Menu


Neste sábado (08/05), Prefeitura realiza vacinação contra a COVID-19 para idosos com cadastro validado

  • Publicado em Saúde

Se você é idoso nascido até 1960 e seu cadastro está validado, fique atento! Neste sábado (08/05), a Prefeitura de Hortolândia realiza a vacinação contra a COVID-19. A vacinação acontece no horário das 8h às 12h e das 13h às 16h em sete locais: CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Amanda II, Figueiras, Novo Ângulo e Rosolém, e nas Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) João Carlos do Amaral Soares e Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin (confira abaixo os endereços dos locais). A Secretaria de Saúde salienta que serão imunizados somente os idosos cujos cadastros foram validados no site da Prefeitura.

A Secretaria de Saúde reforça que no CCMI será feita somente a aplicação da 1ª dose. A vacinação no local acontecerá com distribuição de senhas. Serão distribuídas 350 senhas durante o período da manhã e 250 senhas durante o período da tarde. A medida é para haver melhor controle da vacinação e evitar fila e aglomeração no local.

Para receber a 1ª dose, os idosos deverão levar a impressão do cadastro validado ou foto tirada com celular do cadastro validado, comprovante de residência, documento com foto ou CPF (Cadastro de Pessoa Física), Cartão Cidadão ou Cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). Já no caso da 2ª dose, os idosos devem levar o comprovante de vacinação, que é entregue no dia da aplicação da 1ª dose, e o CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, na Emeief Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin será feita a vacinação da 2ª dose somente para os idosos que receberam a 1ª dose no CCMI. O mesmo esquema será realizado na UBS Figueiras, que fará somente a vacinação da 2ª dose para idosos que receberam a 1ª dose na própria UBS.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter o cadastro validado, o idoso deverá tirar print (foto da tela) ou imprimir este comprovante, que deve ser levado ao local de vacinação.

Confira abaixo os endereços dos locais de vacinação:

– CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade): rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro

– UBS Amanda II: avenida Brasil, 800, Jardim Amanda II

– UBS Figueiras: rua Maraci Aparecida Martarolli Campos, 66, Jardim das Figueiras II

– UBS Novo Ângulo: rua Edézio Vieira de Moras, 146, Jardim Novo Ângulo

– UBS Rosolém: rua Osmar Antonio Meira, 300, Jardim Rosolém

– Emeief João Carlos do Amaral Soares: rua José Martim dos Anjos, 55, Jardim Nova Hortolândia

– Emeief Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin: rua José Camilo de Camargo, 333, Remanso Campineiro

Cantora Erica Barbosa lança disco com músicas autorais nos estilos piseiro e bregadeira

A cantora Erica Barbosa vai fazer os fãs dançarem forró. A artista divulga seu novo disco, intitulado “Piseiro e Bregadeira”. O disco estará disponível a partir desta sexta-feira (07/05) nos canais do YouTube da cantora, da Secretaria de Cultura e em plataformas de áudio. A cantora é uma das contempladas com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, grupos, empresas e profissionais dos setores artístico-culturais do município cujas atividades foram afetadas pela pandemia do Coronavírus.

De acordo com Erica Barbosa, o novo disco apresenta sete músicas autorais nos estilos piseiro, também chamado pisadinha, e bregadeira, que são duas novas variações do forró. As novas músicas são as seguintes: “Hoje Eu Tô No Piseiro”, “Vou Colocar Outro Em Seu Lugar”, “Você Traiu Primeiro”, “Compromisso Sério”, “Quem Pegar Pegou”, “Vai Rodar Mais Uma Vez” e “7 Dias”.

Feiras livres voltam à funcionar em Hortolândia seguindo regras sanitárias contra disseminação do Coronavírus

A realização das feiras livres em Hortolândia foi liberada após o município entrar na "Fase de Transição"  do Plano São Paulo de Retomada Gradual e Consciente da Economia. As equipes de fiscalização da Prefeitura intensificam o trabalho para que estes locais continuem cumprindo as regras de funcionamento como, por exemplo, o uso de máscaras de proteção facial de todos que circularem pela feira livre e o distanciamento das barracas e dos consumidores para evitar a disseminação do Coronavírus.

