Menu


Ainda é possível doar livros para o Hortolendo 2019

Ainda é possível doar livros para o Hortolendo 2019

Confira os dois pontos onde a Prefeitura arrecada obras literárias para uso em atividades de incentivo à leitura pela cidade

 

A campanha de coleta de livros que integrarão ações do Hortolendo 2019, promovida pela Prefeitura, continua a todo vapor. Criado em 2011, o programa que mobiliza a cidade em torno do incentivo à leitura já é tradição em Hortolândia. Interessados em participar da mobilização podem doar qualquer tipo de obra literária, nova ou usada, desde que em bom estado de conservação, sem restrição de título ou área.

Há dois pontos de arrecadação: o Paço Municipal Palácio das Águas (entrada principal) e o CFPE (Centro de Formação dos Profissionais em Educação) “Paulo Freire”, ambos no Remanso Campineiro. Os dois órgãos públicos abrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O Paço está localizado na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, e o CFPE na Rua Euclides Pires de Assis, 205.

A campanha de arrecadação é uma iniciativa do Departamento de Educação Integral da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. Em caso de dúvida, basta ligar para 3897-8400, ramal 8429, e falar com a gerente de Educação Integral, Daniela Gagliardi.

Após triagem, as obras serão disponibilizados à comunidade em “geladeiras literárias”, especialmente decoradas para funcionar como porta-livros coloridos. Durante o Projeto Férias no Parque deste ano, na semana de 15 a 19/07, uma delas foi disponibilizada na Casinha Sustentável do Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, no Jd. Nossa Senhora de Fátima.

A ideia é que os refrigeradores fiquem em espaços públicos, como a praça defronte ao CFPE  “Paulo Freire” e em frente ao Paço Municipal. O objetivo é que as obras literárias ali colocadas circulem entre a população e conquistem novos leitores. As unidades já prontas foram grafitadas pelo artista Kauan Santana e customizadas com tinta acrílica spray pela coordenadora pedagógica e musicista Selma Epifania.

Segundo o Departamento de Educação Integral, a proposta é difundir a cultura da leitura em Hortolândia e estimular a troca e doação de livros, criando uma cidade leitora.

Hortolendo 2019

O Hortolendo 2019 tem como tema “Leitura em Movimento” e trará uma série de ações e projetos de incentivo à leitura e à contação de histórias. Uma das propostas é implantar salas de leitura sustentáveis nas escolas municipais.Atualmente, duas escolas municipais já contam com salas sustentáveis: as Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) Jd. Nova Europa e Cláudio Roberto Marques, no Jd. Santana. Ainda de acordo com a secretária Sandra Fagundes Freire, a ideia é ampliar o projeto para outras unidades da rede. 

 

voltar ao topo