Menu


Prefeitura fará limpeza do lago do Parque Remanso das Águas

A Prefeitura de Hortolândia concluiu a licitação para o serviço de desassoreamento da lagoa de contenção de enchentes do Parque Remanso das Águas, localizado na região do Jd. Carmem Cristina. A obra, que começará nas próximas semanas vai melhorar a condição ambiental do parque e garantir mais qualidade de vida aos moradores. A ação faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pela Prefeitura estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.

Durante o desassoreamento, a camada vegetal que se formou sobre a água da lagoa de contenção será removida. De acordo com a Secretaria de Obras, a estimativa é de que o material a ser retirado corresponda a uma área de 44.470,00 metros quadrados. Além disso, o fundo do lago será limpo, com a remoção de areia e outros resíduos que reduzem a capacidade de armazenamento do reservatório. A estimativa é que sejam removidos do fundo do lago aproximadamente 95.979,00 metros cúbicos de detritos.

O reservatório de contenção de enchentes do Parque Remanso das Águas tem capacidade de armazenamento para até 840 milhões de litros de água. Quando chove muito e este volume excede e, por meio de um extravasor, a água é direcionada ao Ribeirão Jacuba, porém, num volume menor do que o da enxurrada. Isso evita alagamentos na região central da cidade. O mesmo método é usado no Parque Lago da Fé, onde as duas lagoas de contenção de enchentes funcionam como reservatórios em dias de chuva forte.

Além do desassoreamento do lago do Parque Remanso das Águas, a Prefeitura prepara a licitação para a limpeza do lago que fica embaixo da Ponte da Esperança (estaiada), na região entre o Jd. Santa Rita de Cássia e Jd. Novo Ângulo. Além da limpeza da camada vegetal e dos detritos depositados no fundo da água, este lago terá seu entorno urbanizado, com a implantação de equipamentos públicos de lazer, como pista de caminhada, ciclovia e academia ao ar livre. A licitação será publicada no próximo mês e o sevriço acontece neste ano.

PIC

O desassoreamento do lago do Parque Remanso das Águas faz parte do PIC. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Carnaval: Para manter trânsito seguro, bebida e direção não combinam

 

O feriado prolongado de Carnaval chegou e a Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, continua as ações de segurança viária para preservar a vida da população. Em um ano, as medidas da Administração ajudaram a reduzir, quase pela metade, o número de mortes em acidentes de trânsito nas vias municipais e estradas que cortam Hortolândia.

"Nossos agentes realizam fiscalização e outras medidas como palestras educativas em escolas e empresas. A instalação dos radares também foi um ponto importante para diminuir o número de óbitos por acidentes de trânsito. Mas para mantermos um trânsito seguro, o mais importante é que os condutores respeitem as leis de trânsito e os limites de velocidade. O feriado é prolongado e a atenção deve ser redobrada ao dirigir. E sempre é bom lembrar que nunca se deve conduzir nenhum veículo automotor sob efeito de bebida alcoólica", alerta o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

De janeiro a dezembro de 2019, foram contabilizados 19 óbitos em acidentes de trânsito, somando as ruas e avenidas do município com as rodovias que passam pela cidade. Já em 2018, no mesmo período, foram registradas 31 mortes. Os dados são do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito (Infosiga-SP), do Governo do Estado. Além disso, 2019 foi o ano mais seguros no trânsito de Hortolândia, desde 2015. 

SALVANDO VIDAS

Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza uma série de ações, que vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação dos radares controladores de velocidade, principal ação da Administração para diminuir os acidentes de trânsito com mortes na cidade. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro de 2019. 

PIC

As ações de segurança viária em Hortolândia integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração Municipal realiza para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda, com sustentabilidade e planejamento.

 

Prefeitura reforça sinalização em ruas de mais dois bairros

A Prefeitura de Hortolândia continua o trabalho para fortalecer a segurança viária no município. Nesta quinta-feira (20/02), equipes da Administração realizaram o reforço da sinalização viária em ruas do Jardim Nossa Senhora Auxiliadora e Jardim Nova Hortolândia.  

Na rua Francisca Fatima de Oliveira, no cruzamento com a rua Cecilio Nunes da Silva, trecho do Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, foram reforçadas as pinturas de faixas duplas amarelas, que indicam que a rua possui dois sentidos, além de faixas de pedestres, e alertas como PARE. Já na rua Frederico Alves da Costa, no Jardim Nova Hortolândia, que dá acesso ao shopping, também foram repintadas faixas duplas amarelas, faixas de pedestres além de lombadas. O objetivo do trabalho é organizar o trânsito na região e evitar acidentes com motoristas e pedestres.

"Quando realizamos a repintura da sinalização viária, estamos garantindo mais segurança à população. Motoristas e pedestres também devem contribuir para evitar acidentes respeitando as leis de trânsito",  explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcelos.  

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a prioridade é realizar o trabalho em ruas com grande fluxo de veículos e próximas a escolas, hospitais e com grandes travessias de pedestres. O serviço também é realizado nas demais vias. Desde março do ano passado, mais de 16 mil metros quadrados de vias já receberam reforço ou implantação de sinalização viária. 

