Menu


Museu Municipal Estação Jacuba de Hortolândia abre neste fim de semana

Espaço da Prefeitura funciona neste sábado e domingo (25 e 26/05), das 9h às 13h; museu está com exposição de grafite do artista Kranium

Que tal comemorar o aniversário de Hortolândia com um passeio cultural? A dica é visitar o Museu Municipal Estação Jacuba. O órgão da Prefeitura estará aberto, neste sábado e domingo (25 e 26/05), das 9h às 13h. O espaço está localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. O museu abre no último fim de semana de cada mês. 

Atualmente, o local está com a exposição “Origens – Revisitando memórias, grafitando o futuro”, com 15 obras de grafite do artista Kranium. Ele criou as obras especialmente para a exposição. O tema são as memórias do artista sobre a infância, quando viveu no interior do Paraná. A ideia para a exposição surgiu a partir da constatação da passagem do tempo e do amadurecimento pessoal do artista. 

Dentre as obras expostas, há trabalhos em tela, arte digital e instalações. O artista também apresenta objetos antigos pertencentes à sua família, como ferro de passar, monóculos (foto), ferramentas e baleiro, que foram ressignificados de maneira artística. A mostra é um dos projetos contemplados com recursos da lei federal Paulo Gustavo. 

Kranium, cujo nome verdadeiro é Leandro Ferreira dos Santos, nasceu no município de Francisco Alves, região noroeste do Paraná. Mudou-se para Hortolândia em 1991, ano da emancipação do município. Desde então, se consolidou como um dos principais artistas de grafite da região. Kranium, junto com o também artista Cabelin (Hélio Domingues da Luz), criaram o Festival Jacuba de Graffiti, que é realizado na cidade desde 2020 e já recebeu artistas de outros municípios e estados do Brasil. 

ESTAÇÃO JACUBA 

O Museu Municipal Estação Jacuba ocupa o prédio da antiga estação ferroviária que foi restaurado pela Prefeitura e inaugurado em 2014. O espaço guarda um acervo de objetos, fotos e materiais antigos relacionados à história da própria estação e do município, que estão agrupados em várias salas. Todos esses materiais são parte importante do patrimônio da cidade. 

O espaço fica ao lado da via férrea. Durante a visita, o público poderá ter a sorte de ver o trem passar e registrar o momento com fotos, selfies e vídeos. Por motivo de segurança, o centro orienta os visitantes a permanecerem na área externa cercada com grade para tirar fotos ou fazer vídeos da passagem do trem. 

O museu ainda oferece atrativos tecnológicos. Um deles é a câmera de monitoramento de trens que passam na via férrea. A câmera, do modelo 360º, funciona 24 horas. As imagens da câmera são exibidas em tempo real no canal no YouTube do grupo Railcam Brasil. O equipamento foi inaugurado em maio de 2022. Para que os visitantes possam fazer fotos, selfies e vídeos, o centro tem Wi-Fi, disponibilizado pelo grupo Railcam Brasil.

Leia mais ...

Hortolândia promove exposição com obras de grafite do artista Kranium

Prefeitura inaugura mostra “Origens – Revisitando memórias, grafitando o futuro” nesta sexta-feira (05/04), às 19h, no Museu Estação Jacuba

Uma viagem de volta à infância a partir da arte colorida do grafite. Essa é a proposta da exposição “Origens – Revisitando memórias, grafitando o futuro”, que a Prefeitura de Hortolândia inaugura, nesta sexta-feira (05/04). A cerimônia de abertura será, às 19h, no Museu Municipal Estação Jacuba, localizado na rua Rosa Maestrello, 2, Vila São Francisco. A mostra é um dos projetos contemplados com recursos da lei federal Paulo Gustavo

A exposição reúne 15 obras de grafite do artista Kranium (na foto com uma das obras que será exposta). O artista explica que criou as obras especialmente para a exposição. O tema das obras é as memórias do artista da sua infância, época que viveu no interior do Paraná. “Eu trabalho muito com elementos da natureza, em especial, pássaros. Algumas das obras também são inspiradas em histórias e ‘causos’ da minha família”, conta Kranium. 

De acordo com o artista, o tema das obras e da exposição surgiu a partir da constatação da passagem do tempo e do amadurecimento pessoal. Dentre as 15 obras expostas, há trabalhos em tela, arte digital e instalações. O artista também apresenta objetos antigos pertencentes à sua família, tais como ferro de passar, monóculos, ferramentas e baleiro, que foram ressignificados de maneira artística. 

Kranium destaca ainda que a exposição tem caráter interativo. “Tem algumas obras que as pessoas vão ter que tocar e pegar mesmo. A ideia é promover interação com o público”, salienta o artista.  

