Menu


#MISEMCASA exibirá “O grande ditador”, de Chaplin

#MISEMCASA exibirá “O grande ditador”, de Chaplin

A edição do #MISEMCASA deste sábado, 9 de maio, faz uma homenagem aos 80 anos do clássico “O grande ditador”. O filme, dirigido e estrelado por Charlie Chaplin, em 1940, aborda a onda de nazi-fascismo e antissemitismo à época, pelo olhar de um barbeiro judeu. A película é considerada uma obra-prima do cinema. Após a exibição online do filme, que acontece às 15h30, mediante inscrição prévia, acontece, às 18h, bate-papo ao vivo com o público no Canal do museu no YouTube, com mediação de Eduardo Bordinhon, artista e professor, e participação especial de Luís Antonio Coelho Ferla, professor do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo e do crítico e professor de cinema, Cássio Starling. O link para inscrição do filme é https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfgdIwmafRi1UHRwnPB5P035KfDnA41NfWLvprKXcpvEaxIIA/closedform .

 

Os inscritos receberão no e-mail cadastrado, uma hora antes da exibição do filme, o link para assistir ao filme online. Há 100 vagas para a sala virtual (no site VIMEO), mas o bate-papo é aberto a todo o público, bastando acessar o canal do Youtube do MIS https://www.youtube.com/playlist?list=PL3fWzoSbDCCC6Rzy4Z5Y9T9hfmWUfxmc6 .

 

“O grande ditador”  é a última obra em que Charles Chaplin interpretou Carlitos. A exibição completa 80 anos de existência em outubro de 2020. O longa propõe uma crítica à Hitler, ao nazismo e seu contexto histórico por meio da comédia dramática intrínseca ao personagem Carlitos. Dirigido também por Charlie Chaplin, “O grande ditador” é o seu primeiro filme falado, o que relutou por muito tempo a produzir.

 

O filme apresenta Carlitos como um barbeiro judeu, convocado a prestar serviços militares durante a I Guerra Mundial. Durante a guerra, Carlitos sofre um acidente de avião e acaba em um hospital onde perde a memória. Sua nação, Tomânia, perde a guerra e um novo sistema político começa a vigorar no país liderado pelo ditador Hynkel. Carlitos, ao se recuperar do acidente, percebe que está alheio aos recentes acontecimentos de seu país. Por conta da semelhança entre o barbeiro Carlitos e Hynkel, são confundidos e cada um assume a vida do outro, peripécia que permeia todo o filme, determinando suas situações engraçadas e questionadoras.

 

As atividades dos Pontos MIS online trazem em sua plataforma conteúdos em diferentes formatos. De acordo com a Secretaria de Cultura, a atividade acontece em conjunto com o #Culturaemcasa. O projeto, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa e organizações sociais de cultura, atende à orientação do Centro de Contingência do COVID-19, que determinou que os equipamentos culturais do Governo do Estado de São Paulo tenham o seu funcionamento temporariamente suspenso, a partir de 17 de março.

“A plataforma online foi adaptada para que a vida cultural das pessoas não seja prejudicada por conta das medidas de prevenção e segurança à vida, tomadas em razão da pandemia da COVID-19. Com o isolamento social, a Prefeitura, em parceria com o Governo Estadual, adapta a plataforma do Ponto MIS à nossa realidade e oferece esta opção de lazer cultural. Espero que vocês aproveitem cada nova ferramenta desenvolvida especialmente para tornar este momento mais leve”, afirmou a secretária de Cultura, Alessandra Amora Barchini.

 

voltar ao topo