Menu


Vigas de concreto são colocadas na base da ponte em construção sobre o Pq. Lago da Fé

  • Publicado em Obras

Avança a construção da ponte sobre o Lago da Fé. Nesta segunda-feira (06/04), operários da Prefeitura de Hortolândia trabalham na colocação de vigas sobre a lagoa de contenção de enchentes existente na área de lazer. As estruturas de concreto sustentarão a base da ponte, que unirá o Pq. Gabriel ao Jd. Novo Cambuí. A ação faz parte da obra da nova rua que integrará diversos bairros da região do Jd. Santa Fé. Uma nova rua também completa a obra, ligando desde a rua Bolívia, no Jd. Santa Clara do Lado II, até a área ao lado do Pq. Lago da Fé, na avenida Joaquim Martarolli, no Jd. Nova Alvorada.

A ponte sobre o Lago da Fé terá 170 metros de extensão. Apesar de o Parque contar com calçada para pedestres em toda sua extensão, ainda não é possível a travessia de veículos. Contando com a obra da nova rua em construção, a região terá 1,5 quilômetro de via asfaltada, desde o Jardim Santa Clara até o Novo Cambuí. As obras são realizadas com recursos do banco CAF.

PIC

A nova rua e a ponte sobre o Lago da Fé fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pela Prefeitura para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal.

Nova área de lazer será implantada na área sob a Ponte da Esperança

  • Publicado em Obras

A obra da nova via que garantirá a urbanização da área embaixo da Ponte da Esperança (estaiada) vai começar em breve. A Prefeitura de Hortolândia abriu licitação para contratar a empresa responsável pela execução do serviço, que contemplará a duplicação de um trecho da Estrada Sabina Baptista de Camargo; a abertura de novo viário desde esta estrada até a avenida Panaíno, passando por baixo da ponte; a canalização do Jacuba e afluentes, além de pista de caminhada, ciclovia e área para equipamentos públicos de lazer. De acordo com informações da Secretaria de Obras, todas as intervenções abrangem uma extensão de aproximadamente 2,4 quilômetros, somando uma área de 35.980,00 metros quadrados. A previsão é que o serviço inicie ainda neste semestre.

A obra complementa a implantação da avenida Panaíno, via que está com obras avançadas e possibilitará acesso facilitado desde a região do Jd. Novo Ângulo até a av. da Emancipação. Com o prolongamento da Estrada Sabina Baptista de Camargo, a região do Jardim Carmem Cristina também terá maior integração viária com os demais bairros da cidade.

Conforme o projeto da obra, a Estrada Sabina Baptista de Camargo será duplicada no trecho, desde a rua Nossa Senhora do Carmo, no Jardim Minda, até o cruzamento com a avenida Carlos Roberto Prataviera, via que leva à região do Jd. Nova Europa. Neste trecho de duplicação, a estrada Sabina Baptista de Camargo receberá, ainda, ciclovia e pista de caminhada.

A partir deste local, haverá um prolongamento da via no terreno que fica atrás da empresa Magneti Marelli, na área embaixo da Ponte da Esperança, até a avenida Panaíno, na altura onde está em construção uma ponte para sobreposição do córrego. Na altura da obra da ponte, está prevista a implantação de uma rotatória para integração dos dois sistemas viários.

De acordo com a Secretaria de Obras, no prolongamento da estrada Sabina Baptista haverá pista de caminhada e ciclovia. A área lateral ao reservatório de contenção de enchentes que fica sob a Ponte da Esperança será transformada em uma nova área de lazer, com academia ao ar livre, espaço de convívio para as famílias aproveitarem, estacionamento e duas travessias para pedestres sobre afluentes do Ribeirão Jacuba.

PIC

A obra de duplicação da estrada Sabina Baptista de Camargo e a urbanização da área sob a Ponte da Esperança fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas pela Prefeitura por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Ruas de terra do Jd. São Miguel são preparadas para receber asfalto

  • Publicado em Obras

As obras que garantem asfalto em todas as ruas da cidade, sem custo ao morador, são marca do governo Ângelo Perugini. Nesta semana, o Jd. São Miguel recebe intervenções que garantirão a pavimentação em pequenos trechos das ruas Capitão Lourival Mey, e João Rodrigues Garajaú e Antônio Dias de Lima, onde partes das vias ainda têm chão de terra. De acordo com a Secretaria de Obras, a ação garantirá melhorias condições viárias para o bairro, principalmente no acesso à avenida Olívio Franceschini.

De acordo com o projeto, serão 682 metros de extensão com vias pavimentadas, além de 1.132 metros de guias e sarjetas. A obra começou pela implantação de sistema de drenagem, que antecede a colocação de pedras para base e a finalização com asfalto. Com a colocação dos tubos que escoarão a água da chuva, a Prefeitura evitará alagamento na via, após a pavimentação.

PIC

A obra de pavimentação de ruas no Jd. São Miguel faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). A iniciativa prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas pela Prefeitura por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Ponte da Esperança recebe iluminação azul para marcar Dia Mundial do Autismo

Quem observou a Ponte da Esperança (estaiada), na noite desta quinta-feira (02/04), conferiu os estais iluminados em azul. A iluminação decorativa fez referência ao dia dois de abril, “Dia Mundial da Conscientização do Autismo”. A iniciativa da Prefeitura buscou chamar atenção das pessoas para o transtorno do espectro, comumente identificado nos primeiros anos de vida da criança, a fim de que os pais e a comunidade adotem uma postura acolhedora, proporcionando o melhor desenvolvimento possível ao autista.