MEDIDAS PARA SEGURANÇA VIÁRIA

Desde 2017, a Prefeitura trabalha com um pacote de medidas para redução dos acidentes de trânsito em Hortolândia. Além do reforço na sinalização, radares para fiscalização funcionam desde janeiro do ano passado. Ações educativas com motoristas e a comunidade em geral também contribuem para a diminuição da violência no trânsito.

PIC

As ações de segurança viária são parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda com mais investimentos em saúde e educação. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

 

Corredor Metropolitano tem obra de guias e sarjetas em andamento perto do presídio

  • Publicado em Obras

A Prefeitura de Hortolândia acompanha o andamento das obras de continuidade do Corredor Metropolitano, que se concentram no bairro Chácaras Nova Boa Vista, na área em frente ao presídio. A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), responsável pelo serviço, trabalha na implantação de guias e sarjetas no novo viário, que segue em direção ao Km 5 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101). A partir deste ponto, o corredor expresso terá ligação com a alça que está em construção na SP-101, para servir de nova entrada da cidade. Os veículos que chegarem em Hortolândia vão passar pelo Parque Peron, Novo Ângulo e Nova América até chegarem à Ponte da Esperança (estaiada), construída pela Prefeitura para integrar as regiões da cidade.

No futuro, o Corredor Metropolitano integrará toda a região por meio de um viário expresso, desde Americana, passando por Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, até Campinas.

A obra do Corredor Metropolitano faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Duas linhas do transporte municipal recebem ônibus com ar-condicionado

Começaram a circular pela cidade, na tarde desta terça-feira (19/02), dois novos ônibus da frota do transporte coletivo urbano de Hortolândia, com ar-condicionado e acessibilidade para Pessoa com Deficiência (PCD). A Prefeitura colocou em operação os novos veículos das linhas 3.32, que realiza o percurso Jardim Amanda-Terminal Metropolitano de Hortolândia, e 3.42, que sai do Jardim Nova América e também vai até o Terminal Metropolitano. 

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, estes dois ônibus foram fabricados em 2016 e substituem os veículos mais antigos que estavam em circulação. Atualmente, Hortolândia possui 31 ônibus em operação que serão trocados gradativamente, já que o contrato realizado com a Viação Lira, responsável pelos ônibus do transporte coletivo urbano, não permite que veículos com mais de 12 anos de fabricação circulem pela cidade. Aproximadamente 93% dos ônibus municipais possuem acesso para Pessoa com Deficiência. A meta é chegar a 100 % com a troca dos veículos.

MAIS ÔNIBUS NOVOS

"A Prefeitura continuará a renovação da frota dos ônibus da cidade em março. Na primeira quinzena de março, entrarão em circulação mais dois novos ônibus, enquanto na segunda quinzena, outros dois também começam a circular. Todos com ar-condicionado e acessibilidade para pessoas com deficiência. As linhas que eles atenderão serão definidas e, após essas trocas, teremos seis novos ônibus atendendo a população", explica a secretária-adjunta de Mobilidade Urbana, Sandra Zaith. 

DADOS OPERACIONAIS

Mais de 7 mil embarques são registrados por dia nos coletivos urbano de Hortolândia. Ao todo, o sistema trabalha com 18 linhas de ônibus urbanos, operado pela Viação Lira Ltda, com a idade média de 07 (sete) anos,sofrendo alteração conforme a entrada e saída de veículos do sistema.

PIC

A renovação da frota de veículos do transporte coletivo municipal faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda com mais investimentos em saúde e educação. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

 

Jd. Adelaide recebe orientação sobre importância da regularização da rede de esgoto

A Prefeitura de Hortolândia iniciou no Jardim Adelaide o trabalho de conscientização sobre a importância da regularização da rede de esgoto. Agentes entregam, casa a casa, um informativo explicando a importância de regularizar o serviço e pedir a ligação correta do imóvel à rede de esgoto. Junto com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a Prefeitura continua o trabalho para o município atingir 100% de coleta e tratamento de esgoto. 

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, após reunião realizada com uma comissão de moradores do Jardim Adelaide, na semana passada, foram solicitados serviços para evitar o mau cheiro causado por ligações irregulares de esgoto no bairro. A Prefeitura também realiza o trabalho de fiscalização para identificar ligações irregulares de esgoto no bairro 

FISCALIZAÇÃO

Além das reuniões e da panfletagem, diariamente, equipes da Prefeitura realizam a fiscalização em diferentes regiões da cidade. Além do Jardim Adelaide, o trabalho também é realizado no Jardim do Bosque e Jardim São Miguel.

SERVIÇOS

No Jardim São Sebastião, equipes da Administração e da Sabesp realizam serviços de manutenção na rede de águas pluviais. O objetivo é evitar infiltrações, entupimentos e o surgimento de ligações clandestinas. 

DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o descarte irregular do esgoto doméstico, além de ser prejudicial à saúde, prejudica o meio ambiente, atingindo rios, ribeirões, nascentes e mananciais da cidade. Após o encerramento do prazo, os moradores que não realizarem o procedimento serão multados no valor de 50 a 3.000 UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia), ou seja, de R$171,60 à R$10.296,00.

PIC

Os trabalhos de saneamento básico em Hortolândia fazem parte das atividades da Administração para a cidade chegar a 100% da coleta e tratamento de esgoto, uma das prioridades do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

 

Assinar este feed RSS