Menu


Colônia de férias ensinará artes circenses para crianças e adolescentes em Hortolândia

Atividade será de 02 a 05/07, pela Prefeitura e a OSC Lona das Artes; são 120 vagas disponíveis

No próximo mês começa o período de férias escolares de meio de ano. Por isso, as famílias já procuram atividades de lazer para crianças e adolescentes. Uma boa pedida é a Colônia de Férias Circenses, que será promovida pela Prefeitura de Hortolândia e a OSC (Organização da Sociedade Civil) Lona das Artes. A atividade acontecerá de 02 a 05/07 na Escola Municipal de Circo, que fica dentro da Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua  Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A colônia é para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos. Para participar é necessário fazer inscrição por meio deste LINK. São 120 vagas disponíveis. 

De acordo com a OSC, crianças e adolescentes poderão conhecer o universo mágico do circo. A colônia ensinará várias atividades, tais como malabarismo, acrobacias, equilibrismo, dentre outras. O objetivo é proporcionar ao público infantojuvenil aprendizado e convivência social de um jeito divertido. 

A programação diária será das 13h às 17h, sendo que às 15h será oferecido um lanche. Já na noite do dia 04/07, às 20h, a colônia promoverá a atividade especial “Cine Circo”, na qual crianças, adolescentes e suas famílias vão assistir uma sessão de cinema. Mais informações sobre a colônia por meio do Instagram ou do WhatsApp da OSC, cujo número é (19) 98835-6222. 

ESCOLA DE CIRCO 

A Escola Municipal de Circo de Hortolândia foi inaugurada em abril deste ano pela Prefeitura. A entrega da escola é uma das ações do PVAL (Plano de Valorização do Artista Local), implementado pela Secretaria de Cultura. Por sua vez, o PVAL integra o novo PIC da Prefeitura de Hortolândia. 

A Escola Municipal de Circo é uma iniciativa conjunta da Prefeitura e a OSC Lona das Artes. A unidade ministra cursos e oficinas sobre artes circenses para a população. As atividades são realizadas pela OSC. A Escola de Circo está montada na área externa da Escola de Artes Augusto Boal, e conta com a característica lona de circo. Uma base em forma de círculo foi construída para melhor fixação da lona no solo. 

Serviço:

Colônia de Férias Circenses:

Data: De 02 a 05/07

Horário: 13h às 17h (lanche às 15h)

Local: Escola Municipal de Circo de Hortolândia (dentro da Escola de Artes Augusto Boal)

Endereço: rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda I

Leia mais ...

Projeto Escritores de Hortolândia lança livro de contos inspirados em vivências de presidiários

Projeto da Prefeitura promove o lançamento da obra “Matrícula”, de Jeferson Dantas, nesta terça-feira (18/06), às 19h, no Teatro Elizabeth Keller de Matos, no Jardim Amanda

A literatura tem o poder de reintegrar pessoas à sociedade. É isso que prova o livro “Matrícula”, de Jeferson Dantas. A obra literária será lançada pelo projeto Escritores de Hortolândia, realizado pela Prefeitura. O evento de lançamento será nesta terça-feira (18/06), às 19h, no Teatro Elizabeth Keller de Matos, que fica dentro da Unidade Cultural Arlindo Zadi, localizada na rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda. 

O livro reúne 58 contos inspirados em histórias que o autor ouviu e coletou de presidiários. Ele cumpriu pena de 2013 a 2021. “Este livro é sobre histórias de como diversas pessoas acabaram recebendo a sua ‘matrícula’, ou seja, foram presas. Nas histórias encontra-se uma diversidade muito grande de classes sociais e etnias. Assim como também uma grande diferença de motivos pelos quais ocorreram essas prisões”, explica o autor. 

A obra é o primeiro trabalho de Jeferson como autor. “Sempre escrevi textos, mesmo quando estava na prisão. Houve vezes que eu escrevia cinco histórias por dia. A experiência de escrever é gostosa. É uma grande alegria”, destaca o autor. Atualmente, Jeferson trabalha em pizzaria. Mas ele quer seguir em frente com a carreira literária. Tanto que pretende escrever um segundo volume do livro. “Será com histórias de pessoas que saíram da prisão e se ressocializaram”, conta Jeferson.    

ESCRITORES DE HORTOLÂNDIA 

O projeto Escritores de Hortolândia é uma iniciativa da Prefeitura para apoiar o trabalho de autores da cidade. O projeto é uma das ações que integra o PVAL  (Plano de Valorização do Artista Local), lançado pela Secretaria de Cultura em dezembro de 2023. Por sua vez, o PVAL integra o Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura. 

