Menu


Av. Thereza Ana Cecon Breda recebe guias e sarjetas no trecho em duplicação

  • Publicado em Obras

A obra de duplicação da avenida Thereza Ana Cecon Breda, desde o Jd. das Colinas, em frente ao IFSP (Instituto Federal de São Paulo), até a divisa com Sumaré, avança com a implantação de uma alça de acesso ao bairro Chácaras Recreio Alvorada. Nesta semana, a Prefeitura de Hortolândia realiza obras de concretagem de guias e sarjetas neste ponto, que servirá, também, como retorno à avenida. De acordo com a Secretaria de Obras, com as intervenções na avenida, a Prefeitura garantirá maior fluidez ao tráfego de veículos, com mais segurança para motoristas e pedestres.

A duplicação abrangerá cerca de 940 metros. Neste trajeto, a via contará com canteiro central, ciclovia e calçada para pedestres em uma das laterais, além de paisagismo e iluminação com luminárias de LED. Também será construído um posto de monitoramento na entrada da cidade para quem vem de Sumaré. A obra tem previsão de ser concluída no segundo semestre deste ano.

PIC

As obras na av. Thereza Ana Cecon Breda fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para acelerar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

UBS Jd. Santiago conta agora com odontologia e farmácia

  • Publicado em Saúde

Em meio à pandemia do Coronavírus, Hortolândia prossegue com os trabalhos de melhoria na área de saúde. A Prefeitura acaba de concluir a reforma na UBS (Unidade Básica de Saúde) Jd. Santiago. Esta unidade, a partir de agora, oferece novos serviços, com destaque para atendimento em saúde bucal (odontologia), uma antiga demanda da população local. Outro novo serviço que a unidade tem é farmácia (foto), que possibilita ao paciente já sair da consulta levando para casa os medicamentos necessários. 

Para proporcionar conforto para famílias que não tem onde deixar as crianças, a unidade está equipada com uma brinquedoteca. Além disso, o prédio recebeu duas novas salas de reuniões, sendo que uma delas será destinada a encontros da comunidade. 

A reforma na UBS Jd. Santiago foi feita com recursos próprios da Prefeitura e executada em parceria com a Secretaria de Serviços Urbanos. Mesmo durante a execução do serviço, a unidade de saúde funcionou normalmente. 

A UBS realiza atendimento de cerca de 6.000 moradores dos bairros Jd. Aline, Jd. Conceição, Vila Guedes, além do Jd. Santiago. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a reforma no prédio da UBS Santiago teve como objetivo reorganizar o fluxo interno de profissionais e pacientes, readequar ambientes e salas de atendimento, tornando a unidade mais acolhedora.

“A reabertura da UBS Santiago representa uma grande conquista para os moradores da região, que passam a ter agora atendimento humanizado e com mais qualidade. Além disso, a unidade conta agora com um espaço de reunião para uso dos moradores, o que ajudará a fortalecer os laços da comunidade da região”, destaca a secretária de Saúde, Mary Guiomar Almeida Rocha.

TRANSFORMAÇÃO NA SAÚDE 

A Prefeitura de Hortolândia desenvolve uma série de obras e ações para a reestruturação do sistema de saúde na cidade, que incluem a reforma e ampliação do Hospital Municipal, a reforma de UBSs, a abertura de farmácias em todas as unidades de saúde, entre outras melhorias que resultam em mais qualidade no atendimento prestado aos munícipes. Estas intervenções fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços, com objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As obras são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF. 

A principal intervenção na área da saúde é a reforma do Hospital Municipal. Serão investidos R$ 12,5 milhões nesta ação, que incluirá reforma desde a fachada até as instalações internas, garantindo a ampliação de 67 para 100 leitos, com 10 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto. Entre os novos serviços que serão oferecidos no local está o exame de tomografia, medida que colaborará para agilizar o diagnóstico dos pacientes.

Sinalização prepara nova avenida atrás da Havan para receber trânsito

  • Publicado em Obras

Após asfaltar a nova avenida, aberta atrás da loja da Havan, no Jd. Santa Clara, a Prefeitura de Hortolândia implanta, nesta quinta-feira (09/04), sinalização de solo no trecho que vai até a avenida da Emancipação. A ação prevê, ainda, a instalação de semáforos no cruzamento com a avenida. A partir deste ponto, a nova via se integrará à avenida Panaíno, em implantação pela Prefeitura, com objetivo de facilitar o acesso viário, desde a região do Jd. Santa Clara até o Jd. Novo Ângulo. 

