Menu


Via na região do Corredor Metropolitano é fechada para continuidade das obras na região

A Prefeitura de Hortolândia realizou, na manhã desta quinta-feira (30/07), o fechamento do trânsito na rua Doutor Miguel Vieira Ferreira que, por tempo indeterminado, passa a ser "rua sem saída". O trecho com trânsito interrompido fica no cruzamento da via com as ruas Oracinda de Moraes Simões e 5, no bairro Chácaras Nova Boa Vista. O local está sinalizado para os motoristas. A medida é necessária em razão das obras no trajeto por onde passará o Corredor Metropolitano além da nova alça de acesso a cidade, complementar à esta obra.

"O fechamento desta via terá pouco impacto para o trânsito no local já que a rua Jair da Silva Guimarães (antiga estrada Campinas-Monte Mor) está liberada para o tráfego. É necessária atenção dos motoristas. Alertamos a quem circular pelo local que já foram instaladas placas para evitar possíveis enganos", explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcelos.

Corredor Metropolitano

O Corredor Metropolitano já está em fase final de implantação.  A obra chega às proximidades da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), no bairro Chácaras Nova Boa Vista, trecho onde a via expressa se unirá à alça de acesso em construção no km 5 da Rodovia. Os bairros da região do Parque Peron, como Chácaras Nova Boa Vista, Jardim Novo Ângulo e Jardim Nova América, serão a nova entrada da cidade.

Os veículos que chegarem a Hortolândia por este caminho poderão acessar a Ponte da Esperança (Estaiada), construída pela Prefeitura para integrar as regiões da cidade. No futuro, o Corredor Metropolitano integrará toda a região, por meio de um viário expresso, desde Americana, passando por Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, até Campinas.

PIC

A obra do Corredor Metropolitano faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Para estas intervenções, o município conta com recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal.

 

Isolamento social contribui para queda de acidentes de trânsito com vítimas

Hortolândia comemora, mais uma vez, a queda no número de acidentes de trânsito com vítimas na cidade. As ações para salvar vidas no trânsito, realizadas pela Prefeitura, mostraram resultados também no período de isolamento social causado pela pandemia do Coronavírus. De acordo com o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), no período de 24 de março a 30 de junho deste ano, foram registrados 13% menos acidentes em ruas, avenidas e rodovias que atravessam a cidade em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os dados do sistema do Governo Estadual apontam 130 acidentes com vítimas em 2019 contra 113 neste ano. Além disso, nas vias municipais, nos meses de abril e maio deste ano, não há registro de óbitos em acidentes de trânsito. No mês de junho, houve dois óbitos, totalizando duas mortes em acidentes de trânsito nestes três meses. No mesmo período, em 2018, a cidade somava 14 mortes em acidentes viários.

“O isolamento social, por conta do Coronavírus, contribuiu para a menor circulação dos veículos, mas a intensificação das ações de segurança viária da Administração Municipal também foram importantes para a queda neste número de acidentes com vítimas. Continuaremos o trabalho para melhorar, ainda mais, a segurança viária em Hortolândia", explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Cidade tem melhores números desde 2015

Também segundo o Infosiga, Hortolândia registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade. Em 2019, a cidade registrou 19 óbitos em acidentes viários, o menor número desde 2015, quando foram apontadas 25 mortes no trânsito da cidade.

Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação de radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito da cidade. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro do ano passado. Além disso, está em andamento um mutirão de Tapa-Buraco em toda a cidade.

Outra medida importante é a instalação de dois painéis eletrônicos com informações sobre o trânsito, nas entradas da cidade. O objetivo é informar ao motorista sobre o fluxo do trânsito no município, além de dar avisos necessários para a boa fluidez do tráfego, cuidados e bem-estar pessoal.

 

Hortolândia registra trânsito mais seguro na cidade desde 2015

As ações para salvar vidas no trânsito, realizadas pela Prefeitura de Hortolândia, contribuem para diminuir os acidentes com vítimas fatais nas vias da cidade. De acordo com novos dados divulgados pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), nos meses de abril e maio deste ano, não há registro de óbitos em acidentes de trânsito nas vias municipais. No mês de junho, houve dois óbitos, totalizando duas mortes em acidentes de trânsito nestes três meses. No mesmo período, em 2018, a cidade somava 14 mortes em acidentes viários.

“Nos meses de abril, maio e junho deste ano, foram dois óbitos em acidentes de trânsito na cidade. Em 2018, quando os radares de fiscalização de velocidade ainda não estavam em funcionamento, nesta mesma época, foram 14 vidas perdidas no trânsito. Intensificaremos, ainda mais, o trabalho para salvar vidas no trânsito da cidade. As ações de fiscalização continuarão por toda a cidade", explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Trânsito mais seguro desde 2015

Também segundo o Infosiga, Hortolândia registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade. Em 2019, a cidade registrou 19 óbitos em acidentes viários, o menor número desde 2015, quando foram apontadas 25 mortes no trânsito da cidade.

Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação de radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito da cidade. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro do ano passado. Além disso, está em andamento um mutirão de Tapa-Buraco em toda a cidade.

Outra medida importante é a instalação de dois painéis eletrônicos com informações sobre o trânsito, nas entradas da cidade. O objetivo é informar ao motorista sobre o fluxo do trânsito no município, além de dar avisos necessários para a boa fluidez do tráfego, cuidados e bem-estar pessoal.

