Menu


Sábado (15/02) é Dia D da campanha de vacinação contra Sarampo

  • Publicado em Saúde

Neste sábado (15/02), nove UBSs (Unidades Básicas de saúde) da cidade estarão abertas, das 8h às 17h, para a realização do Dia D da Campanha de Vacinação contra o Sarampo. A lista das UBSs pode ser conferida abaixo. O público alvo da campanha, que vai até o dia 13 de março, são pessoas de 6 meses até 60 anos. A vacina também está disponível, de segunda à sexta-feira, em todas as unidades básicas de saúde.

Para garantir a proteção, basta ir à unidade de saúde mais próxima de casa, durante a semana, ou em uma das UBSs abertas neste sábado, e levar a carteira de vacinação. A campanha será seletiva e os profissionais das salas de vacina avaliarão a necessidade de imunização de cada paciente, de acordo com o histórico de vacinas anotadas.

As unidades de saúde abertas neste sábado para o Dia D da Campanha também terão profissionais à disposição da comunidade para realizar coleta de Citologia Oncótica, exame para detecção de câncer de colo de útero, também conhecido como “papanicolau”. Além disso, beneficiários do Bolsa Família que precisam fazer a pesagem semestral, também poderão aproveitar a oportunidade e realizar o acompanhamento de peso com as equipes das UBSs.

Orientações

De acordo com a Secretaria de Saúde de Hortolândia, as crianças devem ter duas doses da vacina contra Sarampo e um reforço, conforme o Calendário Obrigatório. Já os adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina anotadas na Carteira e Vacinação. Qualquer pessoa com idade até 59 anos que não se vacinaram contra o Sarampo, ou não se lembram se já foram imunizadas alguma vez, podem procurar a UBS mais próxima de casa para que a equipe da sala de vacina avalie a necessidade da proteção.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto de 2019, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, dois casos da doença são investigados na cidade.

UBSs que abrirão no Dia D (15/02):

•UBS Nova Hortolândia

•UBS Amanda I

•UBS Amanda II

•UBS Rosolem

•UBS Novo Angulo

•UBS Santa Clara

•UBS Figueiras

•UBS Pq. do Horto

•UBS São Jorge

Hortolândia fará campanha de vacinação contra Sarampo para crianças e jovens

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia realiza, a partir da próxima segunda-feira (10/02), a Campanha de Vacinação contra Sarampo. O público alvo da ação são crianças e jovens com idade entre 5 e 19 anos. Além da mobilização nacional para prevenção do Sarampo, durante a campanha as unidades de saúde do município farão atualização de outras vacinas, de acordo com cada faixa etária. A ação vai até o dia 13 de março.

Todas as UBSs (Unidades Básicas de saúde) da cidade integram a campanha, com salas de vacina abertas de segunda à sexta-feira. Para garantir a proteção, basta ir à unidade de saúde mais próxima de casa e levar a carteira de vacinação. A campanha será seletiva e os profissionais das salas de vacina avaliarão a necessidade de imunização de cada paciente, de acordo com o histórico de vacinas anotadas.

Tradicionalmente, as campanhas de vacinação têm um Dia D de mobilização. No caso da campanha contra o sarampo, o Dia D será em 15 de fevereiro, com oito unidades de saúde abertas no sábado, das  8h às 17h, para ampliação da cobertura vacinal. Confira abaixo a lista das unidades participantes.

Orientações

De acordo com a Secretaria de Saúde de Hortolândia, as crianças devem ter duas doses da vacina contra Sarampo e um reforço, conforme o Calendário Obrigatório. Já os adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina anotadas na Carteira e Vacinação. Qualquer pessoa com idade até 59 anos que não se vacinaram contra o Sarampo, ou não se lembram se já foram imunizadas alguma vez, podem procurar a UBS mais próxima de casa para que a equipe da sala de vacina avalie a necessidade da proteção.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto de 2019, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, dois casos da doença são investigados na cidade.

UBSs que abrirão no Dia D (15/02):

•UBS Nova Hortolândia

•UBS Amanda

•UBS Rosolem

•UBS Novo Angulo

•UBS Santa Clara

•UBS Figueiras

•UBS Amanda 1

•UBS Pq. do Horto

Quem ainda não se vacinou contra o Sarampo, deve procurar a UBS mais próxima

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia informa que pessoas com idade até 59 anos que não se vacinaram contra o Sarampo, ou não se lembram se já foram imunizadas alguma vez, podem procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de casa para que a equipe da sala de vacina avalie a necessidade da proteção. De acordo com a Secretaria de Saúde, adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina anotadas na Carteira e Vacinação. Já as crianças, devem ter duas doses da vacina e um reforço, conforme o Calendário Obrigatório.

Em outubro, a Prefeitura realizou a 1ª etapa da Campanha, com a vacinação de 686 crianças com idade entre seis meses até quatro anos completos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Durante a campanha, 3.165 carteirinhas de vacinação foram avaliadas nas salas de vacina, sendo que as doses aplicadas representam 21,7% do público que compareceu às unidades de saúde. Conforme a Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal atual para as crianças é de 90%, sendo que a maioria desse público foi vacinado em bloqueios e campanhas anteriores.