A nova rua atrás da Havan tem quatro faixas (duas em cada sentido), canteiro central gramado, calçada para pedestres em ambos os lados e ciclovia em uma das laterais, além de sistema de drenagem de águas pluviais e rampas de acessibilidade. Com 320 metros, o viário inicia na rua Osvaldo Ribeiro Carrilho, próximo de onde há um poço artesiano comunitário. Uma rotatória foi implantada para acesso à via por meio das ruas Ida Amádio (rua da feira), Pedro Pereira dos Santos (Clínica Madesa) e Osvaldo Ribeiro Carrilho (Hospital Municipal). Na outra extremidade, a via terá ligação com a rua paralela à avenida da Emancipação. 

PIC 

A obra da avenida no Jd. Santa Clara é realizada com recursos provenientes de convênio com o Governo Federal. A ação faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Hortolândia volta a gerar emprego e renda com a chegada de novas empresas

Hortolândia continua a mostrar sinais de que a retomada do crescimento econômico segue a todo vapor. Novas empresas chegam à cidade e empreendimentos que já estão no município investem na ampliação dos seus negócios. A Prefeitura estima que, neste ano, deverão ser criados cerca de 650 empregos por empresas em fase de instalação na cidade. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, estas novas oportunidades de emprego são de empresas dos setores de tecnologia, embalagem e atacado. 

A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades da Prefeitura por meio do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que realiza obras e serviços por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal. O objetivo é incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Dentre as novas empresas que chegam à cidade estão Odata (tecnologia), Embalixo (fabricante de embalagens) e Assaí Atacadista (comércio atacadista).

Para atrair novas empresas, a Prefeitura oferece benefícios por meio do Proemph (Programa Municipal de Incentivo Empresarial de Hortolândia). “A Prefeitura atende e acompanha a instalação dos novos investimentos, do início ao fim, garantindo que tudo ocorra dentro do prazo planejado pelas empresas. Ao oferecer incentivos fiscais, intermediação de mão de obra qualificada, vantagem logística, monitoramento da emissão de licenças municipais e estaduais, alvará de construção, entre outras necessidades, a cidade é destaque na região”, destaca a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet.

Hortolândia também oferece boa localização, perto das principais rodovias do Estado (Bandeirantes e Anhanguera) e do aeroporto de Viracopos. Além disso, a cidade tem quase 100% de esgoto coletado e tratado, 98% das vias com asfalto, 100% de abastecimento de água, conta com hospitais, parques socioambientais, escolas, universidades, biblioteca, bares, hotéis e restaurantes, garantindo qualidade de vida a seus habitantes.

O trabalho que a Prefeitura tem realizado para atrair novas empresas tem dado resultado. De acordo com Monique, nos últimos três anos (2017 a 2019), a Prefeitura atraiu investimentos de mais de 10 empresas, totalizando 1.446 empregos diretos. “Com a conclusão das obras do PIC, teremos uma infraestrutura ainda melhor para oferecer aos investidores, garantindo mais emprego e renda para a cidade”, observa a secretária.

Entre as obras previstas pelo PIC estão: abertura de novas ruas, avenidas e construção de pontes para facilitar o deslocamento dentro da cidade, implantação de lâmpadas de LED em todas as ruas da cidade, cinco novos parques ambientais, ampliação do número de câmeras de videomonitoramento para garantir mais segurança, reforma do hospital municipal, dentre outras.

FUTURO POSITIVO

As perspectivas para o próximo ano também são positivas com o início de funcionamento de novas empresas no município, entre elas a Biomin, que atua no segmento de nutrição animal. Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, “novas empresas estão chegando e vão gerar mais emprego e renda”. 

Monique salienta também que a Prefeitura trabalha para garantir que as empresas já instaladas na cidade façam mais investimentos. De acordo com a estimativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, estas empresas devem criar, neste ano, cerca de 60 novos empregos em decorrência da ampliação de suas estruturas, outro sinal da retomada do desenvolvimento econômico da cidade. Já para 2021, a estimativa é que as empresas instaladas na cidade criem 220 vagas de emprego por meio da ampliação dos empreendimentos.

CAGED

Outro sinal que mostra a retomada do crescimento econômico de Hortolândia são os dados de 2019 do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia. O município fechou o ano passado com saldo positivo de 823 empregos.

Este número representa crescimento quase 12 vezes maior do que em 2018, quando a cidade teve saldo de 74 empregos. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, mais uma vez, o setor econômico que mais empregou na cidade foi o de serviços, com saldo de 699 vagas criadas no ano passado. O saldo de 2019 é o maior desde 2012, quando a cidade registrou saldo de 707 empregos. 

