Menu


Prefeitura implanta grama artificial no campo de futebol society do Remanso Campineiro

O novo campo society de Hortolândia, em construção pela Prefeitura no Remanso Campineiro, está quase pronto. Nesta quarta-feira (13/05), equipes da Administração Municipal iniciaram a implantação da grama artificial e das marcações, considerados os últimos passos para a inauguração do novo espaço esportivo público da cidade.

De acordo com a  Secretaria de Esporte e Lazer, para a implantanção do gramado, foram colocados pedriscos e manta asfáltica, que servem como base do campo. Além disso, foi realizado o nivelamento do terreno. A drenagem do campo de futebol society também já está concluída. O sistema permite que, mesmo em dias chuvosos, partidas possam ser disputadas no local.

Cercamento também está concluído

A Prefeitura também já concluiu o cercamento do espaço. O novo campo society fica na rua Amélia de Camargo Blumer, ao lado do campo de grama natural do Remanso Campineiro, que também passa por reforma e revitalização. A obra é uma parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal.

O campo tem 40 metros nas linhas laterais por 20 metros na linha de fundo, com grama artificial. Este gramado torna a manutenção mais fácil e barata. Futuramente, a ideia é buscar parcerias para que o local possa receber iluminação e permitir a prática noturna de esporte.

"Os operários trabalham na obra, respeitando o Código Sanitário do Estado, protegidos e mantendo o distanciamento. Após a pandemia, o espaço será mais uma opção para a prática esportiva gratuita no município e atenderá mais alunos pelo Projeto Escolinhas Esportivas da Administração Municipal. A obra será concluída no primeiro semestre deste ano", explica o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

Este será o segundo campo público com grama sintética de Hortolândia. O campo society do Jardim Adelaide, inaugurado pela Prefeitura em outubro de 2017, foi o primeiro.

 

Meninas da ginástica rítmica de Hortolândia doam máscaras a pessoas em vulnerabilidade social

Gestos de solidariedade são vistos por toda parte, em Hortolândia, durante a pandemia do Coronavírus. Pessoas de todas as idades unem-se para ajudar o próximo. Um exemplo de amor e cuidado com as pessoas é dado pelas meninas da ginástica rítmica do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura de Hortolândia. Sem poderem fazer o que mais gostam, os treinos cotidianos realizados nos espaços da Administração Municipal deram lugar à confecção improvisada de máscaras para proteção individual que são doadas a quem mais precisa.

De acordo com Fabiana Souza, representante da organização de mães das ginastas, a ideia de confeccionar as máscaras e realizar as doações surgiu no começo da pandemia. Com a ajuda da vovó, Dona Maria, de 70 anos, responsável pela confecção, a ginasta Laura Souza, aluna do projeto da Prefeitura, comemora a oportunidade de poder ajudar as pessoas neste momento tão difícil.

"Compramos o tecido, os elásticos e, minha mãe, Dona Maria, confecciona as máscaras. Contando com a Laura, são 22 meninas do projeto que estão participando das doações. Elas ficam bem felizes em poder participar. Todas as mães realizam uma espécie de 'vaquinha', para poder comprar o material necessário para a fabricação das máscaras. Já foram doadas mais de 800 máscaras para instituições de caridade, pessoas em situação de rua, enfim, para quem mais precisa de ajuda neste momento", explica Fabiana.

As máscaras ficam penduradas no portão da residência de Fabiana e Laura, no Jardim São Sebastião. Quem necessita do item e não pode realizar a compra, é só retirar a peça. As máscaras são de diferentes cores e tamanhos e podem ser usadas por adultos e crianças.

"Além de praticar a solidariedade, as meninas não esqueceram do esporte e estão realizando treinos em casa para quando a pandemia passar, elas possam voltar a treinar sem perder a forma. As ginastas são muito dedicadas. A Vanusa Agnelo e a Alessandra Borges também são mães de alunas da ginástica e contribuem com as doações, inclusive de alimentos. A ação continua por tempo indeterminado", avisa Fabiana.

Ajudar ao próximo é tradição para as ginastas de Hortolândia

Além da doação de máscaras para proteção individual contra a disseminação do Coronavírus, as meninas da ginástica rítmica de Hortolândia doaram, em dezembro do ano passado, mechas dos cabelos, destinadas a crianças que realizam tratamento contra câncer. A iniciativa ajuda na autoestima de meninas que passam por quimioterapia, tratamento químico para o funcionamento das células. Os locais que receberam as mechas dos cabelos da equipe de ginástica rítmica de Hortolândia são definidos por órgãos do Governo do Estado, responsáveis por este tipo de ação.