Escritores de Hortolândia que, porventura, queiram contar com o apoio da Prefeitura para lançar seus livros, podem solicitá-lo por meio do site Mapa da Cultura, da Secretaria de Cultura. No site, os escritores devem preencher um formulário on-line, disponível por meio deste LINK (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScDlNwisUUjaj70AAm1La0SLsDoUX56nqs-kfrNRXf_mOC9kw/viewform). A solicitação de apoio será avaliada pela Secretaria de Cultura. 

O primeiro lançamento realizado, em fevereiro deste ano, pelo projeto foi o do livro “Poesias de Isabela”. Já em março, o projeto fez o lançamento da obra “Amores Cósmicos”, da jovem Amanda Sales, de 18 anos. Depois, em maio, foi lançado o livro infantil “O menino que sonhava”, de Alexandre Carmo.

Leia mais ...

Ainda há vagas para oficina sobre como elaborar projeto cultural

Atividade será nesta quarta e quinta-feira (15 e 16/05), às 19h, no recém-inaugurado Cine Teatro, no Jardim Amanda

Para quem atua no setor artístico-cultural uma boa oportunidade de trabalho é por meio dos editais públicos. Mas para participar deles é preciso apresentar um projeto. Para ajudar os fazedores culturais a cumprir essa etapa, a Prefeitura de Hortolândia promove a oficina “Como faço para escrever um projeto cultural?”. A atividade será nesta quarta e quinta-feira (15 e 16/05), às 19h, no recém-inaugurado Cine Teatro, que fica dentro da Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. Para participar é necessário fazer inscrição por meio deste LINK. São 70 vagas em cada dia. 

A Secretaria de Cultura orienta os interessados para que se inscrevam em somente em um dia a fim de possibilitar que mais pessoas também possam participar. A oficina é uma das ações que integra o PVAL (Plano de Valorização do Artista Local), lançado pela Secretaria de Cultura em dezembro de 2023. Por sua vez, o PVAL integra o Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura.   

A realização da oficina é para atender uma demanda apresentada por fazedores culturais durante as escutas públicas on-line e presencial, realizadas pela Prefeitura, em abril deste ano. As escutas foram eventos abertos para o setor artístico-cultural da cidade e a população para explicar a Política Nacional Aldir Blanc (PNAB). Hortolândia foi contemplada com recursos do governo federal provenientes da PNAB para fomentar ações e projetos, a serem realizados por profissionais e fazedores do setor artístico-cultural. 

A oficina explicará o que é a PNAB. Também serão abordados os elementos básicos para elaborar um projeto cultural, dentre os quais Apresentação ou Introdução, Objetivo geral/objetivos específicos, Justificativa ou Relevância ou Importância, Cronograma, Planilha financeira, Público-alvo, Ficha técnica, Ações afirmativas, Planos de divulgação e Contrapartidas. A atividade será ministrada pela Profa. Dra. Kaya Chrys Madeira, que atua como atriz, diretora e, há mais de 10 anos, ministra aulas de Produção Cultural em importantes instituições públicas federais de Ensino Superior.

Leia mais ...

Projeto Escritores de Hortolândia lança livro infantil “O menino que voava”

Lançamento promovido pela Prefeitura será on-line, nesta terça-feira (07/05), às 19h, no canal do YouTube da Secretaria de Cultura; evento faz parte da programação de aniversário da cidade 

Aniversário também se comemora com livro. É o que mostra o projeto Escritores de Hortolândia, realizado pela Prefeitura, que lança a obra literária infantil “O menino que voava”, nesta terça-feira (07/05). O lançamento será feito de modo on-line, às 19h, pelo canal do YouTube da Secretaria de Cultura. O lançamento do livro integra a programação comemorativa pelo aniversário de 33 anos de emancipação política de Hortolândia. 

O livro foi escrito pelo professor Alexandre Carmo, que atua em um colégio particular da cidade. De acordo com ele, a ideia para o livro surgiu com base em suas experiências com os alunos em sala de aula, em 2023. A partir daí, o autor escreveu um conto sobre um professor que ensina e dá dicas para um aluno que tem dificuldade em se concentrar para estudar. 

“É uma história simples e real. A turma adorou a ideia e até fizemos uma versão inicial de um possível livro. Porém, acabamos nos focando mais na história e realizamos uma peça teatral com o mesmo tema no Teatro Elizabeth Keller de Matos. Foi um sucesso! Todos ficaram bastante satisfeitos”, explica o autor-professor. 