A retomada do crescimento econômico de Hortolândia é também destaque na grande mídia nacional. O município está no ranking anual “Melhores cidades para fazer negócios – Edição 2019”, elaborado pela empresa Urban Systems para a Revista Exame. No ranking que lista as 100 melhores cidades do país para se investir, Hortolândia ficou na 59ª posição, o que representa um crescimento expressivo. No ranking de 2018, a cidade ficou na 90ª posição.

PREPARAÇÃO DE MÃO DE OBRA

Para preparar os moradores da cidade para as novas vagas de emprego  oferecidas pelas novas empresas, a Prefeitura investe na formação dos trabalhadores com a oferta de cursos gratuitos de qualificação profissional.

UBS Jd. Santiago terá serviço odontológico, farmácia e brinquedoteca

  • Publicado em Saúde

A obra de reforma da UBS (Unidade Básica de Saúde) Jd. Santiago está perto de ser concluída. A Prefeitura trabalha nas instalações elétricas das salas que foram recuperadas, última etapa da ação que deu uma nova cara à unidade de saúde e garantirá novos serviços, como atendimento em saúde bucal, farmácia e brinquedoteca. Além disso, o prédio recebeu duas novas salas de reuniões, sendo que uma delas será destinada a encontros da comunidade.

De acordo com a secretária de Saúde, Mary Guiomar Almeida Rocha, o espaço comunitário poderá ser utilizado inclusive aos finais de semana. “A população contará com uma sala adequada para palestras, trabalhos educativos e reuniões de moradores. Já a sala destinada à Saúde será usada para capacitações e reuniões internas”, explicou Mary.

A reforma na UBS Jd. Santiago é realizada com recursos próprios da Prefeitura de Hortolândia e executada em parceria com a Secretaria de Serviços Urbanos. Mesmo durante a execução do serviço, a unidade de saúde funciona normalmente. Esta UBS realiza atendimento de moradores dos bairros Jd. Aline, Jd. Conceição, Vila Guedes, além do Jd. Santiago. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a reforma no prédio da UBS tem como objetivo reorganizar o fluxo interno de profissionais e pacientes, readequar ambientes e salas de atendimento, tornando a unidade mais acolhedora. “Esta será a primeira unidade de saúde do município a ter brinquedoteca, um ambiente específico para oferecer conforto às crianças e pais durante as consultas”, destacou Mary.

Já a oferta de serviço odontológico e farmácia na UBS Jd. Santiago atende a proposta da Secretaria de Saúde em levar ações básicas a todas as unidades de saúde. Hoje, já são 13 farmácias em funcionamento. Com a retirada de medicamentos mais perto de casa, na própria unidade onde realizam acompanhamento médico, os pacientes têm mais facilidade em aderir ao tratamento, com conforto e comodidade.

Mais reformas

Outra unidade de saúde que recebe investimentos em reforma é a UBS do Jd. Novo Ângulo. São investidos cerca de R$ 1,740 milhão na obra, por meio do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para troca do telhado e algumas intervenções internas, com objetivo de melhorar o fluxo de pacientes, que terão mais conforto no atendimento prestado. Durante o período de obras, o prédio está fechado. O atendimento dos pacientes da área de abrangência acontece em um endereço temporário na avenida Antônio da Costa Santos, nº 170, no Jd. Nova América. Já quem precisa de atendimento com dentista, é atendido na UBS Jd. Rosolen.

A UBS Adelaide também passa por reforma e o prédio está fechado para a realização dos serviços. Enquanto isso, os moradores da área de abrangência são atendidos na UBS Jd. Rosolen. Pisos, azulejos e janelas foram trocados, paredes receberam reparos, e a rede hidráulica e elétrica foi refeita. Além disso, o telhado da unidade foi trocado. Quando a UBS Jd. Adelaide for reaberta, ela passará a contar com farmácia para dispensação de medicamentos.

Transformação na saúde

A Prefeitura de Hortolândia desenvolve uma série de obras e ações para a reestruturação do sistema de saúde na cidade, que incluem a reforma e ampliação do Hospital Municipal, a reforma de UBSs, a abertura de farmácias em todas as unidades de saúde, entre outras melhorias que resultam em mais qualidade no atendimento prestado aos munícipes. Estas intervenções fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços, com objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As obras são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

A principal intervenção na área da saúde é a reforma do Hospital Municipal. Serão investidos R$ 12,5 milhões nesta ação, que incluirá reforma desde a fachada até as instalações internas, garantindo a ampliação de 62 para 100 leitos, com 10 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto. Entre os novos serviços que serão oferecidos no local está o exame de tomografia, medida que colaborará para agilizar o diagnóstico dos pacientes.

