Menu


Hortolândia amplia vacinação contra HPV para meninos de 9 anos

  • Publicado em Saúde

Prefeitura também inicia vacinação para adolescentes de 11 e 12 anos que ainda não receberam a vacina meningócica ACWY 

Se você tem adolescentes, fique atento com duas novidades importantes para garantir a saúde deles. Hortolândia amplia a vacinação contra o vírus HPV para meninos de 9 anos. O município segue a nova determinação do Ministério da Saúde, que decidiu estender a imunização para o público dessa faixa etária. De acordo com a Secretaria de Saúde, a vacinação foi iniciada nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), nesta terça-feira (27/09).

Até então, a vacinação contra o HPV era oferecida para garotos com idade a partir de 11 anos. Com a mudança, agora tanto meninos quanto meninas começam a ser imunizados contra o vírus a partir dos 9 anos.

A Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, reforça para famílias e responsáveis a importância de imunizar meninos e meninas contra o vírus HPV, que causa Câncer de colo de útero, de reto, dentre outras doenças. A vacina contra o HPV integra o Programa Nacional de Imunização (PNI). 

Meningite ACWY 

Hortolândia também inicia a aplicação da vacina meningocócica ACWY (Meningite ACWY) para adolescentes de 11 a 14 anos que ainda não receberam o imunizante. A vacinação também já foi iniciada nas UBSs, nesta terça-feira (27/09). 

O município realiza essa vacinação também conforme a determinação do Ministério da Saúde, que detectou neste ano aumento de casos da doença no público dessas faixas etárias. A Secretaria de Saúde salienta que a vacinação será realizada até junho de 2023. 

A vacina meningocócica ACWY também integra o Programa Nacional de Imunização (PNI). A Vigilância Epidemiológica alerta que adolescentes de 11 a 14 anos devem receber uma dose da vacina.

Hortolândia inicia vacinação de 3ª dose contra COVID-19 para adolescentes, nesta segunda-feira (30/05)

  • Publicado em Saúde

Podem ser imunizados pessoas de 12 a 17anos nas UBSs da cidade

Adolescentes também já podem fortalecer a imunização contra a COVID-19. Nesta segunda-feira (30/05), a Prefeitura de Hortolândia inicia a vacinação da 3ª dose para adolescentes de 12 a 17 anos, de acordo com determinação do governo do Estado. A vacinação é feita das 8h às 15h30 em diferentes UBSs (Unidades Básicas de Saúde) a cada dia da semana.

A Secretaria de Saúde reforça que os adolescentes podem receber a 3ª dose das vacinas Coronavac ou Pfizer, que são os imunizantes autorizados para esse público pelo Ministério da Saúde. Os adolescentes devem levar o comprovante de vacinação da 2ª dose e CPF (Cadastro de Pessoa Física). 

A Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, reforça que podem receber a 3ª dose os adolescentes que já foram imunizados com a 2ª dose há quatro meses ou mais. O órgão salienta ainda que adolescentes que estiverem com estado gripal agudo deverão aguardar melhora para receberem a 3ª dose que, nesses casos, pode provocar contra-indicações.  

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, a população estimada de adolescentes do município dessa faixa etária é de 18.270 pessoas. Ainda segundo o órgão, mais de 90% dos adolescentes já receberam as 2 doses contra a COVID-19.

Vacina contra vírus HPV é importante para proteger adolescentes contra várias doenças

  • Publicado em Saúde

Imunizante está disponível nas UBSs de Hortolândia e integra calendário vacinal obrigatório para a população adolescente

Este mês marca a campanha “Março Lilás” de conscientização sobre o câncer de colo de útero. A Prefeitura de Hortolândia reforça que uma das principais medidas de prevenção à doença é a vacina contra o vírus HPV (Papilomavírus Humano), que causa o câncer de colo de útero e outras doenças. 

A imunização contra a doença é recomendada já na adolescência, com a aplicação de duas doses. O intervalo entre as doses é de seis meses. O imunizante integra o calendário vacinal obrigatório para meninas na faixa etária de 9 a 14 anos. A Prefeitura salienta que a vacina está disponível gratuitamente nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). 

