Menu


Operação da Guarda Municipal reduz casos de aglomeração de pessoas e perturbação do sossego em Hortolândia

Para evitar aglomeração de pessoas e perturbação de sossego, em Hortolândia, equipes da Guarda Municipal e da fiscalização da Prefeitura, com apoio da Polícia Militar do Estado de São Paulo, realizaram, de sexta-feira a domingo (26 a 28/06), a "Operação Saturação", em diversos pontos da cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança, foram montadas "operações-surpresa" e comércios foram fiscalizados. Com o apoio da PM, houve também autuações de trânsito e remoções de veículos que descumpriam o Código Brasileiro de Trânsito.

"Com esta operação, evitamos, neste final de semana, ‘fluxos’ e bailes irregulares que acontecem em espaços públicos do município. Foram registradas 62 ocorrências ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas, nestes três dias. No final de semana, passado foram 77 registros deste tipo", explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinte.

Segundo a Secretaria de Segurança, a Guarda Municipal atendeu, desde janeiro deste ano, 1.612 chamadas ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas. Os maiores números de denúncias e ocorrências aconteceram durante os meses de pandemia do Coronavírus.

"Todas essas ações em conjunto resultaram na tranquilidade em toda a cidade, neste final de semana. Continuaremos efetuando operações deste tipo mais vezes e em diferentes pontos da cidade para evitar aglomerações de pessoas, contravenções e perturbação do sossego público", afirma Michele.

Como denunciar

O munícipe que flagrar essa situação pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Guarda Municipal prepara operações para evitar "fluxos" e perturbação do sossego

Com a aproximação de mais um final de semana, a Guarda Municipal, força de segurança da Prefeitura de Hortolândia, estará atenta para evitar aglomerações de pessoas e perturbação de sossego em diversas regiões da cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança, serão montadas "operações-surpresa", em diversos pontos da cidade, da noite de sexta-feira até o domingo (26 a 28/06) com o objetivo de evitar este tipo de ação, além de coibir os "fluxos", bailes irregulares que acontecem em espaços públicos do município.

"O crescente número de registros de casos de aglomeração de pessoas e perturbação de sossego estão acontecendo, principalmente, aos finais de semana, em espaços públicos e privados. A central da Guarda Municipal recebe muitas denúncias. Algumas pessoas estão colocando em risco suas vidas e a vida do próximo. Portanto, trabalharemos, ainda mais, para evitar esta situação, proteger as pessoas e barrar o recorde de ocorrências que crescem a cada final de semana", explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinte.

Recordes de denúncias e aumento dos números

Segundo a Secretaria de Segurança, no final de semana passado, foi registrado mais um novo recorde de denúncias de casos de perturbação de sossego e aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados. De sexta-feira a domingo (19 a 21/06), a Guarda Municipal atendeu 77 ocorrências ligadas a este tipo de crime na cidade.  Desde janeiro deste ano, a Guarda Municipal já registrou aproximadamente 1.500 chamadas ligadas a este tipo de delito.

"As reuniões clandestinas acontecem em diferentes espaços públicos, parques, praças e chácaras por toda a cidade. A situação é preocupante. Necessitamos da colaboração das pessoas", explica Michele.

Como denunciar

O munícipe que flagrar essa situação pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Bud é o nome do "showdog" da Guarda Municipal

O novo amigo dos hortolandenses já tem nome próprio: Bud. O nome foi escolhido por 86 dos aproximadamente 300 votos registrados no "Cãocurso" realizado no instagram da Prefeitura de Hortolândia. O cãozinho da raça border collier agora integra o "time" da GM (Guarda Municipal), ao lado do pastor-belga Malinois Sheik.

De acordo com a Secretaria de Segurança, Bud atuará mais como "showdog" em diversas apresentações que levarão entretenimento à população e farão a alegria da criançada. Já Sheik é um "cão-farejador" e ajudará no combate à criminalidade, principalmente ao tráfico de drogas.

Os cães foram doados à Prefeitura e integram o recém-criado canil da GM (Guarda Municipal), localizado na sede da corporação, na avenida da Emancipação, próximo à indústria farmacêutica EMS. Segundo a Secretaria de Segurança, um curso de adestramento foi realizado por  dois agentes, que são os responsáveis pela condução dos animais durante as ações. A corporação nunca havia possuído um canil antes.

"Agora, a cidade possui novos ‘amigos’ para o combate ao crime, principalmente o tráfico de drogas. Estamos felizes por contar com nossos novos companheiros. A atitude, pioneira para Hortolândia, levará proteção à população e aos próprios agentes, além do entretenimento em diversas ações que podem ser realizadas com o ‘showdog’", explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette.