A exposição também trabalha o aspecto sensorial. Kranium conta que no dia da inauguração será servido um café noturno ao público. Dentre os quitutes que os visitantes poderão degustar está um doce japonês chamado manju, que é recheado com doce de feijão. Na região onde o artista morou havia presença da colônia nipônica. “Eu gostava muito desse doce na infância. Com o café, a ideia é trabalhar o sentido do olfato do público. Para isso, vamos deixar o ambiente com o cheiro de café torrado”, explica o artista. 

A exposição “Origens – Revisitando memórias, grafitando o futuro” fica em cartaz no Museu Municipal Estação Jacuba até o dia 10/05. A exposição fica aberta à visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 16h. 

KRANIUM 

Kranium, cujo nome verdadeiro é Leandro Ferreira dos Santos, nasceu no município de Francisco Alves, região noroeste do Paraná. Mudou-se para Hortolândia em 1991, ano da emancipação do município. Desde então, se consolidou como um dos principais artistas de grafite da região. Kranium, junto com o também artista Cabelin (Hélio Domingues da Luz), criaram o Festival Jacuba de Graffiti, que é realizado na cidade desde 2020 e já recebeu artistas de outros municípios e estados do Brasil.

Leia mais ...

5º Jacuba Festival de Graffiti acontece neste fim de semana

Prefeitura promove lançamento do evento, nesta sexta-feira (19/08), às 19h

Os desenhos e as cores vibrantes do grafite continuam a se espalhar por Hortolândia. Para apoiar essa forma de arte urbana, a Prefeitura promove o 5º Jacuba Festival de Graffiti, neste sábado e domingo (20 e 21/08), às 9h. O evento contará com oito artistas da cidade, da região e de outros estados. Eles criarão uma obra coletiva em um paredão de 11 metros de altura por cinco de largura, que fica dentro da Unidade Cultural Arlindo Zadi, órgão da Prefeitura, localizada na rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda. 

O público poderá conferir o talento de artistas de cinco estados: Chermie (Amazonas), Korea (Sergipe), LudBird (Tocantis), Ramon Phanton (Goiás) eVeio Art (Recife). Também participarão do festival três artistas da cidade e da região: Gui Nature, Lua e Q.Pirigo. De acordo com a organização do festival, para a criação da obra coletiva serão utilizados em torno de 50.000 ml de tinta spray, volume que equivale a 50 litros. O festival terá ainda food trucks, DJ e feira com exposição de trabalhos dos artistas participantes.

O artista Leandro Kranium, um dos idealizadores do festival, explica que a proposta é apresentar o grafite para que as pessoas entendam que é uma forma de arte urbana. “O festival proporcionará à cidade diversas experiências e vivências com artistas de outros estados, agregando novos conhecimentos culturais à população. Queremos que as pessoas entendam o graffiti como parte do cotidiano e, assim, passem a valorizar mais os artistas e a arte urbana em geral. Nosso projeto é transformar Hortolândia em referência nacional na arte urbana, fomentar a identificação e formação de novos artistas, além de estimular o graffiti como profissão”, destaca Kranium.

Para o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, a arte do grafite deixa a cidade com um astral mais alegre. “A cidade está cada vez mais colorida, mais feliz com tantas obras de arte. O ‘Jacuba Festival de Graffiti’ vem recolocando Hortolândia no status que a cidade merece no que se refere às manifestações culturais de rua da região e até em âmbito nacional”, destaca Bueno.

Nas edições anteriores, o Jacuba Festival de Graffiti já transformou quatro muros de Hortolândia em obra de arte, o equivalente a mais de 1.000 m² de grafite realizados por 24 artistas de diferentes estados do Brasil.  

Prévia

Para dar uma prévia do festival, Kranium e Cabelin, idealizadores do evento, grafitaram a caixa d´água da Unidade Cultural Arlindo Zadi (fotos), nesta semana. O reservatório, com 15 metros de altura, recebeu os desenhos de uma arara e de uma raposa. A arara, criada por Kranium, apresenta traços vetorizados, marca registrada do artista que costuma mostrar elementos do cotidiano e da natureza em suas obras. Já a raposa, obra de Cabelin, é o personagem preferido do artista. Com uma atitude altiva, o animal parece observar a cidade do alto.

Esquenta

Para fazer um “esquenta”, a Prefeitura promove o lançamento do festival, nesta sexta-feira (19/08), às 19h, no Teatro Elizabeth Keller de Matos, que fica na Unidade Cultural Arlindo Zadi. O evento é aberto ao público. Para participar, é necessário confirmar presença por meio deste LINK

Antes do lançamento, a organização do festival levará os artistas participantes para um tour para conhecer a cidade, os pontos turísticos e graffitis feitos em murais do município.

Crédito das fotos: Christopher G. Minucci

Leia mais ...