No fim do ano passado, Alexandre retomou o projeto do livro. As ilustrações da obra foram feitas por sua sobrinha, Heloisa, de 13 anos. “Desde muito cedo, ela apresentava facilidade com desenho. Eu a ensinei tudo o que sabia, e hoje ela me superou bastante. Tenho muito orgulho disso. As ilustrações ficaram lindas. Tenho certeza que Heloisa se tornará uma grande ilustradora do nosso país. Ela capturou a essência do livro. Ficou incrível”, destaca o autor. 

Inicialmente, o autor publicou o livro em dois formatos, um com diálogos e outro sem, em um conhecido site de vendas. Mas, logo, o autor percebeu a necessidade de lançar o livro no formato físico. O professor viabilizou o livro por meio de uma plataforma de autopublicação. O livro já está à venda em um grande site da internet. “Espero que a mensagem de superação que o livro traz se espalhe para o máximo de pessoas possível. Acredito verdadeiramente que é possível encontrar um equilíbrio entre sonhar e se concentrar, assim como os personagens do livro fizeram”, destaca o escritor. 

ESCRITORES DE HORTOLÂNDIA 

O projeto “Escritores de Hortolândia” é uma iniciativa da Prefeitura para apoiar o trabalho de autores da cidade. O projeto é uma das ações que integra o PVAL (Plano de Valorização do Artista Local), lançado pela Secretaria de Cultura em dezembro de 2023. Por sua vez, o PVAL integra o Novo PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura. 

Escritores de Hortolândia que, porventura, queiram contar com o apoio da Prefeitura para lançar seus livros, podem solicitá-lo por meio do site Mapa da Cultura, da Secretaria de Cultura. No site, os escritores devem preencher um formulário on-line, disponível por meio deste LINK. A solicitação de apoio será avaliada pela Secretaria de Cultura. 

O primeiro lançamento realizado, em fevereiro deste ano, pelo projeto foi o do livro “Poesias de Isabela”. Já em março, o projeto fez o lançamento da obra “Amores Cósmicos”, da jovem Amanda Sales, de 18 anos.

Leia mais ...

Obra do parque socioambiental do Jardim Amanda deve começar em até 40 dias

Prefeito José Nazareno Zezé Gomes anunciou a novidade durante a inauguração do Cine Teatro, na noite da sexta-feira (26/04)

Hortolândia ganhará a sua maior área de lazer com muito verde em breve. A obra de construção do parque socioambiental do Jardim Amanda está prevista para começar em 30 a 40 dias. O prefeito José Nazareno Zezé Gomes anunciou a novidade na inauguração do Cine Teatro, novo espaço cultural que fica dentro da Escola de Artes Augusto Boal, localizada em frente à área onde ficará o futuro parque, na noite da sexta-feira (26/04). 

Zezé reforçou que será o maior parque da cidade. “O parque linear do Jardim Amanda será de três a quatro vezes maior do que o Lago da Fé. Hoje, ao chegar aqui para a inauguração do Cine Teatro, eu já comecei a visualizar o novo parque, pois eu já vi o projeto em 3D. Será uma obra que vai impulsionar o comércio aqui da região e valorizar o Jardim Amanda”, destacou o prefeito. A construção do parque socioambiental do Jardim Amanda é uma das obras que integram o Novo PIC da Prefeitura e o PVAL (Plano de Valorização do Artista Local). 

E tem mais novidades. O prefeito também atualizou a data de inauguração do novo Paço Municipal para o dia 28 de maio. Já na área de Educação, a população ganhará um importante benefício. O prefeito divulgou que o município deverá entregar mais quatro escolas municipais.   

O Cine Teatro representa um grande ganho para os moradores, destacou Zezé. “Há dois anos atrás eu vim aqui e fiquei triste ao ver a situação deste espaço. Hoje, inauguramos o Cine Teatro, que foi bastante remodelado. É um espaço para valorizar os artistas e o trabalho que eles fazem na cidade, além de trazer a comunidade para cá. Por isso, espero que vocês façam bom uso deste espaço”, salientou o prefeito. 

LEI PAULO GUSTAVO 

De acordo com a Secretaria de Cultura, o Cine Teatro é o antigo auditório que existe na Escola de Artes Augusto Boal. O local passou por revitalização e reforma para oferecer mais conforto. Dentre os serviços executados estão a colocação de carpete e cortinas novas. 

Com isso, a população passa a contar com um novo espaço cultural onde poderá conferir sessões de cinema e assistir espetáculos teatrais. O Cine Teatro tem capacidade para 78 pessoas. 

Outra importante intervenção feita foi a construção de rampa de acessibilidade para cadeirantes. O espaço também foi modernizado com a instalação de aparelhos de climatização, luminárias de LED e cabine de projeção.   

