Menu


Prefeitura realiza panfletaço de conscientização contra o descarte irregular de esgoto em 4 bairros

O trabalho de conscientização para a população descartar corretamente o esgoto doméstico segue em realização por equipes da Prefeitura de Hortolândia. Nesta quinta-feira (27/02), foram distribuídos panfletos informativos, que explicam a importância do descarte regular dos dejetos e pedem a ligação correta do imóvel à rede de esgoto, em ruas do Jardim Amanda, Jardim Adelaide, Jardim São Sebastião e Jardim Nossa Senhora Auxiliadora. Agentes entregaram, casa a casa, o informativo. 

Junto com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a meta da Prefeitura é para o município atingir 100% de coleta e tratamento de esgoto. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho continua nos próximos dias. Além da entrega dos informativos, a Prefeitura também realiza o trabalho de fiscalização para identificar ligações irregulares de esgoto, diariamente, em diversos bairros de Hortolândia. 

SERVIÇOS

No Jardim Adelaide, equipes da Administração e da Sabesp realizam serviços de manutenção na rede de águas pluviais. O objetivo é evitar infiltrações, entupimentos e o surgimento de ligações clandestinas. 

SANEAMENTO BÁSICO É MAIS SAÚDE

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o descarte irregular do esgoto doméstico, além de ser prejudicial à saúde, prejudica o meio ambiente, atingindo rios, ribeirões, nascentes e mananciais da cidade. Após o encerramento do prazo para regularização do esgoto, os moradores que não realizarem o procedimento serão multados no valor de 50 a 3.000 UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia), ou seja, de R$171,60 à R$10.296,00.

PIC

Os trabalhos de saneamento básico em Hortolândia fazem parte das atividades da Administração para a cidade chegar a 100% da coleta e tratamento de esgoto, uma das prioridades do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

Mesmo com chuva, lagoa do Jd. Santa Clara do Lago recebe serviços de limpeza e poda do mato

Equipes da Prefeitura de Hortolândia realizaram a poda do mato e a limpeza no entorno da lagoa do Jardim Santa Clara, nesta quarta-feira (26/02). A intensificação dos serviços nesta área de lazer é uma das ações para manter o local limpo e evitar proliferação de doenças como a dengue e o abrigo de animais peçonhentos. O mutirão, que também aconteceu durante o feriado de Carnaval, continua nos próximos dias em diferentes pontos da cidade.

O mesmo trabalho é realizado no entorno e no espelho d'água da lagoa do Jardim Amanda. A poda do mato e a limpeza também foram intensificadas nesta quarta-feira em ruas, avenidas e áreas verdes da região Central, Jardim Santa Emília e Parque Perón. Além disso, a Praça da Penha, que está com obras de revitalização, recebeu o serviço.

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho é feito com maior intensidade nesta época do ano, já que com as constantes chuvas, o mato cresce em um ritmo mais acelerado. Também é comum o descarte irregular de lixo e entulho nessas áreas, servindo como foco para o mosquito transmissor da dengue, além de abrigar animais peçonhentos.

CUIDADO COM A DENGUE

Além da limpeza e da poda do mato realizadas pela Prefeitura em todos os bairros da cidade, a população deve ficar atenta a objetos que possam acumular água e servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika. Garrafas, baldes e outros recipientes precisam ficar protegidos da água da chuva.

COLABORAÇÃO

A Prefeitura pede a colaboração para a população não descartar irregularmente lixo, entulho e resíduos. A ação é crime ambiental sujeito a multa. Atualmente, os valores variam de R$ 340 a R$ 34.000. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Jd. Adelaide recebe orientação sobre importância da regularização da rede de esgoto

A Prefeitura de Hortolândia iniciou no Jardim Adelaide o trabalho de conscientização sobre a importância da regularização da rede de esgoto. Agentes entregam, casa a casa, um informativo explicando a importância de regularizar o serviço e pedir a ligação correta do imóvel à rede de esgoto. Junto com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a Prefeitura continua o trabalho para o município atingir 100% de coleta e tratamento de esgoto. 

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, após reunião realizada com uma comissão de moradores do Jardim Adelaide, na semana passada, foram solicitados serviços para evitar o mau cheiro causado por ligações irregulares de esgoto no bairro. A Prefeitura também realiza o trabalho de fiscalização para identificar ligações irregulares de esgoto no bairro 

FISCALIZAÇÃO

Além das reuniões e da panfletagem, diariamente, equipes da Prefeitura realizam a fiscalização em diferentes regiões da cidade. Além do Jardim Adelaide, o trabalho também é realizado no Jardim do Bosque e Jardim São Miguel.

SERVIÇOS

No Jardim São Sebastião, equipes da Administração e da Sabesp realizam serviços de manutenção na rede de águas pluviais. O objetivo é evitar infiltrações, entupimentos e o surgimento de ligações clandestinas. 

DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o descarte irregular do esgoto doméstico, além de ser prejudicial à saúde, prejudica o meio ambiente, atingindo rios, ribeirões, nascentes e mananciais da cidade. Após o encerramento do prazo, os moradores que não realizarem o procedimento serão multados no valor de 50 a 3.000 UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia), ou seja, de R$171,60 à R$10.296,00.

PIC

Os trabalhos de saneamento básico em Hortolândia fazem parte das atividades da Administração para a cidade chegar a 100% da coleta e tratamento de esgoto, uma das prioridades do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

 

Jd. Terras de Santa Maria recebe mutirão de limpeza e poda do mato

Equipes da Prefeitura de Hortolândia realizaram, nesta sexta-feira (14/02), um mutirão de limpeza e poda do mato em ruas, avenidas, áreas verdes e espaços públicos, no Jardim Terras de Santa Maria. O trabalho continuará na próxima semana. Desde a segunda-feira (10/02), aproximadamente 13 bairros receberam o serviço.

Jardim Santa Emília, Jardim Novo Cambuí, Taquara Branca, região Central, Jardim Campos Verdes, Jardim Alvorada, Chácaras Coelho, Jardim Malta, Jardim Nossa Senhora de Fátima, Jardim Novo Ângulo, Jardim Amanda, Remanso Campineiro e Jardim Everest receberam os serviços da Administração.  

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho é feito com maior intensidade nesta época do ano, já que com as constantes chuvas, o mato cresce em um ritmo mais acelerado. Também é comum o descarte irregular de lixo e entulho nessas áreas, servindo como foco para o mosquito transmissor da dengue, além de abrigar  animais peçonhentos.

CUIDADO COM A DENGUE

Além da limpeza e da poda do mato realizadas pela Prefeitura em todos os bairros da cidade, a população deve ficar atenta à objetos que possam acumular água e servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika. Garrafas, baldes e outros recipientes precisam ficar protegidos da água da chuva.

Neste sábado (15/02), haverá mutirão no Jardim São Miguel, Parque Gabriel e Jardim Santo André com eliminação de criadouros. Entre as dicas da UVZ para evitar criadouros do Aedes aegypti estão: proteger ralos com tela; remover folhas das calhas; vedar caixas d’água; proteger da chuva objetos que acumulam água; limpar o compartimento de degelo das geladeiras; guardar brinquedos em local coberto; trocar a água e limpar a vasilhas dos animais; entre outras orientações.

COLABORAÇÃO

A Prefeitura pede a colaboração para a população não descartar irregularmente lixo, entulho e resíduos. A ação é crime ambiental sujeito a multa. Atualmente, os valores variam de R$ 340 a R$ 34.000. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

 

Prefeitura continua limpeza do espelho d'água da lagoa do Jd. Amanda

A Prefeitura intensifica a limpeza do espelho d'água da lagoa do Jardim Amanda, localizada próxima à rua Duque de Caxias. O trabalho tem o objetivo de remover sujeira e material orgânico da lagoa, permitindo maior fluidez da água e evitando acúmulo de resíduos que possam causar enchentes, uma vez que, no verão, as chuvas têm grandes volumes. Só neste mês, a Defesa Civil registrou 150 milímetros de chuva na cidade. O trabalho continuará pelos próximos dias.

"Continuaremos a remoção de todo o material do espelho d'água, permitindo o maior fluxo da água. O trabalho faz parte da revitalização da área. Pedimos a colaboração da população para manter o local limpo e não descartar lixo, entulho e esgoto na água", observa o secretário de Serviços Urbanos, Francisco Raimundo da Silva.

REVITALIZAÇÃO DE TODO O ESPAÇO

A limpeza faz parte das ações realizadas pela Administração na principal área de lazer do bairro, desde o segundo semestre do ano passado. As melhorias começaram com a retirada das plantas aguapés, que cresceram no local devido ao descarte irregular de esgoto doméstico no espelho d´água. Equipes da Prefeitura intensificaram a fiscalização contra este tipo de crime ambiental e, de acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, aproximadamente mil residências com pontos de descartes irregulares foram notificadas.

A área também recebeu um novo sistema de iluminação. A Prefeitura entregou para a população, no final de 2019, um espaço melhor iluminado, com mais segurança para a população aproveitar, mesmo à noite. Ao todo, são 28 postes decorativos com quatro metros de altura, 54 postes de 12 metros de altura, 24 projetores nas quadras, e 34 projetores de piso. Além disso, foram instalados banquinhos e mesinhas de madeira para o descanso e a poda do mato é realizada periodicamente no espaço.

COLABORAÇÃO

O descarte irregular de lixo, entulho e resíduos é crime ambiental sujeito a multa, em Hortolândia. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do seu smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo. 

 

Assinar este feed RSS