7ª Gincana da Melhor Idade. “Sem dúvida será um momento muito especial para todos nós, mesmo de forma reduzida, poder voltar a realizar a gincana. Os idosos estão ansiosos e sem dúvida será uma atividade que vai marcar esse nosso retorno após mais de um ano de inatividade”, finalizou Fernanda.

voltar ao topo