Menu


Inaugurada ponte que integra Parque Gabriel ao Jardim Novo Cambuí

A Prefeitura de Hortolândia inaugurou, na tarde desta terça-feira (30/06), a ponte que passa sobre o Lago da Fé e faz a ligação entre os bairros Parque Gabriel e Jardim Novo Cambuí. A nova ponte, que possui 170 metros de extensão, já está com trânsito liberado para motoristas até a rotatória do Jardim Santa Clara do Lago II. A obra faz parte do Viário Santa Fé, um complexo que, além da ponte e da rotatória, inclui nova rua na região atrás da Confibra. Ao todo, a Administração Municipal entrega mais de 1,5 km de ruas asfaltadas, integrando os bairros da região do Jardim Santa Fé.

"Esta obra é importante para os bairros Jardim Santa Clara do Lago I e II, Jardim Interlagos, Villagio Guiraldelli, Jardim Campos Verdes, Jardim Nova Alvorada, Parque Gabriel, Jardim Novo Cambuí e Jardim das Figueiras. Agora, temos uma interligação entre esses bairros que vai melhorar e facilitar muito a mobilidade urbana da nossa cidade", explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Nova rua na região também permite integração entre regiões

Já a nova rua, localizada na região atrás da Confibra, conta com ciclovia e calçada para pedestres. Além de iluminação em LED, o acesso ao viário é realizado por meio da rotatória, localizada na entre as ruas Bolívia (Jd. Santa Clara do lago II), Edivaldo Diogo da Costa (Villagio Ghiraldelli) e Rio Tapajós (Jd. Interlagos), sentido Jd. Nova Alvorada. As intervenções são realizadas com recursos financiados pelo Banco CAF.

PIC

O complexo viário na região do Jd. Santa Fé faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pela Prefeitura para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal.

 

Pistas de atletismo do Centro de Iniciação ao Esporte recebem concretagem

As pistas de atletismo em implantação no CIE (Centro de Iniciação ao Esporte), no Jardim Amanda, começam a ganhar forma. A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta quarta-feira (30/10), a concretagem nos espaços onde serão realizados os treinamentos da corrida de 100 metros e do salto em distância. De acordo com a Secretaria de Esportes, após a conclusão da concretagem, serão colocados os pisos próprios para a prática destes esportes. As pistas ficam na parte externa do ginásio. 

Além das pistas de atletismo, também está em andamento a construção da quadra onde futuros atletas poderão treinar a modalidade olímpica de arremesso de peso. Conforme dados da Secretaria de Obras, o ginásio, que poderá ser usado para treino de diversas modalidades olímpicas e paralímpicas, está construído, restando apenas obras de acabamento, incluindo instalações elétrica e hidráulica, além da pintura do prédio e da colocação de pisos, azulejos, louças sanitário e outros acessórios. A parte externa e de cobertura metálica já estão finalizadas. A obra fica na rua Fernando Sabino, próximo ao Supermercado Good Bom do Jardim Amanda.

"A obra está a todo vapor. A instalação de materiais e ajustes será concluída para inaugurarmos o local, que será um grande centro de formação de esportistas da nossa cidade", comemora o secretário de Esportes da Administração, Marcos Panício, o Mercadão.

CENTRO MODERNO PARA FORMAÇÃO DE ATLETAS

A construção do CIE, localizado no Jd. Amanda, foi retomada, no início deste mês. Em maio, o prefeito Angelo Perugini esteve em Brasília para solicitar ao Governo Federal o desbloqueio de recursos para que 42 municípios que possuem contratos para a construção de CIE pudessem finalizar estas obras. Perugini representou as cidades como vice-presidente da FNP (Frente Nacional dos Prefeitos).

PIC

As obras do CIE fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC serão realizadas pela Prefeitura por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

 

Rua Argolino de Moraes ficará interditada para obras a partir desta quinta-feira (03/10)

  • Publicado em Obras

A rua Argolino de Moraes, na região central, ficará interditada a partir desta quinta-feira (03/10). A interdição, com duração de 15 dias, é em razão do trabalho que a Prefeitura de Hortolândia realiza para recuperar o asfalto de toda a extensão da rua, que nos últimos meses recebeu obras de drenagem de águas pluviais. O serviço compreende a remoção do pavimento provisório, que foi implantado para possibilitar o tráfego de veículos até a obra definitiva, a reconstrução de guias e sarjetas e, por fim, a aplicação de massa asfáltica.

A Rua Argolino de Moraes também recebeu parte das intervenções para modernização e revitalização da rua Luiz Camilo de Camargo. O principal centro comercial da cidade teve ações desde o trecho localizado no cruzamento da rua Nelson Pereira Bueno (Banco Bradesco) até Praça da Neusa. A rua teve a fiação aérea substituída por instalações subterrâneas e, atualmente, a Prefeitura reconstrói a calçada da via.

A obra de modernização será complementada com a implantação de pastilhas de piso podotátil, uma espécie de relevo para que pessoas com deficiência visual identifiquem para onde seguir. O próximo passo será remover todos os postes do trecho modernizado, proporcionando um visual mais “limpo” para a rua. Os serviços realizados nesta última quadra já foram executados no restante da rua, desde a rua João Blumer (Lanchonete Varandas) até a esquina da rua Zacarias Costa Camargo (Lojas Cem).

PIC

As obras em realização na região central fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC serão realizadas pela Prefeitura por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Assinar este feed RSS