Além da fiscalização para o funcionamento correto das feiras seguindo os protocolos sanitários contra a disseminação da doença, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos realiza, após os espaços serem desmontados, mutirão de varrição das ruas onde as feiras acontecem. "Nos locais onde há venda de carnes, peixes e frango, por exemplo, também realizamos a lavagem destas vias com o suporte de um caminhão-pipa. Com as feiras ativas, nosso objetivo é manter a cidade limpa e bem cuidada para que, no próximo dia, a comercialização destes produtos aconteça, normalmente, em outra região", explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, as feiras livres de Hortolândia podem funcionar de quarta-feira à domingo, das 5h às 14h. Elas são montadas em diferentes regiões da cidade. Os espaços mais tradicionais ficam no Jardim Santa Clara do Lago, Parque Ortolândia, Jardim Amanda, Jardim Nova Hortolândia, Vila Real e Jardim São Sebastião.

O descumprimento às regras de funcionamento determinadas pelo decreto municipal nº 4.739 de 03 de março de 2021 pode gerar multas, interdições e autuações.  De acordo com a Secretaria de Governo da Prefeitura, a medida de suspensão vale para as feiras realizadas em todos os bairros da cidade, pontos estes que serão fiscalizados.

Segundo as equipes de Fiscalização da Administração Municipal, a interdição para quem descumprir as regras vigentes pode durar até 30 dias. Os responsáveis pelo comércio devem tomar providências para se adequarem às regras vigentes e encaminhar a documentação necessária para regularização junto à Administração Municipal e, assim, o estabelecimento será desinterditado. A medida é prevista no artigo 112 do Código Sanitário do Estado de São Paulo, lei nº 10.083.

Regras para funcionamento das feiras

O munícipe que quiser ser feirante, ingressando neste tipo de comércio, deve seguir passos para a obtenção de uma barraca na feira livre para a comercialização segura de seus produtos. O primeiro passo é o preenchimento de um requerimento no setor de "Protocolo Geral" do Paço Municipal Palácio das Águas, contendo a atividade que o munícipe pretende exercer na feira livre além de anexar uma cópia de CPF ou RG em mãos, no ato do preenchimento. Após esse preenchimento, o munícipe recebe orientações sobre a atividade na Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica.

O atendimento no “Protocolo Geral”, durante a "Fase de Transição" é realizado de segunda à sexta-feira, das 9h às 15h. Dúvidas podem ser esclarecidas por meio do telefone 3965-1400.  

 

Distribuição de senhas evita aglomeração para oferta de vacinas contra COVID em Hortolândia

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia solicita para que os idosos nascidos até 1959, cujos cadastros foram validados, compareçam ao Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI), órgão da Prefeitura, para a vacinação da 1ª dose contra a COVID-19. A vacinação acontece das 8h às 12h, e das 13h às 16h. Será feita entrega de senha para quem for receber a 1ª dose. De acordo com a Secretaria de Saúde, serão distribuídas 350 senhas durante o período da manhã e 250 senhas durante o período da tarde. A Secretaria de Saúde informa que a medida foi adotada para haver melhor controle da vacinação, evitar fila e aglomeração. O CCMI está localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. A Secretaria de Saúde salienta que serão imunizados somente os idosos cujo cadastro foi validado. O local não conta mais com esquema de vacinação drive-thru.

Os idosos deverão levar a impressão do cadastro validado ou foto tirada com celular do cadastro validado, comprovante atualizado de residência no município no nome do idoso ou do cônjuge, documento com foto ou CPF (Cadastro de Pessoa Física), Cartão Cidadão ou Cartão do SUS (Sistema Único de Saúde).

2ª DOSE

A Secretaria de Saúde salienta, ainda, que a aplicação da 2ª dose da vacina contra a COVID-19 é feita exclusivamente no ponto de vacinação que fica na Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) “Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin”, localizada na rua José Camilo de Camargo, 333, Remanso Campineiro. O horário de vacinação também é das 8h às 12h e das 13h às 16h. O prédio escolar é conhecido como o antigo “Bambino”, próximo do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade).

