Menu


Prefeitura de Hortolândia cria rede de solidariedade para cuidar da Melhor Idade

Prefeitura de Hortolândia cria rede de solidariedade para cuidar da Melhor Idade

Em tempos de pandemia, a solidariedade cresce e aparece. Para cuidar com carinho de quem tem 60 anos ou mais e está colaborando com o isolamento social, a equipe do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura de Hortolândia, criou uma rede de solidariedade voltada aos participantes do programa.

 

A rede conecta integrantes de grupos de WhatsApp e disponibiliza conteúdos para praticar em casa, além de oferecer, via telefone, conforto àqueles que precisam de ajuda. Há quatro linhas disponíveis: (19) 97404-9551, 98848-1029, 999816276 e 995671221.

 

A coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, Fernanda Fadiga, explica que a preocupação é em ocupar o tempo dos idosos, que em muitos casos, já se sentem desesperados com a situação. “Pensamos no tempo que os idosos terão que ficar fechados em casa e, na maioria dos casos, sozinhos. Então, criamos estas interações com o objetivo de manter contato diário com eles, para que não se sintam ‘esquecidos’ e solitários”, explicou Fernanda.

 

Segundo a psicóloga, a equipe criou diversos grupos da Melhor Idade, separados por modalidade de aulas. “Neles, compartilhamos diariamente aulas e sugestões de atividades para realizar em casa, durante o período em quarentena, além de oferecer exercícios físicos e outras atividades possíveis de eles fazerem durante este período”, observou Fernanda.

 

De acordo com a coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, os contatos disponíveis para procura de ajuda foram compartilhados nas redes sociais. “Compartilhei o conteúdo junto com os telefones para ajuda em minhas redes sociais. Fomos procurados tanto para confortar àqueles que estão preocupados com a nova situação, quanto por outras pessoas que se colocaram à disposição para ajudar”, afirmou Fernanda Fadiga.

voltar ao topo