"É importante as ações sociais realizadas pelas ginastas e pelas mães delas. A comunidade esportiva de Hortolândia agradece esta contribuição. Além de craques no esporte e dedicadas, as meninas também são craques na hora de ajudar as pessoas. Por conta própria elas estão realizando treinos e isso mostra a paixão pelo esporte. Todas estão de parabéns", observa o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

EVOLUÇÃO DO ESPORTE EM HORTOLÂNDIA

A modalidade de Ginástica Rítmica foi implantada nas Escolinhas Esportivas da Prefeitura em 2005. Atualmente, aproximadamente 200 alunas, na faixa etária entre 4 e 18 anos, participam dos treinamentos. Os treinos acontecem na Academia Municipal (Centro), nos ginásios Victor Savala (Jd. Nossa Senhora de Fátima) e Gino Bernardini (ao lado do campo do Rosolen).

 

Arquibancada do Campo da Confibra começa a tomar forma

A obra da arquibancada no Campo da Confibra, em execução pela Prefeitura de Hortolândia, avança um pouco mais. O espaço, um dos palcos mais importantes do futebol amador na cidade, poderá acomodar torcedores após a conclusão da obra e a volta das atividades esportivas na cidade, com o fim da pandemia do Coronavírus. A base da arquibancada, que será de  concreto, já começa a tomar forma no talude, barranco natural existente na praça esportiva, onde antes, os torcedores assistiam aos jogos. Também está em conclusão a concretagem das ferragens que sustentarão a arquibancada.

De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, os trabalhos representam aproximadamente metade da obra, que acontece por meio de recursos do Governo Federal, fruto de emenda parlamentar do deputado federal, Missionário José Olímpio. 

"A estrutura acomodará 1.500 torcedores. No futuro, com a obtenção de mais recursos, queremos continuar as obras para melhoria em toda esta praça esportiva", informou o secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura, Marcos Panício, o Mercadão.

Reformas nos gramados dos campos municipais de futebol

Durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19), além da construção da arquibancada do Campo da Confibra, equipes da Prefeitura também trabalham na manutenção dos outros campos de futebol da cidade para mantê-los em condições de uso, após a volta dos jogos. A revitalização dos gramados segue em ritmo intenso em campos de diversas regiões. 

As melhorias são realizadas nos gramados no campo do Remanso Campineiro, Jardim Adelaide, Poliesportivo (Nova Hortolândia), Rosolen, CAIC (Jd. Amanda) e Confibra.

 Confira abaixo os espaços esportivos fechados temporariamente:

- Campo do Remanso Campineiro

- Campo do Adelaide

- Campo do Poliesportivo

- Campo do Rosolen

- Campo do Caic (Jd. Amanda)

- Campo da Confibra

- Campo Society do Jd. Adelaide

- Ginásio Poliesportivo Victor Savala

- Academia Municipal “Jaime Pereira”

- Poliesportivo “Nelson Cancian”

- Centro de Especialidades em Artes Marciais "Eliel Gomes”

- Centro de Treinamento em Ginástica Artística "Yasmin Geovana Santos Bonfin"

- Espaço Cantuário 

- CIF Santa Clara

 

 

 

Prédio do CIE, no Jardim Amanda recebe ajustes finais para ser inaugurado

O prédio do CIE (Centro de Iniciação ao Esporte), no Jardim Amanda, em construção pela Prefeitura de Hortolândia recebe os ajustes finais para ser inaugurado. Seguindo os protocolos do Código Sanitário do Estado, mantendo distanciamento e usando equipamentos de proteção individual contra a disseminação do Coronavírus,  equipes da Administração Municipal trabalham, diariamente, nos ajustes finais no lado externo da futura instalação esportiva da cidade. De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, a obra será entregue para a  população no mês que vem.

Além dos ajustes no piso na parte externa, o lado interno já recebeu trabalhos nas instalações elétricas. Pintura,  colocação de pisos, azulejos, louças sanitárias e outros acessórios também estão em conclusão. As marcações oficiais nas pistas de atletismo foram relizadas. O CIE terá espaços para treinamento de salto em distância e de arremesso de peso. A obra fica na rua Fernando Sabino, próxima ao Supermercado Good Bom do Jardim Amanda.