O sistema de iluminação decorativa da Ponte da Esperança foi instalado na estrutura, de forma permanente, no ano passado. Os equipamentos têm a possibilidade de mudar de cor, conforme a programação, marcando o comprometimento da Administração Municipal com diversas causas sociais ou datas comemorativas, como o Natal e a campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama.

De acordo com informações da Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, os refletores estão presentes nos estais, no pilar central e na base inferior, com iluminação direcionada às colunas.

Nova iluminação

A Prefeitura de Hortolândia investe na modernização do parque de iluminação pública de toda a cidade. Por meio de uma PPP (Parceria Público Privada), o município realiza a troca de lâmpadas de vapor de sódio, em toda a cidade, por luminárias de LED, que conferem maior potencial de luminosidade. O trabalho acontece, atualmente, no Jd. Amanda. Até o final de 2021, todas as ruas da cidade terão iluminação de LED, totalizando a troca das lâmpadas em 22 mil pontos. O contrato de PPP inclui, além da substituição das luzes, os serviços de monitoramento inteligente, expansão, operação e manutenção da iluminação pública da cidade. As ações de modernização da rede de iluminação pública garantirão eficiência energética e economia aos cofres públicos.

Uma das ações importantes a ser implementada pela PPP é o monitoramento inteligente da rede de iluminação pública ou telegestão. Este é um dos passos para implantar em Hortolândia o conceito de smart city (cidade inteligente). Por meio de transmissores de dados em cada luminária, este sistema possibilitará, por exemplo, reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida.

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para fazer estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal.

Avenida Santana, no Jardim Amanda, recebe luminárias de LED

  • Publicado em Obras

A avenida Santana, principal via de acesso ao Jardim Amanda, começa a ganhar lâmpadas novas. Nesta semana, equipes da Prefeitura trocam as lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED, que possuem maior potencial de luminosidade, com modernidade e segurança. Diversas ruas do bairro já contam com esta novidade. Em toda a região do Jardim Amanda, serão substituídas 2.603 luminárias. O trabalho prossegue até a segunda quinzena de maio, atendendo também, neste período, os bairros Chácaras Acaray e Chácaras Havaí.

A troca das lâmpadas acontece por meio de um consórcio, contratado pela Prefeitura via PPP (Parceria Público Privada) para as ações de gestão e modernização do parque de iluminação pública. As novas luzes oferecem mais claridade e, com isso, aumentam a segurança nos bairros à noite. Em toda a cidade, serão trocadas 22 mil luzes, até o final de 2021. A estimativa da Prefeitura é que, com a PPP, os custos com iluminação pública sejam reduzidos em mais de 50%. Isso porque as lâmpadas de LED iluminam mais e consomem menos energia elétrica do que as de vapor de sódio, usadas atualmente.

Depois da região do Jd. Amanda, a próxima a receber as luminárias LED será a do Jd. Rosolen, o que inclui os bairros Jd. Terras de Santo Antônio, Jardim Lírio, Jardim Adelaide, Jardim Paulistinha, Vila Ypê, Núcleo Santa Isabel, Jardim Santo Antônio, Jardim Viagem, Jardim Santa Cândida, Jardim Nossa Senhora da Penha, Jardim Santa Isabel, Jardim Ricardo, Jardim Nossa Senhora de Lourdes, Jardim São Benedito, Jardim Nossa Senhora de Fátima e Chácaras Coelho. Nesta região, serão substituídas duas mil lâmpadas até julho.

No segundo semestre, será a vez da região do Jd. Nova Hortolândia, com a troca de 2.821 lâmpadas, contemplando também os bairros Jardim Primavera, Recanto do Sol, Jardim São Jorge, Jardim Boa Esperança, Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, Vila Real Santista, Vila Real Continuação e Parque do Horto. A meta da Prefeitura é que, até o final de 2021, todos os bairros contem com esta tecnologia, que coloca Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil.

PIC

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pela Prefeitura para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Prefeitura inicia obra de melhoria viária na avenida Thereza Ana Cecon Breda

  • Publicado em Obras

A margem da avenida Thereza Ana Cecon Breda, na altura do bairro Chácaras Recreio Alvorada, começou a ser limpa pela Prefeitura de Hortolândia. Com esta ação, a Administração Municipal inicia as obras de melhoria viária no trecho que vai desde o Jd. das Colinas, em frente ao IFSP (Instituto Federal de São Paulo), até a divisa do município com Sumaré. As obras, que serão realizadas pela Administração Municipal, fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O prazo para execução dos trabalhos é de oito meses.

De acordo com a Secretaria de Obras, com as intervenções na avenida, a Prefeitura garantirá maior fluidez ao tráfego de veículos, com mais segurança para motoristas e pedestres. A via terá ciclovia e calçada para pedestres em uma das laterais. Além disso, o canteiro central será ornamentado com paisagismo e iluminação com luminárias de LED. Ao todo, a obra será realizada numa extensão de 940 metros. Além do alargamento da pista, com implantação de canteiro central, a Prefeitura fará um dispositivo de retorno no acesso ao bairro Chácaras Recreio Alvorada e construirá um posto de monitoramento na entrada da cidade para quem vem de Sumaré.

A estrutura será uma espécie de portal sobre a avenida, equipada com câmeras de monitoramento. O portal será parecido com aquele que também será construído na avenida São Francisco de Assis, na entrada da cidade pelo Parque do Horto.

PIC

O PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) foi implantado pelo prefeito Angelo Perugini para acelerar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Assinar este feed RSS