Comerciantes do Jd. Terras de Santo Antônio dialogam com a Prefeitura andamento de obras do PIC no bairro

A Prefeitura de Hortolândia se reuniu, na noite desta quarta-feira (20/02), com comerciantes do Jd. Terras de Santo Antônio para apresentar as obras em andamento no bairro e discutir com a comunidade as ações que garantirão a melhoria do sistema viário. As obras fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), criado para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.

“O inicio das obras que tem como objetivo melhorar o tráfego deste importante trecho e adequar o acesso à entrada da cidade é mais uma ação deste governo, que tem o olhar voltado para o desenvolvimento contínuo da nossa cidade. Esta construção é feita com a participação e envolvimento de todos. Assim, visitamos as empresas do entorno apresentando o projeto de obras, e também dialogamos com os comerciantes do bairro, para tirarmos dúvidas e acolher sugestões”, enfatizou a secretária de Desenvolvimento Econômico e desenvolvimento Sustentável, Monique Freschet.

A principal intervenção em andamento no Jd. Terras de Santo Antônio é a construção de uma rua paralela à rua Otávio Rosolen, ação que duplicará a via. Conforme a Secretaria de Obras, este trecho será um prolongamento da marginal que a empresa Odata constrói, ao lado da Rodovia SP-101. A marginal da Odata tem 460 metros, desde o bairro Chácaras Assay até perto da rotatória de acesso ao Jd. Terras de Santo Antônio. A partir deste ponto, e até a rua Diamante (Jd. Santa Esmeralda), a Prefeitura fará a continuidade da via, numa extensão de 1,920 quilômetro.

Para o chaveiro Fernando Araújo Calza, que tem comércio na rua Otávio Rosolen, a obra viária vai aliviar os congestionamentos na via, principalmente em horário de pico. “No final da tarde, quando os trabalhadores saem das empresas aqui da região, o trânsito é sempre muito complicado. Vai ficar melhor para circular com um trecho duplicado”, destacou. “Estamos num bairro muito gostoso e agradável, mas precisamos ainda de melhorar algumas questões, como a segurança”, mencionou o comerciante.

Para atender esta demanda, a Prefeitura investe na troca de lâmpadas de vapor de sódio dos postes de todas as ruas da cidade por luzes de LED, por meio de uma PPP (Parceria Público Privada). Este tipo de luminária tem maior potencial de iluminação. De acordo com a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinette, quando há uma boa iluminação pública, a ação criminosa fica difícil de ser cometida. A previsão da Secretaria de Planejamento Urabno é que a nova iluminação de LED já esteja instalada, até julho, na região do Jd. Rosolen, que inclui os bairros Jd. Terras de Santo Antônio, Jardim Lírio, Jardim Adelaide, Jardim Paulistinha, Vila Ypê, Núcleo Santa Isabel, Jardim Santo Antônio, Jardim Viagem, Jardim Santa Cândida, Jardim Nossa Senhora da Penha, Jardim Santa Isabel, Jardim Ricardo, Jardim Nossa Senhora de Lourdes, Jardim São Benedito, Jardim Nossa Senhora de Fátima, Chácaras Coelho. Nesta região, serão substituídas 2 mil lâmpadas.

Outras obras

Além da obra da via paralela à rua Otávio Rosolén, a Prefeitura também trabalha na construção de uma terceira faixa de rolagem na avenida da Emancipação sentido Parque Odimar, com adequação do trevo com o km 9 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (Rodovia SP-101). Todas as intervenções previstas garantirão melhores condições de tráfego na entrada e saída da cidade. A previsão é que a obra seja finalizada em seis meses.

De acordo com a Secretaria de Obras, na saída da cidade, sentido SP-101, a Prefeitura construirá uma terceira faixa de rolagem na avenida da Emancipação, na altura da rua Barão de Itapura, no Pq. Odimar, que é a via que fica nos fundos da empresa EMS. Esta faixa será usada exclusivamente por motoristas que seguirão pela SP-101, sentido Monte Mor / Rodovia dos Bandeirantes. Já na entrada da cidade, na pista da av. da Emancipação, sentido Centro, o retorno que existe logo no início da via será ajustado para garantir mais segurança aos motoristas.

PIC

Todas estas obras fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Assinar este feed RSS