Em novembro, as unidades de Saúde de Hortolândia realizaram 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo, para jovens e adultos, com idade entre 18 e 29 anos. Nesta etapa, 296 pessoas compareceram às UBSs, sendo que 113 precisaram tomar a dose extra, o que corresponde a 38%.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, Hortolândia registra 11 casos positivos da doença.

Vacinação contra Sarampo terá dia D, neste sábado (30/11)

  • Publicado em Saúde

Cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Hortolândia abrirão, neste sábado (30/11), das 8h às 17h, para o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo, válida nesta segunda etapa para jovens e adultos, com idade entre 18 e 29 anos. As UBSs são: Jd. Santa Clara, Jd. Amanda, Jd. Nova Hortolândia, Jd. Novo Ângulo e Jd. Rosolen. As demais unidades de saúde também oferecem a proteção contra o Sarampo, de segunda a sexta-feira. Nas unidades de saúde, os profissionais da sala de vacina avaliam a necessidade da dose de reforço contra a doença.

De acordo com a Secretaria de Saúde, adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina anotadas na Carteira e Vacinação. Mesmo quem tem as duas doses anotadas, precisa comparecer à UBS para checagem.

Em outubro, a Prefeitura realizou a 1ª etapa da Campanha, com a vacinação de 686 crianças com idade entre seis meses até quatro anos completos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Durante a campanha, 3.165 carteirinhas de vacinação foram avaliadas nas salas de vacina, sendo que as doses aplicadas representam 21,7% do público que compareceu às unidades de saúde. Conforme a Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal atual para as crianças é de 90%, sendo que a maioria desse público foi vacinado em bloqueios e campanhas anteriores.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, Hortolândia registra 11 casos positivos da doença.

Prefeitura convoca jovens e adultos para vacinação contra Sarampo

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia convoca jovens e adultos, com idade entre 18 e 29 anos, para procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de casa e participar da 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo. Nas unidades de saúde, os profissionais da sala de vacina avaliam a necessidade da dose de reforço contra a doença. De acordo com a Secretaria de Saúde, adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina anotadas na Carteira e Vacinação. Mesmo quem tem as duas doses anotadas, precisa comparecer à UBS para checagem.

Quem não puder ir às UBS, que ficam abertas de segunda à sexta-feira, poderá aproveitar Dia D de mobilização, em 30 de novembro, um sábado, data em que algumas unidades de saúde também estarão abertas. Desde que a campanha teve início, na terça-feira (19/11), 115 pessoas compareceram às UBSs, sendo que 52 precisaram tomar a dose extra, o que corresponde a 45,2%.

Em outubro, a Prefeitura realizou a 1ª etapa da Campanha, com a vacinação de 686 crianças com idade entre seis meses até quatro anos completos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Durante a campanha, 3.165 carteirinhas de vacinação foram avaliadas nas salas de vacina, sendo que as doses aplicadas representam 21,7% do público que compareceu às unidades de saúde. Conforme a Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal atual para as crianças é de 90%, sendo que a maioria desse público foi vacinado em bloqueios e campanhas anteriores.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, Hortolândia registra 11 casos positivos da doença.

Hortolândia vacinará jovens e adultos na 2ª etapa da Campanha de Vacinação contra Sarampo

  • Publicado em Saúde

A 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo, válida para jovens e adultos com idade entre 18 e 29 anos, inicia, em Hortolândia, na terça-feira (19/11). Pessoas que estão na faixa etária desta etapa da campanha devem ir à unidade de saúde mais próxima de casa para que os profissionais da sala de vacina avaliem a necessidade da dose de reforço. De acordo com a Secretaria de Saúde, adultos precisam ter, pelo menos, duas doses da vacina contra Sarampo. No entanto, a situação de cada pessoa será avaliada, a fim de que todos fiquem protegidos. O Dia D de mobilização desta nova etapa será em 30 de novembro, um sábado, data em que algumas unidades de saúde estarão abertas. Na cidade, o público alvo desta etapa da campanha é estimado em 38.923 pessoas.

Em outubro, a Prefeitura realizou a 1ª etapa da Campanha, com a vacinação de 686 crianças com idade entre seis meses até quatro anos completos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Durante a campanha, 3.165 carteirinhas de vacinação foram avaliadas nas salas de vacina, sendo que as doses aplicadas representam 21,7% do público que compareceu às unidades de saúde. Conforme a Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal atual para as crianças é de 90%, sendo que a maioria desse público foi vacinado em bloqueios e campanhas anteriores.

O Sarampo, que estava erradicado no Brasil, foi reintroduzido no território nacional. Desde agosto, as unidades de saúde de Hortolândia passaram a oferecer vacina contra Sarampo para crianças de seis a 11 meses de idade, por recomendação do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo ampliar a cobertura vacinal e oferecer proteção para as crianças menores de 12 meses,  contribuindo para o controle da doença. Na ação de reforço, a dose extra aplicada de seis a onze meses não terá validade como rotina: as crianças precisam ser vacinadas novamente aos 12 e 15 meses de idade. A Prefeitura também realiza ação de bloqueio após a notificação de suspeitas, mesmo antes da doença ser confirmada ou descartada, com vacinação das pessoas que tiveram contato com o paciente. Neste ano, Hortolândia registra 11 casos positivos da doença.

Assinar este feed RSS