O HPV também pode provocar várias doenças nos homens. Por isso, a vacina também está incluída no calendário vacinal obrigatório para meninos de 11 a 14 anos. A vacina para o público adolescente masculino também é oferecida gratuitamente pela Prefeitura nas UBSs do município. 

A Prefeitura reforça para as famílias e os responsáveis a importância de imunizar os adolescentes contra o HPV. De acordo com a Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal dessa população contra o HPV está baixa. Em 2020, 2.915 adolescentes receberam a 1ª dose. Já o número de adolescentes vacinados com a 2ª dose foi de 2.401. O total de adolescentes com o esquema vacinal completo foi de 13%. 

Em 2021 houve queda na cobertura vacinal. O número de adolescentes imunizados com a 1ª dose foi de 2.588. Já a 2ª dose foi aplicada em 2.194 adolescentes. O total da população adolescente com o esquema vacinal completo foi de 12%. De acordo com a Secretaria de Saúde, a população do município na faixa etária de 9 a 14 anos é de 17.382 pessoas.  

De acordo com a coordenadora do programa de imunização da Secretaria de Saúde, Ana Paula Fernandes, um dos principais motivos para a baixa adesão à vacinação contra o HPV é a ideia preconcebida que famílias e responsáveis têm que a vacina estimula a vida sexual precoce do público adolescente. “É necessário desmitificar essa visão que as pessoas têm. A vacina previne os adolescentes contra doenças que eles podem vir a ter mais para frente na idade adulta. Além da vacina, é importante que as famílias e os responsáveis conversem e orientem os adolescentes sobre os riscos e os problemas que podem ser causados com o início precoce da vida sexual”, salienta Ana Paula. 

Ainda de acordo com a coordenadora, outro motivo para a baixa vacinação está relacionada à adolescência, fase em que os jovens já consideram que têm autonomia para tomar decisões, e por isso julgam não ser necessário serem vacinados. Ana Paula ainda salienta que a queda na cobertura vacinal em 2021 também foi causada pela pandemia do Coronavírus.

A coordenadora ressalta para que os adolescentes e suas famílias e/ou responsáveis procurem a UBS de referência para mais informações e orientações sobre o HPV e a vacina.

Hortolândia terá pausa na vacinação contra a COVID-19 durante feriado de Carnaval

  • Publicado em Saúde

Imunização acontece até esta sexta-feira (25/02), sendo retomada na próxima quarta-feira (02/03)

Se você está atrasado na vacinação contra a COVID-19, fique atento! A Prefeitura de Hortolândia realiza a vacinação até esta sexta-feira (25/02) e depois fará uma pausa em virtude do feriado do Carnaval. A vacinação será retomada na próxima quarta-feira (02/03), às 8h, para crianças de 5 a 11 anos, e às 12h, para adolescentes a partir de 12 anos, jovens e adultos. Durante a semana, a imunização é realizada em diferentes unidades a cada dia para crianças de 5 a 11 anos, adolescentes a partir de 12 anos, jovens e adultos (confira o quadro abaixo). O agendamento é necessário somente para quem for receber a 3ª dose. O agendamento deve ser feito no site da Prefeitura, por meio deste LINK.

De acordo com a Secretaria de Saúde, já foram imunizadas com a 1ª dose 208.312 pessoas (95% da população). Já com a 2ª dose são 185.892 pessoas (85% da população) vacinadas. O número de pessoas imunizadas com a 3ª dose é de 75.269 (34% da população). Os faltantes de 2ª dose no município são 8.153 pessoas. Já os faltosos da 3ª dose são 69.334 pessoas.

A Secretaria de Saúde salienta que o intervalo da 1ª para a 2ª dose para quem recebeu a Coronavac é de 28 dias. Quem recebeu a AstraZeneca, o intervalo é de 8 semanas. Já para quem foi imunizado com a Pfizer, o intervalo da 1ª para a 2ª dose é de 21 dias para adultos e de 8 semanas para adolescentes. Para quem recebeu a 1ª dose da Janssen, o intervalo para a dose de reforço é de 2 meses. Já o intervalo da 2ª para 3ª dose para todas as vacinas, com exceção da Janssen, é de 4 meses. Para os imunossuprimidos, o intervalo da 2ª para a 3ª dose é de 28 dias.