Prefeitura investe em segurança para a cidade

Além da criação do canil, para contribuir com a queda dos índices de criminalidade, a Prefeitura de Hortolândia implantou e colocou em funcionamento, as câmeras do tipo OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) nas entradas e saídas da cidade. As OCRs identificam rapidamente veículos furtados e roubados, utilizando imagens em tempo real e sistema de georreferenciamento. Os casos são informados às autoridades policiais, que conseguem atuar com mais rapidez na resolução dos problemas.

Outra ação que amplia a segurança, já em andamento, é a implantação de lâmpadas de LED em vias e áreas públicas. As luminárias garantem mais luminosidade e geram economia com energia.

O munícipe que necessitar dos serviços da Guarda Municipal pode solicitar e realizar denúncias, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

População poderá escolher o nome de um dos cães que integrará o canil da Guarda Municipal

Hortolândia agora tem dois novos “protetores”: Sheik, um pastor-belga Malinois, que ajudará no combate à criminalidade, e um border collier, ainda sem nome, que divertirá a criançada, com um festival de acrobacias, movimentos e muita fofura. Os cães, doados à Prefeitura, integram o recém-criado canil da GM (Guarda Municipal), localizado na sede da corporação, na avenida da Emancipação, próximo à indústria farmacêutica EMS.

Para escolher o nome do border collier, a Prefeitura lançou, nas redes sociais, um "Cãocurso", já em andamento no Instagram oficial da Administração Municipal. Para participar, basta acessar https://www.instagram.com/prefeitura.hortolandia/ e escolher o nome do "showdog".

"É muito importante a aquisição deste canil para Hortolândia. A cidade possui um novo ‘amigo’ para o combate ao crime, principalmente o tráfico de drogas. O Sheik nos ajudará nesta missão. Já o border collier fará shows e eventos que divertirão a todos. Estamos felizes por contar com nossos novos companheiros", explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette.

Os cachorros foram doados à Guarda Municipal, que providenciará um curso de adestramento para dois agentes. Eles serão os responsáveis pela condução dos animais durante as ações. A corporação nunca havia possuído um canil antes. De acordo com a Secretaria de Segurança, a atitude, pioneira para Hortolândia, levará proteção à população e aos próprios agentes, além do entretenimento em diversas ações que podem ser realizadas com o "showdog".

"Esperamos que a população participe da escolha do nome de nosso novo ‘amigo’. Contamos com a votação de todos", convida Michele.

Prefeitura investe em segurança para a cidade

Além da criação do canil, para contribuir com a queda dos índices de criminalidade, a Prefeitura de Hortolândia implantou e colocou em funcionamento, as câmeras do tipo OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) nas entradas e saídas da cidade. As OCRs identificam rapidamente veículos furtados e roubados, utilizando imagens em tempo real e sistema de georreferenciamento. Os casos são informados às autoridades policiais, que conseguem atuar com mais rapidez na resolução dos problemas. Outra ação que amplia a segurança, já em andamento, é a implantação de lâmpadas de LED em vias e áreas públicas. As luminárias garantem mais luminosidade e geram economia com energia.

O munícipe que necessitar dos serviços da Guarda Municipal pode solicitar e realizar denúncias, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Para evitar aglomerações em Hortolândia, Prefeitura reforça fiscalização e orientação a comerciantes

Durante o feriado de comemoração  dos 29 anos de emancipação política de Hortolândia, ocorrido nesta terça-feira (19/05), mais uma vez, chamou atenção da GM (Guarda Municipal), força de segurança da Prefeitura, o alto número de denúncias de casos de perturbação do sossego e aglomeração de pessoas, em espaços públicos e particulares da cidade. De sexta a terça-feira (15 a 19/05), houve 69 chamadas de ocorrências deste tipo, mesmo com a ação intensiva da fiscalização para manter a população em segurança e evitar a disseminação do Coronavírus na cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança, de janeiro a maio deste ano, guarnições da GM já atenderam 1.062 chamadas ligadas a estas situações.

O total de ocorrências deste tipo, neste "feriadão", só foi menor que no final de semana do Dia das Mães, quando, entre a sexta-feira e o domingo (08 a 10/05), os agentes atenderam 74 ocorrências relacionadas ao problema.  No primeiro final de semana deste mês, foram 49 ocorrências de perturbação de sossego e aglomerações.

“Mesmo com a pandemia aumentando cada vez mais o número de vítimas, estes números só têm aumentado. Pedimos a colaboração da população para evitar esta ação. É importante que todos respeitem nosso pedido para preservar a própria saúde, a saúde do próximo e de suas famílias. Além disso, a população que se sentir incomodada pode acionar a corporação para denunciar perturbação de sossego 24 horas por dia", observa a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette.

