Menu


Duas linhas do transporte municipal recebem ônibus com ar-condicionado

Começaram a circular pela cidade, na tarde desta terça-feira (19/02), dois novos ônibus da frota do transporte coletivo urbano de Hortolândia, com ar-condicionado e acessibilidade para Pessoa com Deficiência (PCD). A Prefeitura colocou em operação os novos veículos das linhas 3.32, que realiza o percurso Jardim Amanda-Terminal Metropolitano de Hortolândia, e 3.42, que sai do Jardim Nova América e também vai até o Terminal Metropolitano. 

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, estes dois ônibus foram fabricados em 2016 e substituem os veículos mais antigos que estavam em circulação. Atualmente, Hortolândia possui 31 ônibus em operação que serão trocados gradativamente, já que o contrato realizado com a Viação Lira, responsável pelos ônibus do transporte coletivo urbano, não permite que veículos com mais de 12 anos de fabricação circulem pela cidade. Aproximadamente 93% dos ônibus municipais possuem acesso para Pessoa com Deficiência. A meta é chegar a 100 % com a troca dos veículos.

MAIS ÔNIBUS NOVOS

"A Prefeitura continuará a renovação da frota dos ônibus da cidade em março. Na primeira quinzena de março, entrarão em circulação mais dois novos ônibus, enquanto na segunda quinzena, outros dois também começam a circular. Todos com ar-condicionado e acessibilidade para pessoas com deficiência. As linhas que eles atenderão serão definidas e, após essas trocas, teremos seis novos ônibus atendendo a população", explica a secretária-adjunta de Mobilidade Urbana, Sandra Zaith. 

DADOS OPERACIONAIS

Mais de 7 mil embarques são registrados por dia nos coletivos urbano de Hortolândia. Ao todo, o sistema trabalha com 18 linhas de ônibus urbanos, operado pela Viação Lira Ltda, com a idade média de 07 (sete) anos,sofrendo alteração conforme a entrada e saída de veículos do sistema.

PIC

A renovação da frota de veículos do transporte coletivo municipal faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda com mais investimentos em saúde e educação. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

 

Jd. Adelaide recebe orientação sobre importância da regularização da rede de esgoto

A Prefeitura de Hortolândia iniciou no Jardim Adelaide o trabalho de conscientização sobre a importância da regularização da rede de esgoto. Agentes entregam, casa a casa, um informativo explicando a importância de regularizar o serviço e pedir a ligação correta do imóvel à rede de esgoto. Junto com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a Prefeitura continua o trabalho para o município atingir 100% de coleta e tratamento de esgoto. 

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, após reunião realizada com uma comissão de moradores do Jardim Adelaide, na semana passada, foram solicitados serviços para evitar o mau cheiro causado por ligações irregulares de esgoto no bairro. A Prefeitura também realiza o trabalho de fiscalização para identificar ligações irregulares de esgoto no bairro 

FISCALIZAÇÃO

Além das reuniões e da panfletagem, diariamente, equipes da Prefeitura realizam a fiscalização em diferentes regiões da cidade. Além do Jardim Adelaide, o trabalho também é realizado no Jardim do Bosque e Jardim São Miguel.

SERVIÇOS

No Jardim São Sebastião, equipes da Administração e da Sabesp realizam serviços de manutenção na rede de águas pluviais. O objetivo é evitar infiltrações, entupimentos e o surgimento de ligações clandestinas. 

DE OLHO NO MEIO AMBIENTE

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o descarte irregular do esgoto doméstico, além de ser prejudicial à saúde, prejudica o meio ambiente, atingindo rios, ribeirões, nascentes e mananciais da cidade. Após o encerramento do prazo, os moradores que não realizarem o procedimento serão multados no valor de 50 a 3.000 UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia), ou seja, de R$171,60 à R$10.296,00.

PIC

Os trabalhos de saneamento básico em Hortolândia fazem parte das atividades da Administração para a cidade chegar a 100% da coleta e tratamento de esgoto, uma das prioridades do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

 

Prefeitura inaugura praça no Jd. Novo Ângulo e, em breve, entregará creche e UBS reformada para população

Em breve, a Prefeitura de Hortolândia entregará para os moradores da região do Jardim Novo Ângulo uma nova creche e a UBS (Unidade Básica de Saúde) toda reformada. O anúncio foi feito pelo prefeito Angelo Perugini durante a inauguração da praça construída em frente ao Residencial Europa, na Estrada Municipal Sabina Baptista de Camargo, antiga Estrada da Granja, região do Novo Ângulo, realizada no final da tarde desta terça-feira (19/02).