Novo espaço aumentará atendimentos na área esportiva

Com a construção do CIE e após a pandemia do Coronavírus,  Hortolândia dá um grande passo para implantar modalidades esportivas inéditas na cidade.  De acordo com a Secretaria de Esportes, salto em distância e atletismo, por exemplo, poderão ser praticados de forma gratuita, por meio do projeto Escolinhas Esportivas da Administração. Além do atletismo e do salto em distância, também poderão ser praticadas diversas modalidades olímpicas e paralímpicas, como arremesso de peso.

"Serão introduzidas novas modalidades esportivas no projeto Escolinhas Esportivas, além do aumento de vagas disponíveis no programa. Após a inauguração do CIE, teremos aproximadamente 12 mil alunos atendidos neste projeto esportivo da Prefeitura. Ninguém perderá a vaga durante a pandemia e, além disso, elas serão ampliadas.", explica o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

Escolinhas Esportivas

No início de 2017, quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a Prefeitura, as Escolinhas Esportivas atendiam seis mil alunos em 21 modalidades. Agora, são 9.500 pessoas atendidas em 30 tipos de atividades. De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, com a reestruturação do projeto e a implantação de novos espaços esportivos, foram criadas quase quatro mil novas vagas e outras nove modalidades.

 

Novo campo de futebol society do Remanso Campineiro ganhará grama artificial em breve

A obra do campo de futebol society, no Remanso Campineiro,  em execução  pela Prefeitura de Hortolândia, entra na reta final. De acordo com a  Secretaria de Esporte e Lazer, os pedriscos, primeira base do campo, já foram colocados. Até o final desta semana, a manta asfáltica, que também serve como base, será colocada, além do nivelamento do terreno, que será concluído. A previsão é que a grama artificial seja aplicada até o final da próxima  semana, de acordo com as condições climáticas.

A Prefeitura já concluiu o cercamento do espaço e a construção das valas de drenos, tubos que permitirão manter o campo seco em tempo de chuva. O novo campo society fica na rua Amélia de Camargo Blumer, ao lado do campo de grama natural do Remanso Campineiro, que também passa por reforma e revitalização. A obra é uma parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal.

O projeto prevê que o campo tenha 40 metros nas linhas laterais por 20 metros na linha de fundo, com grama artificial. Este gramado torna a manutenção mais fácil e barata. Futuramente, a ideia é buscar parcerias para que o local possa receber iluminação e permitir a prática noturna de esporte.

"Os operários trabalham na obra, respeitando o Código Sanitário do Estado, protegidos e mantendo o distanciamento. Após a pandemia, o espaço será mais uma opção para a prática esportiva gratuita no muncípio e atenderá mais alunos pelo Projeto Escolinhas Esportivas da Administação Municipal. A obra será concluída no primeiro semestre deste ano", explica o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

Este será o segundo campo público com grama sintética de Hortolândia. O campo society do Jardim Adelaide, inaugurado pela Prefeitura em outubro de 2017, foi o primeiro.

 

Prefeitura revitaliza gramados de campos municipais de futebol

Durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19), equipes da Prefeitura de Hortolândia trabalham para manter os campos de futebol da cidade em condições de uso, após a volta dos jogos. A revitalização dos gramados segue em ritmo intenso em campos de diversas regiões. 

No campo do Remanso Campineiro, parte do gramado foi trocado, replantado e recebeu adubo e produtos agrícolas. A nova grama já cresceu nos cerca de 2.500 metros quadrados, onde o serviço foi realizado. Neste espaço esportivo, vestiários e arquibancadas foram pintados e recebem ajustes nas partes hidráulica e elétrica.

A Administração Municipal também reforma os gramados dos campos do Jardim Adelaide, Poliesportivo (Nova Hortolândia), Rosolen, CAIC (Jd. Amanda) e Confibra. Neste último, aliás, uma nova arquibancada está em construção. De acordo com a Secretaria de Esportes e Lazer, o objetivo da ação é entregar locais renovados  para a comunidade esportiva de Hortolândia, após a volta das atividades no município.

Confira abaixo os espaços esportivos fechados temporariamente:

 - Campo do Remanso Campineiro

 - Campo do Adelaide

 - Campo do Poliesportivo

 - Campo do Rosolen

 - Campo do Caic (Jd. Amanda)

 - Campo da Confibra

 - Campo Society do Jd. Adelaide

 - Ginásio Poliesportivo Victor Savala

 - Academia Municipal “Jaime Pereira”

 - Poliesportivo “Nelson Cancian”

 - Centro de Especialidades em Artes Marciais "Eliel Gomes”

 - Centro de Treinamento em Ginástica Artística "Yasmin Geovana Santos Bonfin"

 - Espaço Cantuário 

 - CIF Santa Clara

Assinar este feed RSS