Desrespeito ao Decreto Municipal pode levar à delegacia

Segundo a Secretaria de Segurança, além de violar um decreto municipal, aglomerar-se é uma ação perigosa, durante a pandemia do Coronavírus, já que as pessoas podem transmitir a doença. O munícipe que flagrar essa situação pode  denunciar os infratores, que podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

Orientação a comerciantes

Durante o final de semana prolongado, as equipes da Prefeitura também realizaram, todos os dias,  a Operação de Orientação sobre o Coronavírus nos comércios e nas áreas públicas da cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança, até a noite desta terça-feira (19/05), aproximadamente 2.516 estabelecimentos comerciais haviam sido orientados e fiscalizados durante a pandemia. O trabalho orientativo, para conter a disseminação do vírus, é realizado em todas as regiões de Hortolândia por uma força tarefa formada pela Guarda Municipal, pelo Setor de Fiscalização e pela Vigilância Sanitária.

A operação tem-se intensificado, a cada dia. Equipes da Administração Municipal percorrem a cidade, de domingo a domingo, das 9h às 22h, desde 21 de março. O objetivo é garantir o cumprimento do decreto 4.383, de 21/03/2020, que proíbe temporariamente o funcionamento presencial em estabelecimentos comerciais não essenciais para preservar a saúde da população. 

Quem desobedecer o decreto será multado

O comerciante que descumprir a medida estará sujeito a autuação, multa e interdição por parte do Poder Público. Até o momento, 159 estabelecimentos comerciais foram penalizados por descumprirem o decreto. Para quem não seguir as orientações de funcionamento, o valor da multa aplicada varia entre 10 e 10 mil UFESP (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo). Cada UFESP custa R$ 27,10 e os valores das multas podem ser de R$ 276,10 até 27.610,00, dependendo da reincidência. Também é elaborado um boletim de ocorrência para o proprietário do local que descumpre o decreto.

A Operação de Orientação sobre o Coronavírus é realizada com o apoio de um carro de som, que passa mensagens informativas. Em caso de desobediência ao decreto municipal, além da multa, a ação poderá ser considerada crime e os envolvidos, encaminhados para a delegacia e responder pelos atos.

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus

 

 

Para evitar aglomerações, Guarda Municipal orienta população e fiscaliza estabelecimentos comerciais não-essenciais

A Guarda Municipal, força de segurança da Prefeitura de Hortolândia, intensificou o patrulhamento em toda a cidade. Além dos serviços de rotina, agora, os agentes de segurança trabalham para o cumprimento dos decretos 4.383, de 21/03/2020, e 4.374, de 17/03/2020, da Administração Municipal, que visam conter a disseminação do Coronavírus (COVID-19). O primeiro proíbe o funcionamento presencial de comércios não-essenciais no município, temporariamente, enquanto o segundo busca evitar a aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados.

Em conjunto com a Secretaria de Mobilidade, o setor de fiscalização da Prefeitura e a Vigilância Sanitária, a corporação realiza, diariamente, a Operação de Orientação sobre o Coronavírus em áreas comerciais. A ação, iniciada no final de semana passado, já determinou o fechamento de mais de 200 comércios não-essenciais que funcionavam, contrariando a determinação do Poder Público e colocando a saúde da população em risco. Com o apoio de um carro de som, que passa mensagens informativas, o trabalho foi realizado entre a tarde e a noite desta segunda-feira (23/03), no Jardim Amanda.

Espaços esportivos

A Prefeitura de Hortolândia também recomenda que não seja realizado o uso de quadras poliesportivas, salão de festas e de jogos, brinquedotecas, salas de cinema, campos de futebol, parquinhos, piscinas, academias, áreas de lazer e outros espaços de uso comum de condomínios e loteamentos fechados. A Guarda Municipal de Hortolândia recebe denúncias por telefone (veja abaixo), sendo possível o envio de viaturas para orientação em caso de descumprimento da ordem. 

"Os guardas municipais de Hortolândia orientam a população e recebem denúncias, além de realizarem flagrantes com a situação de aglomeração de pessoas. Em caso de desobediência ao decreto municipal, a ação poderá ser considerada crime e os envolvidos encaminhados para a delegacia e responder pelos atos. É necessária a compreensão de todos para zelarmos pela saúde da população", explica o secretário de Segurança, Joldemar Nunes Correa.

Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas podem ser realizadas à coporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

Confira abaixo os telefones disponíveis para informações e dúvidas sobre o Coronavírus:

(19) 99976-2434

(19) 99929-8987

(19) 97171-5369

(19) 99976-2498

(19) 99976-2276

(19) 99920-3204

 

 

Assinar este feed RSS