Menu


Prazo para doação ao Fumcria termina nesta terça-feira (30/06)

Nesta terça-feira (30/06), encerra-se o prazo para entrega da declaração do imposto de renda ao Governo Federal. Interessados em doar ao Fumcria (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) devem realizar a doação até amanhã, descontando o valor diretamente do imposto devido, que será pago pelo contribuinte. Conforme a legislação, a pessoa física que faz a declaração completa pode destinar até 3% do valor total pago ao Governo Federal em impostos, beneficiando instituições cadastradas no fundo.

A campanha é promovida pela Prefeitura de Hortolândia e pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Ela foi lançada oficialmente no início de dezembro de 2019. O objetivo da ação é ajudar cerca de 1.500 crianças e jovens de Hortolândia, em situação de vulnerabilidade social, atendidas nas entidades cadastradas junto à Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

Gerenciado pelo CMDCA, o Fumcria é o canal por meio do qual são captadas as doações, depois repassadas às 14 entidades assistenciais do município cadastradas no Conselho.

Como doar

As doações ao Fumcria podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas. Pessoas jurídicas que fazem declaração pelo Lucro Real podem destinar até 1% do IR (Imposto de Renda) devido.

No caso de pessoas físicas, caso a destinação seja feita em 2020, até o último dia de entrega da declaração (no modelo completo), o percentual será de 3% do imposto devido.

Simulando a doação

Para facilitar a doação, a Prefeitura, por meio do Departamento de Tecnologia da Informação, criou a plataforma https://facil.hortolandia.sp.gov.br, onde há um link com a Receita Federal para fazer uma simulação do valor aproximado da doação, além de gerar o boleto para efetuar o pagamento da doação.

Quem quiser conhecer as entidades favorecidas, em Hortolândia, basta acessar o site do CMDCA: www.cmdca-hortolandia.com.br. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3965-1438 ou 3819-4048 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

 

Prazo para doação ao Fumcria termina no dia 30 de junho

Interessados em doar ao Fumcria (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) tem mais 13 dias para fazer isso. Até o dia 30 deste mês, última data para a entrega do imposto de renda, é possível fazer a doação, descontando o valor diretamente do imposto devido, que será pago pelo contribuinte. Conforme a legislação, a pessoa física que faz a declaração completa pode destinar até 3% do valor total pago ao Governo Federal em impostos, beneficiando instituições cadastradas no fundo.

A campanha é promovida pela Prefeitura de Hortolândia e pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Ela foi lançada oficialmente no início de dezembro de 2019. O objetivo da ação é ajudar cerca de 1.500 crianças e jovens de Hortolândia, em situação de vulnerabilidade social, atendidas nas entidades cadastradas junto à Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

Gerenciado pelo CMDCA, o Fumcria é o canal por meio do qual são captadas as doações, depois repassadas às 14 entidades assistenciais do município cadastradas no Conselho.

Como doar

As doações ao Fumcria podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas. Pessoas jurídicas que fazem declaração pelo Lucro Real podem destinar até 1% do IR (Imposto de Renda) devido.

No caso de pessoas físicas, caso a destinação seja feita em 2020, até o último dia de entrega da declaração (no modelo completo), o percentual será de 3% do imposto devido.

Simulando a doação

Para facilitar a doação, a Prefeitura, por meio do Departamento de Tecnologia da Informação, criou a plataforma https://facil.hortolandia.sp.gov.br, onde há um link com a Receita Federal para fazer uma simulação do valor aproximado da doação, além de gerar o boleto para efetuar o pagamento da doação.

Quem quiser conhecer as entidades favorecidas, em Hortolândia, basta acessar o site do CMDCA: www.cmdca-hortolandia.com.br. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3965-1438 ou 3819-4048 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

Doações ao FUMCRIA podem ser deduzidas do Imposto de Renda

Pessoas físicas podem doar até 3% do valor do imposto, já para pessoas jurídicas valor da doação é de até 1%

Em tempo de declaração de Imposto de Renda, que tal praticar uma boa ação social? Pessoas físicas podem doar até 3% do valor do imposto devido para o FUMCRIA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Hortolândia. A doação só pode ser feita no modelo completo. Já para pessoas jurídicas, o valor é de até 1%. É possível também fazer doações de até 6% do valor do imposto devido, também no modelo completo. Mas estas doações só puderam ser feitas até 29 de dezembro de 2016, último dia útil das agências bancárias. 

O FUMCRIA é o fundo gerido pelo CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente). Por meio do Fundo são captadas doações, bem como recursos governamentais, que serão destinadas a entidades assistenciais cadastradas no CMDCA. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, atualmente existem 12 entidades que atendem cerca de 1.300 crianças e adolescentes na cidade. O CMDCA é um conselho paritário, formado por membros da Prefeitura e membros do Terceiro Setor. 

A doação deve ser feita por meio de depósito na conta do FUMCRIA. O número da conta corrente é 37524-1, agência 1593-8, Banco do Brasil. O CNPJ do CMDCA é 19.047.567/0001-41. A pessoa doadora deve enviar cópia do comprovante do depósito com nome, CPF ou CNPJ, endereço e telefone para o CMDCA, que fará a emissão do recibo. Este deverá ser incluído na declaração do Imposto de Renda. A doação pode ser deduzida do Imposto de Renda. Até o momento, de acordo com o CMDCA, 170 pessoas físicas e 4 pessoas jurídicas fizeram doações, que juntas totalizam cerca de R$ 168 mil. 

O CMDCA salienta que as doações também podem ser feitas ao longo do ano, mesmo após a entrega da declaração do Imposto de Renda. Mas só poderão ser deduzidas da declaração do IR do próximo ano.

Assinar este feed RSS