"O pessoal desta região colocou no coração que aqui tinha que nascer uma praça e isso aconteceu. Quando se sonha e tem esperança, tudo acontece. As coisas boas acontecem quando nós pensamos e falamos positivamente. Parabéns aos trabalhadores que realizaram esta obra. Aqui, no Jardim Novo Ângulo, vamos inaugurar uma creche, o postinho de saúde está em reforma, um parque ambiental está em construção, além da nova avenida que ligará o bairro ao hospital. As coisas estão acontecendo na nossa cidade", afirmou o prefeito.

A nova área de lazer substitui um espaço que, antes, era conhecido por ser área de descarte irregular de lixo e entulho. Moradores da região ganharam um espaço renovado para diversão e prática esportiva. A praça tem pista de caminhada com pedriscos que ajudam na aderência, colaborando com a segurança dos frequentadores, evitando quedas, por exemplo e uma academia ao ar livre. 

Para as crianças, o espaço conta com um playground, além dos bancos para descanso e corrimãos que foram instalados e ajudam nas subidas e descidas das escadinhas.  

"Esta praça em frente a minha casa ficou muito bonita. Minha neta fica aqui comigo e, agora, posso trazer ela pra brincar neste espaço. Estou vendo muitas famílias já aproveitando o local, está muito legal", comentou Antônio Melo, morador de uma das casas em frente à nova praça.

A nova área de lazer recebeu árvores e flores, além da construção de um pergolado, poços de alvenaria que protegem as raízes de árvores. “Tudo ficou bem legal. As crianças estão felizes e, agora, posso trazer elas para brincarem. Outra coisa que ficou bom foi que, antes, quando chovia, ficava um acumulado muito grande de lama e era complicado até sair de casa. Só vejo melhoria na construção desta praça", comentou Carlos Felipe Guimarães, morador do Condomínio Residencial Europa.

LAZER E DESENVOLVIMENTO

A praça também tem um espaço para a instalação de trailers e carrinhos para comercializar alimentos. O objetivo é movimentar a região e fortalecer o comércio. A ação faz parte do projeto da Prefeitura de ocupar as áreas de lazer de Hortolândia com as famílias, tornando os espaços públicos atrativos. 

PIC

A revitalização, manutenção e a limpeza em espaços públicos de lazer estão entre as prioridades da Administração Municipal. Esta ação faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

 

Prefeitura reorganiza trânsito em via no Jardim Malta

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, realiza mudanças em ruas do Jardim Malta para organizar o trânsito e melhorar a segurança viária, evitando acidentes em frente ao Condomínio Residencial Parque das Flores. Agora, a rua Jair da Silva Guimarães, na esquina com a rua das Petúnias, passa a ser mão única, sendo permitido o acesso ao condomínio em apenas um sentido. Além disso, foram pintadas sinalizações viárias e instaladas placas para orientar os motoristas sobre a mudança na região. A via recebeu a pintura de faixas duplas amarelas, faixas de pedestres, faixas brancas seccionadas e alertas como PARE. 

"Reorganizamos o trânsito no local para evitar acidentes na entrada e saída do condomínio residencial. Pedimos também que os motoristas respeitem a nova ordem viária no bairro e conduzam os veículos dentro do limite de velocidade, principalmente durante este período de adaptação", explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcelos.  

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a prioridade é realizar a reorganização do trânsito e o reforço da sinalização viária em ruas com grande fluxo de veículos e próximas a escolas, hospitais e com grandes travessias de pedestres. O serviço também é realizado nas demais vias. Desde março do ano passado, mais de 16 mil metros quadrados de vias já receberam reforço ou implantação de sinalização viária. 

MEDIDAS PARA SEGURANÇA VIÁRIA

Desde 2017, a Prefeitura trabalha com um pacote de medidas para redução dos acidentes de trânsito em Hortolândia. Além do reforço na sinalização, radares para fiscalização funcionam desde janeiro do ano passado. Ações educativas com motoristas e a comunidade em geral também contribuem para a diminuição da violência no trânsito.

PIC

As ações de segurança viária são parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda com mais investimentos em saúde e educação. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

 

Obra de nova rua no Jd. Terras de Santo Antônio começa com terraplenagem

  • Publicado em Obras

A Prefeitura de Hortolândia começou o trabalho de terraplenagem na área onde será construída uma nova rua no Jd.Terras de Santo Antônio, paralela à rua Otávio Rosolen, ação que duplicará a via. Conforme a Secretaria de Obras, a intervenção é o prolongamento da marginal que a empresa Odata constrói, ao lado da Rodovia SP-101. A marginal da Odata tem 460 metros, desde o bairro Chácaras Assay até perto da rotatória de acesso ao Jd. Terras de Santo Antônio. A partir deste ponto, e até a rua Diamante (Jd. Santa Esmeralda), a Prefeitura fará a continuidade da via, numa extensão de 1,920 quilômetro. A obra diminuirá congestionamentos na rua Otávio Rosolen, em horários de pico.