Quem for receber a 1ª dose deve apresentar Carteira de Identidade (RG) ou algum documento com foto, CPF e comprovante de endereço. Já para quem for receber a 2ª ou a 3ª doses, é necessário levar o comprovante de vacinação, Carteira de Identidade ou algum outro documento com foto e CPF. Os adolescentes podem receber a 2ª dose desacompanhados de pai, mãe ou responsável.

UBSs que fazem vacinação durante a semana para crianças com idade a partir de 12 anos, jovens e adultos:

 

 

UBSs

Segunda-feira

UBS Figueiras:

rua Maraci Aparecida Maratarolli Campos, 66

 

UBS Orestes Ôngaro:

rua Domingos Batista Souza, 605

 

Terça-Feira

UBS Amanda I:

rua Almada Negreiros, 1.299

 

UBS Nova Europa:

rua Wanderlei Paz Soares, 301

 

 

Quarta-feira

UBS São Jorge:

rua Goiás, 1.140

 

UBS Santiago:

rua Projetada, 100

 

Quinta-feira

UBS Santa Esmeralda:

rua Turquesa, 171

 

UBS Taquara Branca:

rua Onze de Agosto, 25

 

Sexta-feira

UBS Adelaide:

rua Julio Cesar do Nascimento, 355

 

UBS Santa Clara:

rua dos Estudantes, 415

 

UBS São Bento:

rua Tom Jobim, 440

 

UBSs que fazem vacinação contra a COVID-19 durante a semana para crianças de 5 a 11 anos:

 

 

UBSs

Segunda-feira

 

UBS Novo Ângulo:

rua Edézio Vieira de Moraes, 146

 

UBS Dom Bruno Gamberini:

av. São Francisco de Assis, 46

 

Terça-Feira

 

UBS Rosolém:

rua Osmar Antonio Meira, 300

 

Quarta-feira

 

UBS Campos Verdes:

rua da Confibra, 155

 

Quinta-feira

 

UBS Parque do Horto:

rua José Augusto dos Anjos, 95

 

Sexta-feira

 

UBS Amanda II:

avenida Brasil, 800

 

Atenção, adolescentes: Prefeitura de Hortolândia solicita que se imunizem com 2ª dose da vacina contra a COVID-19

  • Publicado em Saúde

De acordo com a Secretaria de Saúde, 5.877 adolescentes estão faltantes com a 2ª dose

Com a proximidade do período de férias escolares e Natal, os adolescentes certamente passarão o fim de ano com suas famílias, parentes ou amigos. Por esse motivo, a Prefeitura de Hortolândia os alerta sobre a importância de completarem o ciclo de imunização da vacina contra a COVID-19. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, 5.877 adolescentes de 12 a 17 anos estão faltantes com a 2ª dose. Esse público representa 37% do total de faltantes no município.

Os adolescentes podem receber a 2ª dose após o intervalo de 8 semanas da 1ª dose. Para isso, eles devem procurar as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) onde é feita a vacinação (vide quadro abaixo). Os adolescentes devem levar o comprovante de vacinação da 1ª dose e CPF (Cadastro de Pessoa Física). Não é necessário ir acompanhado de pai, mãe ou responsável.

A Secretaria de Saúde relembra que a população adolescente de 12 a 17 anos do município foi imunizada com a vacina da Pfizer, conforme a determinação do Ministério da Saúde. 

A Secretaria de Saúde reforça que os adolescentes devem completar o esquema vacinal para que fiquem imunizados contra a doença e as novas variantes do Coronavírus que estão surgindo. Ao receberem a 2ª dose, os adolescentes diminuem o risco de transmitirem a COVID-19 para pessoas de seu convívio pessoal.