 

Hortolândia ganha painéis eletrônicos nas entradas da cidade com informações do trânsito

Hortolândia ganhará, em breve, dois painéis eletrônicos com informações sobre o trânsito, nas entradas da cidade. Equipes da Prefeitura iniciaram, nesta quinta-feira (23/07), a instalar os equipamentos de orientação aos motoristas. Um deles está na Avenida da Emancipação, no sentido Centro, em frente à empresa farmacêutica EMS. O outro ficará na Avenida Santana, para quem acessa a cidade pela Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), na altura do número 169.

A ação é da Secretaria de Mobilidade Urbana. O objetivo da medida é informar ao motorista sobre o fluxo do trânsito no município, além de dar avisos necessários para a boa fluidez do tráfego, cuidados e bem-estar pessoal.

Além da instalação dos painéis informativos, a Administração Municipal realiza, periodicamente, o reforço e a implantação de sinalização viária e lombadas. Em 2017, foi criado um pacote de medidas para reduzir os acidentes de trânsito. Este pacote inclui a instalação de radares para fiscalização, que funcionam desde janeiro do ano passado, e ações educativas junto aos motoristas e à comunidade em geral.

Nos meses de abril e maio deste ano, não foram registrados óbitos causados por acidentes nas vias de Hortolândia. Os dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) apontam que o município cumpriu a meta estabelecida pelo Governo Estadual para o período. Segundo o Infosiga, Hortolândia registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade.

 

Avança obra de avenida que ligará Jd. São Bento ao São Sebastião

  • Publicado em Obras

A obra de construção da Avenida do Futuro, que ligará o Jardim São Bento ao Jardim São Sebastião, avança. Um novo trecho recebe guias e sarjetas. O próximo passo é preparar o solo para receber pavimentação. A Prefeitura acompanha a obra, que é feita por um empreendimento particular. A avenida terá cerca de 740 metros de extensão.

Esta obra, que facilitará a interligação entre os bairros, tornando o percurso mais rápido, prevê ainda a criação de uma rua marginal, ligando a nova estrada diretamente à SP-101, ampliando os acessos à cidade. Esta nova via de ligação já recebeu asfalto na alça de acesso. Conforme o projeto de implantação do condomínio empresarial, a via marginal sairá da altura da rua Nara Leão, no Jd. São Bento, até o Caminho Cinco do bairro Chácaras Acaray. Neste ponto, será implantada uma rotatória, onde inicia a Avenida do Futuro, sentido Jd. São Sebastião.

Atualmente, o acesso mais rápido entre o Jd. São Bento e o Jd. São Sebastião é feito por meio de uma estrada de terra, que corta lotes particulares, passando por baixo da Rodovia dos Bandeirantes. Outra opção é seguir pela rodovia SP-101, num percurso de cerca de 12 minutos de carro, apesar de os bairros serem vizinhos.

A empreendedora Sena Construções trabalha neste acesso viário, atendendo à legislação do Plano Diretor da Prefeitura de Hortolândia. De acordo com a Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica, todos os empreendimentos residenciais, comerciais, empresariais e industriais que chegam ao município têm, como contrapartida, a obrigação de construir ruas e avenidas que facilitem o acesso da população, colaborando para o crescimento ordenado da cidade.

PIC

A obra da Avenida do Futuro faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê investimentos para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Os recursos financeiros do PIC são fruto de parcerias da Prefeitura com os governos estadual, federal e a iniciativa privada.

 

Prefeitura reforça sinalização viária próximo à escola na Vila Real

Equipes da Prefeitura de Hortolândia iniciaram, nesta terça-feira (07/07), mais uma etapa de reforço de sinalização viária e adequação no trânsito próximo a escolas. O trabalho foi realizado entre a avenida Anhanguera e a rua Edna Aparecida Pampa Fonseca, em frente à Escola Estadual Liomar Freitas Câmara, na Vila Real. No local, foi reforçada a pintura em faixas de pedestres, faixas zebradas brancas, faixas de retenção, faixas seccionadas brancas e a legenda de parada obrigatória.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a ação objetiva organizar o trânsito, evitar o excesso de velocidade por parte dos motoristas, auxiliar na travessia de pedestres, já que o local é ponto de passagem de muitas crianças e adolescentes e elas voltarão a circular, com o retorno das aulas. O serviço acontece, diariamente, em diversas regiões da cidade e continuará nesta área nos próximos dias.

"Esta avenida possui grande circulação de motoristas e pedestres, principalmente no período das aulas. Esta ação é essencial para a organização do trânsito e para a segurança de todos", observa o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Trânsito mais seguro dos últimos cinco anos

O reforço e a implantação da sinalização viária estão entre as diversas ações realizadas pela Prefeitura para aumentar a segurança no trânsito da cidade. Em 2017, foi criado um pacote de medidas para reduzir os acidentes de trânsito. Além da sinalização, o pacote inclui a instalação de radares para fiscalização, que funcionam desde janeiro do ano passado, e ações educativas com motoristas e a comunidade em geral.

De janeiro a março deste ano, foram registrados três óbitos causados por acidentes nas vias de Hortolândia. Em maio, nenhum acidente fatal foi registrado na cidade. Os dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) apontam que o município cumpriu a meta estabelecida pelo Governo Estadual para o período. Segundo o Infosiga, Hortolândia também registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade.

 

Assinar este feed RSS