De acordo com a Secretaria de Saúde, a oferta da 2ª dose da vacina em novo endereço foi feita para evitar filas e aglomeração durante a semana no CCMI. Para receber a 2ª dose na Emeief “Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin”, os idosos devem levar o comprovante de vacinação, que é entregue no dia da aplicação da 1ª dose, e o CPF (Cadastro de Pessoa Física).

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter o cadastro validado, o idoso deverá ir ao local de vacinação e levar a impressão do cadastro validado ou foto tirada com celular do cadastro validado.

Projeto exibe contação de história online para crianças neste sábado (01/05)

Quer ensinar as crianças sobre o respeito às diferenças de um jeito divertido? A dica é conferir a contação de história “Zuri e A Fada Cachinhos”, que será exibida, neste sábado (01/05), às 15h, no canal do YouTube da Secretaria de Cultura. O projeto é um dos contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, grupos, empresas e profissionais dos setores artístico-culturais do município cujas atividades foram afetadas pela pandemia do Coronavírus.

A história é sobre Zuri, uma linda e alegre menina negra que tem cabelos cacheados. Ao ir para a escola, a garotinha é motivo de brincadeiras por parte das outras crianças que a consideram “diferente”. Mas Zuri contará com a ajuda da Fada Cachinhos. 

A contação será feita pela professora de Educação Infantil, Pamela Pereira, que criou a história a partir de experiências que viveu na infância. “Eu uso uma linguagem de conto de fadas que as crianças consigam entender. Na história, Zuri se sente diferente por causa dos seus cabelos. Mas a Fada Cachinhos vai ajudá-la para que ela se aceite do jeito que é. Cada pessoa tem uma beleza diferente. Por meio do projeto, eu quis trazer essa reflexão para as crianças e os adultos sobre a questão do padrão de beleza, que é um tema importante hoje”, explica a professora. Na peça, a professora também resgata a tradição das bonecas de feltro. “A Zuri é uma boneca de feltro, que traz a lembrança daquelas bonecas que no passado as mães faziam para suas crianças”, destaca Pamela.

Para evitar aglomeração, 2ª dose da vacina contra a COVID-19 agora é oferecida em novo local

  • Publicado em Saúde

A Prefeitura de Hortolândia altera o local para aplicação exclusiva da 2ª dose da vacina contra a COVID-19 em idosos cujos cadastros foram validados e já receberam a 1ª dose. O novo ponto está na escola Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) “Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin”, localizada na rua José Camilo de Camargo, 333, Remanso Campineiro. O prédio escolar é conhecido como o antigo “Bambino”, próximo do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), onde segue em aplicação a 1ª dose da vacina para os idosos com cadastro validado. A Secretaria de Saúde reforça que o novo ponto é exclusivo para aplicação da 2ª dose. O atendimento é de segunda a sábado, no horário das 8h às 12h e das 13h às 16h. Excepcionalmente, neste sábado (01/05) não haverá vacinação em virtude do feriado do Dia do Trabalho.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a mudança foi feita para evitar filas e aglomeração durante a semana no CCMI. O CCMI fica na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro, e o horário de vacinação também é das 8h às 12h e das 13h às 16h. A Secretaria de Saúde informa ainda que para receber a 2ª dose na Emeief “Professora Zenaide Ferreira de Lima Seorlin”, os idosos devem levar o comprovante de vacinação, que é entregue no dia da aplicação da 1ª dose, e o CPF (Cadastro de Pessoa Física).

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os idosos que ainda não fizeram o pré-cadastro para que o façam no site da Prefeitura, por meio deste LINK. É importante que famílias e parentes estimulem os idosos a tomar a vacina e os ajudem a fazer o cadastro. A vacina é segura. Após ter o cadastro validado para receber a 1ª dose, o idoso deverá ir ao local de vacinação e levar a impressão do cadastro validado ou foto tirada com celular do cadastro validado, comprovante de residência no município no nome do idoso ou do cônjuge e que seja deste ano, documento com foto ou CPF (Cadastro de Pessoa Física), Cartão Cidadão ou Cartão do SUS (Sistema Único de Saúde).

Assinar este feed RSS