Confira abaixo os dias da semana e as UBSs onde é feita a vacinação da 2ª dose contra a COVID-19:

Dia da semana

UBSs

Segunda-feira

Figueiras, Novo Ângulo, Orestes Ôngaro e Centro de Lutas Eliel Gomes (para pessoas atendidas pela UBS Dom Bruno Gamberini)

Terça-feira

Amanda I, Nova Europa, Parque do Horto e Rosolém

Quarta-feira

Campos Verdes, Santiago e São Jorge

Quinta-feira

Santa Esmeralda e Taquara Branca

Sexta-feira

Adelaide, Amanda II, Santa Clara e São Bento

Adolescentes com comorbidades já podem antecipar a 2ª dose contra a COVID-19 a partir desta segunda-feira (18/10)

  • Publicado em Saúde

A antecipação da 2ª dose também é realizada para o público adulto

Se você é adolescente com comorbidade e já recebeu a 1ª dose da vacina da Pfizer contra a COVID-19 precisa completar sua imunização. A partir desta segunda-feira (18/10), a Prefeitura de Hortolândia antecipa a 2ª dose da vacina para esse público. A antecipação é realizada de acordo com a nova determinação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde que reduziu o intervalo de 12 para 8 semanas (equivalente a 2 meses, ou 56 dias). A antecipação da 2ª dose a partir desta segunda-feira também é feita para o público adulto que recebeu a 1ª dose da Pfizer.

Para receber a 2ª dose não é necessário fazer agendamento. Basta ir ao local onde recebeu a 1ª dose, levar documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o comprovante da 1ª dose. Já os adolescentes com comorbidades devem ir acompanhados de pai, mãe ou responsável. O adolescente também pode receber a 2ª dose desacompanhado. Para isso, ele deve levar o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. O termo está disponível nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou pode ser baixado no site da Prefeitura, no link para o agendamento.

A Secretaria de Saúde reforça a solicitação às pessoas que ainda não receberam a 2ª dose para que compareçam ao local onde receberam a 1ª dose para completarem a imunização. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, 18.189 pessoas estão faltantes com a 2ª dose na cidade. A Secretaria de Saúde salienta às pessoas que é importante completar a imunização para que o município atinja mais rapidamente 100% da população protegida contra a COVID-19 e, assim, agilizar o processo da retomada das atividades presenciais. No sábado, a Prefeitura realizou vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram vacinadas 1.456 pessoas, entre 1ª e 2ª doses. 

1ª DOSE

Para receber a 1ª dose, é necessário realizar o agendamento no site da Prefeitura de Hortolândia, por meio deste LINK. No agendamento é indicado o local onde a pessoa deve se dirigir para ser imunizado, levando documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física), comprovante de endereço e comprovante do agendamento. Crianças e adolescentes com idade entre 12 e 17 anos devem ir acompanhados de pai, mãe ou responsável no dia da vacinação. Os menores também podem receber a 1ª desacompanhados, desde que levem o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. 

3ª DOSE

A vacinação da 3ª dose é oferecida atualmente em Hortolândia para idosos com idade de 60 anos ou mais e pacientes imunossuprimidos. A imunização é feita exclusivamente no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro. É preciso fazer agendamento no site da Prefeitura. 

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que os idosos podem receber a 3ª dose somente seis meses após a 2ª dose. No dia da vacinação, os idosos devem levar os comprovantes de vacinação da 1ª e 2ª doses. Caso o idoso tenha sido vacinado com a 1ª ou a 2ª dose fora de Hortolândia, ele deverá apresentar comprovante de residência deste ano e CPF. 

A Secretaria de Saúde ainda salienta que a 3ª dose continua a ser aplicada para imunossuprimidos com idade a partir de 12 anos e profissionais da rede particular de saúde. Esses públicos também devem fazer o agendamento para a 3ª dose no site da Prefeitura. Os imunossuprimidos devem seguir o intervalo de 28 dias entre a 2ª dose e a 3ª dose. No dia da vacinação, os imunossuprimidos devem levar o comprovante da 2ª dose, CPF e comprovante da doença. Já os profissionais da rede particular de saúde devem apresentar algum documento que comprove sua atuação na área.