Além desta obra, o contrato de serviços previstos para esta região inclui, ainda, a construção de uma terceira faixa de rolagem sentido Parque Odimar, com adequação do trevo da avenida da Emancipação com o km 9 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (Rodovia SP-101). Todas as intervenções previstas garantirão melhores condições de tráfego na entrada e saída da cidade. A previsão é que a obra seja finalizada em seis meses. A obra faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) e será realizada com recursos financiados pelo Banco CAF.

De acordo com a Secretaria de Obras, na saída da cidade, sentido SP-101, a Prefeitura construirá uma terceira faixa de rolagem na avenida da Emancipação, na altura da rua Barão de Itapura, no Pq. Odimar, que é a via que fica nos fundos da empresa EMS. Esta faixa será usada exclusivamente por motoristas que seguirão pela SP-101, sentido Monte Mor / Rodovia dos Bandeirantes. Já na entrada da cidade, na pista da av. da Emancipação, sentido Centro, o retorno que existe logo no início da via será ajustado para garantir mais segurança aos motoristas.

PIC

Todas estas obras fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Com nova iluminação de LED, Hortolândia ficará mais segura

A Prefeitura de Hortolândia inicia, nas próximas semanas, a troca das lâmpadas de vapor de sódio de todas as ruas da cidade por luminárias de LED. Ao todo, 22 mil lâmpadas serão substituídas pelas novas luzes, que oferecem mais claridade e, com isso, aumentam a segurança nas ruas da cidade à noite. A comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette, afirma que quando há uma boa iluminação pública, a ação criminosa fica difícil de ser cometida. “A luminosidade nas ruas e avenidas significa mais segurança à população. Criminosos aproveitam áreas escuras para praticar furtos, roubos e outras ações. A falta de luz também facilita o esconderijo deles em árvores e terrenos, por exemplo. Além disso, quando há câmeras de monitoramento, inclusive particulares, o reconhecimento destes criminosos pelas câmeras fica mais complicado sem a nova iluminação”, explica Michele.

No início deste mês, o prefeito Angelo Perugini assinou o contrato de PPP (Parceria Público Privada) e apresentou o projeto para ações de modernização, manutenção e gestão da iluminação pública, que inclui como ação inicial a troca das lâmpadas. O serviço começará pela região do Jardim Amanda, onde serão substituídas 2.603 luminárias. Mas em alguns pontos da cidade, as luminárias de LED já estão em funcionamento desde o ano passado. São locais como a avenida Antônio da Costa Santos, que vai do Jd. Nova América ao Jd. Novo Ângulo. A via serve como traçado para o Corredor Metropolitano e, por isso, recebeu a nova iluminação no contrato que prevê implantação de luminárias nas principais avenidas da cidade. A iluminação de LED neste trecho foi implantada em novembro do ano passado.

Cidade Inteligente

Para o secretário de Planejamento Urbano, Carlos Roberto Prataviera Junior, a meta da Prefeitura é que todas as ruas da cidade tenham 100% de luminárias LED até o final de 2021, o que além de garantir mais segurança à população, trará economia aos cofres públicos e colocará Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil. “Além de apresentarem um impacto ambiental menor, as lâmpadas de LED são muito mais econômicas. O que vamos economizar, em 30 anos, será um montante considerável. Hoje, a Prefeitura paga R$ 600 mil por mês em iluminação pública. Com as lâmpadas de LED, esse valor será de 200 mil por mês”, afirmou o secretário.

Com a assinatura da PPP, a Prefeitura de Hortolândia garante a eficiência dos projetos de iluminação, com a atuação de empresas especializadas, que terão um período de concessão de 30 anos para explorar o serviço. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano, além da troca das lâmpadas, o consórcio Ilumina Hortolândia fará ações para monitoramento inteligente.

Exemplo disso é a possibilidade de uso de transmissores de dados em cada luminária, capazes de reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida, além de eficiência energética e economia aos cofres públicos. Outra possibilidade é a utilização destes transmissores para serviços de diversas naturezas, como monitoramento de queimadas com sensores de fumaça instalados nestes transmissores. O conceito de cidade inteligente é justamente usar tipos diferentes de sensores eletrônicos para coletar dados e gerenciar recursos de forma eficientemente.

PIC

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) implantado pela Prefeitura para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Assinar este feed RSS