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, salientou que a revitalização do espaço foi possível graças aos recursos repassados ao município por meio da lei federal Paulo Gustavo. “Com a inauguração do Cine Teatro, Hortolândia está se tornando a ‘Cidade das Artes’ porque temos artistas e povo bons”, enalteceu o secretário. 

O Cine Teatro é um ganho importante para a população, que a partir de agora passa a usufruir de mais uma opção de lazer na cidade, ressaltou o secretário de Governo, Cafu Cesar. “Hortolândia é um dos municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que passa a ter agora um cinema público. Este novo espaço é uma oportunidade para a população ir ao cinema e assistir sessões gratuitas. Para isso, temos aqui um projetor de alta resolução. Além disso, por meio de um convênio com o governo do Estado, haverá, a cada 15 dias, sessões de cinema”, destacou o secretário. 

Para a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria dos Anjos, o Cine Teatro vai ajudar na formação artística dos moradores. “É um espaço que vai ajudar a descobrir e abrir espaço para novos talentos do município. Portanto, que vocês façam bom uso deste novo espaço que foi reformado”, ressaltou a primeira dama. 

O público já pôde ter uma pequena amostra do talento artístico de Hortolândia. Para marcar a sua inauguração, o Cine Teatro promoveu sua primeira sessão. Foram exibidos o clipe da música “A festa acabou”, do cantor Jovem San, e os curtas-metragens “Crônicas de amor e pertencimento”, de Júlia Rany Uzun, e “A pedra”, de Osvaldo Donizete Pereira Santos. A programação continuou no sábado (27/04) com a exibição dos curtas-metragens “O eu sozinho”, de Hesming Augusto de Assis, “A transformação”, de E. de M.Werdine Importação, e “Receita de vó”, de Renan Lelis Gomes. A inauguração do Cine Teatro teve ainda apresentação da cantora Bela Sarmento e banda Gulvi.

Leia mais ...

Hortolândia inaugura sala Cine-Teatro, nesta sexta-feira (26/04)

Evento de entrega do novo espaço será, às 19h, na Escola de Artes Augusto Boal, no Jardim Amanda 

Hortolândia ganha mais um espaço cultural. É o Cine-Teatro, que a Prefeitura inaugura nesta sexta-feira (26/04). A cerimônia de inauguração será às 19h. O novo espaço cultural fica dentro da Escola Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda. A entrega do Cine-Teatro é uma das ações que integram o PVAL (Plano de Valorização do Artista Local), implementado pela Secretaria de Cultura. O PVAL integra o Novo PIC da Prefeitura. 

De acordo com a Secretaria de Cultura, o novo local é o antigo auditório que existe na Escola de Artes Augusto Boal. O auditório passou por revitalização e reforma com o objetivo de transformá-lo num espaço mais confortável para sessões de exibição de filmes e encenação de espetáculos teatrais. Foram feitos também serviços de pintura interna e externa, além de alvenaria. 

Outra importante intervenção feita foi a construção de rampa de acessibilidade para cadeirantes. Com isso, o novo espaço ampliou sua capacidade, e agora pode receber 78 pessoas. 

O novo Cine-Teatro também foi modernizado com a instalação de aparelhos de climatização, luminárias de LED e cabine de projeção. O espaço também conta agora com carpete e cortinas novas. 

Ainda segundo a Secretaria de Cultura, o novo espaço será utilizado ainda para receber atividades relacionadas aos cursos livres e técnicos que são ministrados na Escola de Artes. A população também poderá utilizar o Cine-Teatro. Para isso, será necessário preencher uma ficha de solicitação, disponível no site Mapa da Cultura. A ficha deverá conter informações sobre o uso do espaço. A solicitação será avaliada pela Secretaria de Cultura.   

INAUGURAÇÃO 

A cerimônia de inauguração do Cine-Teatro terá apresentação da cantora Bela Sarmento. Após as falas das autoridades, haverá uma sessão de exibição de clipes musicais e curtas-metragens que foram contemplados com recursos da lei federal Paulo Gustavo para serem produzidos. 

Serão exibidos o clipe “Jovem San”, de Thalyssa Ribeiro Veroni; o clipe musical do Coro de Câmara e da Orquestra do Unasp (Centro Universitário Adventista de São Paulo); e os curtas-metragens “Crônicas de amor e pertencimento”, de Júlia Rany Uzun, e “A pedra”, de Osvaldo Donizete Pereira Santos. 

A Prefeitura de Hortolândia também já inaugurou outro espaço na Escola de Artes Augusto Boal. É a Escola Municipal de Circo, que foi entregue em março deste ano. A inauguração da Escola de Circo também faz parte do Plano de Valorização do Artista Local e do Novo PIC da Prefeitura.

Leia mais ...